Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Considerações sobre a área de ciências naturais

6,096 views

Published on

Published in: Technology, Education

Considerações sobre a área de ciências naturais

  1. 1. Considerações sobre a área de Ciências Naturais Por:Cláudia Regina Teixeira de Souza
  2. 2. Educação em Ciências Naturais  Desenvolvimento científico do país ou região.  Desenvolvimento científico mundial.  Conquistas e necessidades tecnológicas.
  3. 3. Concepção da área Conhecimento:  - Partilhado e permanentemente revisto  - Apresenta contradições / não é guiado exclusivamente pela indução e experiência  - Socialmente construído  - Alcance e limitações simultâneos  Empreendimento:  - Desenvolvimento não linear  - Evoluções  - Revoluções  Investigação Humana:  - Sem fim e nunca acabada  - Construída por investigadores influenciados pelo pensamento da época  - Delimitada em um recorte da natureza e/ou
  4. 4. Concepção do Ensino  Problematização do senso comum.  Trânsito entre o conhecimento de senso comum e o científico.  Caráter histórico, processual e coletivo.  Mudança e leitura da realidade onde se insere.  Compreensão do processo científico  Reflexão e ação sobre o mundo em que vive o aprendiz, quer com os outros indivíduos, quer com o meio natural e tecnológico.
  5. 5. Estrutura da Área  Eixos temáticos  Conteúdos conceituais, procedimentais e atitudinais  Conceitos de energia, matéria, espaço, tempo, transformações, sistema, equilíbrio, relação, interação e vida.
  6. 6. Por que ensinar Ciências Naturais?  Alfabetização científica  Compreensão do mundo e suas transformações.  Inserção na sociedade  Intervenção na realidade
  7. 7. Perspectivas de abordagem dos conteúdos de Ciências Naturais  1.Conteúdos organizados em blocos temáticos para que não sejam tratados como assuntos isolados;  2.Blocos temáticos dão organização ao conteúdo – possibilitam: estabelecer diferentes seqüências internas aos ciclos, tratar conteúdos de importância local, fazer conexão entre os conteúdos dos diferentes blocos das demais áreas e temas transversais;  3.Em cada bloco temático estão apontados conceitos, procedimentos, atitudes;  4.A organização por temas de trabalho e problemas para a investigação facilitam o tratamento interdisciplinar em Ciências Naturais.
  8. 8. Referenciais para Conteúdos do aprendizado em Ciências Naturais 1. Primeiro referencial – Conceitos – :conhecimentos desenvolvidos pelas diferentes ciências e aqueles relacionados às tecnologias  2. Segundo referencial – Conceitos presentes em diversas áreas – energia, matéria, espaço, tempo, transformação, sistema, equilíbrio, variação, ciclo, fluxo, relação, interação e vida..  3. Terceiro referencial: explicações intuitivas, de senso comum, acerca da natureza e da tecnologia.  4.Procedimentos: modos de indagar, selecionar e elaborar o conhecimento; observar,comparar,registrar,analisar,sintetizar,interpretar e comunicar conhecimentos;  5.Atitudes: relacionar-se ao desenvolvimento de posturas e valores humanos,na relação entre o homem, o conhecimento e o ambiente.
  9. 9. Blocos temáticos e perspectiva de abordagem  1.A escolha dos eixos temáticos no 1º e 2ºciclos orientou-se pela análise dos currículos estaduais atualizados ;no 3º e 4º ciclos somou-se aprofundamento nas áreas e de temas transversais;  2.Os eixos temáticos em conjuntos às demais áreas do conhecimentos vão ganhando complexidade e profundidade;  3.Primeiros ciclos - é uma aprendizagem muitas vezes lúdica, marcada pela interação com os fenômenos, os fatos, as coisas;  4.Nos ciclos finais-sistematização de idéias científicas mais estruturadas.
  10. 10. Eixos temáticos para o Ensino Fundamental  1. Vida e Ambiente, Ser Humano e Saúde,Tecnologia e Sociedade, Terra e Universo – está presente a partir do terceiro ciclo, ainda que se entenda que poderia estar presente nos dois primeiros.
  11. 11. Orientações didáticas para o ensino de Ciências Naturais 1.Valorização da vivência dos estudantes para a escolha de temas de trabalho e de desenvolvimento de atividades;  2.Utilização de situações significativas da vivência dos estudantes;  3.Problematização do conhecimento de senso comum – confrontação dos conhecimentos prévios dos estudantes como o conhecimento especifico;  4.Proposição da busca de informações em fontes variadas: observação, trabalho de campo, experimentação, leitura e escrita de textos informativos, uso da informática;  5. Utilização de planejamento e ou projetos para o desenvolvimento de conteúdos;  6.Utilização de paradidaticos: articulação de conhecimentos de diferentes disciplinas cientificas.
  12. 12. PRINCIPIOS DIDÁTICOS EM CIÊNCIAS NATURAIS
  13. 13. Perspectivas do ensino e aprendizagem dos conteúdos de Ciências Naturais  1.Considerações em relação ao desenvolvimento cognitivo do estudante, relacionado a suas experiências,idade,identidade cultural e social e aos valores que as Ciências Naturais podem ter para ele;  2.Preocupação em relacionar fenômeno naturais e objetos da tecnologia,possibilitando a percepção de um mundo permanente reelaborado;  3.Estabelecimento de relações entre conhecimento e o desconhecido, entre as partes e o todo;  4.Preocupação com a compreensão dos fenômenos naturais,numa perspectiva interdisciplinar;  5.Valorização do ser humano como agente e participante das transformações naturais;  6.Seleção de temas em conjunto com as demais áreas do conhecimento, que vão garantir complexidade e profundidade.
  14. 14. Critérios de seleção de conteúdos em Ciências Naturais  1.Conteúdos devem-se constituir em fatos,conceitos,procedimentos,atitudes e valores compatíveis com o nível de desenvolvimento intelectual do aluno;  2.Os conteúdos devem favorecer a construção de uma visão de mundo,que se apresenta como um todo formando por elementos inter- relacionados,entre os quais o homem,agente da transformação;  3.Os conteúdos devem ser relevantes do ponto de vista social e ter revelados seus reflexos na cultura.

×