Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF

17,989 views

Published on

Alternativas de cimentação de restaurações indiretas - panorama e possibilidades - raciocínio prévio à escolha e a própria indicação da opção restauradora.

Published in: Education
1 Comment
11 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
17,989
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
328
Comments
1
Likes
11
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Cimentos e cimentação - Fábio Robles FOUFF/NF

  1. 1. Cimentos e Cimentação em PPF fabiorobles@gmail.com segunda-feira, 11 de março de 13
  2. 2. Prótese Parcial Fixa Unitária (X direta) remanescente contorno Múltipla (quesitos) oclusão e adjacentes periodonto .... Indicação Proservação segunda-feira, 11 de março de 13
  3. 3. Agente cimentante Aumento de resistência do conjunto dente- restauração a forças de tração, compressão e cisalhamento segunda-feira, 11 de março de 13
  4. 4. Restaurações Indiretas Odontologia Restauradora FORMA FUNÇÃO ESTÉTICA ADESÃO RETENÇÃO DIRETA INDIRETA ADAPTAÇÀO E MANUTENÇÃO DA INTEGRIDADE DE MARGENS PROTEÇÃO DO REMANESCENTE DENTAL MANTER-SE NA CAVIDADE (ÍNTEGRA) RESTAURAÇÃO segunda-feira, 11 de março de 13
  5. 5. segunda-feira, 11 de março de 13
  6. 6. Remanescente dental • Qualidade • Quantidade segunda-feira, 11 de março de 13
  7. 7. Remanescente dental – CONSIDERAÇÕES sobre Qualidade e Quantidade • Fatores MECÂNICOS • Fatores BIOLÓGICOS ACOMPANHAMENTO / PROSERVAÇÃO segunda-feira, 11 de março de 13
  8. 8. OPÇÕES RESTAURADORAS INDIRETASDIRETAS Só material restaurador Material restaurador + auxiliares de retenção do material • Material de Preenchimento • Retentores intra-radiculares Pinos Pré-Fabricados Individualizados • Incrustações Intra-Coronárias • Incrustações Extra-Coronárias • Coroas Parciais • Coroas Totais Fatores Técnicos e Biológicos Acompanhamento segunda-feira, 11 de março de 13
  9. 9. Restaurações Indiretas DIRETAS ADESÃORETENÇÃO GBPD segunda-feira, 11 de março de 13
  10. 10. Restaurações Indiretas DIRETAS ADESÃORETENÇÃO MondelliBlack GBPD segunda-feira, 11 de março de 13
  11. 11. Restaurações Indiretas DIRETAS ADESÃORETENÇÃO - Remover Esmalte sem suporte - Paredes circundantes paralelas entre si e perpendiculares à pulpar - Paredes gengival e pulpar planas e paralelas entre si perpendiculares ao longo eixo do dente - Cavo superficial 90º - V e L convergentes para oclusal - Profundidade – espessura mínima resistência do material - Axio-pulpar arredondado - Manter Esmalte sem suporte - Ângulos internos arredondados - V e L convergentes para oclusal - Profundidade e largura dadas pela extensão da lesão segunda-feira, 11 de março de 13
  12. 12. Restaurações Indiretas DIRETAS ADESÃORETENÇÃO - Amálgama Sub e Supertrituração - Durabilidade (compressão / abrasão) - Margens - Contração - Desgastes e fraturas - Trocas de restaurações A ausência da fase γ2 promove melhoras significativas nas propriedades do amálgama Porosidade Meira, J.B.C.Cesar, P.F. segunda-feira, 11 de março de 13
  13. 13. Restaurações Indiretas INDIRETAS ADESÃORETENÇÃO Eduardo, C.P. segunda-feira, 11 de março de 13
  14. 14. Restaurações Indiretas INDIRETAS ADESÃORETENÇÃO Eduardo, C.P. segunda-feira, 11 de março de 13
  15. 15. Restaurações Indiretas INDIRETAS ADESÃORETENÇÃO - Expulsividade de 6 a 9o - Preparos geométricos - Retenção e estabilidade - Término fino e polido - Menor desgaste (material) - Altura do preparo - Expulsivos (12 a 15o) - Ângulos internos arredondados - Agente cimentante - Término bem apoiado e resistente - Maior desgaste (resistência) TRAÇÃO Eduardo, C.P. Schillinburg segunda-feira, 11 de março de 13
  16. 16. Restaurações Indiretas INDIRETAS ADESÃORETENÇÃO - Saúde periodontal / pulpar - Menor desgaste - Proteção remanescente - Estética - MAIOR DESGASTE - Linha de Término Eduardo, C.P. segunda-feira, 11 de março de 13
  17. 17. Restaurações Indiretas POLPA PERIODONTO (PROTEÇÃO E SUSTENTAÇÃO) ATM / MÚSCULOS Contaminações Agressões Químicas / Térmicas Vieira, G.F. segunda-feira, 11 de março de 13
  18. 18. Restaurações Indiretas DIAGNÓSTICO FATORES ETIOLÓGICOS REABILITAÇÃO INDICAÇÃO (MATERIAIS E TÉCNICAS) EQUALIZAR DEFICIÊNCIAS (nada substitui o dente) segunda-feira, 11 de março de 13
  19. 19. Preenchimento Pinos + Preenchimento Retentores individualizados Materiais restauradores Diretos (plásticos) Materiais restauradores Indiretos (Incrustações, Coroas Parciais e Coroas Totais) segunda-feira, 11 de março de 13
  20. 20. RESTAURAÇÃO INDIRETA COMO OBTER SUCESSO COM AS R.I ? INDICAÇÃO CIMENTAÇÃO FINAL - Procedimento operatório especial - Preparo - Provisória - Moldagem - Prova e ajustes - Cimentação final segunda-feira, 11 de março de 13
  21. 21. R E S T A U R A Ç Ã O I N D I R E T A PROCEDIMENTOS OPERATÓRIOS ESPECIAIS * PREENCHIMENTO * NÚCLEO METÁLICO FUNDIDO EXAMES RADIOGRÁFICOS MODELOS DE ESTUDO INDICAÇÃO PREPARO CAVITÁRIO PROVISÓRIO MOLDAGEM PROCEDIMENTOS TÉCNICOS LABORATORIAIS PROVA / AJUSTES CIMENTAÇÃO ACOMPANHAMENTO / PROSERVAÇÃO AVALIAÇÃO ESPAÇO – SENSIBILIDADE PREPARO ROBLES segunda-feira, 11 de março de 13
  22. 22. segunda-feira, 11 de março de 13
  23. 23. 11 segunda-feira, 11 de março de 13
  24. 24. segunda-feira, 11 de março de 13
  25. 25. Sucesso ? • Indicação ao término (visão global e compartimentalizada) segunda-feira, 11 de março de 13
  26. 26. segunda-feira, 11 de março de 13
  27. 27. A segunda-feira, 11 de março de 13
  28. 28. Incrustações e Coroas Livres de Metal segunda-feira, 11 de março de 13
  29. 29. segunda-feira, 11 de março de 13
  30. 30. segunda-feira, 11 de março de 13
  31. 31. segunda-feira, 11 de março de 13
  32. 32. segunda-feira, 11 de março de 13
  33. 33. segunda-feira, 11 de março de 13
  34. 34. segunda-feira, 11 de março de 13
  35. 35. segunda-feira, 11 de março de 13
  36. 36. Restaurações provisórias moldagem manutenção espaço proteção diagnóstico preparo cavitário segunda-feira, 11 de março de 13
  37. 37. Cimentação final Retenção Adesão segunda-feira, 11 de março de 13
  38. 38. Cimentação Retenção Atrito superfícies Diminuição da distância Manipulação, Escoamento, Espessura de Película, pressão hidrostática, Solubilidade segunda-feira, 11 de março de 13
  39. 39. Cimentos RequisitosIndicações segunda-feira, 11 de março de 13
  40. 40. Cimentação Retenção preparo cavitário / adaptação ( 2 Rs) Fosfato de Zinco e CIVs segunda-feira, 11 de março de 13
  41. 41. Aula cimentos (mat dent) • Slide 19 - final Aula prova, ajuste, cimentação • toda (mat dent) segunda-feira, 11 de março de 13
  42. 42. Cimentação Adesão por quê vou utilizar cimentação adesiva? qual o material ? substrato - e condições no dente ? o que preciso fazer previamente? por quê? uma vez entendido cada passo, domino cada um deles e suas seqüências? problemas de resina - contração / sensibilidade à umidade / degradação o cimento compensa falhas? indicação e preparo cavitário? segunda-feira, 11 de março de 13
  43. 43. Cimentação Adesão Cuidados relativos à adesão (tecidos e isolamento) Contaminação - limpeza e cuidados cimentos provisórios Microrretenções nos substratos (recursos adicionais) Agentes bi-funcionais Sistema de ativação SISTEMA ADESIVO e AGENTE CIMENTANTE Técnicas / Estética Pós-cimentação segunda-feira, 11 de março de 13
  44. 44. Cimentação Adesão Cuidados relativos à adesão (tecidos e isolamento) Distância da parte cervical (término) Excelente isolamento e controle de fluidos segunda-feira, 11 de março de 13
  45. 45. Cimentação Adesão Contaminação - limpeza e cuidados cimentos provisórios Antes de qualquer procedimento adesivo, após o isolamento absoluto, deve-se limpar os substratos com DETERGENTE ANIÔNICO antes do uso de ácidos, que atuam somente na parte inorgânica ! VALE PARA SISTEMAS AUTO-CONDICIONANTES TAMBÉM !! segunda-feira, 11 de março de 13
  46. 46. Cimentação Adesão Macrorretenções nos substratos (recursos adicionais) Peças Brocas Jateamento óxido de alumínio sílica coloidal Lasers de alta intensidade segunda-feira, 11 de março de 13
  47. 47. Cimentação Adesão Peças ácido para limpeza e microrretenção remoção de matriz vítrea e exposição de carga cristalina SÃO AS CHAMADAS PORCELANAS ÁCIDO-SENSÍVEIS segunda-feira, 11 de março de 13
  48. 48. Cimentação Adesão Peças ácido para limpeza e microrretenção remoção de matriz vítrea e exposição de carga cristalina ALGUMAS PORCELANAS TEM MENOS MATRIZ VÍTREA (AS QUE TEM MAIOR PORCENTAGEM DE CARGA CRISTALINA PARA AUMENTAR SUA RESISTÊNCIA MECÂNICA) - ESTAS SÃO AS ÁCIDO-RESISTENTES PREPARO CAVITÁRIO - USAM O PRINCÍPIO DA RETENÇÀO !!! e PRECISAM DE MACRORRETENÇÕES ADICIONAIS segunda-feira, 11 de março de 13
  49. 49. Cimentação Adesão PORCELANAS ÁCIDO-SENSÍVEIS (vítreas) À base de sílica (feldspáticas e vítreas - dissilicato de lítio) PORCELANAS ÁCIDO-RESISTENTES (elevado conteúdo cristalino) alumina e zircônio (considerar componentes óxidos) segunda-feira, 11 de março de 13
  50. 50. Cimentação Adesão “dente” hibridização segunda-feira, 11 de março de 13
  51. 51. Cimentação Adesão “dente” hibridização segunda-feira, 11 de março de 13
  52. 52. Cimentação Adesão “dente” hibridização segunda-feira, 11 de março de 13
  53. 53. Cimentação Adesão “dente” hibridização segunda-feira, 11 de março de 13
  54. 54. Cimentação Adesão Agentes bi-funcionais união materiais orgânicos e inorgânicos segunda-feira, 11 de março de 13
  55. 55. Cimentação Adesão Sistema de ativação FÍSICO (LUZ) - FOTO✖ iniciador: canforoquinona 470Ƞm Químico reação: peróxido de benzoíla com amina terciária Dual Ambos relembrar fases pré-gel / gel / pós-gel contração de polimerização grau de conversão segunda-feira, 11 de março de 13
  56. 56. Cimentação Adesão SISTEMA ADESIVO e AGENTE CIMENTANTE Ideal: Adesivo Convencional (3 passos) ou Autocondicionante (2 passos) + Cimento Químico ou Dual OU colocar segunda camada de adesivo com monômero hidrófobo Problemas de incompatibilidade: •Autocondicionante passo único + Cimento Dual (amina terciária do cimentos químico e dual reagem com monômeros ácidos do adesivo e permeabilidade do adesivo impede sua união com cimento resinoso) •Adesivo Convencional Passo único + Cimento Fotoativado (não pode demorar) segunda-feira, 11 de março de 13
  57. 57. Cimentação Adesão SISTEMA ADESIVO e AGENTE CIMENTANTE Afinidade a óxidos: 10-MDP (10- meta-criloiloxidecil diidro- genofosfato) NO CIMENTO OU NO PRIMER DO SISTEMA ADESIVO http://www.kuraray-dental.eu/scientific-area/ core-technologies/mdp-monomer/ segunda-feira, 11 de março de 13
  58. 58. Cimentação Adesão Técnicas / Estética LEMBRAR DO EUGENOL DO CIMENTO PROVISÓRIO Pós-cimentação Camada externa não polimerizada (inibida pelo 02) de 4 a 40 µm ✴ cimento no sulco gengival ✴ Ajuste oclusal e polimento somente após cimentação (principalmente nas porcelanas memos resistentes) PROSERVAÇÃO - DIFERENÇAS DE DESGASTE (ANTAGONISTA) E INTEGRIDADE MARGINAL - DEGRADAÇÃO DA RC segunda-feira, 11 de março de 13
  59. 59. DÚVIDAS ? bom estudo ! fabiorobles@gmail.com segunda-feira, 11 de março de 13

×