Supply-Chain Council and SCOR - brief intro

1,831 views

Published on

A brief intro to the Supply-Chain Council SCOR model and the Supply-Chain - Finance link

0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,831
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
7
Actions
Shares
0
Downloads
130
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Supply-Chain Council and SCOR - brief intro

  1. 1. Supply-Chain Council & SCOR®© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 1 | 25 July 2010
  2. 2. O Mundo de Supply Chain© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 2 | 25 July 2010
  3. 3. Linguagem Financeira• Ciclo Operacional  DII + DSO › Dias p/ converter estoque e recebiveis em caixa• Ciclo Cash-to-cash  DII + DSO - DPO › Dias transcorridos entre o desembolso para fornecedores e a geração de caixa• EVA  NOPAT – (CoC*Capital) › Valor pelo qual os ganhos excedem (ou ficam abaixo) a taxa minima de retorno que acionistas e credores teriam em investimentos seguros© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 3 | 25 July 2010
  4. 4. Arvore do Valor Economico Agregado, a “receita” do Diretor Financeiro $ Vendas $ Margem Lucros & Perdas Bruta - $ Lucro $ CMV Operacional - Margem de ÷ $ Custo $ Custos Lucro % Total Variaveis $ Vendas + $ Custos Fixos Retorno Supply Chain influencia fortementesobre ativos todos os componentes $ Estoque $ Vendas + Giro de $ Ativos $ Contas a Capital ÷ Correntes Receber $ Ativos + + Totais $ Outros Balanço $ Ativos Ativos Fixos Correntes© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 4 | 25 July 2010
  5. 5. O Ambiente de Supply Chain • Custos (transporte, armazenagem, materias primas) • Flexibilidade • Qualidade / Confiabilidade / Performance •Para Clientes •De Fornecedores • Niveis de Estoques (RM, WIP, FG) • Projeções / Acuracia do Planejamento • Prazos de Abastecimento / Reposição • Redução dos tempos de entrega •“Cortador de custos” • “Problemas” do SC •Visto como “o problema” •“Inimigos” no Board (Vendas & MKT)© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 5 | 25 July 2010
  6. 6. Supply Chain – Visão de Finanças• Executivos Financeiros começam a entender que uma gestão efetiva do Supply Chain e parte fundamental do sucesso financeiro do negocio, mas tem performance insatisfatoria porque: › ... não tem “rigor financeiro” › ... “fica devendo” em eficiencia gerencial › ... não oferece visibilidade dos impactos financeiros Portanto: • 34% já assumiram posições de liderança em relação a SC • 49% pretendem fazer o mesmo nos proximos 2 anos© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 6 | 25 July 2010
  7. 7. Supply Chain – Visão de Finanças© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 7 | 25 July 2010
  8. 8. Supply Chain – Visão de Finanças© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 8 | 25 July 2010
  9. 9. Supply Chain – Visão de Finanças© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 9 | 25 July 2010
  10. 10. Supply Chain – Visão de Finanças© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 10 | 25 July 2010
  11. 11. O Valor das Metricas© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 11 | 25 July 2010
  12. 12. Origem da Atual FilosofiaFinanceira: 1930-1950• Ladrão de bancos “Slick Willie” Sutton• Perguntado por que roubava bancos, respondeu: “Porque é lá que tem dinheiro."© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 12 | 25 July 2010 12
  13. 13. Onde está o dinheiro? • Custos logísticos nos EUA atingiram recorde historico  $1,4 trilhão (10,1% do PIB) 2007 • Supply Chain representa 60% a 90% do total de custos • +2% de eficiencia em processos de Supply Chain equivalem a 30.000% - 50.000% dos mesmos 2% em Sistemas, RH, Finanças, Vendas… • Surpreende que quase todas metodologias e tecnicas de aperfeiçoamento de processos tiveram origem em Supply Chain? › Six-Sigma, Lean, BPR, ERP, ISO, MRP-II, TQM…© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 13 | 25 July 2010
  14. 14. Gestão Superior de Supply Chain  fonte de vantagens competitivas Melhor da categoria Custos totais de Supply Chain (% receitas) Mediana Melhores da categoria tem 50% de vantagem de custos contra mediana…© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 14 | 25 July 2010
  15. 15. O Impacto do SCOR® Variação Crescimento Último preço no dia 2003-2011 70 empresas usuarias do SCOR listadas na Bolsa de NY© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 15 | 25 July 2010
  16. 16. Supply Chain Council© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 16 | 25 July 2010
  17. 17. Supply-Chain Council Entidade global independente, sem fins lucrativos, com participação aberta a empresas e organizações interessadas em aplicar e desenvolver o estado da arte em sistemas e praticas gerenciais de supply chain: o Fundada em 1996; o Aproximadamente 600 Membros globais; o Representação de todas industrias; Desenvolveu e endossa o Modelo SCOR como um padrão de mercado para gerenciamento de Supply Chain.© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 17 | 25 July 2010
  18. 18. Estrutura Global Europe Chapter Brussels Global Headquarters & Japan Chapter North America Chapter Tokyo Houston Greater China Chapter North Africa & Hong Kong Middle East Southeast Asia Chapter Chapter - Cairo Singapore Latin America Chapter São Paulo Australia & New South Africa Chapter Zealand Chapter Cape Town Sydney© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 18 | 25 July 2010
  19. 19. © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 19 | 25 July 2010
  20. 20. © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 20 | 25 July 2010
  21. 21. © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 21 | 25 July 2010
  22. 22. © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 22 | 25 July 2010
  23. 23. Modelos de Referencia© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 23 | 25 July 2010
  24. 24. O que e um Modelo de Referencia? Analise deReengenharia Modelo de Referencia Melhoresde Processos Desenho Praticas Captura “estado atual” de Captura Benchmarking Organizacional processos e deriva “estado “estado futuro” aprimorado atual” de Quantifica performance processos e operacional de empresas deriva similares, estabelecendo “estado Quantifica objetivos com base nos futuro” performance “melhores resultados” do aprimorado operacional de Caracteriza mercado empresas praticas & similares, soluções de Analisa Caracteriza praticas & estabelecendo software que competencias soluções de software que objetivos com resultam em e performance resultam em performance base nos performance necessarias e “superior” “melhores “superior” alinha Analisa competencias e resultados” do necessidades performance necessarias e mercado de estrutura e alinha necessidades de objetivos estrutura e objetivos© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 24 | 25 July 2010 internos internos
  25. 25. Modelos de Processo 2010 Mercados 2007 MCOR™ CCOR™ Marketing Vendas Negocios Finanças Clientes RH IT Processo Desenvolvimento Supply Supply Chain Chain de Produto DCOR™ SCOR™ Fornecedores 2005 1996© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 25 | 25 July 2010
  26. 26. SCOR Supply Chain Operations Reference model© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 26 | 25 July 2010
  27. 27. Os 4 pilares do SCOR 10 Performance (metricas) Processos Praticas Pessoas (melhores (compe- praticas) tencias)© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 27 | 25 July 2010
  28. 28. Integração de Ferramentas Reengenharia de Processos BPR Lean A-Class Six Sigma ERP TQM EA MRP BPM SCOR Workflow ITIL Benchmarking EIS Tiger Team SOA Metricas & Baldridge BSC Praticas ISO 9000 Definição de BPA Processos© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 28 | 25 July 2010
  29. 29. Estruturado em torno de 5 processos gerenciais distintos Plan Deliver Source Make Deliver Source Make Deliver Source Make Deliver Source Return Return Return Return Return Return Return Return Cliente Cliente doFornecedor Sua Empresa Fornecedor Cliente doFornecedor Interno ou Externo Interno ou Externo Modelo SCOR “Lego” Processos Métricas Melhores Práticas Enablers Competências © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 29 | 25 July 2010
  30. 30. 3 niveis de detalhe Nivel Descrição Esquema Descrição 1 Primeiro nivel Plan Define escopo e conteudo da aplicação do (Processos) Source Make Deliver SCOR – aqui voce define os objetivos de Return Return performance da base competitiva Supply Chain Operations Reference model 2 Configuração A cadeia e “customizada” aqui – cerca de (Categorias de 30 “categorias de processos”. Empresas Processos) implementam estrategias operacionais atraves de configuração unica e exclusiva das suas cadeias de abastecimento 3 Elementos do Define a capacidade da empresa de Processo competir com sucesso nos seus mercados- (Decomposição alvo. Consiste de: dos Processos) •Definição do elemento de processo •Informação que entra e sai do processo P3.1 Identify, Prioritize and Aggregate Production •Metricas de performance do processo requirements P3.3 Balance Production Resources with P3.4 Establish Detailed •Melhores praticas (quando houver) •Capacidade de sistemas de apoiar Production Production Plans P3.2 Identify, Assess and Requirements Aggregate Production Resources melhores praticas For a de Escopo Ajuste da estrategia operacional Implementação 4 Implementação de praticas especificas (decomposição para atingir vantagens competitivas e dos elementos© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 30 | 25 July 2010 ajustar-se as constantes mudanças no dos processos) ambiente de negocios.
  31. 31. 5 Processos Plan Fornecedores Clientes Source Make Deliver Return Source Return Deliver Enable© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 31 | 25 July 2010
  32. 32. Mapeamento SCOR P P 1 1 P P P P P P4 3 4 2 3 2 China Brazil ALPHA European Local Customs - China OEM Customs - RM Supplier Distributors POE POE Distribution n Plant DR1 SR1 CentersS2 M2 D2 S1 D1 S2 DR1 SR1 M2 D2 S1 D1 S2 M1 D1 S1 D1 S1 D1 Other RM Suppliers Fiscal DR1 SR1 DC’s in other Inspection - states POES1 M1 D1 S1 D1 S1 S1 D1 S1 D1 M1.1 M1.2 M1.3 M1.4 M1.5 M1.6 Production Production Production Packaging Unitization & Release to Planning Orders & Testing protection dispatch EM.1 EM.2 EM.3 EM.4 EM.5 EM.6 EM.7 EM.9Production Production Production Equipment Internal Production Claims & WIP Rules Performance Reports & Utilities Transport Relations Internal Mngmnt © 2010 Supply Chain Council. Mngmnt Mngmnt ALL RIGHTS RESERVED. | Mngmnt 2010 SCC Chapter Review | 32 | Mngmnt 25 July 2010 Mngmnt Mngmnt Standards Mngmnt
  33. 33. Métricas de performance integradas Supply Chain Operations Reference-model (SCOR)Nível Descrição Esquema Métricas1 Primeiro nivel Plan Métricas de Nivel 1 caracterizam a (Processos) Source Make Deliver performance da cadeia de abastecimento como um todo, Return Return definindo a base competitiva e possibilitando a definição de objetivos globais de performance para o negocio2 Configuração Métricas de Nivel 2 caracterizam a (Categorias de performance do processo Processos) configurado P3.13 Elementos do Identify, Prioritize, and Aggregate Production Requirements P3.3 Balance Production Resources P3.4 Establish Detailed Métricas de Nivel 3 oferecem P3.2 with Production Requirements Production Plans Processo Identify, Assess, and Aggregate Production Resources detalhamento de problemas de (Decomposição performance e apontam dos Processos) potentiais acoes corretivas© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 33 | 25 July 2010
  34. 34. Atributos – Métricas Nivel 1 Atributo de Definição do Atributo Métricas de Nível 1Peformance Performance de entrega do produto certo, na hora certa, na condição e embalagem certas, na Confiabilidade Perfect Order Fulfillment quantidade certa, com a documentação certa e ao cliente certo Responsividade Velocidade de entrega de produtos aos clientes Order Fulfillment Cycle Time Upside Supply Chain Flexibility Agilidade em responder a mudanças no mercado Upside Supply ChainAdaptability Agilidade para ganhar o manter vantagens competitivas Downside Supply Chain Adaptability Supply Chain Management Cost Custos Custos associados a operar a cadeia Cost of Goods Sold Efetividade da organização em gerir ativos para Cash-to-Cash Cycle Time Gestão de Ativos satisfazer a demanda. Inclui a gestão de ativos fixos e Return on Supply Chain Assets capital de giro Return on Working Capital © 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 34 | 25 July 2010
  35. 35. Conteudo dos Modelos Nivel 1 Nivel 2 Nivel 3 Nivel 4 Nivel 5 Escopo Configuração Atividades Fluxos Transações S1 – S1.2 – EDI Abastecer Abastecer Receber Cadeia Produto Produto XML Estocado Diferencia Diferencia Nomeia Sequencia Conecta Negócio Complexidade Atividades Passos Transações Conexões, Define Diferencia Métricas, Detalha Detalha Escopo Capacitação Atividades e Funções Automação Práticas LinguagemLinguagem do Linguagem do Linguagem do Linguagem Específica da Modelo Específica da Modelo Modelo Empresa ou Tecnologia Indústria Parte do modelo SCOR®© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 35 | Definição da Indústria ou Empresa 25 July 2010
  36. 36. Diferentes Audiencias Nivel 1 Nivel 2 Nivel 3 Nivel 4 Nivel 5 Escopo Configuração Atividades Fluxos Transações S1 – S1.2 – EDI Abastecer Abastecer Receber Cadeia Produto Produto XML Estocado Grupo Vice Diretor ou Gerentes de Líderes deExecutivo ou Presidente ou Gerente de Linha ou de Equipes Board Diretor Linha Funções Decisões Gestão do Gestão de Gestão das Gestão dasEstratégicas Negócio Atividades Funções TransaçõesNecessidades do Supply Ajuste Fino Ajustes da Ajustes da Estratégia Chain como das Performance Performance Operacional um todo Operações de Processos da Tecnologia Parte do modelo SCOR® Definição da Indústria ou Empresa© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 36 | 25 July 2010
  37. 37. Importancia das Metricas em cada Nivel Base Estrategia • Requerimentos do negocio (participação de mercado, cash Nivel 1 flow, lucro operacional, etc…) competitiva Operacional • Prioridades de clientes, produto e niveis de performance • Medidas de performance operacional, benchmarks e objetivos Nivel 2 Configuração • Restrições de abastecimento, manufatura,Configuração distribuição, devoluções, volume & Externa complexidade da Cadeia Interna (com parceiros) • Restrições de canais de distribuição • Restrições e capacidades tecnologicas Niveis de • Objetivos de Elementos de Nivel 3 performance, performance configuração de processos, praticas & sistemas praticas e • Processos Externa escolha de • Praticas Interna • Software (com parceiros) sistemas Nivel 4 Implementação • Objetivos temporais Aperfeiçoamento de processos e • Planos de implementação da Cadeia sistemas de • Governança de programas Externo • Detalhamento da implementação Interno Supply-Chain (com parceiros)© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 37 | 25 July 2010
  38. 38. Aprendizado© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 38 | 25 July 2010
  39. 39. Ciclo de Vida do Usuario SCOR Aprender Pilotar Implementar Amadurecer Renovar O que é Como Como Como E dai? SCOR? usar? expandir o refinar? uso?© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 39 | 25 July 2010
  40. 40. Aprender Pilotar Implementar Amadurecer Renovar© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 40 | 25 July 2010
  41. 41. Elcio Grassia – Presidente Capitulo LATAM egrassia@yahoo.com Andres von Simson – Diretor Capitulo LATAM asimson@supply-chain.org Maiores informações  www.supply-chain.org© 2010 Supply Chain Council. ALL RIGHTS RESERVED. | 2010 SCC Chapter Review | 41 | 25 July 2010

×