Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Idade Média
Denominação e Cronologia Surgiu da divisão da história humana feita pelosrenascentistas, no início da Idade Moderna. Os ...
Denominação e Cronologia Considerada o tempo do primitivismo, doatraso e do empobrecimento a culturaeuropéia, a ponto de ...
Denominação e CronologiaCríticas:– Etnocentrismo– Universalismo
Império Bizantino
Origem 395: divisão do império (Governo deTeodósio) Império Romano do Oriente ouImpério Grego.
Localização Geográfica Constantinopla – capital.– Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR).– Local privilegiado estrategicame...
Características Gerais Nunca houve unidade racial; ali viviam latinos,gregos, semitas, germanos; eslavos, etc. Em termos...
Economia Estado centralizador. Agricultura: latifúndios, controlados pela Igreja(mosteiros católicos) e por uma nobrezal...
Política O Império Bizantino era governado poruma monarquia centralizada, despótica eteocrática. O imperador comandava oe...
Governo de Justiniano (527-565) Conquistas territoriais.– Península Itálica +Península Ibérica + Norte daÁfrica. Compila...
Governo de Justiniano (527-565) Criação do “Sólidus” Burocracia centralizada +gastos militares + impostos.– Revoltas pop...
Igreja “Agia Sophia” ou “SagradaSabedoria”
Religião Surgimento de heresias:– MONOFISISTAS – negação da santíssimatrindade (Cristo apenas com natureza divina);– ICON...
Decadência séc. VII e VIII – invasões de bárbaros eárabes; séc. XI – XIII – alvo das Cruzadas; 1453 – Conquistados pelo...
Legado Cultural Estado multi-étnico: mescla de elementosdiversos (idioma grego, religião cristã,romano, gosto pelo requin...
Império Árabe
Localização Geográfica Localizou-se naPenínsula Arábica,entre o marVermelho e o GolfoPérsico. 5/6 doterritóriocorresponde...
Arábia Pré-Islâmica Descentralizados, possuindo cada tribo autonomia ediversidade cultural e lingüística. Eram politeísta...
Arábia Islâmica Centralização, monoteísmo e iconoclastia Maomé (570-632): processo de unificação Percorreu diversas ter...
Arábia Islâmica Centralização, monoteísmo e iconoclastia Maomé (570-632): processo de unificação Percorreu diversas ter...
Arábia Islâmica Maomé: nasceu em 560 d.C., coraixita,porém de família pobre. Órfão, foi educadopelo tio, participando de ...
Arábia Islâmica Aos 41 anos teve a primeira visão do anjoGabriel que lhe disse: "Há um só deus,ALÁ, e um só profeta, MAOM...
Arábia Islâmica Suas pregações entramem choque com a idolatriada Caaba, culminando emsua perseguição pelosCoraixitas. Hég...
Expansão Árabe 1ª fase: expansão interna (unificação) – até 632. 2ª fase: após a morte do Profeta, a expansão foicomanda...
 632 a 661: primeiras conquistas no oriente(Egito, Síria, Pérsia e Palestina).
 661 a 750: expansão para o ocidente (dinastiaOmíada). Gibral Tarik (711) atravessou o estreito queleva seu nome e o avan...
 750 a 1258: dinastia Abássida. A grande extensão doImpério Árabe e as disputas políticas e religiosasinternas conduziram...
Expansão Árabe Conseqüências:– Mesmo sem conquistar toda a Europa,ela foi isolada. Fecharam a principalvia de comércio co...
Religião Islamismo – Islão =submissão à Alá Muslim = seguidor de alá Livro sagrado: Al Corão Predestinação: desencoraj...
Religião Princípios fundamentais:1) Crer em Alá, o único Deus, e em Maomé,seu profeta;2) rezar cinco vezes ao dia em dire...
Religião DJIHAD (guerra santa) “A espada é a chave do céu e do inferno.Quem a desembainhar pela causa da féislâmica será...
Religião É a terceira religião monoteísta; Possuem ascendência hebraica
AbraãoIsaacJudaísmoIsmaelPai dos outros povos árabesJesusCristianismoIgreja Ortodoxa 400 d.c. Maomé IslãMuçulmano apróx. 4...
Religião Com a perda da unidade religiosa após a mortede Maomé, surgiram diversas seitas: Sunitas: menos radicais, adota...
Sunitas e Xiitas Hoje
Legado Cultural Por respeitarem os povos conquistados,permitindo-lhes conservarem seushábitos e costumes, acabaram porass...
Legado Cultural A escultura e a pintura:pouca atenção,(idolatria) Grande utilização dearabescos.
Legado Cultural arquitetura: construção deMesquitas (templos) eMinaretes (torres).Influência bizantina epersa, com cúpula...
Legado Cultural literatura: grandecontribuição persa.Destaque para oRubayyat, de OmarKhayyam, e As mil e umanoites, colet...
Legado Cultural Matemática: sistema numérico indo-arábico,trigonometria e álgebra. Física: fundamentos da óptica (refraç...
Legado Cultural Medicina: combate a doenças epidêmicas.Destaque: Avicena e sua obra Canon. História: Ibn-Kaldum (a evolu...
Legado Cultural A civilização islâmica, assim como, suacontemporânea bizantina, influenciouprofundamente o pensamento e e...
POVOS BÁRBAROS
QUEM ERAM OS BÁRBAROS? OS GREGOS E DEPOIS OS ROMANOSCHAMAVAM DE “BÁRBAROS” OS POVOS QUEVIVIAM ALÉM DOS DOMÍNIOS DE SUACIV...
Visão Estereotipada O historiador Amiano marcelino, que eraoficial do exército romano, descreveualgumas características d...
Visão Estereotipada Vestem-se com tecidos de linho ou com peles deanimeias cozidas umas às outras. Depois de vestirsuas r...
Visão Estereotipada Não se dedicam àagricultura. Passam a vidaandando pelas montanhas eflorestas. Não tem nenhumaforma de...
Características GeraisEconomia agropastoril.Ausência de comércio e moeda.Ausência de escrita.Inicialmente politeístas....
Bárbaros e Romanos FASE DASMIGRAÇÕES: SÉCULOSIII E IVOs germanosentraram nosdomínios do Impérioromano de formapacífica, p...
 FASE DAS INVASÕES:A PARTIR DO SÉC. VCorresponde aoperíodo em que osgermanos entram noImpério Romano deforma violenta ebr...
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)

8,369 views

Published on

  • Be the first to comment

Alta Idade Média (Bizantinos e Muçulmanos)

  1. 1. Idade Média
  2. 2. Denominação e Cronologia Surgiu da divisão da história humana feita pelosrenascentistas, no início da Idade Moderna. Os renascentistas foram geralmente vistos comocontinuadores dos ideais científicos, artísticos eestéticos das civilizações clássicas. Era como sehouvesse um grande intervalo entre os antigosgregos e romanos e os renascentistas de então.Esse intervalo, esse “meio”, sob o prisma de umúnico processo de avanço da humanidade,acabou recebendo o nome de Idade Média.
  3. 3. Denominação e Cronologia Considerada o tempo do primitivismo, doatraso e do empobrecimento a culturaeuropéia, a ponto de os ingleses teremforjado a expressão que se tornou famosapara designar o período: Dark Ages,Anos Escuros ou Idade das Trevas, dasSombras.
  4. 4. Denominação e CronologiaCríticas:– Etnocentrismo– Universalismo
  5. 5. Império Bizantino
  6. 6. Origem 395: divisão do império (Governo deTeodósio) Império Romano do Oriente ouImpério Grego.
  7. 7. Localização Geográfica Constantinopla – capital.– Antiga Bizâncio, hoje Istambul (TUR).– Local privilegiado estrategicamente –contatos entre Oriente e Ocidente, rota decomércio. Comércio ativo + produção agrícolapróspera = riquezas. Resistência às invasões bárbaras.
  8. 8. Características Gerais Nunca houve unidade racial; ali viviam latinos,gregos, semitas, germanos; eslavos, etc. Em termos lingüísticos, o latim permaneceucomo idioma nacional por um bom tempo,porém o grego acabou predominando comolíngua oficial no séc. VII. Extremamente religiosos, os bizantinos seenvolveram em várias disputas teológicas queaté acabavam em guerras civis.
  9. 9. Economia Estado centralizador. Agricultura: latifúndios, controlados pela Igreja(mosteiros católicos) e por uma nobrezalatifundiária. Todo o trabalho era feito porcolonos livres e escravos, situação inversa doque ocorreu com a produção rural feudal doOcidente. Intenso desenvolvimento comercial: artigos deluxo (perfumes, tecido de seda, porcelana,peças de vidro, etc).
  10. 10. Política O Império Bizantino era governado poruma monarquia centralizada, despótica eteocrática. O imperador comandava oexército e a Igreja, sendo considerado umrepresentante de Deus e possuindo umgrande poder. CESAROPAPISMO: Imperador = chefedo exército + Igreja
  11. 11. Governo de Justiniano (527-565) Conquistas territoriais.– Península Itálica +Península Ibérica + Norte daÁfrica. Compilação do Direito Romano– CORPUS JURIS CÍVILIS– Poderes ilimitados aoimperador.– Privilégios para a Igreja epara a nobreza.– Marginalização de colonos eescravos.
  12. 12. Governo de Justiniano (527-565) Criação do “Sólidus” Burocracia centralizada +gastos militares + impostos.– Revoltas populares(Sedição de Nike) Igreja de Santa Sofia (estilobizantino – majestosidade)
  13. 13. Igreja “Agia Sophia” ou “SagradaSabedoria”
  14. 14. Religião Surgimento de heresias:– MONOFISISTAS – negação da santíssimatrindade (Cristo apenas com natureza divina);– ICONOCLASTAS – destruição de imagens(ícones). 1054: GRANDE CISMA DO ORIENTE:– Igreja Cristã Ortodoxa (Patriarca deConstantinopla);– Igreja Católica Apostólica Romana (Papa).
  15. 15. Decadência séc. VII e VIII – invasões de bárbaros eárabes; séc. XI – XIII – alvo das Cruzadas; 1453 – Conquistados pelos TurcosOtomanos (marco histórico que delimitaoficialmente o fim da Idade Média einício da Idade Moderna.
  16. 16. Legado Cultural Estado multi-étnico: mescla de elementosdiversos (idioma grego, religião cristã,romano, gosto pelo requinte oriental, aarquitetura de inspiração persa etc) Artes: combinaram luxo e exotismo orientalcom equilíbrio e leveza greco-romano. Arquitetura: Igreja de Santa Sofia (Mosaicoscoloridos e cúpulas arredondadas) Corpus Juris Civilis.
  17. 17. Império Árabe
  18. 18. Localização Geográfica Localizou-se naPenínsula Arábica,entre o marVermelho e o GolfoPérsico. 5/6 doterritóriocorresponde a áreasdesérticaspontilhadas de oásis.
  19. 19. Arábia Pré-Islâmica Descentralizados, possuindo cada tribo autonomia ediversidade cultural e lingüística. Eram politeístas eidólatras. Tribos do interior (beduínos): nômades, viviam dopastoreio e saque (botim). Tribos do litoral ou urbanas: faixa costeira do MarVermelho e do sul na península, cujas condiçõesclimáticas e fertilidade do solo favoreciam a sobrevivênciae a sedentarização. Destacam-se Meca e Iatreb, grandescentros comerciais. Em Meca, a tribo dos coraixitaspossuíam maior prestígio e poder graças a Caaba,santuário da Pedra Negra, abrigando os mais de 360ídolos de todos os deuses cultuados pelas diversas tribos.
  20. 20. Arábia Islâmica Centralização, monoteísmo e iconoclastia Maomé (570-632): processo de unificação Percorreu diversas terras através decaravanas, e de religiões monoteístas(judaísmo e cristianismo) cria as bases desua profetização.
  21. 21. Arábia Islâmica Centralização, monoteísmo e iconoclastia Maomé (570-632): processo de unificação Percorreu diversas terras através decaravanas, e de religiões monoteístas(judaísmo e cristianismo) cria as bases desua profetização.
  22. 22. Arábia Islâmica Maomé: nasceu em 560 d.C., coraixita,porém de família pobre. Órfão, foi educadopelo tio, participando de várias caravanas. Teve contato com o cristianismo e ojudaísmo. Casou-se com Cadja, proprietária de umacaravana – passou mais tempo dedicando-se á contemplação religiosa.
  23. 23. Arábia Islâmica Aos 41 anos teve a primeira visão do anjoGabriel que lhe disse: "Há um só deus,ALÁ, e um só profeta, MAOMÉ."Contousobre esta e outras aparições aosparentes e os foi convertendo. Confiante,passou a pregar aos coraixitas.
  24. 24. Arábia Islâmica Suas pregações entramem choque com a idolatriada Caaba, culminando emsua perseguição pelosCoraixitas. Hégira. Volta e conquista Meca.Morre em 632, deixando aArábia unificada
  25. 25. Expansão Árabe 1ª fase: expansão interna (unificação) – até 632. 2ª fase: após a morte do Profeta, a expansão foicomandada por califas.– Fatores internos: crescimento demográfico árabe,terras para a agricultura e o Djihad.– Fatores externos: o enfraquecimento dos impériosbizantino e persa, devido as freqüentes lutas entreeles, facilitando a penetração árabe no oriente. Jáno ocidente, os muçulmanos souberam aproveitaras fraquezas dos Estados bárbarosdescentralizados.
  26. 26.  632 a 661: primeiras conquistas no oriente(Egito, Síria, Pérsia e Palestina).
  27. 27.  661 a 750: expansão para o ocidente (dinastiaOmíada). Gibral Tarik (711) atravessou o estreito queleva seu nome e o avanço árabe só é detido em 732,na Batalha de Poitiers, nos Pireneus, pelo franco CarlosMartel.
  28. 28.  750 a 1258: dinastia Abássida. A grande extensão doImpério Árabe e as disputas políticas e religiosasinternas conduziram ao seu desmembramento emcalifados independentes (de Bagdá, do Cairo, deCórdova).
  29. 29. Expansão Árabe Conseqüências:– Mesmo sem conquistar toda a Europa,ela foi isolada. Fecharam a principalvia de comércio com o Oriente – OMar Mediterrâneo.– Acelerou a ruralização e a formaçãodo feudalismo.
  30. 30. Religião Islamismo – Islão =submissão à Alá Muslim = seguidor de alá Livro sagrado: Al Corão Predestinação: desencorajaa revolta social, levando àconformidade diante dadesigualdade.Maomé
  31. 31. Religião Princípios fundamentais:1) Crer em Alá, o único Deus, e em Maomé,seu profeta;2) rezar cinco vezes ao dia em direção aMeca;3) ser caridoso (dar esmolas);4) jejuar no mês de Ramadã;5) ir em peregrinação a Meca pelo menosuma vez durante a vida.
  32. 32. Religião DJIHAD (guerra santa) “A espada é a chave do céu e do inferno.Quem a desembainhar pela causa da féislâmica será recompensado por Alá.” Essa luta pela conversão dos infiéis foi ogrande motivador da expansãomuçulmana.
  33. 33. Religião É a terceira religião monoteísta; Possuem ascendência hebraica
  34. 34. AbraãoIsaacJudaísmoIsmaelPai dos outros povos árabesJesusCristianismoIgreja Ortodoxa 400 d.c. Maomé IslãMuçulmano apróx. 400 d.c.Igreja CatólicaApostólica e Romana400 d.c .Igreja Protestante/EvangélicaLuterana, AnglicanaBatista e todas as outras1500 d.c.EspiritismoSurge na FrançaEm 1700-1800 d.c.
  35. 35. Religião Com a perda da unidade religiosa após a mortede Maomé, surgiram diversas seitas: Sunitas: menos radicais, adotavam como livrosagrado o Sunna, contendo os atos e ditos deMaomé; eram partidários de um chefe de Estadoeleito pelos crentes e falível, por ser humano) Xiitas (radicais, só aceitavam o Corão comofonte da verdade e descendentes do profetacomo lideres de Estado infalíveis).
  36. 36. Sunitas e Xiitas Hoje
  37. 37. Legado Cultural Por respeitarem os povos conquistados,permitindo-lhes conservarem seushábitos e costumes, acabaram porassimilar o patrimônio cultural de outrascivilizações, enriquecendo-o comcontribuições próprias.
  38. 38. Legado Cultural A escultura e a pintura:pouca atenção,(idolatria) Grande utilização dearabescos.
  39. 39. Legado Cultural arquitetura: construção deMesquitas (templos) eMinaretes (torres).Influência bizantina epersa, com cúpulas, arcosem ferradura e colunastorcidas. Decoração dearabescos (motivosgeométricos e vegetais).
  40. 40. Legado Cultural literatura: grandecontribuição persa.Destaque para oRubayyat, de OmarKhayyam, e As mil e umanoites, coletânea decontos eróticos, fábulas eaventuras das literaturasorientais.
  41. 41. Legado Cultural Matemática: sistema numérico indo-arábico,trigonometria e álgebra. Física: fundamentos da óptica (refração daluz). Química (alquimia): busca da pedra filosofale do elixir da longa vida os levou a criaçãode métodos (destilação, filtração,sublimação) e substâncias (nitrato de prata,carbonato de sódio, ácidos nítrico esulfúrico, etc).
  42. 42. Legado Cultural Medicina: combate a doenças epidêmicas.Destaque: Avicena e sua obra Canon. História: Ibn-Kaldum (a evolução histórica eos fatores materiais). Filosofia: preservaram os conhecimentos deAristóteles e Platão, discutidos por Averróis,divulgados na Europa, influenciando aefervescência cultural européia da B.I.M.
  43. 43. Legado Cultural A civilização islâmica, assim como, suacontemporânea bizantina, influenciouprofundamente o pensamento e em conseqüênciaa vida do Ocidente europeu. O intensodesenvolvimento econômico do Império Árabeafetou substancialmente a Europa feudal no finalda Idade Média, estimulando sobremaneira ocomércio. Os árabes levaram para o ocidente nãosó mercadorias, mas a filosofia grega, a muitoesquecida, novas técnicas de agricultura,invenções chinesas como a bússola, a pólvora e opapel, além de inúmeras outras contribuições.
  44. 44. POVOS BÁRBAROS
  45. 45. QUEM ERAM OS BÁRBAROS? OS GREGOS E DEPOIS OS ROMANOSCHAMAVAM DE “BÁRBAROS” OS POVOS QUEVIVIAM ALÉM DOS DOMÍNIOS DE SUACIVILIZAÇÃO E SE MOSTRAVAM AVESSOS ÀSUA CULTURA. EM RELAÇÃO A ROMA, BÁRBARO ERA OPOVO NÃO-SUBMETIDO AO IMPÉRIO, QUEFALAVA LÍNGUA DIVERSA D LATIM E DOGREGO, ADOTAVA OUTRAS REGRASJURÍDICAS E UM MODO DE VIDA DIFERENTEDO ROMANO.
  46. 46. Visão Estereotipada O historiador Amiano marcelino, que eraoficial do exército romano, descreveualgumas características dos hunos: Os Hunos tem um modo de vida muito rude.Não cozinham, nem temperam os alimentos.Comem raízes de plantas e carne semicruade qualquer animal.
  47. 47. Visão Estereotipada Vestem-se com tecidos de linho ou com peles deanimeias cozidas umas às outras. Depois de vestirsuas roupas, não as tiram do corpo, até que otempo as desfaçam em pedaços. Não possuem casas, nem cabanas, nemconstroem túmulos para seus mortos. Vivemsempre montados em seus cavalos. É assim quecompram e vendem, comem e bebem . Agarradosao pescoço do cavalo, dormem em sono profundo.
  48. 48. Visão Estereotipada Não se dedicam àagricultura. Passam a vidaandando pelas montanhas eflorestas. Não tem nenhumaforma de organizaçãoestável. Parece que estãosempre fugindo em seuscavalos e carroças.
  49. 49. Características GeraisEconomia agropastoril.Ausência de comércio e moeda.Ausência de escrita.Inicialmente politeístas.Inicialmente sem propriedadeprivada.Poder político = casta deguerreiros.Direito Consuetudinário: ordálio.COMITATUS
  50. 50. Bárbaros e Romanos FASE DASMIGRAÇÕES: SÉCULOSIII E IVOs germanosentraram nosdomínios do Impérioromano de formapacífica, por meio deacordos com opróprio governo deRoma
  51. 51.  FASE DAS INVASÕES:A PARTIR DO SÉC. VCorresponde aoperíodo em que osgermanos entram noImpério Romano deforma violenta ebrutal

×