Contrastes Sociais 1

13,265 views

Published on

  • Be the first to comment

Contrastes Sociais 1

  1. 1. CONTRASTES SOCIAIS – A ALIMENTAÇÃO Nos PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO (Sobretudo nos da África Subsariana) a falta de alimentos provoca problemas de SUBNUTRIÇÃO e FOME em grande parte da população .
  2. 2. Causas que contribuem para a subnutrição destas populações <ul><li>Ocorrência de conflitos armados </li></ul><ul><li>O predomínio da agricultura tradicional de subsistência </li></ul>
  3. 3. Causas que contribuem para a subnutrição destas populações <ul><li>Ocorrência de períodos de seca condiciona a produção de alimentos </li></ul><ul><li>Ocorrência de períodos de inundações também condiciona a produção de alimentos. </li></ul>
  4. 4. NOS PAÍSES DESENVOLVIDOS A abundância de alimentos conduz ao desperdício e a doenças como a OBESIDADE
  5. 5. As causas da obesidade podem ser: <ul><li>Causas genéticas (filhos com ambos os pais obesos apresentam uma elevada propensão para também se tornarem obesos). </li></ul><ul><li>Consumo de fast-food e refrigerantes . </li></ul><ul><li>Redução da actividade física . </li></ul>
  6. 6. As causas da obesidade podem ser: <ul><li>Publicidade </li></ul><ul><li>Falta de informação sobre uma dieta equilibrada . </li></ul>
  7. 7. Consequências da obesidade Doenças cardíacas Morte prematura Baixa auto-estima Aumento das despesas com a saúde
  8. 8. A RELAÇÃO ENTRE OS RECURSOS DE UM PAÍS E O CRESCIMENTO DEMOGRÁFICO CONDICIONA O SEU PROCESSO DE DESENVOLVIMENTO . Nos Países Desenvolvidos diminui a taxa de natalidade Aumenta a quantidade de recursos disponíveis porque há maior exploração devido aos avanços da tecnologia. Países Desenvolvidos Países em desenvolvimento Nos Países em Desenvolvimento as taxas de natalidade são elevadas O fenómeno da explosão demográfica não é acompanhado pelo aumento dos recursos alimentares originando fome e subnutrição .
  9. 9. CONTRASTES SOCIAIS – A SAÚDE A TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL É UM BOM INDICADOR DE DESENVOLVIMENTO DE UM PAÍS, POIS REFLECTE O ESTADO DA SAÚDE E O NÍVEL DE VIDA DA POPULAÇÃO. ELEVADAS TAXAS NOS PAÍSES AFRICANOS Por ano, cerca de 2 milhões de bebés africanos morrem nos primeiros dias de vida.
  10. 10. Ao nível da saúde e da assistência médica os contrastes entre as várias regiões do mundo são enormes. Os PAÍSES DESENVOLVIDOS possuem bons hospitais e centros de saúde e o número de médicos é, normalmente, elevado, podendo verificar-se situações de 1 médico por cada 400 habitantes. Nos PAÍSES EM DESENVOLVIMENTO a situação pode chegar a 40 mil habitantes por médico. A subnutrição , a falta de vacinas , a deficiente higiene são responsáveis pela propagação de doenças, em especial entre as crianças. Os avanços científico-tecnológicos , aliados à melhoria da alimentação , dos cuidados de higiene e à existência de uma rede hospitalar densa e de qualidade , permitem que as pessoas vivam mais tempo. A assistência médica é precária, não existem médicos nem medicamentos suficientes, a cobertura médico-sanitária é deficiente e apresenta graves carências a nível material (medicamentos e tecnologia) como humano (médicos, enfermeiros e técnicos especialistas).
  11. 11. A SIDA é a principal causa de morte nos países em desenvolvimento. Quarenta milhões de pessoas em todo o Mundo, com idades entre os 15 e os 49 anos, estão infectadas com o vírus da SIDA. Portugal, com 18 995 casos, tem a maior taxa da Europa Ocidental: 37,3 pessoas infectadas por cada 100 mil habitantes . Causas da propagação da SIDA em ÁFRICA: <ul><li>Relações sexuais sem protecção; </li></ul><ul><li>Injecções e transfusões de sangue feitas sem os cuidados elementares de higiene; </li></ul><ul><li>Falta de medicamentos </li></ul>Contribuem para uma diminuição da esperança média de vida nos PED
  12. 12. CONTRASTES NO ACESSO À AGUA POTÁVEL Conflitos, má gestão do solo e secas prolongadas deixaram grande parte da população africana com graves problemas de abastecimento de água. O Mundo tem 1,1 mil milhões de pessoas sem acesso a água potável A saúde pública de uma população é importante no desenvolvimento das regiões. <ul><li>Contribuem para a saúde pública as condições de acesso à água potáv el </li></ul>42% da população africana não tem acesso a água potável.
  13. 13. CONTRASTES NO ACESSO AO SANEAMENTO BÁSICO População sem acesso ao saneamento básico Milhões de pessoas 1000 - 1000 - 600 - 400 - 200 - 0 - Mais de 2500 milhões continuam sem saneamento básico
  14. 14. A falta de saneamento básico nos Países em Desenvolvimento provoca: <ul><li>Poluição dos cursos de água </li></ul><ul><li>Poluição dos rios </li></ul><ul><li>Poluição das águas costeiras </li></ul><ul><li>Proliferação de bactérias nas águas onde se efectuam descargas de esgotos </li></ul><ul><li>Propagação de doenças transportadas pela água, tais como diarreia, parasitas intestinais, hepatite, etc </li></ul><ul><li>A morte de cerca de dois milhões de crianças por ano. </li></ul>
  15. 15. FIM

×