Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Direitos Humanos

25,211 views

Published on

Published in: Education, Technology
  • Be the first to comment

Direitos Humanos

  1. 1. DIREITOS FUNDAMENTAIS
  2. 2. O que são os direitos fundamentais? Conjunto de direitos e garantias do ser humano que têm por finalidade básica o respeito pela sua dignidade , por meio de protecção contra o abuso do poder do Estado e o estabelecimento de condições mínimas de vida e desenvolvimento da personalidade humana.
  3. 3. Você é uma pessoa: Sujeito dos Direitos Fundamentais Direitos humanos? Direitos do homem? Direitos fundamentais? Todas estas denominações querem dizer a mesma coisa: conjunto de direitos políticos , civis , sociais , económicos e culturais garantidos pelo Estado a todos os cidadãos.
  4. 4. Direitos políticos e civis  relativos à liberdade (de movimento, de pensamento, de reunião, de associação, de profissão, de acção, sindical, de greve) do ser humano. Direitos sociais, culturais e económicos  relativos à igualdade. Para que haja existência de uma sociedade justa, o Estado tem que garantir que os seus indivíduos vivam livremente em condições de igualdade.
  5. 5. <ul><li>Os primeiros direitos humanos, entre o século XVII e o XVIII, foram civis, isto é, associados a um cidadão que seria, também, proprietário. </li></ul><ul><li>É o direito de ir e vir, o de manter a propriedade, o de assinar contratos, o de não viver atemorizado por um governo caprichoso e arbitrário. </li></ul>DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS
  6. 6. <ul><li>Depois, entre o século XVIII e o XIX, crescem os direitos políticos. </li></ul><ul><li>Os homens deixam de ser súditos (&quot;sub&quot;= sob, &quot;dictus&quot; = dito), isto é, subordinados ao que um rei manda, e passam a ser realmente cidadãos, isto é, sujeitos que decidem o que a cidade (= o Estado) vai fazer. </li></ul><ul><li>Aqui estão o direito de voto, de expressão do pensamento, de organização política. </li></ul>DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS                                                                
  7. 7. <ul><li>Os Direitos Humanos antecedem o próprio poder de Estado, isto é, que são superiores à própria política. </li></ul><ul><li>É por isso que se fala em declaração de direitos: uma assembleia (como a da ONU, em 1948, autora da Declaração Universal) pode declarar que tais direitos existem, mas não pode criá-los, nem suprimi-los, porque eles são mais importantes do que ela própria. </li></ul>DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS
  8. 8. <ul><li>Mais tarde, desde o século XIX, aparecem os direitos sociais. </li></ul><ul><li>O direito de livre organização sindical e as leis trabalhistas, garantindo condições de trabalho melhores. </li></ul>DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS
  9. 9. <ul><li>Alguns falam em mais um tipo de direito, que seriam os direitos difusos. </li></ul><ul><li>Nos três tipos anteriores sabemos muito bem, sempre, quem está sendo beneficiado (o proprietário, o eleitor, o trabalhador). </li></ul><ul><li>Mas, quando se trata, por exemplo, do meio ambiente, de certa forma todos os seres, e até os não humanos, são beneficiados. </li></ul>DEMOCRACIA E DIREITOS HUMANOS
  10. 10. Que palavras são essas? Os direitos fundamentais são h istóricos, inalienáveis, imprescritíveis e irrenunciáveis . <ul><li>Históricos : são criados num contexto histórico; </li></ul><ul><li>Inalienáveis : não podem ser negociados, nem vendidos; </li></ul><ul><li>Imprescritíveis: não perdem a validade, você pode reivindicá-los a qualquer tempo; </li></ul><ul><li>Irrenunciáveis: não podemos renunciá-los de forma alguma. </li></ul>
  11. 11. Eles possuem características próprias, que facilitam a sua compreensão, e foram resumidos pelo ideal político dos revolucionários franceses de 1789 : LIBERDADE , IGUALDADE E FRATERNIDADE
  12. 12. <ul><li>Corresponde à primeira geração dos direitos fundamentais. </li></ul><ul><li>Significa uma prestação negativa, um não fazer do Estado em prol do cidadão. </li></ul><ul><li>Exemplos: liberdade de locomoção e inviolabilidade de domicílio e de correspondência . </li></ul>O ideal de liberdade (liberté)
  13. 13. <ul><li>O ideal de igualdade (égalité) </li></ul><ul><li>Corresponde à segunda geração dos direitos fundamentais. </li></ul><ul><li>Significa uma prestação positiva, um fazer do Estado em prole dos menos favorecidos pela ordem social e econômica. </li></ul><ul><li>Exemplos: salário mínimo , reforma , assistência social , 13º salário e férias remuneradas . </li></ul>O ideal de igualdade (égalité)
  14. 14. <ul><li>O ideal de fraternidade (fraternité) </li></ul><ul><li>Corresponde à terceira geração dos direitos fundamentais. </li></ul><ul><li>Direitos decorrentes de uma sociedade de massas, surgida em razão dos processos de industrialização e urbanização. </li></ul><ul><li>Exemplos: desenvolvimento , paz , meio ambiente , saúde , educação pública , proteção ao consumidor, à infância e à juventude, ao idoso e ao deficiente físico. </li></ul>O ideal de fraternidade (fraternité)
  15. 15. <ul><li>Além desses três ideais democráticos da Revolução Francesa, hoje encontramos a quarta geração, que seriam os Direitos da Responsabilidade: </li></ul><ul><li>Promoção e manutenção da Paz; </li></ul><ul><li>Promoção e manutenção da Autodeterminação dos Povos; </li></ul><ul><li>Promoção da Ética da Vida defendida pela Bioética ; </li></ul><ul><li>etc.; </li></ul><ul><li>bem como os direitos difusos . </li></ul>Direitos da Responsabilidade

×