Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Pressupostos das nossas opiniões

2,108 views

Published on

Análise de teses.
Lógica aplicada - Filosofia 10º ano

Published in: Education
  • Be the first to comment

Pressupostos das nossas opiniões

  1. 1. Descobrir os pressupostos das nossas opiniões www.filosofarliberta.blogspot.pt
  2. 2. Descobrir os pressupostos das nossas opiniões "Para atingir a verdade, é preciso uma vez na vida desfazermo-nos de todas as opiniões aceites e reconstruir, desde o fundamento, todos os sistemas do próprio conhecimento" René Descartes
  3. 3. Há situações em que nós dizemos o que não pensamos (ou o que não queríamos dizer).
  4. 4. Eis um exercício simples que nos ajuda a examinar com detalhe tudo o que é dito através de uma simples frase que exprime uma opinião (uma tese):
  5. 5. «O valor de uma civilização julga-se pelo desenvolvimento da sua técnica”.
  6. 6. Esta frase contém oito opiniões suplementares. «O valor de uma civilização julga-se pelo desenvolvimento da sua técnica”.
  7. 7. 1. As civilizações têm um valor menor ou menor (podem ser hierarquizadas).
  8. 8. 2. Podemos julgar o valor de uma civilização.
  9. 9. 3. A técnica pode ser mais ou menos desenvolvida dependendo das civilizações.
  10. 10. 7. Uma civilização pode desenvolver-se.
  11. 11. 4. Podemos emitir juízos sobre o desenvolvimento de uma civilização.
  12. 12. 5. a. Uma civilização pode ser julgada pelo desenvolvimento da sua técnica. 5. b. O único critério do valor de uma civilização, é o desenvolvimento da sua técnica.
  13. 13. 6. O desenvolvimento das técnicas é um índice do valor de uma civilização.
  14. 14. 8. As técnicas têm valores diferentes.
  15. 15. Quais são as questões às quais esta opinião (tese) procura responder?
  16. 16. Questões: 1. O que é que faz o valor de uma civilização? 2. O desenvolvimento técnico é o único critério do valor de uma civilização? 3. Temos o direito de julgar [as civilizações]? 4. O desenvolvimento técnico traz valor acrescido a uma civilização? E dentro de que medida? 5. As civilizações são desiguais em valor?
  17. 17. Sócrates não pararia aqui. De certeza que levantaria as questões seguintes, ainda mais fundamentais...
  18. 18. Questões: 6. O que é uma civilização? 7. O que é o juízo? 8. O que é o valor em si? 9. A que é que se reconhece o desenvolvimento? 10. O que é a técnica? 11. Qual é a utilidade da técnica? 12. Que técnicas são mais úteis a uma civilização?
  19. 19. Atividades: I. Analise as seguintes teses (opiniões) e descubra os seus pressupostos. De seguida, identifique as questões a que elas procuram responder: I.1. «A filosofia distingue-se dos outros saberes pela forma como são colocadas as suas questões». I.2. «O mal não existiria se os seres humanos não fossem livres». I.3. «A filosofia e a ciência são saberes diferentes, mas ambas são saberes racionais».
  20. 20. Atividades: I.4. «O grafiti só poderá ser considerado uma forma de arte se produzir nas pessoas um prazer estético». I.5. «A existência humana não poderia ter sentido se não existissem os valores». I.6. «De todas as ciências humanas a história é a que é mais subjetiva». I.7. «Os primatas superiores podem ser considerados como pessoas, devendo ter direitos semelhantes aos dos seres humanos». I.8. «O reconhecimento da ignorância é o fundamento da atividade filosófica».
  21. 21. Correção dos exercícios Nº do item Tese Pressupostos Questões I.1. «A filosofia distingue-se dos outros saberes pela forma como são colocadas as suas questões». 1. A filosofia é diferente dos outros saberes. 2. Podemos distinguir os diversos saberes. 3. O critério para a distinção da filosofia dos outros saberes é o tipo de questionamento. 4. As questões filosóficas são colocadas de forma diferente 1. O que é a filosofia? 2. O que é o saber? 3. O que é que distingue os diversos saberes? 4. O que é questionar? 5. O que é que distingue os diversos tipos de questão? 6. O que é que distingue as questões filosóficas? 7. É possível um critério que permita distinguir os diversos saberes do saber filosófico? 8. A forma de questionar pode servir de critério para distinguir a filosofia dos outros saberes?
  22. 22. Correção dos exercícios Nº do item Tese Pressupostos Questões I.2. «O mal não existiria se os seres humanos não fossem livres». 1. O mal existe por causa dos seres humanos. 2. A liberdade existe. 3. Os seres humanos são livres. 4. A liberdade é o que torna possível o mal. 1. O que é o mal? 2. Qual é a causa do mal? 3. O mal faz parte da natureza humana? 4. A liberdade existe? Os seres humanos são livres? 5. É a liberdade que torna possível o mal? 6. Se não existisse a liberdade humana, o mal poderia existir? 7. Poderia Deus ser a causa do mal? 8. Há algo de errado com a natureza humana?
  23. 23. Correção dos exercícios Nº do item Tese Pressupostos Questões I.3. «A filosofia e a ciência são saberes diferentes, mas ambas são saberes racionais». 1. Existem diversos tipos de saber. 2. Os saberes racionais são distintos dos outros saberes. 3. A filosofia e a ciência são saberes racionais. 4. A filosofia e a ciência são saberes diferentes. 5. A filosofia e a ciência têm em comum o facto de serem racionais. 1. O que é que caracteriza os saberes racionais? 2. O que é ciência? 3. O que é que distingue os saberes racionais dos outros saberes? 4. O que é que a filosofia e a ciência têm em comum? 5. O que é que distingue a filosofia e a ciência?
  24. 24. Correção dos exercícios Nº do item Tese Pressupostos Questões I.4. «O grafiti só poderá ser considerado uma forma de arte se produzir nas pessoas um prazer estético». 1. Só é arte o que produzir prazer estético. 2. Há diversos tipos de prazer. 3. O espetador é importante em arte. 4. A filosofia e a ciência têm em comum o facto de serem racionais. 1. O que é a arte? 2. O que é necessário para que o grafiti possa ser considerado arte? 3. O que é que distingue os saberes racionais dos outros saberes? 4. O que é que a filosofia e a ciência têm em comum? 5. O que é que distingue a filosofia e a ciência?

×