O trabalho docente. Maurice Tardif e Claude Lessard.

11,365 views

Published on

O trabalho docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas.

O trabalho docente. Maurice Tardif e Claude Lessard.

  1. 1. O trabalho docente: Elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Maurice Tardif e Claude Lessard. Professor Fábio Oliveira Santos.
  2. 2. Capítulos: • 1) O trabalho docente hoje: elementos para um quadro de análise; • 2) A escola como organização do trabalho docente; • 3) Da classe ao sistema escolar; • 4) A carga do trabalho dos professores; • 5) Os trabalhos dos professores; • 6) Os fins do trabalho docente; • 7) Os fundamentos do trabalho docente.
  3. 3. 1) O trabalho docente hoje: elementos para um quadro de análise
  4. 4. Panorama do trabalho interativo e reflexivo. • A importância do trabalho sobre a matéria inerte (matérias-primas, produtos derivados, artefatos, técnicos, utensílios, máquinas, dispositivos materiais, etc.) e a matéria viva. • O trabalho material como espelho da atividade humana.
  5. 5. Centralidade da docência na organização do trabalho
  6. 6. • Qual é o lugar transformações? da docência entre Unesco: 60 milhões de professores no mundo. Ensino primário e secundário: 8,3 dos gastos públicos. Professores: 3/4 essas
  7. 7. • Somando-se o pessoal escolar e os alunos, mais de um quarto da população está vinculada ao sistema educacional. • Daí o lugar central dos agentes escolares na organização socioeconômica. • Interações cotidianas entre professores e os alunos.
  8. 8. Interações:
  9. 9. Organização do trabalho escolar, organização industrial e do Estado. • Escola: • ORGANIZAÇÃO INDUSTRIAL; • Compreensão de como trabalha o professor.
  10. 10. A profissionalização do ensino e o trabalho docente. • Poder aos estabelecimentos; • Aos atores da base; • Promover uma ética profissional fundamentada no respeito aos alunos e no cuidado constante em favorecer seu aprendizado.
  11. 11. Agravantes: • PROFESSORES: • Pouco valorizados e; • Perda de prestígio.
  12. 12. Rumo à profissionalização. • A temática da profissionalização do ensino não pode estar dissociada da problemática do trabalho escolar e dos moldes que regem a organização.
  13. 13. A docência como trabalho interativo e seu objeto humano. • Trabalhar é envolver-se ao mesmo tempo numa práxis onde o trabalhador também é envolvido pelo seu trabalho. • 1) O trabalho material: substancias tangíveis, determinadas, definidas e fixas; • 2) O trabalho cognitivo: processos cognitivos baseados em informações; • 3) Relações entre pessoas.
  14. 14. 2) A escola como organização do trabalho docente.
  15. 15. • Desde que a docência moderna existe, ela se realiza numa escola, ou seja, num lugar organizado, espacial e socialmente separado dos outros espaços da vida social e cotidiana.
  16. 16. Um trabalho centrado em coletividades humanas. • Coletividade x individualidade. • Respeitar as características psicobiológicas dos alunos adaptando-as às competências e atitudes dos alunos.
  17. 17. 3) Da classe ao sistema escolar • É preciso levar em conta também o surgimento das estruturas burocráticas e de instâncias ou poderes internos e externos à escola que, de uma maneira ou de outra, controlam o trabalho docente ou interferem sobre ele.
  18. 18. • Técnicos: não possuem relação com a aprendizagem, podem ser de ordem de segurança ou outra qualquer.
  19. 19. 4) A carga do trabalho dos professores. • Diferentes em muitos países; • Tempo flexível.
  20. 20. A preparação das aulas. • Deve-se vincular o ensino à preparação das aulas na escola.
  21. 21. 5) Os trabalhos dos professores. • Quando se estuda as jornadas de trabalho dos professores, um fenômeno salta aos olhos, as atividades e eventos cotidianos estão em relativa uniformidade.
  22. 22. 6) Os fins do trabalho docente. • Todo trabalho humano possui fins, que se manifestam sob diversas formas no decorrer da ação: motivos intenções, objetivos, projetos, planos, programas planejamento, etc.
  23. 23. 7) Os fundamentos do trabalho docente. • A interatividade caracteriza o principal objeto do trabalho do professor, pois o essencial de sua atividade profissional consiste em entrar numa classe e deslanchar um programa de interações com os alunos.
  24. 24. BIBLIOGRAFIA. • TARDIF, Maurice. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas; tradução de João Batista Kreuch. 5. ed. – Petrópolis, RJ: Vozes, 2009.

×