A Epístola aos Romanos

1,641 views

Published on

Lição 1 da revista da Escola Dominical do segundo trimestre de 2016.

Published in: Spiritual
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,641
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1,159
Actions
Shares
0
Downloads
15
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A Epístola aos Romanos

  1. 1. José Gonçalves, pastor em Água Branca, Piauí, graduado em Teologia pelo Seminário Batista de Teresina e em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí. Ensinou grego, hebraico e teologia sistemática na Faculdade Evangélica do Piauí. É comentarista de Lições Bíblicas da Escola Dominical da CPAD e autor dos livros: Porção Dobrada (CPAD); Por que Caem os Valentes (CPAD); As Ovelhas Também Gemem (CPAD); Defendendo o Verdadeiro Evangelho (CPAD); A Prosperidade à Luz da Bíblia (CPAD); Rastros de Fogo – o que diferencia o pentecostes bíblico do neopentecostalismo (CPAD); Sábios Conselhos para um Viver Vitorioso (CPAD) e co-autor do livro: Davi – as vitórias e derrotas de um homem de Deus (CPAD, prêmio ABEC). É presidente do Conselho de Doutrina da Convenção Estadual das Assembleias de Deus no Piauí e membro da Comissão de Apologética da CGADB.
  2. 2. A Epístola aos Romanos Texto áureo Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. Rm 1:16
  3. 3. A Epístola aos Romanos mostra que sem a graça divina todos os nossos esforços são inúteis para salvação e comunhão. " Verdade prática
  4. 4. 1 - Paulo, servo de Jesus Cristo, chamado para apóstolo, separado para o evangelho de Deus. 2 - O qual antes prometeu pelos seus profetas nas santas escrituras, 3 - Acerca de seu Filho, que nasceu da descendência de Davi segundo a carne, 4 - Declarado Filho de Deus em poder, segundo o Espírito de santificação, pela ressurreição dentre os mortos, Jesus Cristo, nosso Senhor,
  5. 5. 6 - Pelo qual recebemos a graça e o apostolado, para a obediência da fé entre todas as gentes pelo seu nome, Entre as quais sois também vós chamados para serdes de Jesus Cristo. 7 - A todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados santos: Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo. 8 - Primeiramente dou graças ao meu Deus por Jesus Cristo, acerca de vós todos, porque em todo o mundo é anunciada a vossa fé.
  6. 6. 9 - Porque Deus, a quem sirvo em meu espírito, no evangelho de seu Filho, me é testemunha de como incessantemente faço menção de vós, 10 - Pedindo sempre em minhas orações que nalgum tempo, pela vontade de Deus, se me ofereça boa ocasião de ir ter convosco. 11 - Porque desejo ver-vos, para vos comunicar algum dom espiritual, a fim de que sejais confortados; 12 - Isto é, para que juntamente convosco eu seja consolado pela fé mútua, assim vossa como minha.
  7. 7. 13 - Não quero, porém, irmãos, que ignoreis que muitas vezes propus ir ter convosco (mas até agora tenho sido impedido) para também ter entre vós algum fruto, como também entre os demais gentios. 14 - Eu sou devedor, tanto a gregos como a bárbaros, tanto a sábios como a ignorantes. 15 - E assim, quanto está em mim, estou pronto para também vos anunciar o evangelho, a vós que estais em Roma. 16 - Porque não me envergonho do evangelho de Cristo, pois é o poder de Deus para salvação de todo aquele que crê; primeiro do judeu, e também do grego. 17 - Porque nele se descobre a justiça de Deus de fé em fé, como está escrito: Mas o justo viverá pela fé.
  8. 8. Introdução 0
  9. 9. Um estudo sistemático da Epístola de Paulo aos Romanos pode mudar a nossa vida.  O evangelho é o poder de Deus para a salvação dos judeus e gentios;  O homem está perdido nas trevas do pecado;  Somente a graça de Deus pode nos justificar fazer voltar a comunhão com ele. v b
  10. 10. Nessa Epístola aprendemos que:  A natureza adâmica que domina o homem é destronada pela fé em Cristo;  É possível viver uma novidade de vida através do poder do Espírito Santo;  Essa carta é um chamado à liberdade cristã. b
  11. 11. Autor, local, data e destinatários I
  12. 12. Veremos nessa seção a autoria da Epístola aos Romanos. 1. Autor
  13. 13. Não há dúvidas, Paulo é o autor da Epístola aos Romanos. Todos os estudiosos cristão afirmam a autoria paulina.
  14. 14. Paulo escreve com a ajuda de um amanuense, que se chamava Tércio. O uso de um amanuense era muito comum no primeiro século.
  15. 15. O amanuense é alguém que escreve enquanto outro faz o ditado. "
  16. 16. 2. Local e data
  17. 17. Paulo escreveu aos romanos provavelmente entre os anos 56 e 57 d.C. Algumas fontes indicam que ele escreveu entre o ano 55 e 56 d. C.
  18. 18. Paulo se encontrava na cidade de Corinto, onde passou três meses. Quando Paulo escreveu essa carta era inverno na região.
  19. 19. Veremos nessa seção qual a composição da igreja romana. 3. Destinatários
  20. 20. Romanos 1.7 mostra de maneira bem clara os destinatários da epístola: A todos os que estais em Roma, amados de Deus, chamados santos: Graça e paz de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
  21. 21. Qual a composição da igreja de Roma? Alguns dizem que a igreja de Roma era composta exclusivamente de judeus. Outros dizem que a igreja de Roma era composta exclusivamente de gentios.
  22. 22. Paulo escreveu à judeus ou à gentios?  Leia em Rm 11.3;  Ele escreve (1:5,6) que é o apóstolo dos gentios "entre os quais sois também“;  Em outro lugar, em sua carta, Paulo escreve a não- judeus, acerca de seu povo, os judeus (9:3; 10:1; 11:15).
  23. 23. Forma literária conteúdo e propósito II
  24. 24. Veremos agora a forma literária da Epístola aos Romanos. 1. Forma Literária
  25. 25. A Epístola de Paulo aos Romanos segue o modelo de outros documentos do primeiro século da era cristã.  Uma saudação;  Oração;  Conteúdo da carta.
  26. 26. Nos dias de Paulo havia um uma forma literária muito comum, o diálogo.  Temos por exemplo os filósofos gregos;  Brodus D. Hale afirma que essa forma literária dificilmente se ajusta ao modelo paulino;  Paulo fez o uso de diatribes, ou seja, ele fez uma exposição crítica a respeito a um assunto.
  27. 27. Veremos nessa seção um breve esboço da Epístola aos Romanos. 2. Conteúdo
  28. 28. Paulo trata de alguns assuntos bem específicos, tais como:  A pecaminosidade do homem;  A salvação de Deus;  A justificação pela fé e a graça de Deus.
  29. 29. I-Introdução (1.1-17) Paulo faz uma saudação, dá graças a Deus e descreve o tema da Epístola: A justiça de Deus.
  30. 30. II – A NECESSIDADE DA JUSTIÇA DE DEUS (1.18-3.20) Paulo mostra que todos estão debaixo do pecado, tanto judeus como gentios.
  31. 31. III – A JUSTIÇA DE DEUS REVELADA NUM ESTADO NOVO: A JUSTIFICAÇÃO (3.21-4.25) Aqui Paulo mostra que a única forma de se tornar justo diante de Deus é mediante a fé.
  32. 32. IV – A JUSTIÇA DE DEUS REVELADA NUMA SALVAÇÃO QUE SIGNIFICA VIDA NOVA E JUSTIÇA (5.1-8.39) Nessa parte Paulo da ação santificadora do Espírito Santo no processo de salvação. A salvação aqui é mostrada como uma vida prática.
  33. 33. V – A JUSTIÇA DE DEUS REVELADA NO PROPÓSITO DE DEUS NA HISTÓRIA (9:1-11:36) Nessa parte encontramos a teologia paulina a respeito do tratamento de Deus para com Israel, o seu povo.
  34. 34. VI – A JUSTIÇA DE DEUS REVELADA NO COMPORTAMENTO CRISTÃO (12:1- 15:13) Nessa seção Paulo mostra o lado prático do Evangelho na transformação de vidas.
  35. 35. VII – EPÍLOGO (15:14-33) Aqui Paulo fala sobre seus planos em visitar a Espanha passando por Roma e um apelo à oração dos irmão.
  36. 36. VIII – RECOMENDAÇÃO DE FEBE E SAUDAÇÕES (16:1-23) Nessa parte Paulo faz a apresentação de Febe, que deve levar a carta, e faz algumas saudações a vários membros da igreja cristã de Roma. 1 Recomendo-vos, pois, Febe, nossa irmã, a qual serve na igreja que está em Cencréia, 1 συνιστημι δε υμιν φοιβην την αδελφην ημων ουσαν διακονον της εκκλησιας της εν κεγχρεαις διάκονος (diáconos) = Servente, ministro, administrador
  37. 37. IX – BENÇÃO APOSTÓLICA(16:24- 27) A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós. Amém. Romanos 16:24
  38. 38. Veremos nessa seção o propósito da Epístola aos Romanos. 3. Propósito
  39. 39. O principal propósito é “apresentar Paulo aos romanos e sintetizar a mensagem do apóstolo, antes de sua chegada a Roma”. "
  40. 40. Outros propósitos que destacam: Formar uma base missionária em Roma, a fim de evangelizar a Espanha; Paulo mostra que está imbuído da defesa do Evangelho que ele pregava; A carta também possui um propósito apologético.
  41. 41. Valor espiritual III
  42. 42. A Epístola aos Romanos é considerada a mais teológica dentre todas escritas por Paulo. 1. Fundamentação doutrinária
  43. 43. Romanos trata de temas profundos, tais como:  Eleição;  Predestinação;  Justificação;  Glorificação;  Herança eterna
  44. 44. Pulo mostra que o pecador pode encontrar a redenção na poderosa mensagem do evangelho que é o poder de Deus para a salvação de todo aquele que crê. "
  45. 45. Somente por intermédio da graça de Deus, por meio de Jesus Cristo que o homem pode ter seu relacionamento com o Criador restaurado. "
  46. 46. A Epístola aos Romanos é considerada a mais teológica dentre todas escritas por Paulo. 2. Renovação espiritual
  47. 47. Não há dúvidas que a igreja de Roma experimentou um grande renovo espiritual ao ler essa carta. "
  48. 48. Muitos crentes ao longo da igreja têm experimentado uma mudança de vida através da leitura de Romanos. Temos por exemplo:  Agostinho teve sua vida mudada ao ler Rm 13.13;  Lutero percebeu o erro da igreja ao ler Rm 1.17;  John Wesley também testemunhou forte transformação na sua vida ao ler o comentário dessa carta escrita por Lutero.
  49. 49. Conclusão U m a v i s ã o p a n o r â m i c a d a c a r t a d e Pa u l o a o s Ro m a n o s p e r m i t e - n o s v i s l u m b ra r a t e r r í v e l s i t u a ç ã o e s p i r i t u a l n a q u a l s e e n c o n t ra a h u m a n i d a d e d e p o i s d a q u e d a . A c a r t a m o s t ra q u e D e u s a t ra v é s d o s e u a m o r g r a c i o s o, v e i o a o e n c o n t r o d o s p e c a d o r e s p a ra o f e r e c e r - l h e s o p e r d ã o . Foi Jesus que através do seu sacrifícios vicário, que tirou a raça humana das trevas do pecado, para viverem uma nova vida com o Espírito Santo.
  50. 50. Bibliografia recomendada

×