Apresentação dos
                                 Resultados 2004

                                   Maurício Botelho
   ...
Resultados 2004


    •   Destaques 2004
    •   Resultados e Indicadores de Desempenho
    •   Clientes e Pedidos em Cart...
Destaques 2004
Destaques 2004

        Recorde Histórico de Receita Líquida e Lucro Líquido
                                             ...
Cenário


   Apesar do crescimento do volume de passageiros transportados e
   do esforço de redução de custos pelas empre...
Cenário




   Várias empresas consideram em seus planos de recuperação e
   modernização a incorporação de novos jatos co...
Destaques – Aviação Comercial

  Finnair encomenda 12 aeronaves
  EMBRAER 170, além de outras oito
  opções do mesmo model...
Destaques - Aviação Comercial

    Copa Airlines confirma compra de dez jatos EMBRAER 190, além
    de opção para outras 2...
Destaques - Aviação Comercial




         A participação de mercado representa aviões
            entregues e pedidos fir...
Destaques – Aviação Comercial



   Pedidos Família
   ERJ 145



      Dezembro/2004   Firmes   Opções   Total   Entregas...
Destaques – Aviação Comercial


 Pedidos
 EMBRAER 170/190


    Dezembro/2004   Firmes   Opções   Total   Entregas   Backl...
Destaques - Aviação Corporativa


   Novas melhorias foram introduzidas no Legacy Executive:
   • Aumento do teto operacio...
Destaques - Aviação Corporativa
  O primeiro jato Legacy Executive para o mercado asiático é
  entregue para a Legend Deve...
Destaques - Mercado de Defesa


  A Embraer usando um derivado
  do ERJ 145, através do consórcio
  liderado pela Lockheed...
Destaques - Mercado de Defesa

  Iniciada a construção da fábrica da
  Embraer em Jacksonville, EUA, que
  será dedicada a...
Destaques - Serviços ao Cliente

     Consórcio liderado pela Embraer, com a participação da European
     Aeronautic Defe...
Destaques- Área Industrial

  • Certificação de duas aeronaves
  • Primeiro vôo de duas aeroanves
  • Produção de 256 aero...
Destaques- Área Industrial


   • Desafio superado e ultrapassado de producção recorde de
   aeronaves na área comercial, ...
Destaques - Área Industrial

                        O EMBRAER 170 é homologado
                        pelo CTA, FAA e EA...
Destaques - Área Industrial


                          Entregue em maio, à Chautauqua
                          Airlines,...
Desenvolvimento
de Pessoas
Empregados
                                                            14.648
                                            ...
Formação Educacional

                               3.591 Engenheiros (*)


                                       Mestra...
Programa de Especialização em Engenharia


   Criado em 2001 com o objetivo de formar, em 18 meses, engenheiros
   aeronáu...
Investimento em Treinamento

   R$ 213 milhões investidos em Treinamento nos últimos quatro anos

           58           ...
Balanço Social
Responsabilidade Social

  •A Embraer apoiou programas sociais conduzidos por outras entidades,
  como o Programa Fome Zer...
Sistema de Gestão Integrado


 Metodologia de apoio a gestão de
 recursos e pessoas

 Parceria entre o Instituto Embraer e...
Colégio Eng. Juarez Wanderley



                        O Colégio Engenheiro Juarez
                        Wanderley com...
Benefícios a Empregados

              R$ 1,539 milhões em Benefícios e Remuneração

                                     ...
Resultados &
Indicadores de
Desempenho

Antonio Luiz Pizarro Manso
           CFO
Entrega de Jatos



                       160    161
                                                   148
             ...
Receita Líquida e Margem Bruta

   R$ Milhões
                                                  44,6%
                    ...
Contribuição Balança Comercial
   US$ Milhões
                                                                   2,897
   ...
Receita por Segmento e por Mercado

            Receita por Segmento                            Receita por Mercado

     ...
Lucro Antes das Despesas Financeiras

    R$ Milhões                                 28,0%   28,0%


                     ...
EBITDA

R$ Milhões


                                                 30%     30%


                                 21%  ...
Lucro Líquido

       R$ Milhões


                                             16,0%   15,2%
                            ...
Resultados Trimestrais

  R$ Milhões




                            3.034
                                               ...
Resultados Trimestrais

  R$ Milhões

                       Receita
                                                     ...
Retorno sobre Patrimônio - ROE
  Cálculo em R$



                    74%

                           58%    55%

        ...
Retorno sobre Ativo - ROA

  Cálculo em R$




                                  17%
                    15%    15%
      ...
Composição do Endividamento

  Endividamento total de R$ 3.553,6 milhões


                                               ...
Endividamento e Vencimentos

                Valores em R$ milhões
                                                       ...
Estoques

  R$ Milhões




                                                          4.069
                               ...
Giro de Estoques



                      2,9

                2,4
        2,1                  2,1
                      ...
Contas a Receber - Clientes

  R$ Milhões

                                        2.453


                               ...
Caixa (Endividamento) Líquido

  R$ milhões



                               1.431



                                   ...
Backlog e Projeção
de Entregas
Total de Pedidos em Carteira


    Firmes     Opções



                                             17,5   17,5
         ...
Entregas Projetadas



                    160    161
                                                148    145    145
  ...
Entregas Projetadas



                   9%                 14%               12%


                  31%

              ...
Investimento e
Produtividade
Investimentos

  R$ Milhões


                                                          765


                            ...
Ciclo de Produção – Família ERJ 145

  Em meses




      8,0


             6,0    6,0
                           5,5
   ...
Produtividade da Força de Trabalho

  Receita por empregado –US$ 243 mil


                                 307


        ...
Investimentos Projetados


            US$ milhões                                2005        2006

             P&D Total...
Governança
Corporativa
Governança Corporativa

  •   Todos os administradores e empregados assinaram o código de
      ética e conduta da Empresa...
Gestão de Risco

  • Processo estruturado de gestão de riscos em nível corporativo
  • A partir da Análise Geral de Riscos...
Estrutura do Capital Votante

  ON: 242.544.448                            34,0%
                              Bovespa
   ...
Estrutura de Capital – Ações Preferenciais

                     BNDES
                      9.6%


          Bovespa
    ...
Dividendos

                                                                                      46,6%
  R$ Milhões      ...
-
                            50,0
                                   100,0
                                           150...
100.0
                                            150.0
                                                    200.0
        ...
Relações com Investidores
       Tel.:55 12 3927-1216
Investor.relations@embraer.com.br
       www.embraer.com.br
Anexos
Receita Líquida e Margem Bruta – US GAAP
  US$ Milhões – US GAAP




                                         39,6%   39,4...
Lucro Operacional – US GAAP
 US$ Milhões – US GAAP




                                   22,3%
                   20,0%  ...
Lucro Líquido – US GAAP
 US$ Milhões – US GAAP



               12,8%
                         11,6%                     ...
Entrega de Jatos - Trimestres



                      43            42
                             40



               ...
Receita e Margem Bruta - Trimestres

   R$ Milhões




                        3.034
                                2.734...
Lucro Antes das Despesas Financeiras
  R$ Milhões




                                       18,4%
                       ...
EBITDA - Trimestres
   R$ Milhões




                        20,3%
                                19,0%   19,8%
        ...
Lucro Líquido - Trimestres
   R$ Milhões




                                14,5%
                        12,6%
         ...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

2005 - ApresentaçãO DivulgaçãO Dos Resultados 2004

475 views

Published on

Published in: Business, Technology
0 Comments
0 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
475
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
12
Actions
Shares
0
Downloads
8
Comments
0
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2005 - ApresentaçãO DivulgaçãO Dos Resultados 2004

  1. 1. Apresentação dos Resultados 2004 Maurício Botelho Diretor Presidente São Paulo - 18 de março, 2005
  2. 2. Resultados 2004 • Destaques 2004 • Resultados e Indicadores de Desempenho • Clientes e Pedidos em Carteira • Investimentos e Produtividade • Recursos Humanos • Balanço Social • Relações com Investidores
  3. 3. Destaques 2004
  4. 4. Destaques 2004 Recorde Histórico de Receita Líquida e Lucro Líquido Lucro Líquido em milhares de reais Receita Líquida em milhares de reais 10.231 1.256 1.179 7.748 6.571 587 2002 2003 2004 2002 2003 2004 642 17,5 17,5 13,2 321 Caixa líquido de R$ Backlog firme de 34,2 milhões 10,6 US$ 10,1 bilhões 9,0 10,1 34.2 2002 2003 2004 2002 2003 2004 Firmes Opções
  5. 5. Cenário Apesar do crescimento do volume de passageiros transportados e do esforço de redução de custos pelas empresas aéreas em todo mundo, a recuperação do setor aéreo não ocorreu nas dimensões esperadas Os modelos de negócio das empresas aéreas regionais e das empresas aéreas Low Cost, Low Fare têm se mostrado mais competitivos na nova realidade de mercado Os recursos disponíveis para a estruturação do financiamento das vendas continuam escassos
  6. 6. Cenário Várias empresas consideram em seus planos de recuperação e modernização a incorporação de novos jatos comerciais na faixa de 50 a 100 passageiros, objetivando solucionar o problema de demanda, oferta de assentos, freqüência das linhas e densidade das rotas.
  7. 7. Destaques – Aviação Comercial Finnair encomenda 12 aeronaves EMBRAER 170, além de outras oito opções do mesmo modelo, conversíveis em jatos EMBRAER 175 ou EMBRAER 190. Republic Airways encomenda 23 aeronaves EMBRAER 170 firmes e 26 opções para serem operadas no sistema United Express Air Canada assina contrato para 45 EMBRAER 190 e 15 EMBRAER 175, além de opções para mais 60 aeronaves Hong Kong Express assina contrato para quatro aeronaves EMBRAER 170, arrendadas pela GECAS
  8. 8. Destaques - Aviação Comercial Copa Airlines confirma compra de dez jatos EMBRAER 190, além de opção para outras 20 aeronaves do mesmo modelo US Airways anuncia pedido de concordata levando a Embraer a reduzir o número estimado de entregas no ano para 145 sendo que efetivamente entregou 148 Luxair converte duas opções de aeronaves ERJ 135 em encomendas firmes e inclui mais uma opção de compra do mesmo modelo. A Harbin Embraer Aircraft Industry entrega 5 jatos ERJ 145 à China Southern, maior empresa aérea da República Popular da China
  9. 9. Destaques - Aviação Comercial A participação de mercado representa aviões entregues e pedidos firmes em carteira
  10. 10. Destaques – Aviação Comercial Pedidos Família ERJ 145 Dezembro/2004 Firmes Opções Total Entregas Backlog ERJ 135 123 2 125 106 17 ERJ 140 94 20 114 74 20 ERJ 145 684 314 998 618 66 Total 901 336 1237 798 103
  11. 11. Destaques – Aviação Comercial Pedidos EMBRAER 170/190 Dezembro/2004 Firmes Opções Total Entregas Backlog EMBRAER 170 158 177 335 46 112 EMBRAER 175 15 - - - 15 EMBRAER 190 155 230 385 - 155 EMBRAER 195 15 20 35 - 15 Total 343 427 755 46 297
  12. 12. Destaques - Aviação Corporativa Novas melhorias foram introduzidas no Legacy Executive: • Aumento do teto operacional para 41.000 pés • Autorização para operar a partir do Aeroporto de London City (LCY) • Plano de manutenção revisado reduz custos em 5% • Expansão do envelope de pouso e decolagem para 8.500 pés • Nova configuração de interior • Suporte para conexão global de alta velocidade por meio da tecnologia wireless fidelity – Wi-fi
  13. 13. Destaques - Aviação Corporativa O primeiro jato Legacy Executive para o mercado asiático é entregue para a Legend Development Co. Ltd., Macau - China Re-estruturação da rede de distribuição, vendas e centros de serviços do Legacy: Brasil Oriente Médio América do Norte China Europa Austrália
  14. 14. Destaques - Mercado de Defesa A Embraer usando um derivado do ERJ 145, através do consórcio liderado pela Lockheed Martin é selecionada para fornecer o novo avião para supervisão de campos de combate – programa Aerial Common Sensor (ACS), a ser utilizado pelo exército dos EUA. Este contrato é estimado em US$ 7 bilhões em 20 anos.
  15. 15. Destaques - Mercado de Defesa Iniciada a construção da fábrica da Embraer em Jacksonville, EUA, que será dedicada a programas de defesa daquele país, começando pelo programa ACS. Entrada em operação do primeiro EMB 145 AEW&C pela Força Aérea Grega, nas condições da OTAN, de um pedido total de quatro aeronaves já entregues . Entrega de duas aeronaves EMB 145 MP e uma EMB 145 AEW&C à Força Aérea Mexicana, incluindo o sistema de controle de vôo, concluindo as entregas previstas. TAME Línea Aérea del Ecuador assina carta de intenções para compra de dois EMBRAER 170, um EMBRAER 190 e outras quatro opções de compra
  16. 16. Destaques - Serviços ao Cliente Consórcio liderado pela Embraer, com a participação da European Aeronautic Defense and Space Company (EADS), adquire 65% do capital da Indústria Aeronáutica de Portugal S.A. (OGMA), uma das mais importante empresas de manutenção de aeronaves da Europa, cujas vendas em 2004 atingiram € 140 milhões. Expansão das instalações da EAMS em Nashville, TN Acordo de cooperação com a empresa Hawker Pacific, que assumirá as atividades de suporte logístico e apoio a frota de EMB 120 e EMB 110 na região da Austrália e Pacífico
  17. 17. Destaques- Área Industrial • Certificação de duas aeronaves • Primeiro vôo de duas aeroanves • Produção de 256 aeronaves e 6 conjuntos: • Entrega de 148 aviões cívis, e produção de mais três EMBRAER 170 que não foram entregues • Construção de 5 aviões pré séries da família EMBRAER 170/190 • Entrega de 2 EMB 145 AEW&C e 3 EMB 145 MP • Entrega de 7 ALX e testes do primeiro F-5 série, com dispoonibilização de 3 ALX e 1 F-5 • Entrega de 6 conjuntos de segmentos do ERJ 145 para a HEAI, na China • Entrega de 83 Ipanema
  18. 18. Destaques- Área Industrial • Desafio superado e ultrapassado de producção recorde de aeronaves na área comercial, corporativa e de defesa • Ritmo de crescimento inédito na cadência de produção da família EMBRAER 170/190: • Seis aeronaves EMBRAER 170 produzidas por mês ao final de 2004, dez meses após o inicio das entregas • Foram necessários 18 meses para atingimento desta cadência de produção após certificação do ERJ 145
  19. 19. Destaques - Área Industrial O EMBRAER 170 é homologado pelo CTA, FAA e EASA e as primeiras entregas são feitas à LOT, US Airways e Alitalia Primeiro vôo do EMBRAER 190 e EMBRAER 195 O EMBRAER 175 é homologado pelo CTA, e aguarda certificação da EASA e da Transport Canada Civil Aviation (TCCA), previstas para o primeiro semestre de 2005;
  20. 20. Destaques - Área Industrial Entregue em maio, à Chautauqua Airlines, a 800ª aeronave da família ERJ 145. O Legacy Executive recebe autorização para operar a partir do aeroporto de London City (LCY). Indústria Aeronáutica Neiva, subsidiária integral da Embraer, recebe a Certificação do Motor a Álcool para o Ipanema.
  21. 21. Desenvolvimento de Pessoas
  22. 22. Empregados 14.648 12.941 12.227 11.048 10.334 8.302 6.737 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 BRASIL 13.799 EUROPA 186 CINGAPURA 19 EUA 465 CHINA 179
  23. 23. Formação Educacional 3.591 Engenheiros (*) Mestrado e Pós-graduação; Doutorado; 2% 6% Nível Superior; 30% Nível Médio ; 62% (*) Incluiu 628 profissionais formados que atuam em outras especialidades
  24. 24. Programa de Especialização em Engenharia Criado em 2001 com o objetivo de formar, em 18 meses, engenheiros aeronáuticos para o atendimento da demanda das áreas de engenharia da Embraer, representando investimentos de mais de R$ 41 milhões 462 engenheiros especialistas em nível de mestrado em engenharia aeronáutica formados desde 2001
  25. 25. Investimento em Treinamento R$ 213 milhões investidos em Treinamento nos últimos quatro anos 58 60 53 42 2001 2002 2003 2004
  26. 26. Balanço Social
  27. 27. Responsabilidade Social •A Embraer apoiou programas sociais conduzidos por outras entidades, como o Programa Fome Zero, do Governo Brasileiro, com o qual contribuiu com R$ 1,325 milhão em 2004. •Atividades culturais conduzidas no Brasil e no exterior, também são apoiadas pela Empresa, que, em 2004, contribuiu com mais de R$ 2,8 milhões, a maior parte deste valor com base em leis de incentivo fiscal à cultura e artes cênicas. •A Embraer no ano de 2004 completou a certificação pelas normas ISO14001 e OSHAS 18001 de suas unidades Brasil com as certificações das unidades Neiva e Gavião Peixoto.
  28. 28. Sistema de Gestão Integrado Metodologia de apoio a gestão de recursos e pessoas Parceria entre o Instituto Embraer e a secretaria municipal de educação de SJC com investimentos de cerca de R$ 1 milhão abrangendo, de forma direta ou indireta: 44 escolas, 2.600 professores e 39.400 alunos.
  29. 29. Colégio Eng. Juarez Wanderley O Colégio Engenheiro Juarez Wanderley completou três anos de atividades e a primeira turma, com 198 alunos, concluiu o curso de ensino médio. Dos alunos formandos, 197 prestaram vestibular e 162 foram aprovados.
  30. 30. Benefícios a Empregados R$ 1,539 milhões em Benefícios e Remuneração Farmácia; 3% PLR Seguro de Vida; 2% 11% Outros; 11% Benefícos Cobertura 9% Odontológica; 2% Saúde; 37% Alimentação; 17% Salários 80% Aposentadoria Complementar; 18% PLR R$ 175,5 milhões Benefícios R$ 132 milhões
  31. 31. Resultados & Indicadores de Desempenho Antonio Luiz Pizarro Manso CFO
  32. 32. Entrega de Jatos 160 161 148 131 96 101 59 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  33. 33. Receita Líquida e Margem Bruta R$ Milhões 44,6% 41,6% 10.231 35,8% 31,1% 33,3% 28,6% 7.748 28,3% 6.891 6.571 5.099 3.347 1.570 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 90% 114% 52% 35% 12% -15,2% 56% Crescimento Anual
  34. 34. Contribuição Balança Comercial US$ Milhões 2,897 2,702 2,721 2,396 2,007 1,843 1,683 1,692 1,352 1,352 1,302 1,173 1,178 1,220 1,054 1,039 881 705 514 292 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 Exportações Importações Contribuição Líquida (*) Fonte: Decex
  35. 35. Receita por Segmento e por Mercado Receita por Segmento Receita por Mercado Aviação Brasil Corporativa Outros 8,3% Outros 6.9% 4,2% 6,7% Europa 11,2% Defesa 10.3% Aviação América do Comercial Norte 76,3% 76,1%
  36. 36. Lucro Antes das Despesas Financeiras R$ Milhões 28,0% 28,0% 20,1% 18,9% 18,7% 17,0% 15,7% 2.167 1.928 1.740 1.243 1.027 625 247 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 Considerando PLR 151% 154% 64% 88% 12% -43% 40% Crescimento Anual
  37. 37. EBITDA R$ Milhões 30% 30% 21% 21% 21% 19,0% 14,70% 2.359 2.097 1.962 1.403 1.096 716 231 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 116% 210% 53% 91% 12% -40% 40% Crescimento Anual
  38. 38. Lucro Líquido R$ Milhões 16,0% 15,2% 12,6% 12,3% 12,3% 8,9% 8,40% 1.179 1.256 1.101 645 587 412 132 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 Crescimento Anual 500% 212% 56% 71% 7% -50,1% 114%
  39. 39. Resultados Trimestrais R$ Milhões 3.034 2.734 2.647 1.816 617 521 397 523 301 195 382 282 1T04 2T04 3T04 4T04 Receita EBITDA Lucro
  40. 40. Resultados Trimestrais R$ Milhões Receita EBITDA 3.034 617 2.734 2.647 521 523 1.816 301 1T04 2T04 3T04 4T04 1T04 2T04 3T04 4T04 Lucro 382 397 282 195 1T04 2T04 3T04 4T04
  41. 41. Retorno sobre Patrimônio - ROE Cálculo em R$ 74% 58% 55% 41% 35% 31% 17% 1998 1999 2002 2001 2002 2003 2004
  42. 42. Retorno sobre Ativo - ROA Cálculo em R$ 17% 15% 15% 12% 9% 8% 5% 1998 1999 2002 2001 2002 2003 2004
  43. 43. Composição do Endividamento Endividamento total de R$ 3.553,6 milhões Moeda Local 25% Moeda Estrangeira 75% • Custo Captação Moeda Local = 12,4 % a/a • Custo Captação Moeda Estrangeira = variação cambial + 5,38% a/a
  44. 44. Endividamento e Vencimentos Valores em R$ milhões Curto Prazo 38% Longo 1.363 Prazo 62% 3.554 532 792 443 424 Total Curto Prazo 2006 2007 2008 Além de 2009 • Prazo Médio do Endividamento longo prazo 3 anos e 4 meses
  45. 45. Estoques R$ Milhões 4.069 3.346 2.838 2.371 1.281 1.122 682 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  46. 46. Giro de Estoques 2,9 2,4 2,1 2,1 1,8 1,6 1,4 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  47. 47. Contas a Receber - Clientes R$ Milhões 2.453 1.751 1.558 1.040 584 387 176 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  48. 48. Caixa (Endividamento) Líquido R$ milhões 1.431 642 34 321 (502) (590) (53) 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  49. 49. Backlog e Projeção de Entregas
  50. 50. Total de Pedidos em Carteira Firmes Opções 17,5 17,5 12,7 12,7 13,2 11,3 11,4 10,7 10,6 10,1 9,0 6,4 4,1 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  51. 51. Entregas Projetadas 160 161 148 145 145 131 96 101 59 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005E 2006E
  52. 52. Entregas Projetadas 9% 14% 12% 31% 50% 73% 60% 36% 15% 2004 2005E 2006E Família ERJ 145 Família EMBRAER 170/190 Aviação Corporativa
  53. 53. Investimento e Produtividade
  54. 54. Investimentos R$ Milhões 765 739 697 627 390 267 142 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 Inclui investimentos em produtos de defesa e P&D não aplicado a programas
  55. 55. Ciclo de Produção – Família ERJ 145 Em meses 8,0 6,0 6,0 5,5 4,9 5,0 3,7 3,4 3,1 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  56. 56. Produtividade da Força de Trabalho Receita por empregado –US$ 243 mil 307 247 254 242 243 227 185 172 91 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  57. 57. Investimentos Projetados US$ milhões 2005 2006 P&D Total 119 66 - Aviação Comercial 89 37 - Aviação Corporativa 11 12 -Outros 19 17 Defesa 88 38 Produtividade e Capacitação 77 59 TOTAL 284 163 *Investimentos em Defesa são suportados pelos próprios contratos. *Não inclui novos programas
  58. 58. Governança Corporativa
  59. 59. Governança Corporativa • Todos os administradores e empregados assinaram o código de ética e conduta da Empresa • Política de divulgação conforme regras estabelecidas pela CVM e SEC • 230 colaboradores incluídos na política de negociação de ações da Empresa • O Conselho Fiscal acumula funções do Comitê de Auditoria, seguindo as regras estabelecidas pela Sarbanes Oxley
  60. 60. Gestão de Risco • Processo estruturado de gestão de riscos em nível corporativo • A partir da Análise Geral de Riscos, foram desenvolvidos e implementados diversos projetos de redução de risco em processos empresariais e nos principais sistemas de informação. • O ambiente geral de controle revisado, com aprimoramento da estrutura corporativa de controles internos, pronta para atender a lei Sarbanes-Oxley seção 404: • Estrutura de controles dos processos relevantes para as demonstrações financeiras em fase de teste de acordo com PCAOB (Public Companies Audit Oversight Board).
  61. 61. Estrutura do Capital Votante ON: 242.544.448 34,0% Bovespa 19,2% Governo Brasileiro 0,8% Acionistas Controladores Grupo Europeu 60% 20% 0,8% 20% Grupo Europeu Governo Brasileiro Dassault Aviation 5,7% 60% Acionistas Controladores Thales 5,7% PREVI (Fundo de Pensão) 20% 19,2% EADS 5,7% SISTEL (Fundo de Pensão) 20% Bovespa Snecma 2,9% Cia Bozano 20%
  62. 62. Estrutura de Capital – Ações Preferenciais BNDES 9.6% Bovespa 34.4% NYSE 56% PN: 475.797.420 66,0%
  63. 63. Dividendos 46,6% R$ Milhões 44,60% 36,7% 33,2% 585 27,2% 404 288 327 195 2000 2001 2002 2003 2004 % do Lucro Líquido Ajustado (Consolidado) YIELD 1.88 3.08 5.47 4.58 3.79
  64. 64. - 50,0 100,0 150,0 200,0 250,0 300,0 20/7/2000 20/9/2000 20/11/2000 20/1/2001 20/3/2001 20/5/2001 20/7/2001 20/9/2001 20/11/2001 20/1/2002 20/3/2002 EMBR4 20/5/2002 20/7/2002 20/9/2002 20/11/2002 EMBR3 20/1/2003 Performance Ações na Bovespa 20/3/2003 20/5/2003 20/7/2003 20/9/2003 Ibovespa 20/11/2003 20/1/2004 20/3/2004 20/5/2004 20/7/2004 20/9/2004 20/11/2004 20/1/2005
  65. 65. 100.0 150.0 200.0 250.0 50.0 - 20/7/2000 20/9/2000 20/11/2000 20/1/2001 20/3/2001 20/5/2001 20/7/2001 20/9/2001 20/11/2001 20/1/2002 20/3/2002 ERJ 20/5/2002 20/7/2002 20/9/2002 Performance ADS na NYSE 20/11/2002 20/1/2003 20/3/2003 Dow Jones 20/5/2003 20/7/2003 20/9/2003 20/11/2003 20/1/2004 20/3/2004 20/5/2004 20/7/2004 20/9/2004 20/11/2004 20/1/2005
  66. 66. Relações com Investidores Tel.:55 12 3927-1216 Investor.relations@embraer.com.br www.embraer.com.br
  67. 67. Anexos
  68. 68. Receita Líquida e Margem Bruta – US GAAP US$ Milhões – US GAAP 39,6% 39,4% 37,7% 34,1% 32,0% 32,0% 28,3% 3.440 2.762 2.927 2.526 1.354 2.144 1.837 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  69. 69. Lucro Operacional – US GAAP US$ Milhões – US GAAP 22,3% 20,0% 18,6% 16,7% 15,8% 14,6% 12,3% 651,4 544,0 462,1 469,6 368 171,7 264,7 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  70. 70. Lucro Líquido – US GAAP US$ Milhões – US GAAP 12,8% 11,6% 11,1% 10,7% 11,2% 8,8% 6,3% 380 321 328 145 235 223 136 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004
  71. 71. Entrega de Jatos - Trimestres 43 42 40 23 1T04 2T04 3T04 4T04
  72. 72. Receita e Margem Bruta - Trimestres R$ Milhões 3.034 2.734 2.647 35,0% 33,5% 1.816 32,2% 31,8% 1T04 2T04 3T04 4T04
  73. 73. Lucro Antes das Despesas Financeiras R$ Milhões 18,4% 16,9% 17,60% 14,1% 558 462 465 255 1T04 2T04 3T04 4T04 Incluindo Participações dos Empregados nos Lucros e Resultados
  74. 74. EBITDA - Trimestres R$ Milhões 20,3% 19,0% 19,8% 14,1% 617 521 523 301 1T04 2T04 3T04 4T04
  75. 75. Lucro Líquido - Trimestres R$ Milhões 14,5% 12,6% 10,7% 10,7% 382 397 282 195 1T04 2T04 3T04 4T04

×