Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB      DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA – DCET                      CAMPUS ...
Num contexto mais amplo, o sentido de todas as decisões, atividades,atitudes e gestos na prática pedagógica é um reflexo d...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Resenha de filme pdf

33,701 views

Published on

  • Be the first to comment

Resenha de filme pdf

  1. 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS EXATAS E DA TERRA – DCET CAMPUS II – ALAGOINHAS ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE BIOLOGIA PROFESSOR ORIENTADOR: Cláudia Regina Teixeira de Souza ALUNOS: Gilson Matos; Juliana Nogueira; Luciana Andrade; Rondinelle Oliveira ResenhaPink Floyd: The Wall. Produção: Alan Marshall. Direção: Alan ParkerPaís de Origem: Inglaterra 1982. DVD (95 min.)WITTMANN, Lauro Carlos, MATIOLA, Osmar e MORAIS, Maria José de.Desaulando a Prática Pedagógica. In: PEREIRA, G.M, M.C.L.(Orgs). OEducador Pesquisador e a Produção Social do conhecimento.Florianópolis. Insular, 2003, p. 17-20. O filme The Wall é um musical dirigido por Alan Parker que conta ahistória de Pink Floyd, jovem órfão de pai que tem a infância marcada pelaperseguição de seu professor e pela superproteção da mãe. Adulto, ele setorna um astro do rock e entra em depressão. O filme é marcado pelas músicasdo cantor, poucos diálogos e cenas fortes que retratam a vida conturbada doastro. A personalidade agressiva e neorótica de Pink Floyd, reflete umainfância solitária, pautada numa educação rígida e normativa que desconsideraas dimensões e necessidades das relações humanas. Num dado momento dofilme o professor reprime Pink Floyd, zombando do seu poema na frente detoda classe, agredindo-o com um chicote, chamando-o até mesmo de“mulherzinha”. Essa postura reproduz relações de dominação docente esubserviência discente. Tende a tem um forte componente de assassinato daoriginalidade e criatividade. Uma tendência alternativa seria buscar estabelecer relações de parceriaentre os participantes da relação pedagógica como processo de construção deobjetos e sujeitos: de objetos de estudo ou pesquisa, e principalmente, desujeitos, os participantes como educadores-pesquisadores.
  2. 2. Num contexto mais amplo, o sentido de todas as decisões, atividades,atitudes e gestos na prática pedagógica é um reflexo da concepção daeducação que idealizamos. Afinal, qual a educação que desejamos, um modelodominador, de imposição e controle de idéias ou uma educação libertadora,criativa e relacional, que contemple, decisivamente, os anseios da naturezahumana? É essa a grande questão que o filme propõe. Por outro lado, na mesma cena em que o professor exerce suaautoridade os alunos responderam a essa atitude com bastante revolta,quebrando as cadeiras, e agredindo o próprio professor. Nesse momentocomeça a música “Another Brick In The Wall”, a qual descreve ocomportamento dos alunos frente a educação dominadora do professor. Essaatitude mostra a „‟derrubada do muro‟‟ (The wall) que simboliza o sistemaeducacional opressor o qual aprisiona os alunos. Outro ponto importante do filme diz respeito a construção da identidadedocente, a qual está sob influência de aspectos da vida pessoal. A cena emque o professor sofre uma repressão de sua esposa na mesa do jantar pode terinfluenciado o seu comportamento agressivo em sala de aula com os alunos. Dessa forma, o filme “Pink Floyd-The wall” evidencia questões referentesaos padrões educacionais na sociedade contemporânea e a necessidade deadesão a novos valores que pode facilitar a redução das margens deambigüidade que afetam o fazer docente. Como o texto e o filme, se reportam as questões educacionais, trazendoenfoque ao papel e prática do docente, essas obras podem ser indicadas àprofissionais da educação, como também a estudantes de licenciatura plenaem qualquer área do conhecimento.

×