Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados

1,886 views

Published on

O que faz o jornalismo de dados diferente do restante do jornalismo? Talvez sejam as novas possibilidades que se abrem quando se combina o tradicional "faro jornalístico" e a habilidade de contar uma história envolvente com a escala e o alcance absolutos da informação digital agora disponível.

Published in: Education
  • Be the first to comment

Aula 07 teorias do jornalismo jornalismo de dados

  1. 1. TEORIAS DO JORNALISMO Aula 07 – Jornalismo de Dados Prof. Ms. Elizeu N. Silva
  2. 2. Jornalismo de Dados O que faz o jornalismo de dados diferente do restante do jornalismo? Talvez sejam as novas possibilidades que se abrem quando se combina o tradicional "faro jornalístico" e a habilidade de contar uma história envolvente com a escala e o alcance absolutos da informação digital agora disponível.
  3. 3. Jornalismo de Dados Ou ainda o jornalismo de dados pode ajudar a explicar como uma reportagem se relaciona com um indivíduo, (...) e pode também revelar o processo de construção das notícias. Os dados podem ser a fonte do jornalismo de dados, ou podem ser as ferramentas com as quais uma notícia é contada — ou ambos. Como qualquer fonte, devem ser tratados com ceticismo; e como qualquer ferramenta, temos de ser conscientes sobre como eles podem moldar e restringir as reportagens que nós criamos com eles.
  4. 4. Jornalismo de Dados No passado a indústria jornalística contava com o fato de ser a única a operar a tecnologia para multiplicar e distribuir o que havia acontecido de um dia para o outro. A imprensa servia como um portão: se alguém quisesse impactar as pessoas de uma cidade ou região na manhã seguinte, deveria procurar os jornais. Isso acabou.
  5. 5. Jornalismo de Dados Hoje as notícias estão fluindo na medida em que acontecem, a partir de múltiplas fontes, testemunhas oculares, blogs, e o que aconteceu é filtrado por uma vasta rede de conexões sociais, sendo classificado, comentado e, muito frequentemente, ignorado.
  6. 6. Jornalismo de Dados Esta é a razão pela qual o jornalismo de dados é tão importante. Juntar informações, filtrar e visualizar o que está acontecendo além do que os olhos podem ver tem um valor crescente. O suco de laranja que você bebe de manhã, o café que você prepara: na economia global de hoje existem conexões invisíveis entre estes produtos, as pessoas e você. A linguagem desta rede são os dados: pequenos pontos de informação que muitas vezes não são relevantes em uma primeira instância, mas que são extraordinariamente importantes quando vistos do ângulo certo.
  7. 7. Jornalismo de Dados Usando os dados, o principal foco do trabalho de jornalistas deixa de ser a corrida pelo furo e passa a ser dizer o que um certo fato pode realmente significar. O leque de temas é abrangente: a próxima crise financeira em formação, a economia por trás dos produtos que usamos, o uso indevido de recursos ou os tropeços políticos. Tudo isso pode ser apresentado em uma visualização de dados convincente que deixe pouco espaço para discussão.
  8. 8. Jornalismo de Dados Exatamente por isso jornalistas deveriam ver nos dados uma oportunidade. Eles podem, por exemplo, revelar como alguma ameaça abstrata, como o desemprego, afeta as pessoas com base em sua idade, sexo ou educação. Usar dados transforma algo abstrato em algo que todos podem entender e se relacionar.
  9. 9. Jornalismo de Dados Eles podem criar calculadoras personalizadas para ajudar as pessoas a tomarem decisões, seja comprar um carro, uma casa, decidir um rumo educacional ou profissional ou ainda verificar os custos de se manter sem dívidas. Eles podem analisar a dinâmica de uma situação complexa, como protestos ou debates políticos, mostrar falácias e ajudar todos a verem as possíveis soluções para problemas complexos
  10. 10. Jornalismo de Dados Ter conhecimento sobre busca, limpeza e visualização de dados é transformador também para o exercício da reportagem. Jornalistas que dominam estas habilidades vão perceber que construir artigos a partir de fatos e ideias é um alívio. Menos adivinhação, menos busca por citações; em vez disso, um jornalista pode construir uma posição forte apoiada por dados, o que pode afetar consideravelmente o papel do jornalismo.
  11. 11. Jornalismo de Dados Além disso, ingressar no jornalismo de dados oferece perspectivas de futuro. Jornalistas de dados e cientistas de dados, contudo, já são um grupo procurado de funcionários, não só nos meios de comunicação. As empresas e instituições ao redor do mundo estão buscando "intérpretes" e profissionais que saibam entrar fundo nos dados e transformá-los em algo tangível.
  12. 12. Jornalismo de Dados Por que o Jornalismo de Dados é importante? Quando a informação era escassa, a maior parte de nossos esforços estavam voltados à caçar e reunir dados. Agora que a informação é abundante, processá-la tornou-se mais importante. O processamento acontece em dois níveis: 1) análise para entender e estruturar um fluxo infinito de dados e 2) apresentação para fazer com que os dados mais importantes e relevantes cheguem ao consumidor. Philip Meyer, Professor Emérito da Universidade da Carolina do Norte, EUA
  13. 13. Jornalismo de Dados Por que o Jornalismo de Dados é importante? O jornalismo de dados é um termo que, ao meu ver, engloba um conjunto cada vez maior de ferramentas, técnicas e abordagens para contar histórias. Pode incluir desde a Reportagem com o Auxílio do Computador (RAC, que usa dados como uma "fonte") até as mais avançadas visualizações de dados e aplicativos de notícias. O objetivo em comum é jornalístico: proporcionar informação e análise para ajudar a nos informar melhor sobre as questões importantes do dia. Aron Pilhofer, New York Times
  14. 14. Jornalismo de Dados Por que o Jornalismo de Dados é importante? O jornalismo de dados só se diferencia do "jornalismo de palavras" porque usamos ferramentas distintas. Ambos trabalham buscando a notícia, fazendo reportagem e contando histórias. É como o fotojornalismo; só que substitui a câmera pelo laptop. Brian Boyer, Chicago Tribune
  15. 15. Jornalismo de Dados Por que o Jornalismo de Dados é importante? O jornalismo movido por dados é o futuro. Os jornalistas precisam ser conhecedores dos dados. Costumava-se conseguir novas reportagens conversando com pessoas em bares; e pode ser que, às vezes, você continue fazendo isso. Mas agora isso também é possível se debruçando sobre dados e se equipando com as ferramentas corretas para analisá-los e identificar o que há de interessante ali. Tendo isso em perspectiva, é possível ajudar as pessoas a descobrir como todas essas informações se encaixam e o que está acontecendo no país. Tim Berners-Lee, fundador da World Wide Web (WWW)
  16. 16. Jornalismo de Dados Por que o Jornalismo de Dados é importante? A assimetria da informação — não a falta de informação, mas a incapacidade de absorvê-la e processá-la na velocidade e no volume com que chega até nós --, é um dos problemas mais significativos enfrentados pelos cidadãos ao fazer escolhas sobre como viver suas vidas. Informações obtidas pela imprensa e a mídia influenciam escolhas e ações dos cidadãos. O bom jornalismo de dados ajuda a combater a assimetria da informação. Tom Fries, Fundação Bertelsmann
  17. 17. Jornalismo de Dados Você não precisa de dados novos para dar um furo Às vezes, os dados já são públicos e estão disponíveis, mas ninguém olhou para eles com cuidado. No caso do relatório da Associated Press sobre empresas de segurança privada contratadas durante a guerra do Iraque, o material foi obtido por um jornalista independente ao longo de vários anos. Ele fez diversos pedidos, por meio da lei de acesso à informação dos EUA (Freedom of Information Act) ao Departamento de Estado dos Estados Unidos. Eles escanearam os documentos em papel e os subiram no site DocumentCloud, o que tornou possível fazer uma análise abrangente da situação. Jonathan Stray, The Overview Project
  18. 18. Jornalismo de Dados Em maio de 2012, a Presidência da República sancionou a Lei nº 12.527, conhecida como Lei de Acesso à Informação, que obriga todos os órgãos públicos brasileiros a divulgar dados administrativos e a atender a solicitações de informação qualquer cidadão. Associado a serviços online de armazenamento, organização e análise de dados, permite cruzar informações que resultam em boas histórias jornalísticas. Criação de infográficos. https://infogr.am/ Google Drive. Armazenamento online. https://www.google.co m/intl/pt-BR/drive/ Document Cloud. Armazena, analisa, guarda anotações, publica dados. https://www.documentc loud.org/ Banco de dados geoespacial nas nuvens. https://www.documentcloud.org/
  19. 19. Jornalismo de Dados Em maio de 2012, a Presidência da República sancionou a Lei nº 12.527, conhecida como Lei de Acesso à Informação, que obriga todos os órgãos públicos brasileiros a divulgar dados administrativos e a atender a solicitações de informação qualquer cidadão. Associado a serviços online de armazenamento, organização e análise de dados, permite cruzar informações que resultam em boas histórias jornalísticas. Criação de infográficos. https://infogr.am/ Google Drive. Armazenamento online. https://www.google.co m/intl/pt-BR/drive/ Document Cloud. Armazena, analisa, guarda anotações, publica dados. https://www.documentc loud.org/ Banco de dados geoespacial nas nuvens. https://www.documentcloud.org/
  20. 20. Jornalismo de Dados Estadão: Reportagem especial: Brasil dos Partidos “Conheça o tamanho do eleitorado de cada sigla”. http://infograficos.estadao.com.br/public/politica/eleicoes/2016/graficos/2-turno/?local=brasil
  21. 21. Jornalismo de Dados Folha: Mapa mostra mortes a tiros na Grande SP O mapa mostra as mortes a tiro e confrontos com baleados na Grande São Paulo desde o dia 24 de outubro. Os pontos amarelos apresentam confrontos envolvendo policiais militares; os vermelhos, as vítimas civis, baleadas ou mortas. http://folhaspdados.blogfolha.uol.com.br/2012/11/10/mapa- mostra-mortes-a-tiros-na-grande-sp/
  22. 22. Jornalismo de Dados Aos Fatos: Diariamente, jornalistas de Aos Fatos acompanham declarações de políticos e autoridades de expressão nacional, de modo a verificar se eles estão falando a verdade. https://aosfatos.org/
  23. 23. Jornalismo de Dados Manchetômetro: O Manchetômetro é um website de acompanhamento da cobertura midiática das eleições 2014 do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), grupo de pesquisas com registro no CNPq, sediado no Instituto de Estudos Sociais e Políticos (IESP) da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ). http://www.manchetometro.com.br/
  24. 24. Jornalismo de Dados Infoamazonia InfoAmazonia agrega dados e notícias sobre a Amazônia, a maior floresta tropical contínua do planeta. O projeto é sustentado por uma rede de organizações e jornalistas que oferecem atualizaçõs constantes dos nove países da região. As bases de dados compartilhadas por InfoAmazonia estarão sempre disponíveis para download e também serão renovadas com frequência. https://infoamazonia.org/pt#!/map=49
  25. 25. Jornalismo de Dados Ecolab O Lab é uma iniciativa para criar e transformar práticas de reportagem. Estamos verdadeiramente inspirados por este emocionante momento em que um número crescente de jornalistas tem acesso a dados abertos e também podem utilizar sensores, aplicativos móveis e mapas interativos para contar as histórias. http://lab.oeco.org.br/pt/
  26. 26. Jornalismo de Dados A Pública Produzir reportagens de fôlego pautadas pelo interesse público, sobre as grandes questões do país do ponto de vista da população – visando ao fortalecimento do direito à informação, à qualificação do debate democrático e à promoção dos direitos humanos. http://apublica.org/
  27. 27. Jornalismo de Dados Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527): Tem por objetivo aumentar a eficiência do poder público, diminuir a corrupção e elevar a participação social. Considera o acesso à informação como direito do cidadão e dever do Estado. • Os pedidos não exigem motivação. • Informações são fornecidas gratuitamente, salvo custos de reprodução.
  28. 28. Jornalismo de Dados Lei de Acesso à Informação (Lei nº 12.527): • Todas as informações produzidas ou custodiadas pelo poder público são públicas e, portanto, acessíveis a todos os cidadãos, ressalvadas as hipóteses de sigilo legalmente estabelecidas. Quem pode pedir? • Pessoas físicas, independentemente de idade e de nacionalidade. • Pessoas jurídicas: empresas, organizações etc. Qualquer pessoa pode pedir uma informação pública. www.acessoainformacao.gov.br
  29. 29. Jornalismo de Dados Portal da Transparência: • Use a pesquisa para encontrar dados detalhados sobre a execução orçamentária e financeira do governo federal, com possibilidade de pesquisar informações por dia e pela fase de despesa (empenho, liquidação ou pagamento). A atualização dos dados é diária. http://transparencia.gov.br/
  30. 30. http://datajournalismhandbook.org/pt/introducao_0.html http://lab.oeco.org.br/pt/ http://apublica.org/ http://lab.oeco.org.br/pt/ https://infoamazonia.org/pt#!/map=49 http://www.manchetometro.com.br/ https://aosfatos.org/ http://folhaspdados.blogfolha.uol.com.br/2012/11/10/mapa-mostra-mortes-a-tiros-na-grande-sp/ http://infograficos.estadao.com.br/public/politica/eleicoes/2016/graficos/2-turno/?local=brasil Bibliografia

×