Linguagens de programação

1,556 views

Published on

Apresentação de Seminários. Alunos turma 2012 Ciência da Computação Universidade Sagrado Coração. Bauru/SP. Disciplina: Introdução à Computação.

Published in: Technology
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,556
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
2
Actions
Shares
0
Downloads
38
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Linguagens de programação

  1. 1. Prof.ª Ms. Elaine Cecília GattoDisciplina: Introdução à ComputaçãoSeminários
  2. 2. Introdução
  3. 3. Tipos de programação• Programação estruturada;• Programação modular;• Programação orientada à eventos;• Programação orientada à objetos.
  4. 4. Linguagens para dispositivos móveis
  5. 5. Preocupações; Bateria; Memória;Interface touch; ...
  6. 6. Linguagem de programação - Web
  7. 7. HTMLAbreviação para a expressão inglesa HyperTextMarkup Language, que significa Linguagem deMarcação de Hipertexto, é uma linguagem demarcação utilizada para produzir páginas naWeb para serem interpretados por navegadores.A tecnologia é fruto do "casamento" dos padrõesHyTime e SGML.
  8. 8. HyTimeHyTime é um padrão para a representação estruturadade hipermídia e conteúdo baseado em tempo.Um documento é visto como um conjunto de eventosconcorrentes dependentes de tempo (como áudio,vídeo, etc.), conectados por hiperligações. O padrão éindependente de outros padrões de processamento detexto em geral.
  9. 9. SGMLSGML é um padrão de formatação de textos. Não foidesenvolvido para hipertexto, mas tornou-se convenientepara transformar documentos em hiper-objetos e paradescrever as ligações. Etiquetas(Tags):Todo documento HTML apresenta etiquetas, elementosentre parênteses angulares (chevron) (< e >); esseselementos são os comandos de formatação dalinguagem. A maioria das etiquetas tem suacorrespondente de fechamento (quando estivertrabalhando com XHTML, toda Tag deve ser fechada).
  10. 10. Sintaxe Uma etiqueta é formada por comandos(tags),atributos(propriedades) e valores. Osatributos(propriedades) modificam os resultados padrõesdos comandos(tags) e os valores caracterizam essamudança.Exemplo de Tag Simples:<tag propriedade="valor"/>
  11. 11. Na pratica:<HR color="red" width="80%" noshade="noshade" size="2pt" />HR = comando(tag) que insere uma linha horizontal no documento HTML;HR = comando(tag) que insere uma linha horizontal no documentoHTML;color = atributo(propriedade) que insere cor na linha;red = valor do atributo(propriedade), que irá alterar a cor da linha;width = define a largura da linha, nesse caso, 80% do tamanho da tela;noshade = define uma linha mais sólida;size = define a altura da linha;/ = e a barra, define o fechamento do comando(Tag);
  12. 12. Exemplo de Tag Composta:<tag propriedade="valor">...</etiqueta>
  13. 13. Na prática:<address title="um endereço">Av. dos Exemplos, nº 1234, Campinas, SP - Brasil</address>title é a a propriedade que exibe uma legenda suspensa ao deixar o ponteiro do mouse sobre texto<adress> é a Tag de Abertura</adress> é a Tag de FechamentoObs.: Note que o que define uma Tag de Fechamento é: a " / "
  14. 14. Isso é necessário porque as etiquetas servem para definira formatação de uma porção do documento, e assimmarcamos onde começa e termina o conteúdo quereceberá a formatação ou marcação necessária,específica. Alguns elementos são chamados “vazios”, poisnão marcam uma região de texto, apenas inserem algumelemento no documento.
  15. 15. PHP:O PHP (originalmente Personal Home Page) é umalinguagem interpretada livre e utilizada para gerarconteúdo dinâmico na World Wide Web.Principais características:A linguagem PHP é uma linguagem de programação dedomínio específico, ou seja, seu escopo se estende a umcampo de atuação que é o desenvolvimento web,embora tenha variantes como o PHP-GTK. Seu propósitoprincipal é de implementar soluções web velozes,simples e eficientes.
  16. 16. Características: Velocidade e robustez. Estruturado e orientação a objetos. Portabilidade - independência de plataforma - escreva uma vez, rode em qualquer lugar. Tipagem dinâmica. Sintaxe similar a C/C++ e o Perl. Open-source.
  17. 17. Vetores: Os vetores e matrizes em PHP, diferente do que ocorre em C/C++ e Pascal, é uma estrutura dinâmica, o que pode facilitar muito o trabalho do programador.
  18. 18. Exemplo:<?php $vet01 = array(); $vet01[] = "Sistemas operacionais"; $vet01[] = "Compiladores"; $vet01[] = "Bancos de dados"; $vet02 = array(1, 2, 3, 4, 5); $vet03 = array( 0 => 0, 2 => 3, 10 => "item 10");for ($i = 0; $i < count($vet01); $i++) { echo $vet01[$i] . "<br />";}?>
  19. 19. O exemplo anterior demonstra três maneiras diferentes de declarar vetores.
  20. 20. Java Script: Java Script é uma linguagem de script baseada emECMAScript padronizada pela Ecma international nasespecificações ECMA-262 e ISO/IEC 16262 e é atualmente aprincipal linguagem para programação client-side emnavegadores web. Foi concebida para ser uma linguagemscript com orientação a objetos baseada em protótipos,tipagem fraca e dinâmica e funções de primeira classe. Possuisuporte à programação funcional e apresenta recursos comofechamentos e funções de alta ordem comumenteindisponíveis em linguagens populares como Java e C++.
  21. 21. Características: Imperativa e Estruturada: JavaScript suporta os elementos de sintaxe de programação estruturada da linguagem C (por exemplo, if, while, switch). Uma exceção é a questão do escopo: o escopo em blocos ao estilo do C não é suportado, em seu lugar JavaScript utiliza escopo a nível de função. JavaScript 1.7, entretanto, suporta escopo a nível de bloco através do comando let. Como C, JavaScript faz distinção entre expressões e comandos. Uma diferença sintática do C é que a quebra de linha termina automaticamente o comando, sendo o ponto-e-vírgula opcional ao fim do comando.
  22. 22.  Tipagem dinâmica: Como na maioria das linguages de script, tipos são associados com valores, não com variáveis. Por exemplo, a variável x poderia ser associada a um número e mais tarde associada a uma string. JavaScript suporta várias formas de testar o tipo de um objeto, incluindo ducktyping.
  23. 23.  Baseada em objetos: JavaScript é quase inteiramente baseada em objetos. Objetos JavaScript são arrays associativos, aumentados com protótipos. Os nomes da propriedade de um objeto são strings: obj.x = 10 e obj["x"] = 10 são equivalentes, o ponto neste exemplo é apenas açúcar sintático. Propriedades e seus valores podem ser adicionadas, mudadas, ou deletadas em tempo de execução. A maioria das propriedades de um objeto (e aqueles em sua cadeia de herança via protótipo) pode ser enumerada usando-se uma estrutura de repetição for...in. Javascript possui um pequeno número de objetos padrão da linguagem como window e document.
  24. 24.  Funções de primeira classe: No JavaScript as funções são de primeira classe, isto é, são objetos que possuem propriedades e métodos, e podem ser passados como argumentos, serem atribuídos a variáveis ou retornados como qualquer outro objeto. Funções aninhadas: Funções internas ou aninhadas são funções definidas dentro de outras funções. São criadas cada vez que a função que as contém(externa) é invocada. Além disso, o escopo da função externa, incluindo constantes, variáveis locais e valores de argumento, se transforma parte do estado interno de cada objeto criado a partir da função interna, mesmo depois que a execução da função interna é concluída.
  25. 25. Exemplos de scripts: Scripts Simples:alert( Cuidado );// Mostra um alerta de Confirmar e Cancelar.if ( confirm( Escolha "Ok" ou "Cancelar" para ver a mensagem correspondente. )){ alert( Mensagem 01 ); // mostra um alerta para resposta OK} else { alert( Mensagem 02 ); // mostra um alerta para resposta Cancelar}// escreve na barra de status do navegadorwindow.defaultStatus = Mensagem que será mostrada;

×