Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Ec tecnologia e mudancas na educacao 200806

886 views

Published on

Published in: Business, Technology
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Ec tecnologia e mudancas na educacao 200806

  1. 1. Tecnologia e Mudanças na Educação Eduardo Chaves Professor de Filosofia da Educação (aposentado), UNICAMP Presidente, Instituto Lumiar Consultor, Microsoft
  2. 2. Tecnologia (Sentido Amplo) • Não engloba o que existe na natureza • Abrange o que o ser humano inventa: • Para tornar sua vida mais fácil (“ferramentas”) • Para tornar sua vida mais agradável (“brinquedos”) • Dois tipos básicos de tecnologia: • Tangível: instrumentos, ferramentas, equipamentos (ou tecnologias “hard”: hardware) • Intangível: linguagens, notações, métodos, técnicas, procedimentos, etc. (ou tecnologias “soft”: software)
  3. 3. Tecnologia e Educação • Linguagem Verbal: Fala, Escrita, Leitura • Desde vários milênios (a fala), cerca de três mil anos (a escrita alfabética manual e a leitura) • Texto Impresso: Livros, Publicações Periódicas • Cerca de 550 anos (1455: Prensa de tipo móvel) • Audiovisual: Cinema, Rádio, Televisão • Cerca de 100 (cinema), 80 (rádio) e 60 anos (televisão) • Tecnologia Digital: Computador • Cerca de 60 anos (30, no caso do computador pessoal)
  4. 4. Dois Desafios no Uso da Tecnologia • Manejar a tecnologia (hardware/software) do ponto de vista técnico • Com o tempo o computador passará a fazer parte do processo natural de familiarização das pessoas com as diversas tecnologias existentes e a inclusão digital deixará de ser um grande desafio (distinção entre os “imigrantes digitais” e os “nativos digitais”) • Aplicar a tecnologia para melhorar a qualidade de vida (pessoal, social, profissional, etc.) • Este o maior desafio – e é um desafio permanente
  5. 5. Tecnologia e Mudanças na Educação • A mera introdução do computador na escola e o seu manejo técnico, ainda que competente, por professores e alunos não produzirão mudanças significativas na educação • O que produzirá mudança significativa na escola é a invenção de formas de usar a tecnologia que tragam melhora considerável na aprendizagem dos alunos • Desafio: não tanto aprender a usar a tecnologia, mas usar a tecnologia para aprender (melhor)
  6. 6. Tecnologia, Reforma, Transformação • A tecnologia pode ser usada, na escola, para: • Sustentar o que já se faz (conservar o que se faz) • Suplementar o que se faz (estender o que se faz) • Subverter o que se faz (mudar o paradigma) • Assim temos posturas: • Conservadora (não há mudança) • Reformadora (mudanças parciais ou incrementais *) • Transformadora (mudança de paradigma) * Incremental = por adição ou acréscimo
  7. 7. Exemplo de Fora da Educação • Tecnologia e Livrarias • A tecnologia e a automatização de processos dentro de uma livraria (uso conservador da tecnologia) • A tecnologia abrindo, para uma livraria convencional, uma nova forma de vender, através de site na Web (uso reformador da tecnologia) • A tecnologia viabilizando a existência de livrarias (na verdade, centrais de venda) totalmente virtuais (uso transformador da tecnologia) • A venda personalizada de livros (e outros produtos)
  8. 8. Menor, lenta, gradual, superficial, incremental Maior, rápida, súbita, profunda, sistêmica Dentro de um paradigma: próxima da prática atual Subverte o paradigma: distante da prática atual REFORMA TRANSFORMAÇÃO A Natureza da Mudança e a Linha da Inovação Adaptado de David Hargreaves, Education Epidemic – – + +
  9. 9. “Para mudar o mundo, precisamos imaginá-lo diferente do que é hoje. Se, nessa visão, usarmos muito do conhecimento e da experiência que nos trouxeram até aqui, terminaremos exatamente onde começamos... Para ter um resultado diferente, temos de olhar as coisas de uma perspectiva radicalmente diferente.” J Allard, Vice-Presidente da Microsoft Business Week, 4 Dez 2006, p.64
  10. 10. “Se você continua a fazer basicamente o que você sempre fez, você vai continuar a obter basicamente os mesmos resultados que você sempre obteve” Jack Canfield
  11. 11. A Força Motriz da Inovação • A força motriz da transformação da escola não é a tecnologia, em si, mas, a pedagogia: ou, mais precisamente, uma visão pedagógica inovadora • Não é a tecnologia que dita a mudança que traz real transformação: é a visão inovadora • A tecnologia, em si, não vai mudar a escola – mas a escola de hoje não irá mudar sem a tecnologia • A tecnologia deve assumir um papel auxiliar: o de ajudar a viabilizar o processo de mudança
  12. 12. Linhas Básicas de Visão Inovadora • Contexto: nova realidade • Educação: nova forma de ver a educação • Aprendizagem: nova forma de ver o aprendizado • Escola: nova forma de ver o currículo (o quê?), a metodologia (como?), a avaliação (“e daí?”) • Tecnologia: nova forma de comunicação, acesso à informação e disponibilização de informação • Gestão: nova forma de gerir o processo • Profissionais: novos ofícios
  13. 13. Eduardo Chaves eduardo@chaves.com.br http://escolalumiar.spaces.live.com

×