Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Politicas demograficas

41,637 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Politicas demograficas

  1. 1. 23-05-20121 Trabalho elaborado por: Fábio Pombo nº7
  2. 2. PÁGINA DE ROSTO 23-05-2012 Tema: Políticas Demográficas Aluno: Fábio Pombo Nº7 Data de realização: 23-03-12 2
  3. 3. ÍNDICE 23-05-2012 Capa--------------------------------------------------------1º Página de rosto------------------------------------------2º Índice-------------------------------------------------------3º Introdução------------------------------------------------4º O que são as politicas demográficas--------------5º Estrutura Etária vs Politicas Demográficas---6º Políticas Natalistas------------------------------------7º-10º Políticas Anti-natalistas-----------------------------11º-14º Curiosidades---------------------------------------------15º Conclusão--------------------------------------------------16º Bibliografia------------------------------------------------17º Fim-----------------------------------------------------------18º 3
  4. 4. INTRODUÇÃO 23-05-2012 Este trabalho surge no âmbito da disciplina de Geografia em que me foram propostos vários temas no qual o escolhido foi “Políticas demográficas”.Neste trabalho irei-me focar nas razões que levam ás politicas demográficas (natalistas e anti-natalistas) e como resolve-los. É por isso que as politicas demográficas são muito importantes, para que um país continue a desenvolver. 4
  5. 5. O QUE SÃO POLITICAS DEMOGRÁFICAS 23-05-2012As politicas demográficas surgem na tentativa dos diferentes países regularem o crescimento da sua população e, dessa forma, minimizarem muitos dos problemas de origem demográfica que actualmente enfrentam Natalistas Anti-natalistas 5
  6. 6. ESTRUTURA ETÁRIA VS POLITICAS DEMOGRÁFICAS 23-05-2012 6Obs.: esta tabela permite-nos saber a distribuição demográfica deacordo com os grupos etários em países em desenvolvimento (África) eem países desenvolvidos (Europa)
  7. 7. PROBLEMAS QUE A TAXA DENATALIDADE/FECUNDIDADE BAIXA CAUSAM… 23-05-2012 Diminuição da Taxa de Natalidade e do Índice de Fecundidade + Acréscimo da Esperança Média de Vida Crescimento População Envelhecimento Populacional sem + + daReduzido/Perda Renovação População População 7 PROBLEMAS COMO:
  8. 8. • PROBLEMAS SOCIOECONÓMICOS. 23-05-2012• FALÊNCIA DA SEGURANÇA SOCIAL.• AUMENTO DA DESPESA NO SECTOR DA SAÚDE E ASSISTÊNCIA SOCIAL.• DESEQUILIBRIO ENTRE A POPULAÇÃO ACTIVA E A POPULAÇÃO DEPENDENTE.• DIFICULDADE NA RENOVAÇÃO DE GERAÇÕES. Então para resolvermos isto temos que recorrer a…. 8
  9. 9. POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS 23-05-2012 PD – Natalidade muito reduzida Crescimento Natural Reduzido “O que fazer quando há gente a menos?” Politicas Natalistas 9
  10. 10. POLÍTICASNATALISTAS 23-05-2012 O que é feito… -Assistência materno-infantil gratuita - criação de uma rede pública e gratuita de infantários e escolas -Alargamento do período de licença pós-parto (para o pai ou a mãe); - Benefícios fiscais para as famílias mais numerosas; - Concessão de horário de trabalho mais reduzido para a mãe durante o período de amamentação; - Aumento substancial dos abonos de família -Levantamento de dificuldades à realização do aborto 10
  11. 11. PROBLEMAS QUE A TAXA DENATALIDADE/FECUNDIDADE ALTA CAUSAM… 23-05-2012 Recursos e População Crescimento Juventude Populacional + Pobreza + da Explosivo População PROBLEMAS COMO: 11
  12. 12. • A EDUCAÇÃO.• A HABITAÇÃO. 23-05-2012• A SAÚDE.• A SATISFAÇÃO DAS ENORMES NECESSIDADES ALIMENTARES.• A CRIAÇÃO DE POSTOS DE EMPREGO.• A CRIAÇÃO DAS INFRA-ESTRUTURAS NECESSÁRIAS À MODERNIZAÇÃO DAS SUAS ECONOMIAS. Então para resolvermos isto temos que recorrer a…. 12
  13. 13. POLÍTICAS DEMOGRÁFICAS 23-05-2012 PVD – Natalidade muito elevada Crescimento Natural elevado “O que fazer quando há gente a mais?” Politicas Anti-natalistas 13
  14. 14. POLÍTICAS ANTI-NATALISTAS 23-05-2012O que é feito… - difusão de centros de apoio ao planeamento familiar - divulgação gratuita de métodos contraceptivos - apelo a casamentos mais tardios - benefícios fiscais para as famílias mais reduzidas -Legalização do aborto -Recurso a esterilizações e realização de abortos forçados -Penalização das famílias mais numerosas - aplicação de impostos elevados para as famílias numerosas - dificuldades no acesso a emprego, habitação, despedimento ... 14
  15. 15. CURIOSIDADES 23-05-2012 Na China nascem cerca de 40 crianças por minuto, o que corresponde a 58000 por dia. Segundo a OMS, em 1995, morreram 9 milhões de crianças devido a pneumonia e diarreia; Em cada ano, nos países em desenvolvimento, morrem 3 milhões de crianças na primeira semana de vida. Um dos maiores retrocessos na esperança de vida ocorre de na Rússia. Passou, nos homens, de 65.1 anos em 1987 para 57.3 anos em 1994. Em 1993, o Níger e Angola registaram o triste recorde mundial das taxas de mortalidade infantil, respectivamente,320% e 15 292%.
  16. 16. CONCLUSÃO 23-05-2012 As politicas natalistas e anti-natalistas surgiram principalmente para poder haver um equilíbrio demográfico nas várias regiões do globo, sem esse equilíbrio um país pode vir a ter sérios problemas a nível económico, habitação ou mesmo saúde… 16
  17. 17. BIBLIOGRAFIA 23-05-2012 http://1.bp.blogspot.com/- pmRBDtm40uA/T0N_IvTyY2I/AAAAAAAAATE/N1Z-B- YPqX8/s1600/pol%C3%ADticas+demogr%C3%A1ficas.png http://geografia_8d.blogs.sapo.pt/2157.html http://www.eb23-sabugal.rcts.pt/principal/principal/projec/filu/geog.html http://en.wikipedia.org/wiki/Antinatalism Livro de geografia 17
  18. 18. 23-05-2012 18

×