Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Coordenadoria Regional de Saúde Sudeste
Dra. Karina Barros Calife Batista
Perfil da Coordenadoria Regional
de Saúde Sudeste
05 Supervisões Técnicas de Saúde:
• Penha;
• Ipiranga;
• Jabaquara/ Vila...
Equipamentos de Saúde CRS-Sudeste
•

206 Equipamentos / Serviços de Saúde no total
• 93 UBS
•31 AMAS (6 AMAs- 24 horas)
•0...
Indicadores Populacionais

CRS Sudeste
Mortalidade Infantil, Mortalidade em Menores de 5 anos e Óbitos em crianças menores de 6
anos, segundo Subprefeituras e Di...
Distribuição geográfica dos Nascidos Vivos por
Distrito Administrativo da CRS Sudeste - 2012
Distribuição geográfica do Coeficiente de Mortalidade
Infantil (< 1ano) por Distrito Administrativo CRS-Sudeste

Cangaíba
...
Distribuição geográfica do Coeficiente de Mortalidade em
< 5 anos por Distrito Administrativo CRS-Sudeste
Cangaíba

Penha
...
Mortes Maternas, Nascidos Vivos e Razão de Mortalidade Materna, por
Subprefeituras e Distritos Administrativos de residênc...
Distribuição geográfica dos óbitos maternos da
CRS-Sudeste - 2012
Cangaíba

Penha

Pari
Brás

Belém

Tatuapé

Água Rasa

V...
Distribuição Geográfica de Prematuridade da CRS
Sudeste - 2012
Cangaíba

Penha
Pari
Brás

V Matilde

Tatuapé

Belém

A Alv...
Distribuição geográfica de gestantes adolescentes
da CRS Sudeste -2012
Cangaíba

Penha

Pari
Belém

Brás

V Matilde

Tatua...
Número de nascidos vivos com início do pré-natal (PN) até o 4º mês da
gestação, partos ocorridos nos hospitais da Rede Mãe...
Distribuição geográfica de captação precoce de
gestantes (< 120 dias de gestação) CRS Sudeste- 2012
Cangaíba

Penha

Pari
...
Nascidos vivos por Subprefeituras de residência das mães e escolaridade da mãe
Município de São Paulo, 2012
% mães ensino
...
Distribuição geográfica de escolaridade materna
CRS Sudeste- 2012
Cangaíba

Penha
Pari
Belém

Tatuapé

Brás

V Matilde
Car...
Ações para a Política Municipal para
o Desenvolvimento Integral da
Primeira Infância em São Paulo na
Região Sudeste
Áreas de Vulnerabilidade para a
População Infantil da Região Sudeste
• STS Aricanduva Mooca
– DAs Brás, Pari e Belém

• ST...
REDE CEGONHA
• Implantação da Linha de cuidado da gestante, puérpera e Recém nascido
• Discussão da grade de referência no...
Sífilis Congênita – número de casos 2012
Sífilis congênita

Coord Regional/ Subprefeitura
Nº
** COORD REGIONAL SUDESTE

Ar...
Distribuição geográfica do Coeficiente de Incidência
de Sífilis Congênita da CRS-Sudeste - 2012

Cangaíba

Penha
Pari

Bel...
Proposta da Região para Controle da Sífilis
•Treinamento de Teste Rápido de HIV/ SÍFILIS para todas as
UBS e equipes de co...
Consultório na Rua – STS Aricanduva/
Mooca

1237 pessoas em situação de rua cadastradas pelas Equipes
A Criança na Atenção Básica CRS Sudeste
• Vigilância do RN/Criança de risco na Atenção Básica e nos Núcleo Integrado
de Re...
CREN: Centro de Recuperação e Educação
Nutricional
•O CREN surgiu do trabalho realizado, em 1989, em comunidades do distri...
UBS INTEGRAL MARINGÁ TALARICO
• Novo modelo de atendimento com maior resolutividade e integração dos
serviços de saúde e p...
Ações Intersetoriais – Região Sudeste
Parceria com a Secretaria Municipal da Educação:
Promoção da Saúde dos Profissionais...
CEU ARICANDUVA

CEU MENINOS
Programa Saúde na Escola - PSE
• A abrangência das ações do Programa Saúde na Escola na região
é de 100% dos estabelecimen...
Projeto “Protetores da Natureza” PAVS no
PSE CRS Sudeste - 2013
Programa Saúde na Escola
STS Ipiranga
UBS Vila Carioca
Programa Saúde na Escola
 

STS: Vila Prudente/ Sapopemba

Foto 1 : Módulo Terra - Basquete de Resíduos

 

UBS: Parque Sa...
Programa Saúde na Escola – PSE Odontologia
• Atendimento das UBS e da ESF em
albergues, EMEI, EMEF, Creches, Grupos
nas es...
VIOLÊNCIA
• A violência contra a criança representa um sério problema a ser enfrentado considerando
a sua gravidade e da d...
VIOLÊNCIA
• Em relação ao tipo de agressão praticada, a negligência representou a
maioria (35,27%) com 231 casos notificad...
VIOLÊNCIA
• A Subprefeitura que apresentou o maior número de casos notificados foi a
Subprefeitura da Penha, com 31,76% do...
Em relação ao tipo de local de ocorrência da agressão, quase metade dos
casos (46%) ocorreram na residência da vítima. O l...
Ações Intersetoriais
• Propostas de ação para o controle da Violência por meio de ações intersetoriais com
intensificação ...
Ações Realizadas na CRS Sudeste
• Reuniões Técnicas com as unidades de saúde para apresentação da
legislação e reflexão so...
“ Eu sustento que o única finalidade da
ciência está em aliviar a miséria da
existência humana”
Bertolt Brecht
SP Carinhosa - CRS - Sudeste
SP Carinhosa - CRS - Sudeste
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

SP Carinhosa - CRS - Sudeste

782 views

Published on

Apresentação de experiências no atendimento à primeira infância na Coordenadoria Regional de Saúde Norte (CRS-Norte), realizada no Seminário A Política na Saúde São Paulo Carinhosa, em fevereiro de 2014. Por Karina Barros Calife Batista, coordenadora da CRS - Sudeste.

Published in: Health & Medicine
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

SP Carinhosa - CRS - Sudeste

  1. 1. Coordenadoria Regional de Saúde Sudeste Dra. Karina Barros Calife Batista
  2. 2. Perfil da Coordenadoria Regional de Saúde Sudeste 05 Supervisões Técnicas de Saúde: • Penha; • Ipiranga; • Jabaquara/ Vila Mariana; • Aricanduva/ Mooca • Vila Prudente/ Sapopemba 05 Supervisões de Vigilância em Saúde • SUVIS 08 Subprefeituras População:2.671.223 habitantes Área Geográfica :210,8 Km² Dens. Demográfica : 12.672 Crescimento Populacional :-0,19% Crianças: 13,7% Adolescentes: 10,4% Idosos: 15,3% Índice de envelhecimento: 86,4%
  3. 3. Equipamentos de Saúde CRS-Sudeste • 206 Equipamentos / Serviços de Saúde no total • 93 UBS •31 AMAS (6 AMAs- 24 horas) •03 AMA Especialidades •07 Ambulatórios de Especialidades: •08 Centro de Especialidades Odontológicas •01 Clinica Odontológica Básica •01 unidade Rede Hora Certa - Penha •31 Unidades de Saúde Mental •06 CAPS Adulto; •06 CAPS Criança/ Adolescente •08 CAPS Álcool e Drogas; •05 CECCO; •06 Residência Terapêutica ; •03 Unidades de Acolhida •05 SAE/ CR DST/ AIDS e 01 CTA Mooca •02 URSIs •Serviços de Reabilitação •06 CER – Centro Especializado em Reabilitação •05 Hospitais Municipais e 01 Contratualizado •07 Hospitais Estaduais •01 Hospital Federal
  4. 4. Indicadores Populacionais CRS Sudeste
  5. 5. Mortalidade Infantil, Mortalidade em Menores de 5 anos e Óbitos em crianças menores de 6 anos, segundo Subprefeituras e Distritos Administrativos de residência, Município de São Paulo, 2012 Subprefeitura Penha Mooca Aricanduva/Formosa/Carrão Sapopemba Jabaquara Vila Prudente Ipiranga Vila Mariana CRSSUDESTE Município Fonte: SIM/SINASC/ CEINFO/ SMS-SP nº nascidos vivos nº de óbitos <1ano 6.772 4.978 3.285 4.577 3.249 3.124 6.542 3.658 36.185 175.875 90 57 36 50 34 32 46 25 370 2013 Taxa de mortalidade infantil (< 1 ano), por 1.000 nascidos vivos 13,29 11,45 10,96 10,92 10,46 10,24 7,03 6,83 10,23 11,45 nº de obitos 1 a 5 anos nº de óbitos 5 a 6 anos 8 8 0 6 11 5 7 3 48 2290 2 0 0 0 0 1 0 1 4 2320
  6. 6. Distribuição geográfica dos Nascidos Vivos por Distrito Administrativo da CRS Sudeste - 2012
  7. 7. Distribuição geográfica do Coeficiente de Mortalidade Infantil (< 1ano) por Distrito Administrativo CRS-Sudeste Cangaíba Penha Pari Belém Tatuapé Brás V Matilde A Alvim Carrão Mooca Água Rasa Formosa Aricanduva V Mariana Moema Ipiranga V Prudente S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Jabaquara Sacomã
  8. 8. Distribuição geográfica do Coeficiente de Mortalidade em < 5 anos por Distrito Administrativo CRS-Sudeste Cangaíba Penha Pari Tatuapé Belém V Matilde Brás Carrão Mooca Água Rasa Formosa V Mariana Ipirang a Moema V Prudente Aricanduva S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Sacomã Jabaquara A Alvim
  9. 9. Mortes Maternas, Nascidos Vivos e Razão de Mortalidade Materna, por Subprefeituras e Distritos Administrativos de residência, Município de São Paulo, 2012. Subprefeituras Ipiranga Vila Prudente Jabaquara Penha Sapopemba Mooca Aricanduva/Formosa/Carrão Vila Mariana Sudeste Município Razão de Mortalidade Mortes Maternas Nascidos Vivos Materna por 100.000 Nascidos Vivos 3 6.542 45,9 1 3.124 32,0 1 3.249 30,8 2 6.772 29,5 1 4.577 21,8 1 4.978 20,1 0 3.285 0,0 0 3.658 9 31.608 175.875 0,0 28,5 35,3 62 Fontes : Comi tê de Morta l i dade Ma terna /SMS-SP; SINASC / CEINFO / SMS-SP
  10. 10. Distribuição geográfica dos óbitos maternos da CRS-Sudeste - 2012 Cangaíba Penha Pari Brás Belém Tatuapé Água Rasa V Mariana Ipiranga A Alvim Carrão Mooca Moema V Matilde V Prudente Formosa Aricanduva S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Jabaquara Sacomã
  11. 11. Distribuição Geográfica de Prematuridade da CRS Sudeste - 2012 Cangaíba Penha Pari Brás V Matilde Tatuapé Belém A Alvim Carrão Mooca Água Rasa Moema V Mariana Ipiranga V Prudente Formosa Aricanduva S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Sacomã Jabaquara
  12. 12. Distribuição geográfica de gestantes adolescentes da CRS Sudeste -2012 Cangaíba Penha Pari Belém Brás V Matilde Tatuapé A Alvim Carrão Mooca Água Rasa Formosa Aricanduva V Mariana Ipiranga V Prudente S Lucas Moema Sapopemba Saúde Cursino Jabaquara Sacomã
  13. 13. Número de nascidos vivos com início do pré-natal (PN) até o 4º mês da gestação, partos ocorridos nos hospitais da Rede Mãe Paulistana, segundo Subprefeitura e Distrito Administrativo de residência. Município de São Paulo, 2012 Subprefeitura Mooca Penha Aricanduva/Formosa/Carrão Jabaquara Vila Mariana Sapopemba Vila Prudente Ipiranga Sudeste Município PN iniciado até o 4º mês de gestação 1.513 2.870 1.103 1.353 426 2.530 1.203 2.691 7.265 83.392 Total Nascidos Vivos % 69,6 77,8 79,4 80,2 80,2 85,9 87,7 89,4 76,7 83,0 2.173 3.687 1.389 1.687 531 2.946 1.371 3.010 9.467 100.491
  14. 14. Distribuição geográfica de captação precoce de gestantes (< 120 dias de gestação) CRS Sudeste- 2012 Cangaíba Penha Pari Tatuapé Belém V Matilde Brás A Alvim Carrão Mooca Água Rasa Moema V Mariana Ipiranga V Prudente Formosa Aricanduva S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Jabaquara Sacomã
  15. 15. Nascidos vivos por Subprefeituras de residência das mães e escolaridade da mãe Município de São Paulo, 2012 % mães ensino Total Nascidos Subprefeitura fundamental Vivos incompleto Sapopemba 1,6 4.577 Jabaquara 1,4 3.249 Mooca 1,4 4.978 Ipiranga 1,3 6.542 Penha 1,1 6.772 Vila Prudente 0,9 3.124 Aricanduva/Formosa/Carrão 0,8 3.285 Vila Mariana 0,5 3.658 Sudeste 5,3 36.185 Município 1,4 175.875 Fonte: SINASC/ CEINFO/ SMS-SP, 03/01/2014 Nota: inclui os partos ocorridos na rede privada não SUS.
  16. 16. Distribuição geográfica de escolaridade materna CRS Sudeste- 2012 Cangaíba Penha Pari Belém Tatuapé Brás V Matilde Carrão Mooca Água Rasa Formosa Aricanduva V Mariana Ipiranga V Prudente Moema S Lucas Sapopemba Saúde Cursino Jabaquara Sacomã A Alvim
  17. 17. Ações para a Política Municipal para o Desenvolvimento Integral da Primeira Infância em São Paulo na Região Sudeste
  18. 18. Áreas de Vulnerabilidade para a População Infantil da Região Sudeste • STS Aricanduva Mooca – DAs Brás, Pari e Belém • STS Ipiranga – DA Sacomã – Comunidade do Heliópolis • STS Vila Prudente Sapopemba – DA Sapopemba • STS Penha – DA Cangaíba • STS Vila Mariana Jabaquara – DA Jabaquara
  19. 19. REDE CEGONHA • Implantação da Linha de cuidado da gestante, puérpera e Recém nascido • Discussão da grade de referência no Fórum de Redes Sudeste com a participação dos representantes dos Hospitais Municipais e Estaduais da região. • Captação Precoce da gestante com exame de gravidez, solicitação de exames prénatal e agendamento de consulta para acompanhamento com Médico e Enfermeiro, em todas as unidades. • Sífilis Congênita -Perfil de vulnerabilidade das mães/ famílias das crianças • Gestantes não fizeram pré-natal • Não localizadas pós-parto: (sugere ser população em situação de rua) • Situações de rua / usuária de droga/ problemas sociais • Regiões mais vulneráveis • STS Aricanduva Mooca, STS Penha -Instituição do Comitê de Investigação de Transmissão Vertical- Sífilis Hepatites e HIV Região Sudeste
  20. 20. Sífilis Congênita – número de casos 2012 Sífilis congênita Coord Regional/ Subprefeitura Nº ** COORD REGIONAL SUDESTE Aricanduva/Formosa/Carrão Ipiranga Jabaquara Moóca Penha Vila Mariana Vila Prudente/Sapopemba Município de São Paulo CI 149 4,12 14 23 10 37 15 6 44 4,27 3,54 3,08 7,44 2,22 1,64 5,71 771 4,39
  21. 21. Distribuição geográfica do Coeficiente de Incidência de Sífilis Congênita da CRS-Sudeste - 2012 Cangaíba Penha Pari Belém Tatuapé V Matilde Brás A Alvim Carrão Mooca Água Rasa Formosa Aricanduva Moema V Mariana Ipiranga V Prudente S Lucas Sapopemba Saúde Sacomã Cursino Jabaquara
  22. 22. Proposta da Região para Controle da Sífilis •Treinamento de Teste Rápido de HIV/ SÍFILIS para todas as UBS e equipes de consultório na rua, serão capacitados 3 profissionais de cada unidade com início em fevereiro. •Avaliação dos bebes em acompanhamento nos Centros Especializados de Reabilitação CER, em relação a Sequelas Auditivas e Neurológicas. •Ações em Conjunto com Serviços de Assistência Social, Abrigos, Conselho Tutelar e Judiciário e Comitê de Mortalidade Materno-Infantil promovendo reuniões para discussões, integração e possíveis intervenções devido ao aumento da vulnerabilidade das famílias.
  23. 23. Consultório na Rua – STS Aricanduva/ Mooca 1237 pessoas em situação de rua cadastradas pelas Equipes
  24. 24. A Criança na Atenção Básica CRS Sudeste • Vigilância do RN/Criança de risco na Atenção Básica e nos Núcleo Integrado de Reabilitação/ CER •O RN de risco é notificado as SUVIS e encaminhado para as UBS que realizam visita domiciliar com avaliação e agendamento por pediatra, •Após a primeira avaliação será encaminhado para seguimento no Núcleo Integrado de Reabilitação/ CER, onde deverá ser acompanhado o desenvolvimento neuro-psicomotor por equipe multiprofissional • Habilitação dos 6 Centros de Especialidades CER em dezembro de 2013, para atendimento nas diversas deficiências na infância ; • CER II Penha – Deficiência auditiva e visual • CER II Tatuapé- Deficiência física e intelectual • CER IV Ipiranga – Deficiência auditiva, visual, intelectual e física • CER II Vila Mariana – Deficiência auditiva e intelectual • CER II Vila Prudente- Deficiência física e intelectual • CER III Sapopemba – Deficiência física, auditiva e intelectual
  25. 25. CREN: Centro de Recuperação e Educação Nutricional •O CREN surgiu do trabalho realizado, em 1989, em comunidades do distrito de Vila Mariana, na capital paulista, por profissionais da área da saúde e nutrição da Escola Paulista de Medicina Projeto Favela • População Atendida: • Crianças e adolescentes moradores de comunidades de alta vulnerabilidade da cidade de São Paulo, com quadro de desnutrição ou obesidade. Na região Sudeste atende os distritos de Jabaquara, Ipiranga e Vila Mariana •Proposta atual - expansão do atendimento para outras áreas vulneráveis da CRS Sudeste • Atuará nas áreas de capacitação das equipes, atendimento ambulatorial e em regime de semi internato, e censos antropométricos nas regiões mais vulneráveis
  26. 26. UBS INTEGRAL MARINGÁ TALARICO • Novo modelo de atendimento com maior resolutividade e integração dos serviços de saúde e prontuário eletrônico. Horário ampliado com abertura aos sábados das 07h às 15h e atendimento também da demanda espontânea • Entrega da 1ª unidade da CRS Sudeste no 2º semestre 2013 – Maringá/Talarico
  27. 27. Ações Intersetoriais – Região Sudeste Parceria com a Secretaria Municipal da Educação: Promoção da Saúde dos Profissionais da Educação-Ação realizada no CEU Aricanduva e CEU Meninos Programa Saúde na Escola- O Programa Saúde na Escola é um espaço privilegiado para as práticas de promoção de saúde e de prevenção de agravos e de doenças, propiciando à comunidade escolar o enfrentamento das vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças, adolescentes e jovens brasileiros
  28. 28. CEU ARICANDUVA CEU MENINOS
  29. 29. Programa Saúde na Escola - PSE • A abrangência das ações do Programa Saúde na Escola na região é de 100% dos estabelecimentos de saúde municipais e as ações desenvolvidas são: •Avaliação antropométrica, •Atividades educativas na saúde bucal •Atividades saúde ocular • Em 2013 a cobertura do programa foi de 202 escolas Municipais e Estaduais, com 72516 estudantes.
  30. 30. Projeto “Protetores da Natureza” PAVS no PSE CRS Sudeste - 2013
  31. 31. Programa Saúde na Escola STS Ipiranga UBS Vila Carioca
  32. 32. Programa Saúde na Escola   STS: Vila Prudente/ Sapopemba Foto 1 : Módulo Terra - Basquete de Resíduos   UBS: Parque Santa Madalena Foto 2: Módulo Água - Teatro das ACS sobre mananciais.
  33. 33. Programa Saúde na Escola – PSE Odontologia • Atendimento das UBS e da ESF em albergues, EMEI, EMEF, Creches, Grupos nas escolas e em Centro de Recuperação de Químico-dependentes. • A CRS Sudeste possue 300 dentistas, 39 Técnicos e 163 auxiliares de saúde Bucal em atendimento nas unidades e no PSE • 82 UBS possuem Serviço de Odontologia
  34. 34. VIOLÊNCIA • A violência contra a criança representa um sério problema a ser enfrentado considerando a sua gravidade e da dificuldade de identificação dos casos que subestimam a real dimensão do problema. • No período compreendido entre 2008 e 2013, a CRS Sudeste registrou no SIVVA 9.881 notificações de agressões por terceiros à população geral (11,84% do total do município) representando uma média de 1.650 casos notificados por ano. • Deste total de notificados 6,63% ocorreram na faixa etária de menores de 6 anos (655 casos – 109 casos por ano, em média ) e em 2012 , dos 1901 casos de agressões notificados, 8,26% (157 casos) ocorreram nesta faixa etária Notificações de agressões, segundo faixa etária, CRS SUDESTE, 2008-2013. Faixa etária da vítima 0 a 6 anos 6 a 10 anos 11 a 14 anos 15 a 17 anos Adulto Em branco/ignorado Total notificações 655 407 524 599 7.686 10 9.881 Fonte: Tabnet SIVVA, PMSP. % 6,63 4,12 5,30 6,06 77,79 0,10 100
  35. 35. VIOLÊNCIA • Em relação ao tipo de agressão praticada, a negligência representou a maioria (35,27%) com 231 casos notificados, seguida pelas agressões sexuais (29,16%), físicas (26,72%) e psicológicas (8,85%). A combinação dos tipos de violência praticada ocorreu em 15,47% dos casos para agressões físicas e psicológicas, 6% dos casos para as agressões físicas e sexuais e 4,42% dos casos para agressões físicas e negligência. Gráfico 1: Agressões a crianças < 6 anos, segundo tipo, CRS Sudeste, 2008-2013 250 200 150 D F I T N O S A C 100 50 0 2008-2013 AGRESSÃO FÍSICA 175 AGRESSÃO SEXUAL 191 AGRESSÃO PSICOLÓGICA 58 Fonte: Tabnet SIVVA, PMSP. NEGLIGÊNCIA 231
  36. 36. VIOLÊNCIA • A Subprefeitura que apresentou o maior número de casos notificados foi a Subprefeitura da Penha, com 31,76% do total (208 casos), seguida pela Subprefeitura da Moóca com 95 casos (14,5% do total) (Tabela 3). Na CRS Sudeste, os 5 DAs com maior registro de casos foram Penha ( 84 casos – 14,09%), Jabaquara (82 casos – 13,76%), Sapopemba (58 casos – 9,73%), Cangaíba (57 casos – 9,56%) e Vila Matilde (45 casos – 7,55%) (Tabela 4). Notificações de agressões, segundo Subprefeitura de residência, CRS SUDESTE, 20082013. Subprefeitura residência Aricanduva/Formosa/Carrão Ipiranga Jabaquara Mooca Penha Sapopemba Vila Mariana Vila Prudente Total notificações % 51 83 82 81 186 58 18 38 597 8,54 13,90 13,74 13,57 31,16 9,72 3,02 6,37 100 Fonte: Tabnet SIVVA, PMSP.
  37. 37. Em relação ao tipo de local de ocorrência da agressão, quase metade dos casos (46%) ocorreram na residência da vítima. O local da agressão foi ignorado em 35% dos casos, 3% dos casos ocorreu na escola, 1% em creche, 1% em via pública e 14% em outros locais . Agressões a crianças < 6 anos, segundo condição do agressor em relação à vítima, CRS Sudeste, 2008-2013
  38. 38. Ações Intersetoriais • Propostas de ação para o controle da Violência por meio de ações intersetoriais com intensificação do trabalho multiprofissional •Todos os profissionais das unidades realizem o acolhimento das situações de violência •Avaliação do risco eminente da pessoa •Os Núcleos de Prevenção de Violência avaliam o risco e as ações que devem ser imediatas dentro ou fora da unidade de saúde. • Ações intersetoriais desenvolvidas na região: • Na UBS Belenzinho desenvolve ações com o Fórum (Vara de Infância e Juventude); Abrigos (Casa Bakhita, Casa Edith Stein e Coração de Maria,); Escolas e Creches; CRAS e CREAS e Hospital Infantil Cândido Fontoura. • Envolvimento do conselho Tutelar nas demandas levantadas nas unidades, com parceria importante em todas as STS • Articulação em todas as STS com os diversos setores de proteção social (ONG, associações, igreja, educação, assistência social, cultura, esporte e lazer, e outros), e órgãos de defesa de direitos (Conselho Tutelar, Conselho do Idoso, Conselho da Mulher, Delegacia da Mulher, Delegacia do Idoso) para viabilizar encaminhamentos seguros e com devolutiva.
  39. 39. Ações Realizadas na CRS Sudeste • Reuniões Técnicas com as unidades de saúde para apresentação da legislação e reflexão sobre a importância das notificações de violência. • Participação nas reuniões e eventos das redes e fóruns – Rede da Criança e do Adolescente - CRIAD e do Idoso. • Implementação e acompanhamento das ações dos Núcleos de Prevenção da Violência, por meio do instrumento geral de produção. • Avaliação do preenchimento das fichas de notificação, pelas SUVIS locais • Grupo de adolescentes em Unidades com a discussão da Política de Enfrentamento à Violência • Visitas as Instituições de Rede: Associação Fala Mulher, Projeto Quixote, CREAS / CRAS Ipiranga, UNAS – Heliópolis, Conselho Tutelar, Movimento dos Sem Teto do Ipiranga • Projeto Piloto “Comunidade Multiplicadora” (UBS Almirante Dellamare) • Pesquisa e intervenção parceria com o departamento de medicina preventiva da FMUSP
  40. 40. “ Eu sustento que o única finalidade da ciência está em aliviar a miséria da existência humana” Bertolt Brecht

×