Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Projeria

1,305 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Projeria

  1. 1. Grupo de Estudos Sheila Weber Machado Estudante de Psicologia 6º Semestre - UNIP Doenças Raras e Medicamentos Órfãos Projéria - Síndrome realização:
  2. 2. Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  3. 3. <ul><li>Doença Rara com causas (ainda) desconhecidas; </li></ul><ul><li>Com sinais e sintomas crescentes, variando de intensidade de um indivíduo ao outro. </li></ul><ul><li>Não afeta o Psiquismo do portador desta síndrome; </li></ul><ul><li>Estudos (experimentais) com irmãos, fazem pesquisadores acreditarem que a origem desta síndrome é genética – recessiva do Cromossomo X. </li></ul>Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  4. 4. <ul><li>Nanismo grave; </li></ul><ul><li>Atrofia Cutânea e Muscular; </li></ul><ul><li>Desaparecimento quase total de tecido subcutâneo; </li></ul><ul><li>Fisionomia característica com: </li></ul><ul><li>Lábios finos; </li></ul><ul><li>Pequenas manchas marrons espalhadas </li></ul><ul><li>pelo corpo; </li></ul><ul><li>Diminuição de sudorese. </li></ul><ul><li>Total ou parcial interrupção de urina; </li></ul><ul><li>Dentição atrasada e anormal; </li></ul><ul><li>Freqüente falta de cílios e sombrancelhas; </li></ul><ul><li>Voz aguda; </li></ul>Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  5. 5. <ul><li>Apesar das séries de complicações e restrições que estes indivíduos passam, eles tem preservados suas funções cognitivas; </li></ul><ul><li>Porém, devido as condições físicas ao qual são expostos, estes pacientes estão por longos períodos depressivos e tristes; </li></ul><ul><li>A família tem um papel muito importante na promoção de bem estar dos indivíduos com Projeria; </li></ul><ul><li>Mas a família deve acolher sem cercear o paciente – é importante que este paciente perceba-se como integrante de um grupo, com potencialidades, que ele possa definir seu papel, tendo assim um “suporte” para desenvolver de forma segura seus conceitos, morais e pessoais. </li></ul>Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  6. 6. <ul><li>Infelizmente o tempo estimado de vida dos pacientes com a Síndrome de Projeria é de 15 anos; </li></ul><ul><li>O caso mais longo registrado foi de um paciente que veio a falecer com 29 anos; </li></ul><ul><li>Geralmente a causa morte provem de outros motivos, como: Hipertensão Arterial, Infarto Agudo do Miocardio e Ataques de angina. </li></ul>Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  7. 7. Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  8. 8. http://www.scielo.br/pdf/abd/v77n5/v77n5a04.pdf http://www.scielo.br/scielo. php ?script= sci_arttext&pid =S0365-05962002000500004& lng = pt&nrm = iso http://www.scielo.br/scielo. php ?script= sci_arttext&pid =S0365-05962006000600013& lng = pt&nrm = iso http://drauziovarella.ig.com.br/arquivo/arquivo.asp? doe_id =138 http:// www.pediatriasaopaulo.usp.br/upload/pdf/718.pdf Doenças Raras e Medicamentos Órfãos
  9. 9. Doenças Raras e Medicamentos Órfãos Agradecimentos Transpática www.transpatica.org.br
  10. 10. Doenças Raras e Medicamentos Órfãos

×