TURISMO...

5,347 views

Published on

Published in: Education

TURISMO...

  1. 1. Patrícia Ventura Bacharel em turismo. Instrutora com curso pelo SEBRAE – PA. Pós – graduanda do MBA em GestãoEducacional do Ensino Básico e Docência do Ensino Superior O QUE É TURISMO?
  2. 2. TURISMOTour FrancesaTorn InglesaTornare Latim = VOLTA
  3. 3. TURISMODEFINIÇÃO DE TURISMO SEGUNDO A OMT:“As atividades que as pessoas realizam durante suasviagens e permanência em lugares distintos dos quevivem, por um período de tempo inferior a um anoconsecutivo, com fins de lazer, negócios e outros.“DEFINIÇÃO DE TURISTA SEGUNDO A OMT:Turista é um visitante que desloca-se voluntariamentepor período de tempo igual ou superior a vinte e quatrohoras para local diferente da sua residência e do seutrabalho sem, este ter por motivação, a obtenção delucro.
  4. 4. TURISMO Viagens e Deslocamentos...BREVE HISTÓRICO (Motivações).Comércio entre os povos;Exploração de novas terras/posteriorocupação;As Cruzadas na Idade média;Império Romano visita as Termas;Grécia Antiga participação em JogosOlímpicos.SURGIMENTO: (viagens modernas)Através dos Babilônios 4.000 a.C
  5. 5.  Primeiro: o surgimento do turismo se dá no XIX em que se viajava com finalidade cultural, tratamento da saúde, ócio (descanso); visita a parentes e amigos (Relações Familiares). Segundo: surgimento do turismo com a Revolução Industrial – Viagens de Lazer.EVOLUÇÃO HISTÓRICA DO TURISMO
  6. 6.  Grécia Antiga: de quatro em quatro anos ocorria as Olimpíadas (Turismo Desportivo) milhares de pessoas se deslocavam para lá. Império Romano: tratamento de saúde; viagens por prazer (Férias na Costa); desenvolvimento de importantes vias de acesso (Pax Romana); prosperidade econômica e tempo livre.IDADE ANTIGA
  7. 7. Segmentação Turística
  8. 8. Retrocesso nas Viagens ... Abertura de novas estradas. Assaltos e conflitos. Recessão Econômica. Novo tipo de viagem: Peregrinações Religiosas.IDADE MÉDIA
  9. 9.  Continuação das peregrinações religiosas. Surgimento dos primeiros hotéis. (Alojamentos). Viagens de grandes personalidades (comitivas). Grandes Expedições Marítimas. (portugueses, espanhóis e outros). Gran- tour (viagem de aristocratas para complemento de formação). Surgimento das palavras turismo e turista. Resurgimento das antigas termas não apenas para tratamento da saúde, mas, por diversão e entretenimento. Descoberta da argila, banho de barro e suas propriedade terapêuticas (em praias frias).IDADE MODERNA
  10. 10.  Revolução Industrial. Burguesia (alto poder econômico). Tempo livre. Invenção do trem a vapor que substitui a tração animal. Encurtamento de distâncias. Navio a vapor.IDADE CONTEMPORÂNEA
  11. 11.  1840 1ª viagem organizada da história. Fracasso comercial. Sucesso em relação ao 1º pacote turístico. 1851 inauguração da agencia de viagens Thomas Cook and Son. Criação em 1867 do Voucher. Inauguração da agência American Express (transporte de mercadoria). Criação do Travel- check (cheque de viagem).QUEM FOI TOMAS COOK?
  12. 12.  É considerado o “Pai da hotelaria Moderna”. Esteve em todos os cargos em um hotel. Adaptou o banheiro dentro das UH. (Suites). Reformou vários hotéis. Conferiu luxo e glamour a hotéis decadentes. Construiu o primeiro Hotel Cesar Ritz na França. Criou a figura do Somellier.(Vinhos). Revolucionou a hotelaria.QUEM FOI CEZAR RITZ?
  13. 13.  Em 1914 explode a 1ª Guerra Mudial. A Europa estava cheia de turistas americanos. Fim da guerra, acontece a fabricação de em massa de ônibus e carros. Praias e rios se tornam grandes centros receptores de turismo. Desenvolvimento da aviação em detrimento a as companhias navais. A crise de 1929 limita o turismo. Explode a 2ª Guerra Mundial – o turismo para – efeitos negativos se mantém até 1949.A EVOLUÇÃO
  14. 14. IMPACTOS CAUSADOS PELO TURISMOPOSITIVOS:Geração de emprego e renda; Geração de Divisas;Valorização do Patrimônio Cultural material e imaterial;Melhoria da Qualidade de vida da ComunidadeReceptora;Construção de equipamentos;Incrementa a produção de bens e serviços;Aumento do consumo dos produtos locais Ex: oartesanato.NEGATIVOS:Grande parte das divisas saem do país (lucro dasmultinacionais);Especulação Imobiliária;Alienação da Comunidade Local;Etnocentrismo.Aculturação.
  15. 15. O QUE FAZER ENTÃO...? Planejamento Turístico do local com devido Inventário Turístico; Promover a Integração entre turistas e nativos; Interesse na aprendizagem da Cultura Local; Despertar em cada povo um sentimento de “amor” pela sua terra natal e sua cultura; Conservação e preservação de áreas naturais; Valorização das atividades características de cada povo e local; TURISMO SUSTENTÁVEL
  16. 16. Tema: tipos de Turismo Ecológico turismo Turismo Rural Turismo de Lazer Turismo Religioso Turismo da Terceira Idade Turismo Social Turismo Gastronômico Turismo Desportivo Turismo de Eventos Turismo Cultural Turismo de Aventura Turismo de Cruzeiros Marítimos
  17. 17. TURISMO SUSTENTÁVELNão é um tipo de Turismo:É uma nova proposta de Planejamento turístico a fim de minimizar os impactos negativos decorridos da atividade, prevalecendo o local sobre o global.
  18. 18. Turismo Ecológico Turismo Ecológico
  19. 19. Turismo Ecológico
  20. 20. TURISMO RURAL
  21. 21. Turismo de Lazer
  22. 22. Turismo de Lazer
  23. 23. TurismoReligioso
  24. 24. CÍRIO DOS MOTOQUEIROSEM BELÉM
  25. 25. FÁTIMA- CARUARÚ-PORTUGAL MOSQUEIRO Turismo Religioso
  26. 26. TurismoGastronômico
  27. 27. TurismoGastronômico
  28. 28. Turismo daTerceira Idade
  29. 29. Turismo daterceira Idade
  30. 30. Turismo Social
  31. 31. TurismoDesportivo
  32. 32. Turismo de Eventos
  33. 33. TurismoCulturalPatrimônioCulturalMATERIAL
  34. 34. PatrimônioCulturalIMATERIALTurismoCultural
  35. 35. Turismo de Aventura
  36. 36. Turismo de Aventura
  37. 37. Turismo de cruzeirosMarítimos
  38. 38. O TURISMO com os seus vários tiposde existentes demanda a importânciado mesmo com relação ao aspectoeconômico e gerador de capital para ascomunidades, bem como apreservação do Patrimônio CulturalMaterial e Imaterial da localidadereceptora. AINDA SOBRE TURISMO
  39. 39.  Recuperação econômica no mundo. Estabilidade social. Desenvolvimento da cultura e educação. Criação das leis trabalhistas, ócio e tempo livre. Desenvolvimento do turismo internacional. Alemanha e Japão elevaram seu nível de renda, surge a classe média – as viagens começam. Surgimento da Sociedade do Bem – estar. Surgimento de grandes núcleos urbanos e necessidade de fugir da rotina da cidade grande. Criação de automóveis em série.O “BOOM” DO TURISMO
  40. 40.  Construção de mais estradas. Fluxo maior de viajantes. O desejo de recreação destinam os grandes navios aos Cruzeiros. Operadores turísticos lançam milhares de pacotes idênticos. Em 1950 havia 25 milhões de turistas. Em 1973 havia 190 milhões.O “BOOM” DO TURISMO
  41. 41.  Falta de experiência – consequências. Falta de planejamento. Não há um controle da demanda turística , impactos de social e ambiental oriundo da chegada massiva de turistas. Colonialismo Turísticos. (dependência de operadores estrangeiros). 1970 Inflação e crise que afeta os transportes ocasiona queda na industria turística vai até 1978.O “BOOM” DO TURISMO
  42. 42.  1980 melhoria do nível de vida, melhoria nos transportes, novos aviões da Boeing e da Air bus. Surgimento de grandes empresas hoteleiras. Surgimento de parques, resorts etc... Aplicação de técnicas de marketing para vender o turismo. O turista tem cada vez mais informação. Competição entre os destinos turísticos.O “BOOM” DO TURISMO
  43. 43. RESORTS NO BRASIL
  44. 44.  Melhoria nos meios de comunicação. Globalização. Internet. Transformam o setor do turismo. A prestação de serviços e a comercialização ficam mais fluidas. Políticas públicas voltadas para o turismo entram na agenda política a fim de produzir um turismo sustentável. Ocorre outra vez o barateamento das passagens aéreas.CONSOLIDANDO O “BOOM” DO TURISMO
  45. 45.  França Estados Unidos. Espanha China Itália Reino Unido. Turquia Alemanha. Malásia MéxicoOS 10 PRINCIPAIS DESTINOS DO TURISMOINTERNACIONAL ENTRE 2007 E 2009
  46. 46.  Turismo receptivo: não – residentes são recebidos nesse destino. Turismo Emissivo: quando residentes viajam a outro pais do ponto de vista da origem. Turismo Doméstico: residentes de um pais viajam dentro desse mesmo país, ex: do Estado do Pará para qualquer outro Estado Brasileiro.CATEGORIAS DE TURISMO
  47. 47. Corresponde a oferta turística, precisa haver:• Relação turismo - governo em harmonia.• Apoio e investimento dos empresários.• Envolvimento da comunidade local.TURISMO RECEPTIVO
  48. 48.  O turismo é uma atividade econômica relacionada às condições geográficas. Depende das características da paisagem natural (condições ambientais, como o clima, a vegetação e formas de relevo e hidrografia ou proximidade do oceano) e cultural (paisagem arquitetônica, museus, eventos culturais, estrutura do comércio e eventos econômicos como feiras comerciais, conferências internacionais, etc.).  Nesse sentido, as atividades econômicas relacionadas ao turismo incorporam o espaço geográfico pelo seu valor paisagístico, para transformá-lo em um espaço de consumo. De fato, a paisagem é o primeiro contato do turista e é importante que ela produza uma sensação favorável, atraente e harmoniosa. http://www.geomundo.com.br/geografia- 30189.htmIMPORTÂNCIA ECONÔMICA DO TURISMO
  49. 49.  O Turismo é a atividade do setor terciário que mais cresce no Brasil (dentre as espécies, significativamente, o turismo ecológico, o turismo de aventura e os cruzeiros marítimos) e no mundo, movimentando, direta ou indiretamente mais de US$ 4 trilhões (2004), criando também, direta ou indiretamente, 170 milhões de postos de trabalho, o que representa 1 de cada 9 empregos criados no mundo. Tal ramo é de fundamental importância para o profissionalismo do setor turístico e necessário para a economia de diversos países com excelente potencial turístico, como o Brasil.IMPORTÂNCIA ECONÔMICA DO TURISMO
  50. 50.  Estudo recente.  PORQUE Iniciou-se na Europa. TURISMOLOGO? No Brasil teve inicio em 1970. Diferençar Título Faculdade Anhembi Acadêmico e Título Morumbi. Profissional. Universidade de São Paulo.  Por exemplo, o geólogo, Pontifica Universidade o psicólogo, o tecnólogo Católica do Rio Grande e outros. do Sul. (PUCRS). (Estudioso da área).O ESTUDO DO TURISMO
  51. 51.  O profissional deve ser devidamente cadastrado no Instituto Brasileiro de Turismo e exercer as atividades de acompanhar, orientar e transmitir informações em excursões nacionais e internacionais. Além disso, garante a entrada gratuita do profissional em estabelecimentos de patrimônio nacional com a utilização do crachá de Guia de Turismo. GUIA TURÍSTICO É OUTRA COISA. http://www.turismo.gov.br/turis mo/legislacao/guia_turismo/lei8 623.html.GUIA DE TURISMO
  52. 52.  Variadas opções. Rio de janeiro destino principal. Amazônia turismo ecológico. São Paulo turismo de negócios. Minas Gerais turismo histórico. Sul do Brasil, o clima frio. Desenvolvimento de infra estrutura turística e políticas públicas destinadas a dar uma injeção no setor. Capacitação da mão – de – obra tornando-a qualificada. O Brasil não está no meio dos 30 países mais visitados do mundo. (medo, má estrutura, falta de pessoal capacitado). Bahia – carnaval. 92% dos estrangeiros que visitam o Brasil pretendem voltar (Embratur)TURISMO NO BRASIL
  53. 53.  Pesquisa mostra o Brasil no 45º lugar – em 2007, o país estava no 59º. Apesar de notas ruins nos itens segurança e infraestrutura, a posição no ranking melhorou com a diversificação dos roteiros de viagem, setor que movimentou US$ 88,2 bilhões e empregou 5,5 milhões de pessoas em 2008.  Segundo o ministro do Turismo, Luiz Barretto, o Brasil parou de se vender apenas como o país das praias, florestas e Carnaval, o que resultou em maior reconhecimento dos operadores internacionais de turismo e melhorou a competitividade do país no setor.  A partir de agora, com a aceleração de obras por causa da Copa do Mundo de 2014, confirmada no Brasil, a percepção dos visitantes deve melhorar ainda mais. – É a maior janela de oportunidade que vamos ter – disse Barretto.  A prioridade, segundo o ministro, é a ampliação da infraestrutura aeroportuária, outro item que puxou a nota do Brasil para baixo. O principal foi o quesito segurança, no qual o país tem a quarta pior nota entre os 133.  http://ecoviagem.uol.com.br/noticias/turismo/turismo- nacional/esta-melhor-fazer-turismo-no-brasil-8791.aspE PARA FINALIZAR A REALIDADE ACERCADO TURISMO BRASILEIRO
  54. 54. TURISMO“Cada dia a natureza produz o suficiente paranossa carência. Se cada um tomasse o quelhe fosse necessário, não havia pobreza nomundo e ninguém morreria de fome.”Mahatma Gandhi MUITO OBRIGADA A TODOS! Patpv_1963@hotmail.com

×