Aula 3 normas e regras

8,446 views

Published on

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
8,446
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4,816
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Aula 3 normas e regras

  1. 1. Normas e RegrasFábio Nogueira, MSc.fabionogueirapereira@gmail.comhttp://projetoalpha.blogspot.comhttp://twitter.com/fabionp
  2. 2. O que é CULTURA? Conjunto simbólico  Imaterial  Impalpável  Construído socialmente  Transmitido através da gerações nos processos educacionais e de socialização Seu objetivo é representar os produtos espirituais de uma sociedade  ESPIRITUAL => SENTIDO DE VIDA Carrega um projeto de vida esperado  IDEOLOGIA  Serve também para controlar o comportamento social
  3. 3. Componentes da Cultura1. Valores, Normas, 5. Símbolos e Heróis Crenças 6. Hábitos e costumes2. Ritos, Rituais e 7. Ideologia Cerimônias 8. Tabus3. Estórias, Sagas, Lendas e Mitos 9. Elementos materiais e4. Linguagem e estruturais Comunicação
  4. 4. Horda e Primeiros grupos Não humanos, animais Lei da força Necessidade de cooperação  Sobrevivência  Melhoria da Qualidade de Vida
  5. 5. Leis e Direito na Idade Antiga Oralidade das normas e regras Veiculação oral das tradições Testemunho ocular dos deuses Juramento diante dos deuses  Juro pela minha mãe mortinha...  Que caia um raio na minha cabeça...  Eu juro por tudo quanto é mais sagrado...
  6. 6. Antiguidade Código de Hamurabi (Babilônia, 1750 a.C.) Lei de Talião (judeus, Moisés, 1250 a.C.) Legalista Sólon (Grécia, 594 a.C.) Reformador Clístenes (Grécia, 510 a.C.) Lei das XII Tábuas (Império Romano, 451-449 a.C.)
  7. 7. Idade Média Igreja com papel político-admistrativo nos séc. X, XI e XII Alta Idade Média (até séc. XV)  Inquisição  Direito Teocêntrico Baixa Idade (após séc. XV, Renascimento)  Renascimento  Direito Antropocêntrico  Direito Natural
  8. 8. Séc. XIX: momento de transformações Revolução Francesa, Revolução Industrial, Independência das primeiras colônias Organizações sociais  Estado-Nação  Partidos políticos  Sindicatos Desorganização social, econômica, e política Incompreensão dos produtos sociais e necessidade de intervenção sobre as massas  Novas ciências: Psicologia, Sociologia, Antropologia
  9. 9. E hoje nas empresas?!?
  10. 10. Cultura e Identidade Se uma Sociedade precisa se manter coesa e com seus membros cooperando para o bem comum de todos, precisamos:1. Manter o grupo coeso e unido2. Reconhecimento dos membros entre si3. Reconhecimento do grupo por outros grupos4. Criar expectativas de comportamentos e regular comportamentos indesejados
  11. 11. 3 considerações importantes1. Coercitividade é fundante da sociedade e do comportamento social. Ela possibilidade a humanização e a sobrevivência da humanidade.2. O grupo social estipula o quanto podemos nos desviar do comportamento médio esperado. Todo comportamento dentro deste limite é “normal”; o comportamento que extrapola o limite é “patológico”.3. Mesmo quando estamos sozinhos, nossos comportamentos são subordinados à consciência coletiva e são fatos sociais plenos. Exemplo: vestir-se, tomar banho, hábitos de higiene, hábitos alimentares.
  12. 12. Ideal ≠ Normal ≠ Patológico Normalidade  Comportamento dentro dos limites da coercitividade  Pode ser indesejado e condenável pelo grupo social  Homicídio  Suicídio Patológico  Podem destruir o grupo social  Estão além da generalidade observada
  13. 13. Instituições de Controle SocialSocializaçãoIntroduzir nos gruposCriar identidadeEducaçãoInformar sobre cultura do grupoCoerçãoAdequar comportamento para que seja mais próximo do idealInstituição Sociedade Família Escola Igreja EstadoTipo Informal Informal Semiformal Semiformal FormalEducaçãoTipo Espontânea Espontânea Legal Espontânea LegalíssimaCoerção (Punição)
  14. 14. Sociedade, Educação e Ordem SocialAUTORIDADE EXERCE CONTROLE SOCIAL
  15. 15. Consciência Coletiva Conjunto das crenças e dos sentimentos comuns à média dos membros de uma mesma sociedade que forma um sistema determinado com vida própria. A participação ativa na História somente é possível enquanto consciência de grupo. As mudanças nas normas, valores e regras acontecem lentamente e a partir da realidade presente do grupo social.
  16. 16. Normas X Cultura• Por que as normas às vezesvão contra a cultura?• Por que a cultura nãorespeita as normas?• O jeitinho brasileiro
  17. 17. Exercícios1. Por que regras precisaram ser criadas? Qual a sua função?2. Diferencie comportamento ideal, normal e patológico. Dê exemplos usando uma situação cotidiana como referência e pensando na cultura brasileira. (Postar no site, individual)3. O que são Instituições de Controle Social? Qual sua função?4. O que é consciência coletiva? Qual sua função?

×