Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
EDUCAR  EN TEMPOS INCERTOS Mariano Fernández Enguita Universidade de Salamanca V Congresso Internacional de Educaç ão 9-12...
A INCERTIDUMBRE: CONTEXTO E IMPLICAÇ ÕES <ul><li>O contexto </li></ul><ul><ul><li>Sociedade da mudança </li></ul></ul><ul>...
A SOCIEDADE DA MUDANÇA <ul><li>MUDANÇA SUPRAGERAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Estabilidade: Educam família e comunidade </li><...
AS REVOLUÇÕES ECONÔMICAS <ul><li>A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL </li></ul><ul><ul><li>Nos meios de produção </li></ul></ul><ul><ul...
A DIVERSIDADE TERRITORIAL <ul><li>SOCIEDADE TRADICIONAL / LOCAL </li></ul><ul><ul><li>Homogeneidade econômica (subsistênci...
A POLÍTICA EDUCATIVA <ul><li>Pré-modernidade </li></ul><ul><ul><li>Intervenção impensável, ou reativa. </li></ul></ul><ul>...
A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR <ul><li>ESTRUTURA OU BUROCRACIA </li></ul><ul><ul><li>Articulação meios–fins, sistema racional </li>...
A ATITUDE DIANTE DO ENTORNO <ul><li>ENTORNO HOSTIL </li></ul><ul><ul><li>Reação fechada e isolamento </li></ul></ul><ul><u...
O PROJETO EDUCATIVO <ul><li>PROJETOS RETÓRICOS </li></ul><ul><ul><li>Função legitimadora </li></ul></ul><ul><ul><li>A esco...
MODELOS PROFISSIONAIS <ul><li>BUROCRÁTICO </li></ul><ul><ul><li>Comedido </li></ul></ul><ul><ul><li>(o que me mandem, e só...
PROFISSIONALIDADE DEMOCRÁTICA <ul><li>PROFISSIONALIDADE </li></ul><ul><ul><li>Compromisso com o próprio trabalho no âmbito...
A RESPONSABILIDADE INSTITUCIONAL E PROFISSIONAL <ul><li>A MÂO DE FERRO, vs. IMPUNIDADE </li></ul><ul><ul><li>Baseada no Es...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

E D U C A R E N T E M P O S I N C E R T O S

666 views

Published on

Published in: Travel, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

E D U C A R E N T E M P O S I N C E R T O S

  1. 1. EDUCAR EN TEMPOS INCERTOS Mariano Fernández Enguita Universidade de Salamanca V Congresso Internacional de Educaç ão 9-12 de junho São Luis de Maranhão
  2. 2. A INCERTIDUMBRE: CONTEXTO E IMPLICAÇ ÕES <ul><li>O contexto </li></ul><ul><ul><li>Sociedade da mudança </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade da informação </li></ul></ul><ul><ul><li>Sociedade global </li></ul></ul><ul><li>Políticas e práticas educativas </li></ul><ul><ul><li>O lugar da política educativa </li></ul></ul><ul><ul><li>A organização escolar </li></ul></ul><ul><ul><li>A atitude diante do entorno </li></ul></ul><ul><ul><li>O projeto educativo </li></ul></ul><ul><li>A profissão docente </li></ul><ul><ul><li>Modelos profissionais </li></ul></ul><ul><ul><li>Uma profissão democrática </li></ul></ul><ul><ul><li>Responsabilidade profissional e institucional </li></ul></ul>
  3. 3. A SOCIEDADE DA MUDANÇA <ul><li>MUDANÇA SUPRAGERAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Estabilidade: Educam família e comunidade </li></ul></ul><ul><li>MUDANÇA INTERGERAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Progresso: Educam a escola e o professorado </li></ul></ul><ul><ul><li>Seqüência do ensino: aprender, educar </li></ul></ul><ul><ul><li>Divisão do trabalho intelectual: criação, transmissão, aprendizagem </li></ul></ul><ul><li>MUDANÇA INTRAGERAÇÃO </li></ul><ul><ul><li>Incerteza: Educam a cidade, as redes </li></ul></ul><ul><ul><li>Ruptura da seqüência </li></ul></ul><ul><ul><li>Ruptura da divisão tradicional do trabalho </li></ul></ul>
  4. 4. AS REVOLUÇÕES ECONÔMICAS <ul><li>A REVOLUÇÃO INDUSTRIAL </li></ul><ul><ul><li>Nos meios de produção </li></ul></ul><ul><ul><li>Propriedade, capital / trabalho </li></ul></ul><ul><ul><li>O conhecimento está no trabalho </li></ul></ul><ul><li>A REVOLUÇÃO ORGANIZACIONAL </li></ul><ul><ul><li>Na organização do trabalho (taylorismo) </li></ul></ul><ul><ul><li>Na organização do capital (corporação) </li></ul></ul><ul><ul><li>Autoridade, diretores / subordinados </li></ul></ul><ul><ul><li>O conhecimento está na hierarquia </li></ul></ul><ul><li>A REVOLUÇÃO TECNOLÓGICA </li></ul><ul><ul><li>No uso do conhecimento </li></ul></ul><ul><ul><li>Qualificação, profissionais / leigos </li></ul></ul><ul><ul><li>O conhecimento está nas redes </li></ul></ul>
  5. 5. A DIVERSIDADE TERRITORIAL <ul><li>SOCIEDADE TRADICIONAL / LOCAL </li></ul><ul><ul><li>Homogeneidade econômica (subsistência) </li></ul></ul><ul><ul><li>Heterogeneidade cultural (isolamento) </li></ul></ul><ul><li>SOCIEDADE INDUSTRIAL / NACIONAL </li></ul><ul><ul><li>Heterogeneidade econômica (Div. Trabalho) </li></ul></ul><ul><ul><li>Homogeneidade cultural (a nação) </li></ul></ul><ul><li>SOCIEDADE INFORMACIONAL / GLOBAL </li></ul><ul><ul><li>Heterogeneidade econômica (mais DT) </li></ul></ul><ul><ul><li>Heterogeneidade cultural (multiculturalidade) </li></ul></ul>
  6. 6. A POLÍTICA EDUCATIVA <ul><li>Pré-modernidade </li></ul><ul><ul><li>Intervenção impensável, ou reativa. </li></ul></ul><ul><ul><li>Decisões ex post , críticas </li></ul></ul><ul><li>Modernidade </li></ul><ul><ul><li>Intervenção ativa, engenharia </li></ul></ul><ul><ul><li>Decisões ex ante , “planomania” </li></ul></ul><ul><li>Pós-modernidade </li></ul><ul><ul><li>Intervenção contextual, ou proativa </li></ul></ul><ul><ul><li>Decisões ex inter , processuais. </li></ul></ul>
  7. 7. A ORGANIZAÇÃO ESCOLAR <ul><li>ESTRUTURA OU BUROCRACIA </li></ul><ul><ul><li>Articulação meios–fins, sistema racional </li></ul></ul><ul><ul><li>Ritualismo burocrático </li></ul></ul><ul><li>AGREGADO OU AMONTOADO </li></ul><ul><ul><li>Subordinação a indivíduos, sistema natural </li></ul></ul><ul><ul><li>Apropriação da organização </li></ul></ul><ul><li>SISTEMA OU ORGANISMO </li></ul><ul><ul><li>Subordinação aos fins, sistema aberto </li></ul></ul><ul><ul><li>Flexibilidade e abertura </li></ul></ul>
  8. 8. A ATITUDE DIANTE DO ENTORNO <ul><li>ENTORNO HOSTIL </li></ul><ul><ul><li>Reação fechada e isolamento </li></ul></ul><ul><ul><li>Pais individuais, meio físico </li></ul></ul><ul><li>ENTORNO CARENTE </li></ul><ul><ul><li>Atitude assistencial, paternalista </li></ul></ul><ul><ul><li>Pais em seu papel, meio institucional </li></ul></ul><ul><li>ENTORNO CAPACITANTE </li></ul><ul><ul><li>Atitude cooperativa, sinérgica </li></ul></ul><ul><ul><li>Contrato com os pais, meio comunitário </li></ul></ul>
  9. 9. O PROJETO EDUCATIVO <ul><li>PROJETOS RETÓRICOS </li></ul><ul><ul><li>Função legitimadora </li></ul></ul><ul><ul><li>A escola como santuário </li></ul></ul><ul><li>PROJETOS ASSISTENCIAIS </li></ul><ul><ul><li>Ilustração despótica </li></ul></ul><ul><ul><li>A escola como instituição tutelar </li></ul></ul><ul><li>PROJETOS DE TRABALHO EM REDE </li></ul><ul><ul><li>Cooperação com usuários, comunidade </li></ul></ul><ul><ul><li>A escola como centro (nó central) </li></ul></ul>
  10. 10. MODELOS PROFISSIONAIS <ul><li>BUROCRÁTICO </li></ul><ul><ul><li>Comedido </li></ul></ul><ul><ul><li>(o que me mandem, e só o que me mandem) </li></ul></ul><ul><li>LIBERAL </li></ul><ul><ul><li>Jurisdição </li></ul></ul><ul><ul><li>(o que eu queira, e só o que eu queira) </li></ul></ul><ul><li>DEMOCRÁTICO </li></ul><ul><ul><li>Compromisso </li></ul></ul><ul><ul><li>(o que deva, o que faça falta) </li></ul></ul>
  11. 11. PROFISSIONALIDADE DEMOCRÁTICA <ul><li>PROFISSIONALIDADE </li></ul><ul><ul><li>Compromisso com o próprio trabalho no âmbito da autonomia individual </li></ul></ul><ul><li>COLABORATIVA vs. LIBERAL </li></ul><ul><ul><li>Compromisso com a organização, com os colegas e a equipe </li></ul></ul><ul><li>COOPERATIVA vs. PATERNALISTA </li></ul><ul><ul><li>Compromisso com o público, com os titulares do direito à educação. </li></ul></ul>
  12. 12. A RESPONSABILIDADE INSTITUCIONAL E PROFISSIONAL <ul><li>A MÂO DE FERRO, vs. IMPUNIDADE </li></ul><ul><ul><li>Baseada no Estado, na prudência </li></ul></ul><ul><ul><li>Persegue desvios, ameaça com sanções </li></ul></ul><ul><li>A MÃO INVISÍVEL, vs. IMUNIDADE </li></ul><ul><ul><li>Baseada no mercado, no lucro </li></ul></ul><ul><ul><li>Pede êxito, oferece recompensas </li></ul></ul><ul><li>A MÃO INTANGÍVEL, vs. INANIDADE </li></ul><ul><ul><li>Baseada na cultura, nos valores </li></ul></ul><ul><ul><li>Pede conformidade, oferece respeito </li></ul></ul>

×