Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Cuidados Paliativos - Morrer com dignidade

17,039 views

Published on

Published in: Education

Cuidados Paliativos - Morrer com dignidade

  1. 1. CUIDADOS PALIATIVOS – MORRER COM DIGNIDADE Filipa Nunes, 2012
  2. 2. “resposta ativa aos problemas decorrentes da doençaprolongada, incurável e progressiva, na tentativa deprevenir o sofrimento que ela gera e de proporcionar amáxima qualidade de vida possível a estes doentes esuas famílias. São cuidados de saúde ativos,rigorosos, que combinam ciência e humanismo.” CUIDADOS PALIATIVOS
  3. 3. Cuidados Paliativos objetivos: Proporcionar qualidade de vida; Dignificar a vida humana.
  4. 4.  Os cuidados paliativos podem ser aplicados atempadamente, no decurso da doença, em conjugação com outras terapias que visam prolongar a vida.
  5. 5. Cuidados paliativos: Tratamento específico Tratamento Luto paliativoDiagnóstico Morte
  6. 6. “cuidados em fim de vida de qualidade são prestados porprofissionais que se empenham em manter a dignidade dodoente e dos seus cuidadores; trabalham com as forças elimitações do doente e dos seus cuidadores para lhes devolvero controlo e a gestão da sua própria situação; mantêmequidade quanto à ética do acesso e localização dos recursos;demonstram respeito pelo doente e pelos seus cuidadores;defendem os desejos expressos dos seus doentes, cuidadores;comprometem-se a trabalhar para a excelência da prestação decuidados e do apoio; são responsáveis perante doentes,cuidadores.” (Palliative Care Australia, 2004)
  7. 7. “Para a Enfermagem, os cuidados paliativossão inerentes à sua prática quotidiana. Aliar aciência e a arte para prestar um cuidado que ampare,suporte e conforte é o dever dos profissionais deEnfermagem, desde o auxílio no nascimento aodiagnóstico de uma doença avançada, fortalecendo-se e tornando-se ainda mais presente na fase terminal econtinuando durante o período de luto.” PAPEL ENFERMAGEM
  8. 8. A pessoa doente: Preocupações com o futuro / Medo Dor/ Falta Humor de apetite deprimido
  9. 9. O papel dos enfermeiros nos CP:  Estabelecer uma boa comunicação / relação interpessoal com a pessoa doente e pessoas significativas; Saber escutar;  Avaliar de forma integral a pessoa doente;  Integrar a pessoa doente na equipa;  Prestar acompanhamento psicológico, emocional e social à pessoa doente;
  10. 10. O papel dos enfermeiros nos CP:  Avaliar as capacidades/ competências da rede familiar e social da pessoa doente e fomentar o seu uso;  Envolver a família / pessoas significativas no processo de tratamento curativo e/ou paliativo;  Prestar acompanhamento psicológico, emocional e social à família/pessoas significativas durante a doença e no próprio luto ;
  11. 11.  “O cuidar das pessoas doentes no período terminal dassuas vidas exige da parte dos enfermeiros umaponderação individual das circunstâncias que,envolvendo necessariamente os cuidados de saúdeadequados à pessoa doente, terá que considerar demodo especial as manifestações dos seus valoresculturais e espirituais e o seu envolvimento afetivo,familiar e social.”  Alexandre Laureano Santos
  12. 12. Obrigada pela atençãodispensada. Contacto: Filipadnunes@hotmail.com

×