Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Revolucão Industrial

  • Login to see the comments

Revolucão Industrial

  1. 1. Era das Revoluções I – A Revolução Industrial
  2. 2. Definição  Conjunto de transformações técnicas, econômicas e sociais caracterizadas pela substituição da energia física pela mecânica, da ferramenta pela máquina e da manufatura pela fábrica.
  3. 3. Definição  Conjunto de mudanças tecnológicas profundas na economia, que transformaram a humanidade a partir do século XVIII, prolongando-se pelo XIX. A partir desse momento, a máquina foi suplantando o trabalho humano e uma nova relação entre o trabalho e o capital se impôs.
  4. 4. Etapas do desenvolvimento da produção ARTESANATO MANUFATURA PRODUÇÃO INDUSTRIAL TRABALHO INDIVIDUAL DIVISÃO DO TRABALHO FERRA- MENTAS MANUAIS FERRAMENTAS MECÂNICAS
  5. 5. Fases ou Revoluções 1ª Revolução (1760 – 1860)  Pioneirismo Inglês: – Acúmulo de capitais: Atos de Navegação (Revolução Inglesa); sistema de créditos financeiros bem desenvolvido. – Controle Capitalista do Campo: enclosures, melhoria dos métodos de produção e aumento de produtividade; liberação de mão-de-obra. – Crescimento populacional: o aumento da produção de alimentos e os progressos da medicina no combate às epidemias.
  6. 6. 1ª Revolução (1760 – 1860) – Posição geográfica: próxima das colônias e dos países europeus. – Matéria-Prima: reservas de carvão mineral e ferro; algodão das colônias. – Burguesia no poder (Revolução Gloriosa 1688). – Ética protestante (estímulo ao lucro).
  7. 7. Fases ou Revoluções 1ª Revolução (1760 – 1860)  Inovações técnicas: utilização do ferro; máquina à vapor.  Fonte de energia: carvão.
  8. 8. Fases ou Revoluções TEAR MECÂNICO
  9. 9. Fases ou Revoluções MÁQUINA À VAPOR
  10. 10. Fases ou Revoluções 2ª Revolução (1860 – 1940)  Expansão: Europa central e oriental (Bélgica, França, Alemanha, Itália e Rússia), EUA e Japão.  Imperialismo: disputa por mercado consumidor.  Mobilização operária contra a exploração do proletário.  Inovações técnicas: a utilização do aço; motor a explosão; produtos químicos  Fontes de energia: elétrica e combustíveis petrolíferos.
  11. 11. Fases ou Revoluções 3ª Revolução (1940 – hoje)  Expansão: Terceiro mundo (multinacionais; transferência de tecnologia atrasada).  Globalização: estabelecimento do livre comércio; formação de blocos econômicos.  Inovações técnicas: informática; automação da linha de montagem.  Fontes de energia: atômica, geotérmica, eólica, solar.
  12. 12. Fases ou Revoluções 4ª Revolução?  Países ou regiões?  Tecnologias?  Fontes de energia?
  13. 13. Conseqüências da Revolução  Consolidação do capitalismo e do poder da burguesia  Desenvolvimento dos transportes (barco a vapor, locomotiva) e das comunicações (telégrafo e posteriormente o telefone).  Aumento da produtividade (redução de preços).  Esgotamento de recursos naturais.
  14. 14. Conseqüências da Revolução  Aprimoramento da produção em série: FORDISMO, TAYLORISMO  Expansão do Imperialismo: – Busca de matéria-prima e mercados consumidores fora da Europa, desencadeando um processo de conquista e partilha de vastas áreas territoriais entre as potências européias industrializadas.
  15. 15. Conseqüências da Revolução  Primeira explosão demográfica da história (1750 e 1850): queda brusca das taxas de mortalidades;  Urbanização intensa.  Formação de duas novas classes: a burguesia industrial e o proletariado.  Surgimento do CAPITALISMO FINANCEIRO – grandes bancos controlando indústrias por meio de compra de ações ou dependência financeira (empréstimos).
  16. 16. Conseqüências da Revolução  A exploração do trabalhador – altas jornadas de trabalho – baixos salários – exploração do trabalho infantil e feminino, – péssimas instalações (doenças e acidentes) – inexistência de férias ou descanso semanal – ausência de legislação trabalhista
  17. 17. Conseqüências da Revolução  Movimentos operários – Desemprego (“exército industrial de reserva”) – Ludismo (1811 – 1818) – Cartismo (1832 – 1848) –reivindicações trabalhistas ao parlamento britânico. Obteve alguns benefícios como a redução da jornada de trabalho para 10 horas e regulamentação do trabalho infantil e feminino. – Trade Unions – deram origem aos sindicatos.

×