Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Safa leite workshop1 - Rise_Embrapa

465 views

Published on

Published in: Environment
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Safa leite workshop1 - Rise_Embrapa

  1. 1. @ÍWÍÍFW HNJJÉJEÀJÁÕ_ ; ígggLJq 1 TM u j ã v (ad u : g3 L FJV/ em ÍÀX-. IrWÇA viçzãViiñViVfíL, Eííãic: F*: «L~iq¡! rL~ig(éke1rr_-, L ãi'nli*xr'qlpx; c_t &quite; gia: Lari; *flg, (9l~ff1t_ 215v ; igmàuz qb: ZCÍLLÇ-? í É. : r HJ 1
  2. 2. t_ [P] C _ _Jr p_ [ng _ EnLÍr-fpa 1 < ) ) GadodeLeite O i O o Bom Unlvnnity a! Applied SCÍGHCC¡ o F. .. n m; »ununu 5 me. ; RISE e' um método baseado em indicadores de a sustentabilidade da fazenda por meio das dimensões econômica, social e ambiental. Foi desenvolvido e e' distribuído pela School of Agricultural, Forest and Food Sciences do departamento de Applied Sciences da Bern University. O método conta com 50 parâmetros que são coletados na fazenda durante 3 a 4 horas, por meio de entrevistas. A pontuação dos parâmetros variam de O a 100 e são condensados em 10 indicadores e visualizados em um gráfico radar. Os resultados são discutidos com os fazendeiros que recebem suporte para continuarem com a implantação da metodologia.
  3. 3. liívilÍ<1ãç<íl<3 Wêi¡ Gado de Leite / Uso do solo / Criação de animais / Nutrientes & Poluentes / Uso da água / Energia à Clima / Biodiversidade / Qualidade de vida " / Viabilidade Econômica a ; . . . ., il' 4 il ' Í›~°1.: / Administraçao da Fazenda t a 5;“í”. :°líl7.¡«~: =vê'““l'”'l“ _
  4. 4. llgro <Ííl<3 : Êm lo Esse indicador mostra em que estado os solos da fazenda se encontram e como a agricultura influencia esse estado. *t/ Manejo do solo t/ Produtividade das culturas t/ Húmus Y/ Reação do solo J Contaminação do solo Gado de Leite J Erosão J Compactação do solo * *flazâ*
  5. 5. , $r_g_tg_ gr_ _rñ(____r_ Enyyíygpa < ~i lf: ›.<___>i: ›<> mr: ÃillllilÉjAlLí' Os animais devem ser mantidos em um ambiente onde sejam livres de fome e sede, de desconforto, dores e doenças, restrições comportamentais, medo e sofrimento. J Manejo do gado “Produtividade do gado _ 4 . e v J Possi bi lidade dos animais se E E comportarem de acordo com sua espécie É = :~ J Qual idade de vida A¡ ip ' *f/ Saúde do animal
  6. 6. r Emíñna Niiiírieriiíiai? e, P <'› lii<; ii*i'ií<; iiíi Manter um balanço equilibrado de nutrientes em alto nivel de produção. Minimizar a geração de resíduos. Y/ Balanço de nitrogênio J Balanço de fósforo «Autossuficiência de N e P J Risco de emissão de amoníaco J Manejo de resíduos
  7. 7. , Engíñpa GadodeLeite "x O agricultor influencia a quantidade e qualidade disponível para outros usuários através do seu modo de produção. J Manejo da água J Abastecimento de água J Intensidade do uso de água J Riscos para a qualidade da água
  8. 8. a . Emíñna Ei“i<§; i*i<'f; "i: §. (à <c; lii*ii'i : ç "x &J; l Uma agricultura sustentável tem de ser eficiente em termos energéticos e independente de fontes energéticas não renováveis e nocivas ao meio ambiente. Y/ Manejo da energia J Intensidade da energia usada na produção agrícola J Porcentagem das fontes de energia renováveis J Balanço dos gases de efeito estufa Gado de Leite
  9. 9. E i< ><1iiV<r: l“Lií'i< : lTiigKr-tlüâz' Através da regulação da água, nutrientes e gases, polinização, formação do solo e outras funções, os ecossistemas possibilitam a produção agrícola assim como a vida humana. Y/ Manejo da proteção de plantas “Áreas de prioridade ecológica J Intensidade da produção agrícola J Qual idade da paisagem p _ '¡_ _ . .vii i3' y 'y . ., , J Diversidade da produção agrícola Í, ._¡. ;_; ,_. _.14- Í
  10. 10. Emíñna um t_ : Í V_ “ Gado de Leite iiíisl ll l Força de trabalho eficiente e empenhada são os pré-requisitos para o sucesso de uma empresa. J Manejo do pessoal «Horas de trabalho J Segurança no trabalho «Atratividade do salário 51/6' . If' z' ~~ . j. : ' ' . l ii ix "li , 1;* .7 u Í Í i' su¡ 'iu' u' . W' ' ; far l' ¡ 1 . u i1 , .« z ; i 95_ . . j . fi a 'wph ›- > fa** « $ x ~i¡ ih, . l. r l n13' A ” ~. il j E 7;_ ; É l 'g7 y , -
  11. 11. «iii il T~ xfiiflã. A qualidade de vida, alegria e felicidade são indicadores importantes para o sucesso de um desenvolvimento sustentável. Y/ Trabalho e Formação Y/ Situação financeira *i/ Relações sociais i/ Liberdade e valores pessoais J Saúde Gado de Leite
  12. 12. E7_4_i7i“. _›__›_ ___L_/ _(___n[_g_ Enãffpa li (Íiiáilliir: E( ; i i> li ll* lili( Ter uma fonte de lucros a longo prazo, uma manutenção constante de liquidez e estabilidade econômica, assim como a capacidade de renovar a empresa agrícola. Y/ Reserva de liquidez t¡ Coeficiente de endividamento Y/ Vulnerabilidade econômica Y/ Asseguramento dos meios de subsistência Y/ Fluxo de caixa Y/ Utilização da quantia máxima para o pagamento da divida
  13. 13. - th- -r - _h_ - ç- ¡cr/ ítníana tl. r «mw "<> (V v . - r-_il _ (gçia . _ i-sjpdeLeite Uma administração sustentável e' o direcionamento de uma empresa com o objetivo principal de manter e melhorar a competitividade em todos os setores relevantes Y/ Estratégia empresarial e planejamento Y/ Garantia do aprovisionamento e rendimento J Instrumentos de planejamento e documentação J Gestão da qualidade J Cooperação com outras empresas agrícolas
  14. 14. EniYTrJpa Gado de Leite 3 Visão geral dos indicadores 41 1 Uso do solo 78 pontos Í_»_-Í' _ 2 Criação de animais 84 pontos 'É' :3 Fluxo de nutrientes 50 pontos 11:. ? 4 Uso da água 78 pontos : N 5 Energia e Clima 10 pontos _í i6 Biodiversidade & Proteção das plantas 63 pontos Ç) _ 7 Condições de trabalho 65 pontos 11:) 8 Qualidade de vida 72 pontos : Ji A9 Viabilidade econômica 79 pontos ij _ 10 Gestão empresarial 63 pontos IS)
  15. 15. Emírâna Gado de Leite Polígono de sustentabilidade para a empresa agrícola (RISE 2.0) Uso do solo 1/QÇL Administração da Fazenda Criação de animais Viabilidade Econômica r Nutrientes & Poluentes Zona positiva Zona intermediária Zona problemática I: |Grau de sustentabilidade Qualidade de vida '- Biodiversidade
  16. 16. Emíñna Gado de Leite 5 Energh &cuma 1o Princípio fundamental: uma agricultura sustentáve _ _ tem de ser eficiente em termos energéticos Manejo da energm independente de fontes energéticas não renováveis 5,2 ¡ntensidade da energia usada na nocivas ao meio ambiente. Com isto, a conservação d produção agrícola clima é beneficiada, o qual por sua vez, afeta a saúd das plantas, seres humanos e animais. 5,3 Porcentagem das fontes de energia renováveis ugestões: => Analisar a viabilidade econômico-financeira de realizar investimentos em: a) Instalação de placa solar = > aquecimento da água utilizada na limpeza da ordenha; b) Instalação de Biodigestor = > produção de biogás para uso desta energia renovável no gerador (especialmente considerando-se o planejamento de dobrar a capacidade produtiva de leite no curto prazo- dez/2015).
  17. 17. ,, _ r f; 3 c' e draw . .ir l. ) i Figos . Lc. nivea. vicentini@embrapa. br aovzauo FEDERAL Ministério da ' t* Agricultura, Pecuária ' eAbasteclmento ~ . PÁTRIA EDUCADORA

×