Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Apresentação metropolitana - aula 04

209 views

Published on

Apresentar conceitos sobre Hardware e Software ;
-> Apresentar conceitos sobre Sistema Computacional;
-> Introduzir os parâmetros de funcionamento do sistema
computacional;
-> Introduzir alguns conceitos sobre Concorrência;

Published in: Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Apresentação metropolitana - aula 04

  1. 1. Objetivos:-> Apresentar conceitos sobre Hardware e Software ;-> Apresentar conceitos sobre Sistema Computacional;-> Introduzir os parâmetros de funcionamento do sistemacomputacional;-> Introduzir alguns conceitos sobre Concorrência;
  2. 2. Sumário: Hardware Software-Processador; -Tradutor;-Memória principal e secundária ; -Interpretador;-Memória Cache; -Linker;-Dispositivos de I/O; -Loader;-Barramento ; -Depurador;-Pipeline; -Interpretador de comandos;
  3. 3. -> Sistema Computacional È um conjunto de circuito eletrônicos interligados formado por processadores, memória, barramento, dispositivos de entrada e saída entre outros recursos;
  4. 4. Processador
  5. 5. Unidade Lógica Unidade de Controle Aritmética Registradores
  6. 6. Endereço = MAR 0 Instrução ou dado (Memory Address Register) 1 Conteúdo= MBR 2 (Memory Buffer Register)Memória Principal 2^16 - 1 Célula = 8 bits Memória principal com 64 Kbytes
  7. 7. Operação de leitura Operação de gravação1. A UCP armazena no MAR o 1. A UCP armazena no MAR o endereço da célula a ser lida; endereço da célula que será2. A UCP gera um sinal de controle gravada; para a memória principal, 2. A UCP armazena no MBR a indicando que uma operação de informação que deverá ser leitura deve ser realizada; gravada;3. O conteúdo da(s) célula(s), 3. A UCP gera um sinal de controle identificada(s) pelo endereço p/ a memória principal, indicando contido no MAR, é transferido que uma operação de gravação para o MBR; deve ser realizada;4. O conteúdo do MBR é transferido 4. A informação contida no MBR é para um registrador da UCP. transferida p/ a célula de memória endereçada pelo MAR. Fonte: Francis Berenger Machado
  8. 8. -> Memória Cache-É uma memória volátil de alta velocidade, porém compequena capacidade de armazenamento;-Cache Hit – Dados existentes na memória cache;-Cache Miss – Dados inexistentes na memória cache;
  9. 9. -> Dispositivos de Entrada e Saída-São utilizados para permitir comunicação entre o sistemacomputacional e o mundo externo;-- São divididos em duas categorias: --Usados como memória secundária; --Usados como interface homem-máquina.
  10. 10. -> Barramento ou bus-É um meio físico de comunicação entre as unidadesfuncionais de um sistema computacional .-Em geral possuem linha de controle e linha de dados.- São classificados em três tipos: - Barramento Processador-Memória; - Barramento de E/S; - Barramento de backplane;
  11. 11. -> Pipeline-É uma técnica que permite ao processador executar múltiplasinstruções paralelamente em estágios diferentes;-- “Linha de montagem”;
  12. 12. -> Tradutor-É um utilitário que realiza a conversão de toda arepresentação simbólica das instruções traduzindo-as para ocódigo de máquina.-- Gera um “módulo-objeto”.-Tiposde tradutores-- Montador (Assembler);--Compilador;
  13. 13. -> Interpretador-É considerado um tradutor que não gera módulo objeto;-Traduz cada instrução e as executa imediatamente;-> Linker (Editor de ligação)-É o utilitário responsável por gerar, a partir de um ou maismódulos-objeto, um único programa executável.-Suas funções básicas são resolver todas as referênciassimbólicas existentes entre os módulos e reservar memóriapara a execução do programa.
  14. 14. -> Loader-É o utilitário responsável por carregar na memóriaprincipal um programa a ser executado.-Load Absoluto (Endereço de memória inicial + tamanhodo módulo);-Load relocável (O programa pode ser locado emqualquer posição de memória)
  15. 15. -> Depurador- É um utilitário que permite ao usuário acompanhar todaa execução de um programa a fim de detectar erros emsua lógica.
  16. 16. -> Interpretador de Comandos- Permite que o usuário se comunique com o sistemaatravés de comandos simples ou mesmo comandoscompostos.

×