@Erika_Zuza
Pós – graduação lato sensu em Mídias Digitais e
Convergência – FESP CE
16 e 17 de agosto de 2013
RESUMO 01 – S...
Profª Erika Zuza
 Jornalista profissional - UFRN;
 Mestre emTelevisão Digital - UNESP;
 Professora substituta do Depart...
 E-mails: erikazuza@terra.com.br
 Twitter: @Erika_Zuza
 Blog: www.nominuto.com/sermidia
 Facebook:
www.facebook.com/er...
1. Introdução
A televisão na era digital
Conceito
 “PRODUÇÃO vem do latim productio onis - ato
ou efeito de fabricar, realizar. É a
concretização da ideia em um p...
"Não existe
um ‪#‪produtor‪de ‪#‪tv‪ou ‪#‪vídeo‪
que conheça todas as respostas ou
truques do mercado ou que
compreenda to...
PRODUÇÃO
Pré-produção - planejamento
Produção – execução
Pós-produção - finalização
@Erika_Zuza
Funções em produção
Produtor
Co-produtor
Produtor executivo
Diretor de produção
Gerente de produção
Diretor de pós-produçã...
Ao aspirante a PRODUTOR
 Muitos são aqueles que querem escrever,
dirigir, atuar, mas poucos são os que querem
produzir.
...
Ao aspirante a PRODUTOR
 O produtor de audiovisual também é um
artista: precisa conhecer todas as áreas de
criação de uma...
2. Pré-produção
Planejar faz a diferença!
PRODUÇÃO
 1.A ideia – desenvolvimento do projeto
 2. O planejamento – pré-produção
 3.A filmagem ou gravação – produção...
PLANILHA DE ORÇAMENTO
NOME DO PROJETO Produtor responsável
Item Descrição Unidade Valor
unitário
Quantidade
da unidade
Val...
3. Roteiros – Somos movidos por
histórias!
IDEIA
 “A palavra ideia vem do grego eidos, que
significa imagem. É isso que geralmente
acontece quando somos tocados por...
Histórias – Estórias
 “Existem dois elementos principais para se
estruturar uma história: a fábula e o enredo. (...)”
 F...
4. Produção e Captação
Luz, Câmera, Ação!
CRONOGRAMADEREALIZAÇÃO
Nome do projeto: Produtor responsável :
Objetivos gerais Atividades desenvolvidas Período de realiz...
Luz, câmera e ação!
 O Produtor:
 Está no set ou sempre disponível por telefone, rádio,
email...
 Troca ideias com os r...
Produção jornalística
 PRODUÇÃO E PAUTA
 CAPTAÇÃO DE
IMAGENS
 GRAVAÇÃO DE
ENTREVISTAS
 EDIÇÃO DETEXTOS
 EDIÇÃO DE IMA...
 “Antigamente quando você chegava com uma
novidade a um diretor de jornal, ele piscava,
esfregava as mãos e dizia entusia...
TV E A SEGUNDA TELA
http://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura
@Erika_Zuza
Jornal da Cultura
 O JC é o primeiro jornal da TV brasileira que
trabalha com conteúdo paralelo e em tempo real.
O webapp...
Exemplo – Jornalista Eliza Capai
http://www.elizacapai.org
@Erika_Zuza
Produção – PP
@Erika_Zuza
www.nabshow.com
National Association of Broadcasters
@Erika_Zuza
5. Pós-Produção – Hora de terminar
o quebra-cabeça!
O produto final
 O Produtor:
 Assiste a todas as cenas, registra sua duração e
fornece ao editor um rascunho contendo
ob...
Próximas etapas – distribuição
 O Produtor:
Paga e quita todas as dívidas pendentes;
Finaliza todos os contratos legais...
Case Estadão
 O Estadão, em parceria com a Samsung, se
tornou o primeiro jornal brasileiro a ter um
"ticker" de notícias ...
www.netflix.com.br
 A Netflix é o principal serviço deTV
por Internet, com mais de 33 milhões
assinantes em 40 países ass...
 CANNITO, Newton. A televisão na era
digital. São Paulo: Summus, 2010.
 FECHINE,Yvana. Televisão e Presença:
uma abordag...
Muito obrigada!
@Erika_Zuza
erikazuzajornalista@gmail.com
facebook.com/erikazuzajornalista
BLOG: www.nominuto.com/sermidia
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Resumo 01 slides - disciplina técnicas de produção de vídeo para tv - pós mídias digitais fesp ce - profª erika zuza - ago 2013

2,360 views

Published on

Versão pública resumida com slides apresentados durante Disciplina Técnicas de Produção de Vídeo para TV na Pós-graduação lato sensu em Mídias Digitais e Convergência da FESP CE, em João Pessoa (PB) em agosto de 2013. Profª Erika Zuza

Published in: Education
0 Comments
2 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,360
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
0
Comments
0
Likes
2
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Resumo 01 slides - disciplina técnicas de produção de vídeo para tv - pós mídias digitais fesp ce - profª erika zuza - ago 2013

  1. 1. @Erika_Zuza Pós – graduação lato sensu em Mídias Digitais e Convergência – FESP CE 16 e 17 de agosto de 2013 RESUMO 01 – SLIDES - Técnicas de Produção de Vídeo para TV
  2. 2. Profª Erika Zuza  Jornalista profissional - UFRN;  Mestre emTelevisão Digital - UNESP;  Professora substituta do Departamento de Comunicação Social da UFRN;  Consultora em MídiaTraining;  Jornalista com experiência de trabalho em emissoras de TV;  Jornalista com experiência de trabalho em Jornalismo impresso, Moderação de focus group em Pesquisas Qualitativas, Publicidade emTV e Campanhas Políticas;  Currículo lattes: http://lattes.cnpq.br/3981671067817008
  3. 3.  E-mails: erikazuza@terra.com.br  Twitter: @Erika_Zuza  Blog: www.nominuto.com/sermidia  Facebook: www.facebook.com/erikazuzajornalista  LinkedIN: br.linkedin.com/in/erikazuza  Slideshare: www.slideshare.net/erikazuza
  4. 4. 1. Introdução A televisão na era digital
  5. 5. Conceito  “PRODUÇÃO vem do latim productio onis - ato ou efeito de fabricar, realizar. É a concretização da ideia em um produto.  Em arte, é o conjunto de todas as fases de realização de uma obra, seja um filme, um vídeo, uma peça de teatro ou um programa de tv. @Erika_Zuza
  6. 6. "Não existe um ‪#‪produtor‪de ‪#‪tv‪ou ‪#‪vídeo‪ que conheça todas as respostas ou truques do mercado ou que compreenda todas as nuanças de cada detalhe da lista de tarefas do produtor“. Catherine Kellison @Erika_Zuza
  7. 7. PRODUÇÃO Pré-produção - planejamento Produção – execução Pós-produção - finalização @Erika_Zuza
  8. 8. Funções em produção Produtor Co-produtor Produtor executivo Diretor de produção Gerente de produção Diretor de pós-produção @Erika_Zuza
  9. 9. Ao aspirante a PRODUTOR  Muitos são aqueles que querem escrever, dirigir, atuar, mas poucos são os que querem produzir.  O produtor tem o estigma de trabalhar muito e aparecer pouco. Porém, o trabalho do produtor está impresso em cada frame do vídeo. @Erika_Zuza
  10. 10. Ao aspirante a PRODUTOR  O produtor de audiovisual também é um artista: precisa conhecer todas as áreas de criação de uma obra – roteiro, direção, fotografia, figurinos e cenografia.  É preciso ter cultura e conhecer o ser humano e dominar os aspectos jurídicos envolvidos em uma produção. @Erika_Zuza
  11. 11. 2. Pré-produção Planejar faz a diferença!
  12. 12. PRODUÇÃO  1.A ideia – desenvolvimento do projeto  2. O planejamento – pré-produção  3.A filmagem ou gravação – produção  4. O produto final – pós-produção  5. Próxima etapas – finalização e distribuição @Erika_Zuza
  13. 13. PLANILHA DE ORÇAMENTO NOME DO PROJETO Produtor responsável Item Descrição Unidade Valor unitário Quantidade da unidade Valor total PRÉ-PRODUÇÃO 1 Galão de tinta azul peça R$ 50,00 5 R$ 250,00 SUBTOTAL PRODUÇÃO/EXECUÇÃO 1 Elenco SUBTOTAL PÓS-PRODUÇÃO 1 Edição e montagem SUBTOTAL TOTAL @Erika_Zuza
  14. 14. 3. Roteiros – Somos movidos por histórias!
  15. 15. IDEIA  “A palavra ideia vem do grego eidos, que significa imagem. É isso que geralmente acontece quando somos tocados por algo do mundo em que vivemos e com o qual interagimos.  Uma imagem surge em nossa mente de tal forma que necessitamos dizer algo sobre ela, investigá-la, saber de onde vem e por quê.” @Erika_Zuza
  16. 16. Histórias – Estórias  “Existem dois elementos principais para se estruturar uma história: a fábula e o enredo. (...)”  Fábula é a alma da história – reunião das ações colocadas em ordem cronológica, em uma unidade de ação dramática...  Já enredo é a narrativa, a maneira como a história vai ser contada pelo narrador. O enredo pode não seguir a ordem cronológica da fábula. @Erika_Zuza
  17. 17. 4. Produção e Captação Luz, Câmera, Ação!
  18. 18. CRONOGRAMADEREALIZAÇÃO Nome do projeto: Produtor responsável : Objetivos gerais Atividades desenvolvidas Período de realização Set Out Nov PRÉ-PRODUÇÃO Fechar as locações e eventos X Levantar material de produção X Preparar elenco e as locações X X PRODUÇÃO Iniciar as gravações X Produzir locações/continuar X Encerrar gravações e entregar X X PÓS-PRODUÇÃO Assistir ao material bruto e selecionar as imagens X Editar o primeiro corte. Inserir a trilha sonora. Preparar material gráfico X Editar o corte final, finalizar a trilha e o som e divulgar a exibição X Exibir o vídeo ao público X @Erika_Zuza
  19. 19. Luz, câmera e ação!  O Produtor:  Está no set ou sempre disponível por telefone, rádio, email...  Troca ideias com os roteiristas e supervisiona qualquer mudança no roteiro;  Prepara, faz ajustes e/ou aprova estimativas de custos diários;  Facilita o trabalho da assessoria de imprensa e de Publicidade; @Erika_Zuza
  20. 20. Produção jornalística  PRODUÇÃO E PAUTA  CAPTAÇÃO DE IMAGENS  GRAVAÇÃO DE ENTREVISTAS  EDIÇÃO DETEXTOS  EDIÇÃO DE IMAGENS  EXIBIÇÃO  CONVERGÊNCIA @Erika_Zuza
  21. 21.  “Antigamente quando você chegava com uma novidade a um diretor de jornal, ele piscava, esfregava as mãos e dizia entusiasmado: ‘Ótimo, ótimo, vamos publicar já. Ninguém está falando disso!’ Mas hoje quando se chega ao diretor de jornal com uma novidade, ele despreza e diz: ‘Isso não vamos usar. Não interessa. Ninguém está falando disso”  Regis Debray  Fonte:Heródoto Barbeiro.Você na telinha - MídiaTraining na televisão - 2004 @Erika_Zuza
  22. 22. TV E A SEGUNDA TELA http://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura @Erika_Zuza
  23. 23. Jornal da Cultura  O JC é o primeiro jornal da TV brasileira que trabalha com conteúdo paralelo e em tempo real. O webapp foi feito em linguagem HTML5 e usa a ferramenta WebSockets, que permite maior otimização e interação entre a emissora e o servidor. A equipe de conteúdo trabalha com outros formatos além do texto, como vídeos e arquivos de áudio. O jornalístico vai ao ar de segunda a sexta- feira às 21h, e aos sábados às 21h15. Fonte:http://tvcultura.cmais.com.br/jornaldacultura @Erika_Zuza
  24. 24. Exemplo – Jornalista Eliza Capai http://www.elizacapai.org @Erika_Zuza
  25. 25. Produção – PP @Erika_Zuza
  26. 26. www.nabshow.com National Association of Broadcasters @Erika_Zuza
  27. 27. 5. Pós-Produção – Hora de terminar o quebra-cabeça!
  28. 28. O produto final  O Produtor:  Assiste a todas as cenas, registra sua duração e fornece ao editor um rascunho contendo observações, números, tempos;  É responsável pelos editores; tempo e duração do programa; padrões; distribuição;  Seleciona e contrata editores, compositores, dubladores, supervisores musicais, designers;  Supervisiona todas as sessões de áudio;  Aprova edição final para entrega ao cliente. @Erika_Zuza
  29. 29. Próximas etapas – distribuição  O Produtor: Paga e quita todas as dívidas pendentes; Finaliza todos os contratos legais e outras questões pendentes; Pode se envolver em campanhas promocionais; Pode trabalhar em conjunto com redes de tv , coordenar assessoria de comunicação , publicidade. @Erika_Zuza
  30. 30. Case Estadão  O Estadão, em parceria com a Samsung, se tornou o primeiro jornal brasileiro a ter um "ticker" de notícias em televisores conectados à internet. Desde abril, está disponível aplicativo do jornal O Estado de S. Paulo nasTVs conectadas da Samsung.  Fonte:http://www.adnews.com.br/midia/estadao-lanca-apps-para- smart-tvs @Erika_Zuza
  31. 31. www.netflix.com.br  A Netflix é o principal serviço deTV por Internet, com mais de 33 milhões assinantes em 40 países assistindo a mais de um bilhão de horas de filmes, séries deTV e produções originais por mês.  Criado em 1997 – sede EUA – 900 funcionários.  2010 – passa a estar disponível nos dispositivos móveis.  2011 – é lançado em toda a América Latina e no Caribe.  2012 – chega ao Reino Unido, Irlanda e países nórdicos. @Erika_Zuza
  32. 32.  CANNITO, Newton. A televisão na era digital. São Paulo: Summus, 2010.  FECHINE,Yvana. Televisão e Presença: uma abordagem semiótica da transmissão direita. São Paulo: Estação das Letras e Cores, 2008.  GABRIEL, Martha. Marketing na era digital. São Paulo: Novatec, 2010.  JENKINS, Henry. Cultura da Convergência. São Paulo:Aleph, 2008.  KELLISON, Cathrine. Produção e Direção paraTV eVídeo: uma abordagem prática. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.  MATTOS, Sérgio. História da televisão brasileira. Petrópolis – RJ:Vozes, 2002.  MOLETTA,Alex. Criação de curta – metragem em vídeo digital: uma proposta para produções de baixo custo. São Paulo: Summus, 2009. @Erika_Zuza
  33. 33. Muito obrigada! @Erika_Zuza erikazuzajornalista@gmail.com facebook.com/erikazuzajornalista BLOG: www.nominuto.com/sermidia

×