Jornalismo e Mídias Sociais

2,165 views

Published on

Essa apresentação foi utilizada durante um bate-papo com os alunos 7º semestre do curso Jornalismo da Unifor. A pauta era apresentar a minha experiência colaborativa com os #buracosfortaleza e relatar a convivência com as novas plataformas de comunicação

Jornalismo e Mídias Sociais

  1. 1. Jornalismo e novas mídias Unversidade de Fortaleza | UNIFOR Fortaleza, novembro/2009
  2. 3. dna digital Estuda jornalismo na FIC ( último semestre “graças a deus!” ) Blogueiro desde 2006 com o blog Liberdade Digital ; http://liberdadedigital.com.br Em 2008 integrou a rede de blogs BlogueIsso! ; http://blogueisso.com 2009 com mais seis blogueiros fez o #buracosfortaleza Trabalha com projetos para redes sociais
  3. 4. jornalismo na rede
  4. 5. Em uma escala de 1 a 10 rádio (8,21) internet (8,20) televisão (8,12) jornal (7,99) revista (7,79) redes sociais (7,74)
  5. 6. A televisão continua sendo a mídia mais vista pelos brasileiros TV (99,3%) Rádio (83,5%) Jornal impresso (69,4%) Internet (52,8%) Revista impressa (51,1%) Redes sociais (42,7%) versão online dos jornais (37,4%) versão online das revistas (22,8%) vox populi
  6. 7. Como os jornalistas usam as redes sociais no Brasil 83,46% dos profissionais utilizam o Orkut 72,07% usam as redes sociais com objetivos profissionais e pessoais 50% usam o Twitter e 30% o Facebook vox populi
  7. 8. Percentual das mídias sociais mais acessadas por jornalistas brasileiros: vox populi
  8. 9. O Orkut mostrou ser uma grande fonte de informação para os jornalistas, sendo mencionado por mais de 40% dos entrevistados, chegando a quase 60% nas regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. O local mais usado pelos jornalistas para acesso às redes sociais é a casa deles. O uso das redes acontece em menor grau no trabalho Fontes mais frequentes de informação vox populi Locais para acesso das redes sociais
  9. 10. datablog A televisão continua sendo a mídia mais vista pelos brasileiros TV (99,3%) Rádio (83,5%) Jornal impresso (69,4%) Internet (52,8%) Revista impressa (51,1%) Redes sociais (42,7%) versão online dos jornais (37,4%) versão online das revistas (22,8%)
  10. 11. Como integrar-se às novas mídias?
  11. 12. em todo lugar mobile Vídeo | Foto | Texto Conteúdo sem restrição. Informação produzida em qualquer lugar e por qualquer pessoa
  12. 13. www.mediaon.com.br habitantes digitais Na rede os veículos são apenas mais um. Ele não é mais o centro das atenções. Use a colaboração a seu favor José Roberto Toledo (@Zerotoledo) Pres. da Abraji
  13. 14. no meio da multidão
  14. 16. #buracosfortaleza Quem fez Blogueiros @rcarneiro; @rodrigogalba; @rafaelgaldino; @cmilfont @natanaelpantoja; @marioaragao e @emiliomoreno) moradores de Fortaleza. O que resultou Mais de 183 mil visualizações no mapa Centenas de marcações Envolvimento das pessoas no twitter e em blogs Repercussão na mídia tradicional: internet, impresso e TV)
  15. 17. #buracosfortaleza 23 de maio. Prefeita anuncia Operação Tapa-buracos Repercussão na rede
  16. 18. #uniban #apagao #itaipu
  17. 21. case
  18. 22. integração
  19. 23. aprenda a ouvir Não é a ferramenta que importa, mas sim o conceito Procedimentos jornalísticos são os mesmos “ Dar primeiro ou dar melhor”
  20. 24. experiência Notícia abortada Noblat divulgou em primeira mão aborto na Suíça. Depois comprovou-se que a brasileira mentiu
  21. 25. credibilidade Ofereça aos leitores conteúdo interessante, relevante e se possível, exclusivo; Algo que se conquista a longo prazo; #buracosfortaleza mobilização realizada a partir do Twitter em blogs do Ceará, um deles o Liberdade Digital Em evento de media training para executivos os blogs: Liberdade Digital , Blog do Eliomar e Gente de Mídia foram citados como fontes de informação e formadores de opinião local.
  22. 26. experiência
  23. 27. obrigado! Emílio Moreno @emiliomoreno | emiliomsn@gmail.com www.liberdadedigital.com.br

×