Fundamentos de SQL - Parte 2 de 8

2,417 views

Published on

Apresentação da segunda parte do curso de fundamentos de SQL. Nessa parte temos primeiras impressões sobre Entidade Relacionamento e Comando de Manipulação de dados DML.

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,417
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
1
Actions
Shares
0
Downloads
149
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Fundamentos de SQL - Parte 2 de 8

  1. 1. Fundamentos de SQL Microsoft SQL Server 2005 Emiliano Eloi <emiliano.eloi@gmail.com>
  2. 2. Objetivos <ul><li>Ser capaz se fazer intervenções em bancos de dados que utilizem esta linguagem. </li></ul><ul><ul><li>Definições das bases de dados. </li></ul></ul><ul><ul><li>Manipulação dos dados. </li></ul></ul><ul><ul><li>Recuperação dos dados. </li></ul></ul><ul><li>Compreender Diagramas de entidade-relacionamento. </li></ul><ul><li>Pensar em SQL. </li></ul>
  3. 3. Para hoje <ul><li>Na aula passada, vimos: Inserção Seleção, Predicados e alguns conceitos de banco de dados. </li></ul><ul><li>Hoje veremos mais alguns predicados, inserção, atualização e exclusão. </li></ul><ul><li>Além de ver alguns conceitos de Entidade-relacionamento. </li></ul>
  4. 4. Lista de Verificação <ul><li>Micro computado ligado. </li></ul><ul><li>Teclado e mouse. </li></ul><ul><li>Autenticação no Windows. </li></ul><ul><li>Internet Explorer funcionando. </li></ul><ul><li>Microsoft SQL Server Management Studio. </li></ul>
  5. 5. Diagrama de Entidade-Relacionamento <ul><li>O Diagrama ER é uma ferramenta para modelagem conceitual de banco de dados amplamente utilizada no projeto de banco de dados, sendo considerada praticamente um padrão para modelagem, por ser de fácil compreensão apresentar poucos conceitos: Entidades, Atributos, Ocorrência, Relacionamento e Identificador ou atributo determinante. </li></ul>
  6. 6. DER
  7. 7. Entidades <ul><li>As entidades são o conjunto de objetos de mesma natureza, com as mesmas características, com um nome genérico. </li></ul><ul><li>É considerada ocorrência de um entidade um objeto que pertence a ela. Cada ocorrência da entidade se apresenta como uma coleção de elementos de dados ou atributos. O atributo determinante é aquele que identifica unicamente uma ocorrência da entidade. </li></ul>
  8. 8. DER - ENTIDADES
  9. 9. Atributos <ul><li>Representam uma propriedade de uma entidade que necessita ser armazenada, como, por exemplo, o matrícula ou o nome e um aluno que o horário o aluno irá estar em determinada sala. Um atributo pode conter apenas um valor atômico, ou seja, um valor indivisível. </li></ul>
  10. 10. DER - Atributos
  11. 11. Classificador nome-descritivo <ul><li>Os atributos devem ser enquadrados em categorias básicas de dados como: nome, valor, data, descrição, quantidade etc. </li></ul><ul><li>Essas categorias são conhecidas como qualificadores e são utilizadas, em geral antes do complemento a esse qualificadores. </li></ul>
  12. 12. Tabela de qualificadores Qualificadores Significado ID Código/Identificador NM Nome NR Número VL Valor QT Quantidade TX Taxa ou pércentual DS Descrição SG Sigla DT Data HR Hora
  13. 13. DER – DB_ESCOLINHA
  14. 14. Cláusula INSERT Use a sentença INSERT para inserir novos registros em uma tabela. Os valores na cláusula VALUES correspondem às colunas listadas após o nome da tabela: INSERT INTO TBL_DISCIPLINAS (ID_DISCIPLINA,NM_NOME_DISCIPLINA) VALUES (5, 'Educação Física')
  15. 15. Cláusula UPDATE <ul><li>Para modificar dados existentes em uma tabela,use a sentença UPDATE. Você pode atualizar um ou vários registros, pode especificar um único conjunto de novos valores na sentença ou pode gerar novos valores através de um subquerys. </li></ul>
  16. 16. Cláusula UPDATE - Usando UPDATE TBL_PAIS SET NM_EMAIL_PAI = 'emiliano@gmail.com' WHERE NM_PSS_PAI = 'EMILIANOELO'
  17. 17. Cláusula DELETE <ul><li>Use a sentença DELETE para excluir registros de uma tabela. Na maioria das vezes ,você escreverá uma cláusula WHERE para identificar um ou mais registros específicos a serem excluídos. </li></ul>
  18. 18. Cláusula DELETE - Usando DELETE FROM TBL_ALUNOS WHERE NM_PSS_ALUNO = 'EMILIANOELO'
  19. 19. Predicado <ul><li>Predicados são condições que você escreve na clausula WHERE (também nas cláusulas ON e HAVING) de uma sentença de SQL que determinam que registros são afetadas ou retornadas por essa sentença. </li></ul><ul><li>O Predicado </li></ul><ul><li>NM_NOME_ALUNO = 'Emiliano Eloi' </li></ul><ul><li>retorna somente os dados do aluno específico. </li></ul>
  20. 20. Predicado - IN <ul><li>Use o IN para testar um valor se encontra dentro de um conjunto dos valores. Você pode enumerar esse conjunto como uma lista de valores literais ou retornar o conjunto como o resultado de uma subquery. </li></ul>
  21. 21. Predicado – IN - Usando SELECT NM_NOME_ALUNO FROM TBL_ALUNOS WHERE ID_ALUNO IN (1,2)
  22. 22. Predicado – IN – Usando SELECT NM_NOME_ALUNO FROM TBL_ALUNOS WHERE ID_ALUNO IN ( SELECT ID_ALUNO FROM TBL_ALUNOS_PREMIADOS)
  23. 23. Predicado - BETWEEN <ul><li> Use BETWEEN para ver se um valor se encontra em uma determinada faixa, podendo ser uma faixa numérica ou de datas. </li></ul>
  24. 24. Predicado – BETWEEN – Usando SELECT NM_NOME_ALUNO FROM TBL_ALUNOS WHERE ID_ALUNO BETWEEN 3 AND 9
  25. 25. Predicado – BETWEEN – Usando SELECT ID_ALUNOS FROM TBL_ALUNOS_PREMIADIS WHERE DT_DATA_PREMIACAO BETWEEN '2009-05-09' AND '2009-05-16'
  26. 26. Exercícios Organizem-se em Duplas. Os componentes dessa dupla são pai e filho. 1) Cadastre o pai na tabela TBL_PAIS. 2) Cadastre o filho na tabela TBL_ALUNOS Essa sentença deve ser um bloco que funcione em harmonia, por isso escreva utilizando tratamento de erros e com controle de transação.
  27. 27. Transações Uma transação é um conjunto de operações tratado como uma unidade. Ou todas as operações que compõem a unidade são concluídas ou nenhuma delas é.
  28. 28. Transações – Usando Iniciar a transação BEGIN TRANSACTION DEMOSTRACAO Tornar a transação permanente. Confirmar a transação. COMMIT TRANSACTION DEMOSTRACAO Voltar a transação, abortar. ROLLBACK TRANSACTION DEMOSTRACAO
  29. 29. Tratamento de Erro Um grupo de instruções pode ser incluído em um bloco TRY. Se ocorrer um erro no bloco TRY, o controle passará para outro grupo de instruções que está incluído em um bloco CATCH. BEGIN TRY SELECT NM_CEP_ALUNO FROM TBL_ALUNOS END TRY BEGIN CATCH PRINT 'Houve um erro' END CATCH
  30. 30. Exemplo USE DB_ESCOLINHA BEGIN TRY BEGIN TRANSACTION INSERIR_ALUNO -- INSERIR MÃE INSERT INTO TBL_PAIS ( ID_PAI , NM_NOME_PAI , NM_SOBRENOME_PAI , NM_PSS_PAI , NM_CEP_PAI ) VALUES ( 10 , 'Tatiane' , 'Silva' , 'TATIANESILV' , '30730-230' ) -- INSERIR ALUNO INSERT INTO TBL_ALUNOS ( ID_ALUNO , NM_NOME_ALUNO , NM_SOBRENOME_ALUNO , NM_PSS_ALUNO , NM_CEP_ALUNO ) VALUES ( 10 , 'Tatiane' , 'Silva' , 'TATIANESILV' , '30730-230' ) COMMIT TRANSACTION INSERIR_ALUNO PRINT 'INSERIDO COM SUCESSO!' END TRY BEGIN CATCH ROLLBACK TRANSACTION INSERIR_ALUNO PRINT 'HOUVE UM ERRO NA INSERSAO!' PRINT ERROR_MESSAGE () END CATCH
  31. 31. Comando USE <ul><li>Altera o contexto de banco de dados para o banco de dados especificado. </li></ul>USE DB_ESCOLINHA
  32. 32. Comentário <ul><li>Os comentários são importantes para identificar cada instrução e dar sentido na sua utilização. </li></ul>-- Comentário de uma linha /* Comentário de inúmeras linhas */

×