Seminário Internacional e Workshop                                        PRESERVAR O CAPITAL NATURAL                     ...
PROGRAMA9:15h - Abertura       Quercus; Instituto Superior de Gestão - Universidade Lusófona; BCSD Portugal09:30h - Busine...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Preservar o Capital Natural - O papel do abastecimento alimentar e retalho

826 views

Published on

Programa completo do seminário internacional e workshop organizado em 18 de Abril de 2011.

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
826
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
5
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Preservar o Capital Natural - O papel do abastecimento alimentar e retalho

  1. 1. Seminário Internacional e Workshop PRESERVAR O CAPITAL NATURAL O PAPEL DO ABASTECIMENTO ALIMENTAR E RETALHOOrganização: Quercus – Associação Nacional de Conservação da NaturezaParceiros: Global Nature Fund e Fundacíon Global Nature - Campanha Europeia Business and BiodiversityApoio: Universidade LusófonaData: 18 Abril 2011 Local: Univ. Lusófona, Campo Grande 376, LisboaPúblico-alvo: Empresas do ramo da indústria de distribuição e retalho, empresas diversas associadas aoabastecimento alimentar, outros.EnquadramentoO retalho é um serviço intermediário chave na economia moderna, actuando como elo de ligação entremilhares de fornecedores e consumidores e representa actualmente 4,2% do valor acrescentado total da UE,empregando cerca de 17,4 milhões de pessoas. Em Portugal o negócio do retalho representa uma partesignificativa do PIB e lidera as taxas de crescimento a nível Europeu. Os retalhistas têm uma enormeinfluência sobre a produção e os padrões de consumo, pelo que podem contribuir para uma mudançasignificativa nos padrões de consumo e, através de critérios ambientais aplicados à cadeia de fornecedores,gerar inclusive mudanças na forma como os produtos são produzidos e distribuídos.A Presidência Portuguesa da União Europeia lançou em 2007 a Iniciativa Business and Biodiversity, cujoprincipal objectivo foi evidenciar a relação entre a actividade das empresas e a biodiversidade, para promoverum contributo significativo do sector empresarial para a protecção da biodiversidade e para alcançar a meta detravar a perda de biodiversidade a nível local, nacional, regional e global. Posteriormente a ComissãoEuropeia, ao criar a Plataforma Europeia Business and Biodiversity, incluiu o abastecimento alimentar comoum dos sectores-alvo prioritários a envolver, compreendendo retalhistas e empresas de embalagem eprocessamento alimentar.A Convenção das Nações Unidas para a Diversidade Biológica, na sua 10ª Conferência das Partes (COP)realizada em Nagoya, Japão, em Outubro de 2010, encorajou o envolvimento do sector empresarial naprotecção da biodiversidade e reconheceu o papel das organizações não governamentais na influência sobrepráticas empresariais e enquanto facilitadoras da alteração de comportamentos dos consumidores eexpectativas da sociedade. O Conselho Europeu de Ministros do Ambiente, na sua reunião de 20 deDezembro de 2010 acolheu as decisões desta COP destacando “a importância da cooperação com o sectorempresarial”, bem como “a integração da avaliação económica do valor da biodiversidade e dos ecossistemasnas decisões do sector público e privado”.É neste contexto que a Quercus tem dinamizado alguns encontros em Portugal e no estrangeiro sobre estetema, e está actualmente a desenvolver o projecto Empresas e Biodiversidade, através do qual procura dar umcontributo para a sensibilização e para a disponibilização de recursos metodológicos, experiências e casos-estudo concretos, junto do meio empresarial. Com o presente encontro esperamos assim mobilizar maisempresas para a protecção e investimento no capital natural inerente aos serviços prestados pelosecossistemas e biodiversidade, que são a verdadeira base do fornecimento dos bens de consumo. O evento éorganizado em colaboração com a Campanha Europeia Business and Biodiversity, financiada pelo ProgramaLife da União Europeia. INSCRIÇÕESA inscrição on-line é gratuita mas obrigatória, em: http://capitalnatural.eventbrite.com/
  2. 2. PROGRAMA9:15h - Abertura Quercus; Instituto Superior de Gestão - Universidade Lusófona; BCSD Portugal09:30h - Business and Biodiversity - A iniciativa em Portugal Representante do Instituto de Conservação da Natureza e Biodiversidade09:50h - O projecto Empresas e Biodiversidade Paula Silva, Coordenadora de Projecto, Quercus10:10h - A Campanha Europeia Business and Biodiversity. Apresentação de um caso-estudo sobre fruticultura e biodiversidade no Lago Constance, Alemanha Stefan Hörmann, Director de Projecto, Global Nature Fund Marion Hammerl, Directora, Lake Constance Foundation10:40h - Intervalo11:00h - Biodiversidade e os sectores de alimentação e bebidas – O business case para agir Annelisa Grigg, Directora de Projecto, Natural Value Initiative11:30h - Critérios para uma política de compras de pescado sustentável e implementação prática Renato Leite, Responsável pela área de Pescado, Sonae Modelo e Continente12:00h - Discussão12:30h - Almoço14:00h – Cafés Delta e o compromisso com a Biodiversidade Ana Margarida Carvalho, Direcção de Sistemas Integrados, Delta Cafés14:30h - Discussão15:00h - Workshop "Biodiversidade e o negócio da minha empresa" (Método “world café” com uma questão por mesa; cada grupo rodando para a mesa seguinte)16.30h - Apresentação de resultados no auditório e conclusões – Próximos passos?17:00h - EncerramentoMais informações: www.empresasebiodiversidade.org E-mail: paulasilva@quercusancn.pt

×