Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis                     Rio Branco (Município Piloto)  Encontro Nacional ...
Caracterização do Município de Rio Branco• Área da unidade territorial: 9.223 Km²• População em 2010: 336.038 habitantes  ...
Rio Branco                CoberturaPopulação                        Nº de ESF       Nº de ACS          NASF               ...
Rio Branco   Nº de                               Crianças                    Famílias              Crianças     Nº de  Cre...
Linhas de cuidado da atenção integral à saúde   da criança onde a EBBS tem interface em Rio Branco• Atenção humanizada e q...
Principais estratégias de ação da Atenção   Primária em Rio Branco – saúde da criança• Vigilância à saúde pela equipe de a...
Linhas de cuidado que estão sendo priorizadas         em Rio Branco – setor Saúde• Promoção do nascimento saudável;• Acomp...
EBBS em Rio Branco – função do Apoiador• Fomento à articulação nas regionais entre CRAS e Unidades de  Saúde;• Utilização ...
Rio Branco – potencialidades e desafios• Apoio e empenho político da Prefeitura;• Nova equipe na Área Técnica da Criança m...
A EBBS em Rio Branco sepropõe a fortalecer a articulação,a integração e o desenvolvimentode ações voltadas à saúde dacrian...
3 Rio Branco Apresentação 21 de set
3 Rio Branco Apresentação 21 de set
3 Rio Branco Apresentação 21 de set
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

3 Rio Branco Apresentação 21 de set

1,094 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
1,094
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
357
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

3 Rio Branco Apresentação 21 de set

  1. 1. Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis Rio Branco (Município Piloto) Encontro Nacional de Coordenadores de Atenção à Saúde da CriançaV Oficina Ampliada da Estratégia Brasileirinhas e Brasileirinhos Saudáveis Brasília - Setembro/2011
  2. 2. Caracterização do Município de Rio Branco• Área da unidade territorial: 9.223 Km²• População em 2010: 336.038 habitantes (46% da pop do Acre)• População < de 06 anos: 42.943 crianças
  3. 3. Rio Branco CoberturaPopulação Nº de ESF Nº de ACS NASF At. Primária336.038 28,6% 25 397 0Taxa de Mortalidade Infantil: 17,0 / 1000 Nascidos vivos (2010) Nascidos Vivos com 7 ou + consultas de Pré-natal: 40,06% Aleitamento Materno Idade Brasil (%) Acre (%) Rio Branco (%) < 4 meses 51,2 65,12 43,6 < 6 meses 41% 30,57 36,1
  4. 4. Rio Branco Nº de Crianças Famílias Crianças Nº de Creches matriculadas Nº de Nº de atendidas em creches EscolasMunicipais no ensino CRAS CREAS pelos municipais Infantis(2 a 3 anos) infantil CRAS 10 + 931 26 8.700 07 01 4.000 *+ 2 creches conveniadas* + de 20.000 acompanhamentos sociais
  5. 5. Linhas de cuidado da atenção integral à saúde da criança onde a EBBS tem interface em Rio Branco• Atenção humanizada e qualificada à gestante e ao RN; (PQM)• Incentivo ao aleitamento materno; (Rede Amamenta)• Incentivo e qualificação do Pré-natal; (Caderneta da Criança)• Incentivo e qualificação do acompanhamento do crescimento e desenvolvimento (CD); (Caderneta da Criança)• Combate à desnutrição, sobrepeso e anemias carenciais; (PNSF e VitA)• Atenção às doenças prevalentes da infância;
  6. 6. Principais estratégias de ação da Atenção Primária em Rio Branco – saúde da criança• Vigilância à saúde pela equipe de atenção básica• Vigilância da mortalidade materna e infantil• Educação continuada das equipes de atenção à criança• Organização de linhas de cuidado (a partir de 2011).
  7. 7. Linhas de cuidado que estão sendo priorizadas em Rio Branco – setor Saúde• Promoção do nascimento saudável;• Acompanhamento do recém-nascido de risco;• Acompanhamento do Crescimento e Desenvolvimento e Imunização;• Promoção do Aleitamento Materno e Alimentação Saudável e atenção aos distúrbios nutricionais e anemias carenciais;• Abordagem das doenças respiratórias e infecciosas.
  8. 8. EBBS em Rio Branco – função do Apoiador• Fomento à articulação nas regionais entre CRAS e Unidades de Saúde;• Utilização da Sala de Situação para articulação intersecretarias;• Articulação e fomento à qualificação das equipes da AP, CRAS e Creches sobre Linha de cuidado infantil;• Articulação com o Fórum Perinatal (equipes técnicas das Maternidades, Atenção Primária, CRAS, Áreas Técnicas Estaduais e Municipais da Criança e da Mulher e outros parceiros);• Diálogo com o setor Educação para qualificação dos cuidadores das Creches;• Instalação do GEL, articulação e insistência para sua consolidação;• Cartilha Mamãe Cidadã (produção da SESACRE para utilização na AP de RBR;• Plano Municipal para Primeira Infância – Saúde, Educação e Assistência Social – Comitê municipal já instalado (1ª oficina outubro/2011 - prazo: 1º semestre de 2012)
  9. 9. Rio Branco – potencialidades e desafios• Apoio e empenho político da Prefeitura;• Nova equipe na Área Técnica da Criança municipal;• Empenho do Prefeito e equipe em elaborar o Plano Municipal para Primeira Infância;• Articulação entre os CRAS e Unidades de Saúde;• Intersetorialidade efetiva (GEL);• Cobertura de ESF;• Cobertura de Creches (0 a 3)• Qualificação da Atenção Primária;
  10. 10. A EBBS em Rio Branco sepropõe a fortalecer a articulação,a integração e o desenvolvimentode ações voltadas à saúde dacriança até seis anos de vida(Primeira Infância), e fomentar aorganização da assistência àsaúde infantil em linhas decuidado, se apresentando comouma estratégia para atenuar adesarticulação entre os diversos Obrigada.setores para garantir o cuidadointegral, considerando os Patrícia Azevedo Feitosa Apoiadora local – EBBS – Rio Brancodeterminantes sociais. pattiazevedo@yahoo.com.br

×