Projeto

350 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
350
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
9
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Projeto

  1. 1. 10º GERÊNCIA DE ENSINO ESCOLA ESTADUAL DE ENSINO FUNDAMENTAL BATISTA LEITE ÁREA DE MATEMÁTICA E SUAS TECNOLOGIAS DISCIPLINA: MATEMÁTICA PROJETO: APRENDENDO GEOMETRIA COM O GEOGEBRA FABIANA VIEIRA TEIXEIRA DE SOUSA Sousa, PB. Setembro de 2013 1
  2. 2. FABIANA VIEIRA TEIXEIRA DE SOUSA PROJETO: APRENDENDO GEOMETRIA COM O GEOGEBRA O Projeto Aprendendo Geometria com o Geogebra no 7º ano, será desenvolvido na Escola Estadual de Ensino Fundamental Batista Leite (Sousa – PB) e realizar-se-á no Laboratório de Informática da Escola, como requisito de incentivar a aprendizagem significativa, fazendo com que os alunos gostem de estudar a disciplina de Geometria e posteriormente apresentem uma melhoria no seu rendimento escolar o estimulando de tal maneira que consiga-se diminuir o número de faltas bem como a evasão escolar. SOUSA-PB, 2013 2
  3. 3. Sumário INTRODUÇÃO ..................................................................................................................4 PROBLEMATIZAÇÃO .....................................................................................................4 OBJETIVOS ......................................................................................................................5 JUSTIFICATIVA: .............................................................................................................5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA ......................................................................................6 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS........................................................................7 CRONOGRAMA ...............................................................................................................8 AVALIAÇÃO.....................................................................................................................9 BIBLIOGRAFIA .............................................................................................................. 10 3
  4. 4. INTRODUÇÃO Durante anos a Educação Matemática vem pesquisando e buscando meios que associem a prática pedagógica com os conteúdos ministrados no intuito apresentar uma significação do que se é estudado em Matemática, ou seja, dá ênfase a aprendizagem significativa. Mas, para que isso seja possível é necessário que o professor encante em sua prática pedagógica e o passo inicial para que isso seja possível quando conseguirmos transfigurar o professor dito como transmissor de conteúdos para mediador do conhecimento. Com base em pesquisas e percebendo-se a dificuldade que os alunos apresentam no estudo da Geometria instigou-se a ideia de implantar uma prática lúdica que não fosse tão comum no cotidiano escolar. Sabendo que os nossos educandos estão inseridos em uma geração conhecida como “era digital”, cujos são conhecedores inatos dessa ferramentas tecnológicas. Surge então a possibilidade de casar o conhecimento geométrico através de auxílios voltados à softwares e este projeto focará o GeoGebra, com este recurso pretende-se que o aluno ache atrativa a metodologia de ensino da Geometria. Logo após os primeiros contatos com esta recurso almeja-se investir no desenvolvimento cognitivo do aluno amadurecendo o seu pensamento intuitivo fazendo-os autônomos do seu conhecimento. PROBLEMATIZAÇÃO  O uso do software Geogebra proporcionará a aprendizagem significativa em Geometria?  Através deste recurso tecnológico presentena vida do aluno é possível estimulá-lo a tal ponto que seja capaz de relacionar a aprendizagem escolar com situações do seu cotidiano?  Ao relacionar o recurso tecnológico com o conteúdo da sala de aula, o aluno encontrará um meio de ser autônomo da construção do seu próprio conhecimento? 4
  5. 5. OBJETIVOS GERAL: Avaliar a aprendizagem geométrica através de recursos tecnológicos que oportunizem a visibilidade do lúdico no processo de ensino e aprendizagem da referida área. ESPECÍFICOS: Utilizar a tecnologia como ferramenta na aprendizagem geométrica, fazendo com que os conceitos básicos da geometria possam ser visualizados e reconhecidos dentro e fora do cotidiano do aluno. Aproximar a matemática da vivência dos alunos com recursos que eles dominam ou tem facilidade em aprender. Utilizar o software GeoGebra para tornar lúdico diversos conceitos trabalhados em Geometria. JUSTIFICATIVA: Através de uma avaliação referente ao conhecimento prévio geométrico dos alunos do 6º E e 7º ano A do Ensino Fundamental, percebeu-se que os mesmos apresentaram dúvidas referentes a conceitos primitivos e a conceitos básicos voltados ao reconhecimento de retas e polígonos que fazem parte da vivência de cada um deles. Baseando-se neste contexto, o referenteprojeto justifica-se pela necessidade de aprimorar o conhecimento geométrico dos alunos através de ferramentas que permitam uma aprendizagem significativa através de conceitos e construções geométricas construídas no GeoGebra, que até então são vistas e estudas apenas em desenhos representativos contidos nos livros didáticos. Atualmente estamos cercados de novas tecnologias que aprimoram, facilitam e agilizam a vida da sociedade. Com isso, faz-se necessário ter uma metodologia pedagógica que recorra ao uso das tecnologias digitais no ambiente escolar. Sabendo que o crescimento exacerbado do campo informatizado já é presente na sociedade convém ao professor aprimorar suas metodologias, pois o uso de softwares educacionais livres ou proprietários estão tendo uma aceitação cada vez maior neste meio. Acredita-se que para existir uma aprendizagem significativa é imprescindível que o aluno esteja envolvido durante o processor de ensino-aprendizagem para que o mesmo possa ser desafiado a responder novas situações problemas que o estimule a criar e a construir novos estratégias de pensamentos. 5
  6. 6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA A geometria está em toda parte e é necessário que se entenda a sua importância no contexto escolar, segundo Lorenzato (1995) sem a Geometria a leitura interpretativa do mundo torna-se incompleta, a comunicação das ideias fica reduzida e a visão da Matemática torna-se distorcida. Para que o aluno estude geometria é necessário que ele entenda critérios axiomáticos bem como definições, e esses por sua vez devem ser novamente entendidos quando aplicados na realidade de uma sociedade, Para Freudenthal (1973) a matemática, quando aprendida, deve estar intimamente ligada à realidade, com que concordamos, haja vista que a Geometria estudada nos diversos níveis de ensino tem apresentado dificuldades de aprendizagem e também de ensino. Trabalhando com essa geração, percebe-se que o ensino baseado apenasconceitos abstratos não tendem a ser compreendidos com sucesso, uma vez que é muito complicado se entender aquilo que não se vê e apenas se imagina. Investindo em uma maneira de tentar solucionar esta situação através do intermédio entre a compreensão geométrica e os recursos tecnológicos de fácil acesso à escola educadores contam com diversos softwares educacionais, possibilitando assim o enriquecimento na dinâmica de suasaulas Segundo Montenegro (2005), no ensino fundamental e médio, os alunos devem trabalhar com modelos sólidos e com material visual. D’Ambrósio (1986) chama a atenção para o fato de que em muitas situações o aluno se mostra mais confortável com o uso de tecnologias como o uso do computador e softwares do que o próprio professor, visto que nos últimos tempos as crianças e jovens fazem uso dessa ferramentas tecnológicasde forma muitas vezes não direcionadas, podendo o professor investir nesta predileção à tecnologia, levando-a para sala de aula aproximando assim o aluno do conteúdo. Partindo desse ponto é oportuno que os educadores tenham uma nova postura com seus procedimentos e recursos utilizados na aula de Geometria, apostando na geometria dinâmica e interativa o presente projeto vai focar e investigar o processo de ensino-aprendizagem do aluno diante ao software GeoGebra. 6
  7. 7. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS O projeto acontecerá na Escola Estadual de Ensino Fundamental Batista Leite, na cidade de Sousa no estado da Paraíba, com alunos de 6º e 7º anos do Ensino Fundamental II. A metodologia escolhida para o desenvolvimento desta pesquisa será de caráter descritivo e investigativo que acontecerá de forma gradativaprincipalmente no ponto de vista do conhecimento tecnológico e pedagógico. O projeto começará com a apresentação de algumas unções importantesdo computador bem como do software GeoGebra e seu contexto aplicativo. Após essa etapa o aluno deverá manusear o software e descobrir as funções contidas neles com o intuito de resolver problemas que condizem com o conteúdo estudado em Geometria além disso, com a prática desenvolvida encontro após encontro espera-se que o aluno seja solucionador de problemas geométricos usando ou não o softwareGeoGebra. Depois de conhecer as propriedades que promovam o entendimento dos conceitos geométricos vistos em sala de aula é hora de explorar o software descobrindo que existem animações que podem destacar partes importantes de um trabalho desenvolvido em sala de aula. Ou ainda de um conceito que deverá ser lembrado posteriormente. Para que seja possível o acompanhamento qualitativo do aluno neste projeto, será proposto a elaboração de um relatório descritivo crítico, relatando sobre o assunto estudado na aula, sobre o entendimento do aluno diante ao assunto abordado e exposição sobre as suas dúvidas. Logo após esses procedimentos será feito paralelamente ao desenvolvimento do projeto uma observação investigativa que possa relatar através de avaliações se o aluno obteve aprendizagem, se ele é independente na capacidade de elaborar estratégias para resolver problemas, e o principal será observado no final verificando se houve aprendizagem significativa. Os conteúdos geométricos que serão trabalhados são:          Posições da retas; Tipos de retas; Polígonos e seus elementos; Medidas de comprimento, Medidas de superfície; Ângulos; Soma interna de um triângulo; Bissetrizes; Soma interna dos polígonos; Para que se possa atender os objetivos deste projeto a metodologia didáticautilizada para que se tenha de fato um resultado significativo será: 7
  8. 8.  Nas primeiras aulas: haverá explicações através da projeção dedatashow;  O professor será um instrutor de modo que explicará passo a passo as atividades propostas;  Após este procedimento o aluno deverá resolver questões semelhantes às que lhe foram apresentadas;  O aluno receberá desafios para que sozinhos possam achar a solução das questões; Com esses procedimentos o aluno deverá fazer a relação entre a teoria e a prática realizada no software, de tal forma que ele será preceptor da relação entre o lúdico e a teoria dos princípios e conceitos geométricos estudados e a partir daí comece a ser autônomo em suas soluções. Durante este processo os alunos terão a oportunidade de trabalhar e investigar figuras selecionadas da internet ou não e nelas irão identificar os conteúdos estudados até o momento de sua aula prática. Pretende-se que depois dos procedimentos relatados pretende-se que o aluno tenha adquirido habilidade tecnológica que o software exige e que esteja apto para construir seu próprio conhecimento, pois irá dominar a ferramenta do conteúdo, estando também apto para aplicá-la em diversos contextos. PROCEDIMENTOS Conhecendo e 05/13 se X CRONOGRAMA 06/13 07/13 08/13 09/13 10/13 11/13 12/13 X X X X X familiarizando com o Software Geogebra Trabalhando conceitos X X X e atividades introdutórias com o soft Capaz de solucionar X situações problemas sozinho 8
  9. 9. AVALIAÇÃO Terá caráter contínuo e será analisado através de avaliações redigidas, ou seja, os relatórios feitos durante as aulas, por provas escritas e pelo desempenho do aluno tanto em matemática quanto nas outras disciplinas. 9
  10. 10. BIBLIOGRAFIA D’AMBRÓSIO,Ubiratan. Da realidade à ação: reflexões sobre a educação e matemátia. 2 ed., Campinas: Ed. Da Universidade Estadual de Campinas, 1986. MONTENEGRO, Gildo A., Inteligência visual e 3 –D. São Paulo: Edgar Blücher, 2005. FREIRE, P. (1987). Pedagogia do Oprimido, volume 21. Rio de janeiro: Paz e Terra. FREUDENTHAL, Hans. Revisiting mathematics education: China lectures. London: Kluwer Academic Publisher. 1973. Mathematics Education Library. 10

×