Caderno de Ciências - 6o ano

22,360 views

Published on

Caderno de ciências criado na sala de aula no p

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
22,360
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
132
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Caderno de Ciências - 6o ano

  1. 1. A atmosfera AGENDA:06/08/2010 Camada de ar que envolve a terra. Assunto: Atmosfera Troposfera = camada mais próxima do solo. Para casa:Trabalhando as ideias do Estratosfera = Acima de 15.000m (temperatura ± -50oC) capítulo Nela está a camada de ozônio. Pág.:161 e 162 Finalizar os Mesosfera = 35 km de altura exercícios Termosfera = temperatura chega a 1200 oC Começar a executar as atividades Ionosfera = 9600 Km relativas à AP - do blog VÍDEO MISTURA DE GASES A atmosfera é a camada de ar que rodeia a Terra. Em termos gerais, é formada por uma mistura de gases na qual se encontram em suspensão quantidades variáveis de partículas sólidas e líquidas. As moléculas gasosas podem mover-se livremente, mas a gravidade impede que escapem da atmosfera. A composição do ar sem impurezas nas proximidades da superfície terrestre é 78 % do seu volume de nitrogênio molecular (N2) e 21 % de oxigênio molecular (O2). 1% de outros gases. Recorte de tela efetuado: 18/08/2010 14:33 • Recorte de tela efetuado: 06/08/2010 08:49 Recorte de tela efetuado: 04/08/2010 11:38 Efeito Estufa Efeito estufa ECOLOGIA E METEOROLOGIA - Deve-se à absorção por parte dos gases da atmosfera da radiação infravermelha reemitida pela Terra para o exterior, gerando um efeito semelhante ao que é aproveitado nas estufas, onde as paredes de vidro permitem a passagem dos raios solares, mas impedem a saída da radiação térmica e do calor emitido pelos corpos no interior da estufa. O principal gás responsável por este fenômeno é o dióxido de carbono e, em menor escala, o vapor de água, o ozônio e outros gases originados pela utilização de combustíveis orgânicos. Durante milhares de anos, a composição da atmosfera manteve -se relativamente constante, mas, desde os inícios do séc. XX, a concentração de alguns gases sofreu um crescimento contínuo em conseqüência da atividade humana, o que tem vindo a provocar um fortalecimento do efeito estufa e o conseqüente aumento da temperatura terrestre. A pressão atmosférica O conjunto de ar que constitui a atmosfera exerce uma pressão sobre a superfície da Terra designada pressão atmosférica, que corresponde ao peso da coluna de ar que se estende verticalmente até o limite exterior da atmosfera. Esta pressão atua sobre todas as superfícies, sólidas ou líquidas, em contato com o ar, mas os seus efeitos não são percebidos porque ela é compensada pela pressão exercida pelo ar no interior dos objetos ocos, das substâncias porosas e dos líquidos. Ao nível do mar, esta pressão é de aproximadamente 1 pascal (1 Pa = 1 N/m2). Pelo fato de o ar ser compressível e de estar submetido à atração gravitacional, as camadas inferiores da atmosfera estão mais comprimidas e, assim, são as mais densas. À medida que aumenta a altura, tanto a densidade como a pressão atmosférica diminuem progressivamente. Página 1 de 6o Ano
  2. 2. tanto a densidade como a pressão atmosférica diminuem progressivamente. A pressão atmosférica foi quantificada por Evangelista Torricelli no ano de 1643. Os instrumentos que permitem medir a pressão atmosférica e todas as suas variações designam-se barômetros. O instrumento desenhado por Torricelli chama-se barômetro de mercúrio. As medidas da pressão atmosférica são expressas em milímetros de mercúrio (mm Hg), correspondentes à altura da coluna de mercúrio, ou em hectopascais (hPa)(1 mm Hg -‘ 1,333 hPa). A pressão normal ao nível do mar é de 760 mm Hg ou 1.013,2 hPa. Chuva de meteoros Publicação: 14/08/2010 07:00 Quem ficou acordado para assistir à chuva de meteoros Perseid, que brilhou nos céus na madrugada de sexta -feira (13/08/2010), não se arrependeu. Os astrônomos haviam previsto que o Hemisfério Norte teria a melhor visibilidade do fenômeno, mas não se imaginava que seria possível observá tão bem. Na Macedônia, na Inglaterra, na Áustria, -lo na Espanha, no México e nos Estados Unidos, as condições climáticas permitiram que o espetáculo fosse visto a olho nu. Já noBrasil, mesmo quem estava com lunetas e binóculos ficou frustrado — no país, as imagens foram bem mais fracas. De acordo com a Agência Espacial Americana (Nasa), o meteoro é uma camada de luzes brilhantes que cruzam rapidamente o céu. M uitas pessoas os confundem com estrelas cadentes, porque a visão é bastante parecida. O meteoro se forma quando um pedaço de um corpo celeste entra na atmosfera da T erra. O ar aquece esses fragmentos e, graças ao calor, forma-se um rastro brilhante, composto por gases e pequenas partículas do corpo celeste. Milhões de meteoros passam pela atmosferaterrestre todos os dias, mas a maioria tem o tamanho de um seixo, por isso não são notados. Para serem vistos, precisam estar entre 65km e 120km acima da Te rra. A chuva de meteoros que iluminou o Hemisfério Norte ontem, chamada de Perseid por ser originada na Constelação de Perseus, éum fenômeno que acontece a cada 133 anos e tem origem no cometa Swift-Tuttle. Quando ele cruza o Sistema Solar, deixa para trás um rastro de poeira e detritos. Ao passar pela Terra, os fragmentosse chocam com a atmosfera a 225 mil quilômetros por hora e se desintegram em explosões de luz. http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/08/14/cienciaesaude,i=207726/CHUVA+DE+METEOROS.shtml Porque a quantidade de gás carbônico está aumentando nos últimos anos? Por causa da queima de combustíveis orgânicos pelos carros e fábricas Qual o gás que está em maior quantidade na composição da atmosfera e qual seus efeitos na respiração? O nitrogênio compõe 78% da atmosfera. Nenhum efeito na respiração. Página 2 de 6o Ano
  3. 3. segunda-feira, 16 de agosto de 2010 09:01 Agenda Assunto: propriedades do ar, alguns aparelhos meteorológicos Para casa: Elaboração a apresentação da APs Exercícios: Pág 168 1. A união entre oxigênio, combustível e calor. Esses são os fatores necessários para ocorrer uma combustão. 2. Gás carbônico e vapor d'água. (combustíveis orgânicos) 3. Por que quase todos os seres vivos precisam de oxigênio para liberar a energia dos alimentos. 4. Respiração dos seres vivos e a sua decomposição. A queima de floresta. 5. Fotossíntese 6. Através das bactérias nitrificantes que fixam o nitrogênio da atmosfera e o transfere para as plantas pelas raízes. Página 3 de 6o Ano
  4. 4. Exercícios segunda-feira, 9 de agosto de 2010 08:39 1. Nitrogênio 2. a) Estratosfera (ozonosfera); b) Troposfera; c) Mesosfera; d) Termosfera; e) Ionosfera. 3. Absorve os raios UV que causam danos à saúde. 4. Ionosfera; Nela ocorre a reflexão de ondas de rádio e podem ser recebidas por aparelhos de rádio a grandes distâncias das estações transmissoras. Além disso os raios do sol são refletidos nesta camada. 5. O vidro da estufa permite a luz entrar mas o calor não consegue sair. Do mesmo modo a atmosfera deixa a luz entrar e o calor fica retido no Planeta. 6. a) F - os CFCs destroem o ozônio. b) F - absorve parte dos raios UV. c) V d) F - A destruição da camada de ozônio é chamada de buraco da camada de ozônio. e) V - câncer de pele e cegueira. f) F -Depende do lado onde o sol iria aquecer. Página 4 de 6o Ano
  5. 5. AGENDA Assunto :De que é feito o ar. Em classe: resolver os exercícios Propriedades do AR Para casa: Exercícios da pág 168. domingo, 8 de agosto de 2010 22:59 A meteorologia é a disciplina científica que estuda a composiçâo e a estrutura da atmosfera e os fenômenos que nela ocorrem. O oxigênio do ar permite a combustão. O oxigênio é considerado um comburente. O oxigênio serve para a respiração dos seres aeróbicos. O gás carbônico é um dos gases responsáveis pelo efeito estufa. O nitrogênio é responsável pela formação das proteínas. Só pode ser absorvido pelas bactérias nas raízes das plantas. Barômetro Mede a pressão atmosférica Anemômetro: mede a velocidade do vento Uma propriedade comum a todos os fluidos é a capacidade de transmitirem a pressão exercida sobre uma das suas partículas ao resto das partículas que os constituem. No que diz respeito ao ar, a transmissão da pressão, em vez de se efetuar por completo, vai diminuindo à medida que o ponto que se considera vai se afastando do ponto inicial, ou seja, há uma perda de pressão. Quanto mais alto você vai MENOR a pressão atmosférica. www.Sobiologia.com.br O diâmetro das gotas de chuva situa-se entre os 0,5 e os 7 mm. Quando é menor, a precipitação denomina-se chuviscos. A chuva classifica-se em três tipos, segundo o processo de formação da frente em que se originam: chuvas ciclónicas (ou frontal), chuvas convectivas e chuvas orográficas. A origem da chuva pode ser explicada através de dois processos distintos — um característico das nuvens cumuliformes e outro das nuvens estratiformes. O primeiro tipo exige que na nuvem exista um determinado número de gotas de água que, ao colidir com outras gotas, englobando- as, aumentam as suas dimensões. Quando alcançam o peso suficiente, caem. O outro processo exige a presença de nuvens estratiformes de cristais de gelo e de um número elevado de gotas subfundidas. Nestas condições, os cristais de gelo tendem a absorver as gotas, tornando-se suficientemente grandes para cair das nuvens em forma de flocos de neve. Ao atravessar os estratos de ar com temperaturas superiores a O °C, os flocos fundem-se e chegam ao solo em forma de chuva. Marcos Pontes o primeiro astonauta brasileiro, a bordo da nave russa Soyuz TMA-8, que partiu do Centro de Lançamento de Baikonur, no Casaquisto em 29 de março de 2006. Recorte de tela efetuado: 11/08/2010 16:13 Página 5 de 6o Ano
  6. 6. Recorte de tela efetuado: 11/08/2010 16:06 Recorte de tela efetuado: 11/08/2010 16:16 Página 6 de 6o Ano
  7. 7. De que é feito o ar sexta-feira, 13 de agosto de 2010 08:17 Agenda 13/08/2010 Assunto: de que é feito o ar Para casa: Exercícios da pág. 168 Nitrogênio: compõe cerca de 78% da atmosfera. É um gás que dificilmente se combina com outros elementos ou substâncias. As bactérias que ficam nas raízes das plantas que fixam o nitrogênio fazendo alguns compostos. As leguminosas são as que mais fixam o nitrogênio: feijão, soja, ervilha, alfafa, amendoim, lentilha e grão de bico. Oxigênio: é o gás responsável pelas combustões. Ele é chamado de comburente. É o gás usado na respiração dos seres aeróbicos. Gás carbônico: resulta da combustão de combustíveis orgânicos. Também é responsável pelo efeito estufa. Lara e Raphaela → Biruta dia 27/08 Paula e Lorena → Barômetro 26/08 Marco, Ana Clara e Bia → Barco 27/08 Bruno → Pipa 27/08 Fátima → Catavento 27/08 Página 7 de 6o Ano
  8. 8. Propriedades do ar Agenda: sexta-feira, 20 de agosto de 2010 07:36 Assunto: As 34*1,6=54,4 N propriedades do ar Para casa: Desenvolvam as Amanda tem massa de 34 kg e atividades da AP e um peso de aproximadamente exercícios da pág 340 N. 176 O fessor tem uma massa 50kg e um peso de 500 N(Newtons). Massa: Quantidade de matéria Peso: é a força com que a Terra atrai esse corpo. Pressão: é a força com que as partículas de ar batem nas paredes do recipiente. Expansibilidade: é a capacidade de separação das moléculas de ar Compressibilidade: é a capacidade de união das moléculas de ar Elasticidade: é a capacidade do ar voltar ao volume original. 0,1654 http://www.sobiologia.com.br/figuras/Oitava_quimica/compress.gif Recorte de tela efetuado: 20/08/2010 08:30 http://thumbs.dreamstime.com/thumb_ 185/1189874987M4FxG1.jpg Recorte de tela efetuado: 20/08/2010 07:50 Temos a mesma massa, mas temos pesos diferentes. A gravidade na Lua é um sexto da gravidade na Terra; um homem com o peso de 82 kgf na Terra pesa apenas 14 kgf na Lua. Pressão atmosférica: O peso do ar sobre uma determinada superfície da terra. 760mmHg http://cepa.if.usp.br/e-fisica/imagens/mecanica/basico/cap31/tirando_gasolinafinal.jpg Recorte de tela efetuado: 20/08/2010 08:52 http://www.brasilescola.com/upload/e/medir%20a%20pressao% 20ar%20-%20B.E.jpg Recorte de tela efetuado: 20/08/2010 08:54 Na serra de Maranguape a pressão atmosférica é Torricelli inventou o menor. barômetro. A água ferve em menor temperatura numa pressão Página 8 de 6o Ano
  9. 9. barômetro. A água ferve em menor temperatura numa pressão menor. E ferve a 100o C quando a pressão atmosférica é de 760mmHg Página 9 de 6o Ano
  10. 10. Ar comprimido quinta-feira, 26 de agosto de 2010 10:36 Ar comprimido Ar rarefeito Moléculas espaçadas http://farm1.static.flickr.co m/23/29635253 Pneu _f2eb88f04b.jpg Recorte de tela efetuado: 26/08/2010 10:42 Quanto maior a altitude menor a temperatura e também menor a pressão atmosférica. http://www.portalsaofrancisco.com.br/alfa/fi sica/imagens/gases-25.jpg Recorte de tela efetuado: 26/08/2010 10:39 Uma panela de água ferve mais rapidamente com uma pressão menor. Com uma pressão maior ela ferverá mais devagar porém com maior temperatura cozinhando o alimento mais rapidamente. http://www.vocesabia.net/wp- content/uploads/2008/03/panela22.gif Recorte de tela efetuado: 26/08/2010 10:55 Página 10 de 6o Ano
  11. 11. Ventos Agenda: 30/08/2010 sexta-feira, 27 de agosto de 2010 Assunto: Ventos 08:20 1. Para casa: trabalhando as ideias do capítulo, pág.188 O vento pode ser considerado como o ar em movimento. O vento depende da temperatura do solo. O sol aquece o soloO solo aquece o ar logo abaixo O ar aquecido sobe e o ar frio desce. Brisa Marítima = quando a luz do sol bate no solo da praia, a areia aquece e o ar sobre a areia fica menos denso e sobe. O ar que está sobre o mar toma o lugar do ar que estava sobre a praia. Brisa Terrestre = quando está de noite, o mar está quente e a terra está fria. O ar sobre o mar fica menos denso e sobe. O ar que está sobre a praia vai tomar o lugar do ar que estava sobre o mar gerando então a brisa terrestre. http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/4/4e/Brisa.jpg Recorte de tela efetuado: 27/08/2010 08:46 Página 11 de 6o Ano

×