Como você, CIO, gerencia a TI de sua empresa ?

720 views

Published on

Como você, CIO, gerencia a TI de sua empresa?
Quantos CIOs foram os responsáveis por redução de custos de compras de material direto ou indireto ou projetos que aumentaram o ticket médio dos clientes?

Published in: Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
720
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
4
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Como você, CIO, gerencia a TI de sua empresa ?

  1. 1. http://www.cio.com.br Opinião Como você, CIO, gerencia a TI de sua empresa? (http://cio.uol.com.br/opiniao/2010/11/25/como-voce-cio-gerencia-a-ti-de-sua-empresa) Mario Faria * Publicada em 24 de novembro de 2010 às 07h30 Quantos CIOs foram os responsáveis por redução de custos de compras de material direto ou indireto ou projetos que aumentaram o ticket médio dos clientes? Nos últimos anos, conheci um número razoável de presidentes e diretores financeiros das maiores empresas do Brasil. Há algumas semanas, conversava com um gestor de uma grande empresa que passa por mudanças significativas, algumas motivadas por fatores internos e outras pelo momento que o seu segmento atravessa. Em razão dessa turbulências, este gestor se questiona a cada momento se o CIO atual é a pessoa mais adequada para a função, dado momento pelo qual a companhia passa e as novas exigências pelas quais a tecnologia precisa ser utilizada. Perguntas necessárias Excelente pergunta. Claro, como todo consultor, minha resposta foi retornar com uma pergunta: o que o leva a pensar que seu CIO não é a pessoa mais adequada para a função neste momento ? Seus pontos principais foram: não sabe se o que é investido em sistemas é muito ou pouco, não sabe se os gastos atuais são altos ou baixos, se estão aquém ou além de empresas do mesmo setor no uso de tecnologia de informação aplicada ao negócio. E, acima de tudo, têm como uma grande preocupação saber como são priorizados os investimentos de tecnologia e quais critérios de escolha deveriam ser utilizados para esse fim. Infelizmente, a preocupação deste executivo é muito similar a outras tantas que tenho ouvido nos últimos tempos. Algumas vezes, no entanto, expressadas de formas distintas.
  2. 2. É fato que nos últimos anos os CIOs se preocuparam bastante em reduzir custos, buscar eficiência e racionalizar os investimentos feitos em sua área. É uma estratégia que atingiu resultados, sem dúvida. Mas quando analisamos os gastos médios de TI de uma organização no Brasil, na maioria das vezes é menor que a de similares de um mesmo ramo localizadas nos Estados Unidos ou Europa. Não acredito que estejamos investindo o montante adequado em tecnologia para termos uma maior competitividade no mundo globalizado. Estratégia de negócios O papel do CIO deve ser acima de tudo alinhado com a estratégia de negócio da sua empresa. Para algumas empresas, a estratégia do negócio significa atender bem e com agilidade a seus clientes em todos os canais que existem. Para outras, buscar a melhor relação entre equilibrar o atendimento com o custo de servir. Ou mesmo prover a melhor experiência e, ao mesmo tempo, ser relevante. Cabe ao CIO entender como sua função terá o maior impacto positivo para a empresa e utilizar-se das melhores tecnologias disponíveis no mercado para alcançar o objetivo. Quantos CIOs conseguiram levar adiante projetos de grande impacto no negócio? Quantos CIOs foram os responsáveis por realizar uma grande transformação, que reduziu os custos de compras de material direto ou indireto ou que implementaram um projeto que aumentou o ticket médio dos clientes? Quantos CIOs se preocupam em medir claramente o retorno de investimento dos projetos que desejam levar adiante antes mesmos deles serem iniciados ? É fácil? Claro que não. É possível ? Não só é como é necessário. É suficiente? De forma alguma. Mas já irá mostrar para a organização que o CIO entende do negócio como qualquer outro executivo. Quem sabe isto possa ser um passo importante para a evolução de sua carreira na empresa. Ou que, no mínimo, possa evitar questionamentos se é ou não é a pessoa mais adequada para a função durante os momentos de turbulência. * Mario Faria é professor de Marketing e Estratégia da Business School São Paulo (BSP) e sócio da área de consultoria da IBM Brasil. Copyright 2010 Now!Digital Business Ltda. Todos os direitos reservados.

×