Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Upcoming SlideShare
Orações subordinadas adverbiais
Next
Download to read offline and view in fullscreen.

Share

Orações Subordinadas Adverbiais

Download to read offline

Orações subordindas

Related Books

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 30 day trial from Scribd

See all

Orações Subordinadas Adverbiais

  1. 1. Período compostoPeríodo composto Orações subordinadas adverbiaisOrações subordinadas adverbiais 3º ANO3º ANO
  2. 2. Oração subordinada adverbial É aquela que se encaixa na oração principal, funcionando como adjunto adverbial. Observe: Todos chegaram agora. sujeito V.I Adj. Adv. tempo • O período acima é um período simples, a oração é absoluta. • O adjunto adverbial é uma função própria do advérbio.
  3. 3. Observação: A oração subordinada adverbial liga-se: • ao verbo da oração principal; • através de conjunção subordinativa que não seja a conjunção integrante (esta última introduz a oração subordinada substantiva).
  4. 4. O adjunto adverbial pode ser constituído por uma oração in- teira, como no caso que segue: Observe: Todos chegaram /quando a cerimônia estava começando. 1 2 No caso, o período é composto por duas orações: • A oração 2 encaixa-se como adjunto adverbial do verbo chegaram da oração 1. • Como o adjunto adverbial é uma função própria do advérbio, a oração 2 classifica-se como:  subordinada: porque está encaixada em outra, funcionando como termo desta.  adverbial: porque está desempenhando uma função própria do advérbio.
  5. 5. Classificação das orações subordinadas adverbiais 1. Oração subordinada adverbial causal Indica a causa provocadora do processo expresso pelo verbo da oração principal. Ex.: A sessão foi suspensa / porque faltou energia elétrica. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial causal Principais conjunções: porque, visto que, que, como, etc.
  6. 6. ATENÇÃO Fazer a distinção entre uma oração coordenada explicativa e uma oração subordinada adverbial causal, nem sempre é fácil, porque ambas podem ser introduzidas pelas conjunções QUE e PORQUE. Para eliminar a dúvida, você deve fazer estas considerações: 1 - A oração coordenada explicativa explica a razão da afirmação feita na oração anterior: Ex: O sol estava muito forte, porque as flores estão murchas.
  7. 7. 2 - A oração subordinada adverbial causal tem o papel de advérbio em relação à oração principal, isto é, indica a causa do efeito expresso pelo verbo da oração principal: Ex: Fomos ao passeio porque houve algumas desistências. 3 - A oração coordenada explicativa é frequentemente empregada depois de orações imperativas e optativas : Ex: Não fique muito tempo diante do computador, que a sua coluna pode sentir. Deus te guie, porque você merece!
  8. 8. 2. Oração subordinada adverbial consecutiva Indica uma consequência decorrente do processo expresso pelo verbo da oração principal. Falaram tão mal do filme / que ele nem entrou em cartaz. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial consecutiva. Principais conjunções: que (normalmente precedido de tão, tal, tanto, tamanho...)
  9. 9. 3. Oração subordinada adverbial condicional Manifesta uma condição sob a qual se efetua o processo expresso pelo verbo da oração principal. Deixe um recado / se você não me encontrar em casa. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial condicional Principais conjunções: se, caso, desde que, contanto que, sem que (= se não), ...
  10. 10. 4. Oração subordinada adverbial concessiva Concede ou admite uma condição contrária ao processo expresso pelo verbo da oração principal. Vencemos o inimigo, / embora ele fosse mais forte. 1 2 1. Oração principal2. Oração subordinada adverbial concessiva Principais conjunções: embora, ainda que, se bem que, conquanto, mesmo que, que ...
  11. 11. 5. Oração subordinada adverbial conformativa Estabelece uma relação de adequação ou conformidade com o processo expresso pelo verbo da oração principal. Tudo ocorreu / como estava previsto. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial conformativa Principais conjunções: conforme, como, segundo, consoante...
  12. 12. 6. Oração subordinada adverbial comparativa Estabelece uma relação de comparação com o processo expresso pelo verbo da oração principal, manifestando uma situação de igualdade, inferioridade ou superioridade entre os dois pólos comparados. Recebeu a todos / como um anfitrião. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial comparativa Principais conjunções: como, que, do que...
  13. 13. 7. Oração subordinada adverbial final Indica a finalidade para a qual se destina o processo do verbo da oração principal. Os índios usaram as armas / para que não invadissem suas terras. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial final Principais conjunções: para que, a fim de que, que, ...
  14. 14. 8. Oração subordinada adverbial temporal Demarca em que tempo ocorreu o processo expresso pelo verbo da oração principal. Todos fugiam para o abrigo / quando soava o alarme. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial final Principais conjunções: quando, enquanto, logo que, depois que, antes que, desde que ...
  15. 15. 9. Oração subordinada adverbial proporcional Estabelece uma relação de proporcionalidade com o processo expresso pelo verbo da oração principal. Aumenta a tensão / à medida que a esquadra se aproxima. 1 2 1. Oração principal 2. Oração subordinada adverbial proporcional Principais conjunções: à medida que, à proporção que, quanto mais... mais, quanto mais ... menos... Etc.
  16. 16. Observação: A subordinada adverbial possui uma liberdade de colocação muito grande, podendo vir antes, no meio ou depois da oração principal. Exemplo: • Embora seja possível, é pouco provável uma terceira guerra. • É pouco provável, embora seja possível, uma terceira guerra. • É pouco provável uma terceira guerra, embora seja possível.
  17. 17. Causa, comparação ou conformidade? 1)Mateus fez tudo como Geraldo. 2)Mateus fez tudo como Geraldo pediu. 3)Como Geraldo pediu, Mateus fez tudo. 4)Cada um paga como pode. 5)Joaquim pagou como você., 6)Como disse João, Joaquim foi embora. 7)Você canta como um ogro.
  18. 18. Concessivas ou Adversativas? 1) Felipe fuma e não traga. 2) Apesar de fumnar, ele não traga. 3) Ana correu, mas chegou atrasada. 4) Mesmo correndo muito, Ana chegou atrasada. 5) Antônio ligou a TV, mesmo não gostando de pagode.
  19. 19. Exercícios 1) A reunião foi suspensa para que pudéssemos comer. 2) Como ele chegou atrasado, perdeu a aula. 3) Choveu tanto que o jogo foi cancelado. 4) Embora tivesse corrido, chegou atrasado. 5) Caso chegue no horário, conseguirá ver o filme, 6) Aprendemos à medida que estudamos. 7) Kiko berra como um cachorro. 8) Assim que encontrarmos Maria, seguimos a viagem. 9) Tudo foi feito como pediu ele. 10) Tao grande foi seu sucesso que ficou emocionado. 11) Tão grande foi o entusiasmo dela, que emum ligou me ligou. 12) Como era tímida, não quis falar. 13)O calor aumentava à medida que deixavámos a praia.
  • JoiceCosta26

    Jun. 9, 2021
  • lenarah

    Apr. 22, 2021
  • GisliaJardim

    Apr. 8, 2021
  • DaniloAthus

    Mar. 1, 2021
  • MariaDeFtimaGomes5

    Dec. 30, 2020
  • KarlaPereira35

    Nov. 17, 2020
  • robertafreire372

    Nov. 11, 2020
  • PedroMota122

    Nov. 9, 2020
  • tchica

    Sep. 24, 2020
  • AndraPatrciaMeloMelo

    Jun. 16, 2020
  • RitaAlencar7

    May. 13, 2020
  • RANIELEVEIGA

    Nov. 17, 2019
  • GabrielVidal47

    Apr. 25, 2019
  • DodyJp

    Oct. 21, 2018
  • DaniloSilva306

    Sep. 27, 2017
  • JonathanArlley

    Aug. 19, 2017
  • MaysaCordeiro

    May. 1, 2017
  • LuanaFreitas46

    Apr. 20, 2017
  • JssicaDominique

    Nov. 14, 2016
  • GleycianeRodriguesLi

    Sep. 10, 2016

Orações subordindas

Views

Total views

12,951

On Slideshare

0

From embeds

0

Number of embeds

8

Actions

Downloads

670

Shares

0

Comments

0

Likes

20

×