Santa clara

1,978 views

Published on

Santa Clara de Assis http://www.colsantoantonio.com.br/santoantonio/noticias/albuns/299/santa_clara.ppt em 20110825

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,978
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
27
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Santa clara

  1. 1. Santa Clara nasceu no dia oito de abril de 1194. 12 anos depois de São Francisco
  2. 2. Esta é a cidade Clara: Assis (Itália)
  3. 3. Clara nasceu em uma casa ao lado da Catedral de São Rufino, parte central da cidade. Hoje, no local funciona o Fórum Municipal. E mantém apenas uma inscrição: “Aqui nasceu Clara de Assis”. Casa de Clara
  4. 4. <ul><li>Os pais de Clara se chamavam Federico Favarone Scifi e Ortolana Fiuni. </li></ul><ul><li>A família de Clara era uma das onze famílias mais ricas da região. Pertencia à classe de nobres. </li></ul>
  5. 5. Seu pai era conde e possuía terras e castelos por toda a redondeza de Assis.
  6. 6. <ul><li>O Conde Favarone Scifi, como todos os cavaleiros feudais, deixava a educação das filhas a cargo de sua mulher e das numerosas damas do palácio. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>Por isso, Dona Ortolana, exerceu grande influência na vida de Clara. E ra muito religiosa, caridosa com os pobres e se dedicava como podia ao serviço de Deus e às práticas de piedade. </li></ul>
  8. 8. Dona Ortolana, quando estava grávida, ficou preocupada com a hora do parto. Um dia ela entrou numa Igreja para orar e ouviu uma voz que lhe disse: “Não tenha medo. Você vai dar à luz uma luz que vai iluminar o mundo com o seu jeito de ser. Por causa dessas palavras, a criança quando nasceu, recebeu o nome de Clara.
  9. 9. Clara cresceu seguindo os passos da mãe: aprendeu a ser caridosa, cuidadosa com as coisas de Deus, amorosa com as pessoas, de coração bom e sincero.
  10. 10. Clara aprendeu, principalmente, os bons costumes e a predileção pelos pobres, para quem voltava sua atenção.
  11. 11. Já quando criança partilhava o que tinha com os pobres e doentes e levava alimentos e roupas para eles fora da cidade. Tinha um coração movido pelas necessidades dos outros .
  12. 12. <ul><li>Clara tinha quatro irmãos: dois homens e duas mulheres </li></ul><ul><li>Ela era a mais velha. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>A sua infância e juventude foi a de uma menina fidalga. Usava jóias e vestidos de seda bordados quando ia com a família às festas ou assistir aos torneios da sua cidade. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>Clara tinha treze anos quando conheceu Francisco, filho de Pedro Bernardone, o rico comerciante. Algumas vezes comprou tecidos em sua loja. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Clara admirava muito Francisco e queria levar a mesma vida que ele. Algumas vezes ia à Capela de Santa Maria dos Anjos ouvir a sua pregação e conversar com ele. </li></ul>
  16. 16. <ul><li>Seus pais queriam que ela se casasse com um cavaleiro. Mas ela já amiga de Francisco queria viver o mesmo estilo de vida dele. Perguntou-lhe como deveria agir. Francisco sugeriu a ela que fosse á missa e lá ela teria um sinal. Era Domingo de Ramos. </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Durante a missa o bispo desceu do altar e lhe entregou-lhe uma palma. </li></ul><ul><li>Clara interpretou esse gesto do bispo como um sinal do Senhor. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>Assim, na noite seguinte, ela fugiu de casa para viver no meio dos pobres, como Francisco </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Clara tinha dezoito anos quando isto aconteceu. Ela, acompanhada de uma amiga, foi até a igrejinha da Porciúncula que ficava fora da cidade. </li></ul>
  20. 20. Lá Francisco e outros frades a esperava para cortar-lhe os cabelos. Cortar o cabelo era um gesto de consagração a Deus.
  21. 21. Não demorou muito tempo, muitas outras moças quiseram viver como Clara. Inclusive suas irmãs Inês e Beatriz e, depois, a sua mãe. E foi nesta Igreja de São Damião que Clara e suas companheiras foram morar.
  22. 22. Clara era uma moça linda: caridosa, sensível, delicada. Dizem que muitos rapazes sonhavam em se casar com ela.
  23. 23. <ul><li>Mas ela fez outra escolha: Preferiu entregou o seu coração só para Jesus, amando-O nos pobres. Por isto mudou a sua vida radicalmente: </li></ul>
  24. 24. <ul><li>Desfez da sua herança e deu o dinheiro aos pobres. </li></ul><ul><li>Deixou o palácio onde morava no centro da cidade e foi morar numa mosteiro fora da cidade </li></ul>
  25. 25. <ul><li>  Dormia no chão. Só quando adoeceu passou a dormir numa esteira </li></ul><ul><li>Comia do que recebia de esmola </li></ul><ul><li>Cuidava das irmãs doentes </li></ul><ul><li>   Quando alguma irmã voltava da rua, lavava-lhe os pés... </li></ul><ul><li>N o frio da noite, levantava-se para cobrir às irmãs </li></ul><ul><li>Se alegrava com o pouco </li></ul><ul><li>Vestia vestido de tecido simples </li></ul>
  26. 26. Á noite ficava horas rezando.
  27. 27. Clara assumiu a “forma de Vida” de São Francisco. Ela escreveu: “ A Forma de Vida das Irmãs Pobres é esta... Observar o Santo Evangelho de nosso Senhor Jesus Cristo, vivendo em pobreza, obediência e castidade”.
  28. 28. No ano de 1225, aos 31 anos, Clara ficou doente. Provavelmente a doença tenha sido por causa dos severos jejuns e penitência que fazia.
  29. 29. Clara da Assis morreu aos 59 anos, no dia 11 de agosto de 1253, deixando uma grande tristeza no coração dos pobres e de suas irmãs.
  30. 30. Clara foi declarada Santa dois anos depois de sua morte.
  31. 31. Santa Clara: Clara luz que não cessa

×