Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Trabalho HAVC - Fotografia

457 views

Published on

  • Be the first to comment

Trabalho HAVC - Fotografia

  1. 1. História Artes Visuais Contemporâneas | Fotografia – Henri Cartier-Bresson 2-11-2012 | Fábio Carneiro | UTAD
  2. 2. Pesquisa factual - Biografia• Nasceu em Seine-et-Marne a 22 de Agosto de 1908. Foi educado em Paris.Não teve uma educação superior normal.• Estudou pintura em 1927/28• 1931 – Passou um ano em Ivery Coast , onde tirou as suas primeirasfotografias. Voltando à Europa, concentrou-se na fotografia.• As suas primeiras fotos começaram a aparecer em 1933. Viajou pela Europacom André Pierre (escritor) e Leonor Fini (pintora).• Trabalhou como assistente de alguns filmes e documentários, assim comorealizou alguns trabalhos de fotografia para algumas instituições.• Foi preso pelos Alemães durante a guerra, escapando na 3.ª tentativa.
  3. 3. Pesquisa factual - Biografia• Trabalhou numa organização secreta na ajuda de resgatar os prisioneiros.• Fez parte de uma equipa, onde fotografaram “The Liberation of Paris” .• Percorreu vários países em vários continentes. Publicou imensostrabalhos, alguns livros, e exibiu-os em vários museus conceituados.• Prémio Nacional da Fotografia atribuido pelo Ministro da Cultura de França.• Henri morre a 3 de Agosto de 2004
  4. 4. Pesquisa factual - Técnicas• Foi um dos primeiros a adoptar a fotografia de formato 35mm.• Foi o mestre da “Candid photography” (Candid photography é uma fotografiatirada sem o conhecimento do fotografado ou sem permissão explícita).
  5. 5. Pesquisa factual - Frases• “ Para mim, a fotografia é o simultâneo reconhecimento, numa fracção desegundos, do significado de um evento.”• “ Fotografia é uma reacção imediata, o desenho é uma meditação.”• “ Pensar sobre a foto antes e depois, não adianta. O segredo é levares o teutempo. Não deves ir muito rápido. O sujeito deve esquecer-se de ti. Depois, sejacomo for, tu tens que ser muito rápido”.• “ Durante o trabalho, tens que ter a certeza que não deixaste nenhumburaco, que capturaste tudo, porque depois será tarde demais”.• “ A coisa mais difícil para mim são os retratos. Tu tens que tentar a tua câmaraentre a pele de uma pessoa e a sua camisa. “• “ As tuas primeiras 10.000 fotografias são as tuas piores. “• “ Fotografar: é colocar no mesmo ponto de vista a cabeça, o olho e o coração. “
  6. 6. Pesquisa estética
  7. 7. Pesquisa estética
  8. 8. Pesquisa estética
  9. 9. Reflexão / Conclusão Depois da pesquisa de vários fotógrafos, Henry Cartier-Bresson foiaquele que mais me interessou devido à sua maneira de viver e o seupensamento sobre a fotografia. Consegui perceber, ainda mais, o propósito da fotografia, e como ela érealmente uma arte. Fotografar não é só carregar num botão, é muito mais queisso: é pensar, e acima de tudo sentir. Conseguir captar tudo o que se passa nummomento, transmitindo assim algum sentimento para quem vê a foto. Também reparei que a maneira mais fácil de conseguir isso, é viajarpelas ruas de todo o mundo com uma Câmara connosco.
  10. 10. Reflexão / Conclusão Resumindo:“ É durante a vida que nos vamos descobrindo, aomesmo tempo que descobrimos o mundo à nossavolta”.
  11. 11. Webgrafia• www.google.pt• photography-now.net• www.digitalcameraworld.com• www.youtube.com• www.wikipedia.org• www.henricartierbresson.org• www.goodreads.com

×