Jean françois millet

3,434 views

Published on

0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
3,434
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
67
Actions
Shares
0
Downloads
36
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Jean françois millet

  1. 1. Jean François Millet<br />Le précurseur du réalisme<br />
  2. 2. MILLET<br />Nasceu em 4 de outubro de 1814 em Normandia, norte da França, de uma família de camponeses<br />
  3. 3. Auto-retrato de Millet<br />
  4. 4. Em 1838, com o auxílio de uma bolsa, ele se mudou para Paris e tornou-se brevemente, um aluno de Paul Delaroche, no entanto decidiu trabalhar sozinho, em seus trabalhos foi muito influenciado por Michelangelo, Pausin e Rubens, para ganhar a vida pintou insígnias e inúmeros retratos.<br />No começo de tudo...<br />
  5. 5. Em Paris, dedicou cedo seu trabalho para retratos nus eróticos. Ele era sensível as mudanças trazidas pela crescente urbanização e industrialização, estava mais inspirado as questões sociais levantas pela Revolução de 1848. Posteriormente, voltou para as cenas de camponeses trabalhando, dotando-os de forma heróica adaptada a partir da arte do passado<br />
  6. 6. Angelus, Mus. do Louvre em Paris<br />Algumas obras:<br />
  7. 7. Em Angelus, sai a obra mais conhecida, Millet escolheu para comemorar uma digna. Retratando um casal dando duro em seu trabalho no campo - suas cabeças em uma expressão de devoção em face da natureza. Retratando suas figuras humanas com uma simplicidade clássica escultura, a preocupação de Millet foi mostrar os dois em harmonia com seu imutável rural de existência pacífica.<br />Angelus<br />
  8. 8.   A fiadeira, Mus. do Louvre em Paris<br />
  9. 9.  As respingadoras<br />
  10. 10.  Descanso ao meio-dia<br />
  11. 11.   INDO PARA O TRABALHO<br />
  12. 12.  Ceifeiros Descansando<br />
  13. 13. A luta diária dos camponeses tornou-se seu assunto preferido<br />Retrato: Pastora com seu rebanho, Museu de Orsay em Paris<br />
  14. 14. Em 1849, foi persuadido por Charles Emile, a viver em Barbizon onde descobriu a paisagens verdes da região, no qual Rousseau e Diaz já estavam vivendo, ao contrario de outros pintores, foi inspirado principalmente pelas ocupações, ao invés do cenário da vida rural.<br />Um novo rumo.<br />
  15. 15. A pitoresca vila se tornou seu lar pelo resto de sua vida, e ali morreu em 20 de janeiro de 1875. Durante esse período, produziu suas molduras, pinturas mais célebres como Angelus e o Semeador. As obras são caracterizadas pela amplitude e simplicidade, pois eles geralmente retratam uma ou duas figuras de camponeses <br />Em fim <br />
  16. 16. Millet morreu em Barbizon em 1875 com 61 anos. Foi sepultado no cemitério de Chailly perto do tumulo de seu colega e amigo Rousseau.<br />
  17. 17. Alexandre Menezes<br />Anderson Ivan<br />Carlos <br />Waldemar <br />Créditos<br />
  18. 18. fim<br />

×