Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
A Tecnologia e a Educação Teológica:
Sustentação, Suplementação ou Suplantação
do Paradigma?
Eduardo Chaves
[Ph.D. (Filoso...
A Educação Teológica e as Novas Mídias
• Tema do simpósio: Educação Tecnológica e Novas Mídias
• Não é meu objetivo discut...
Dois Pressupostos
• Não é possível discutir o possível impacto das novas mídias na
educação teológica sem discutir, antes,...
Três Teses
• A educação atual, e, a fortiori, a educação teológica atual, são
governadas por um paradigma, ou modelo menta...
O Paradigma da Educação Atual - 1
• Características básicas:
• Textocêntrico
• Magistrocêntrico
• Escolacêntrico
O Paradigma da Educação Atual - 2
• Textocentrismo: a educação é um processo de transmissão dos
conteúdos principais de um...
Contexto do Surgimento do Paradigma
• A cultura letrada, baseada na escrita e no texto impresso como
produto de massa, que...
Consequências desse Paradigma
• Sistematização das línguas vernáculas
• Surgimento de literaturas no vernáculo
• Fortaleci...
O Paradigma da Educação Teológica
• Há pouca dúvida de que a Educação Teológica segue, no essencial,
o paradigma vigente n...
As Novas Tecnologias
• As novas tecnologias surgidas com a invenção dos computadores digitais
a partir de 1945 foram inici...
As Novas Mídias
• Hoje, basicamente todos os meios de distribuição de informação escrita,
como livros, jornais e revistas,...
Um Novo Paradigma Educacional
• As Novas Mídias tornaram possível um novo paradigma na área da
educação que privilegia a p...
Conceitos de Aprendizagem e Competência
• Aprendizagem, em vez de ser vista como o processo de absorver e
assimilar inform...
Educação Teológica Neste Paradigma
• A Educação Teológica, vista da ótica deste paradigma, se torna
processo voltado para ...
Exemplo 1
• Uma competência básica é o chamado “ministério da palavra”
• Dentre as habilidades (ou competências mais simpl...
Ainda o Exemplo 1
• Exegese do texto no original é apenas uma habilidade que talvez
seja útil, mas cujo domínio em nível d...
Outros Exemplos
• Educação Cristã
• Apologética ou Defesa da Fé (?)
• Fortalecimento da Comunidade Eclesial (Community Bui...
Outras Questões
• Qual a relevância de quatro a seis semestres de História da Igreja
para o desenvolvimento dessas competê...
Concluindo - 1
• Não estou propondo que Faculdades de Teologia e Seminários aqui
representados reformulem seus currículos
...
Concluindo - 2
• As Novas Mídias, enquanto tecnologias que são, estão aqui para
servirem de instrumentos e ferramentas par...
Obrigado!
Perguntas?
Eduardo Chaves
eduardochaves@fatipi.edu.br
http://theological.space (Blog)
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

A Tecnologia e a Educacao Teologica

326 views

Published on

ASTE - Simpósio 2015 (20151215), São Paulo, SP

Published in: Education
  • DOWNLOAD THAT BOOKS INTO AVAILABLE FORMAT (2019 Update) ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... Download Full PDF EBOOK here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... Download Full EPUB Ebook here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... Download Full doc Ebook here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... Download PDF EBOOK here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... Download EPUB Ebook here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... Download doc Ebook here { http://shorturl.at/mzUV6 } ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... ................................................................................................................................... eBook is an electronic version of a traditional print book that can be read by using a personal computer or by using an eBook reader. (An eBook reader can be a software application for use on a computer such as Microsoft's free Reader application, or a book-sized computer that is used solely as a reading device such as Nuvomedia's Rocket eBook.) Users can purchase an eBook on diskette or CD, but the most popular method of getting an eBook is to purchase a downloadable file of the eBook (or other reading material) from a Web site (such as Barnes and Noble) to be read from the user's computer or reading device. Generally, an eBook can be downloaded in five minutes or less ......................................................................................................................... .............. Browse by Genre Available eBooks .............................................................................................................................. Art, Biography, Business, Chick Lit, Children's, Christian, Classics, Comics, Contemporary, Cookbooks, Manga, Memoir, Music, Mystery, Non Fiction, Paranormal, Philosophy, Poetry, Psychology, Religion, Romance, Science, Science Fiction, Self Help, Suspense, Spirituality, Sports, Thriller, Travel, Young Adult, Crime, Ebooks, Fantasy, Fiction, Graphic Novels, Historical Fiction, History, Horror, Humor And Comedy, ......................................................................................................................... ......................................................................................................................... .....BEST SELLER FOR EBOOK RECOMMEND............................................................. ......................................................................................................................... Blowout: Corrupted Democracy, Rogue State Russia, and the Richest, Most Destructive Industry on Earth,-- The Ride of a Lifetime: Lessons Learned from 15 Years as CEO of the Walt Disney Company,-- Call Sign Chaos: Learning to Lead,-- StrengthsFinder 2.0,-- Stillness Is the Key,-- She Said: Breaking the Sexual Harassment Story That Helped Ignite a Movement,-- Atomic Habits: An Easy & Proven Way to Build Good Habits & Break Bad Ones,-- Everything Is Figureoutable,-- What It Takes: Lessons in the Pursuit of Excellence,-- Rich Dad Poor Dad: What the Rich Teach Their Kids About Money That the Poor and Middle Class Do Not!,-- The Total Money Makeover: Classic Edition: A Proven Plan for Financial Fitness,-- Shut Up and Listen!: Hard Business Truths that Will Help You Succeed, ......................................................................................................................... .........................................................................................................................
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here

A Tecnologia e a Educacao Teologica

  1. 1. A Tecnologia e a Educação Teológica: Sustentação, Suplementação ou Suplantação do Paradigma? Eduardo Chaves [Ph.D. (Filosofia), University of Pittsburgh, 1972; M.Div., Pittsburgh Theological Seminary, 1970; B.Div., Pittsburgh Theological Seminary, 1967] [Professor Titular de Filosofia da Educação (Aposentado), Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), 1972-2006; Professor de Educação, Centro Universitário Salesiano de São Paulo (UNISAL), 2009-presente; Professor de História da Igreja, Faculdade de Teologia da IPIB (FATIPI), 2014-presente]
  2. 2. A Educação Teológica e as Novas Mídias • Tema do simpósio: Educação Tecnológica e Novas Mídias • Não é meu objetivo discutir, nesta palestra, o possível impacto das novas mídias: • Na teologia como disciplina acadêmica • Na vida profissional do egresso do curso de teologia, pastor ou não • Na gestão da igreja ou de outras instituições em que o egresso do curso de teologia possa vir a atuar • Meu objetivo geral é discutir se as novas mídias terão impacto significativo na educação teológica - e, em caso positivo, qual seria esse impacto • Meu objetivo específico é discutir se as novas mídias sustentam, suplementam ou suplantam (subvertem) o paradigma vigente na educação teológica atual
  3. 3. Dois Pressupostos • Não é possível discutir o possível impacto das novas mídias na educação teológica sem discutir, antes, o seu possível impacto na educação, em geral, da qual a educação teológica é caso particular • Não é possível discutir a educação, hoje, e, por conseguinte, a educação teológica, sem introduzir a questão do paradigma, ou modelo mental, que temos dela
  4. 4. Três Teses • A educação atual, e, a fortiori, a educação teológica atual, são governadas por um paradigma, ou modelo mental, bem definido, o qual, por ser tão enraizado, o mais das vezes nem é percebido como tal • Tecnologias, como é o caso das novas mídias, frequentemente são fatores de mudança, mas como condições necessárias (sem as quais não), nunca como condições suficientes (que, por si só, as concretizam, como se fosse ex opere operato), porque o ser humano é o único real agente de mudança • A característica mais importante das novas mídias é seu caráter interativo, que torna possível que pessoas entrem em contato com pessoas de forma instantânea, em qualquer momento (any time), a partir de (quase) qualquer lugar (anywhere), em várias modalidades de comunicação (anyhow)
  5. 5. O Paradigma da Educação Atual - 1 • Características básicas: • Textocêntrico • Magistrocêntrico • Escolacêntrico
  6. 6. O Paradigma da Educação Atual - 2 • Textocentrismo: a educação é um processo de transmissão dos conteúdos principais de uma cultura letrada, preexistentes na forma de textos, de uma geração para a outra, de modo a garantir sua aceitação geral e perpetuidade ou, então, durabilidade • Magistrocentrismo: Para alcançar o maior número de pessoas, a educação precisa ser organizada no modelo um-para-muitos, ficando a cargo de mestres que se responsabilizam por classes de certo número de alunos e lhes ensinam (expõem e explicam) o material a ser aprendido, os mestres se organizando em escolas • Escolacentrismo: Nas escolas o conteúdo a ser ensinado é dividido em matérias que, por sua vez, são divididas em séries, e os alunos são agrupados por faixa etária e colocados na série mais adequada à sua maturidade ou aos seus conhecimentos, tudo debaixo da coordenação de diretores e supervisores
  7. 7. Contexto do Surgimento do Paradigma • A cultura letrada, baseada na escrita e no texto impresso como produto de massa, que começou a aparecer na • Renascença (século XV): • Um recomeço, ênfase na retomada da cultura clássica escrita • Invenção da prensa de tipo móvel de Gutenberg (1455) permitiu a distribuição de cópias idênticas de livros e outros textos em massa • O livro é o primeiro produto de massa da história (Marshall McLuhan) • Reforma (século XVI): • Tradução da Bíblia para a língua do povo • Desintermediação do acesso à Bíblia: o sacerdócio universal do crente lhe dá o direito de interpretar a Bíblia sem o magisterium da Igreja • Para isso o crente precisa ser capaz de ler e compreender a Bíblia • Para que isso aconteça é necessário que haja instituições capazes de promover o letramento do povo: as escolas ao lado das igrejas • Assim surge a escola moderna, que introduz o paradigma ainda vigente
  8. 8. Consequências desse Paradigma • Sistematização das línguas vernáculas • Surgimento de literaturas no vernáculo • Fortalecimento no povo que compartilha a língua, a literatura e a cultura de um sentimento de nacionalidade e de uma consciência nacional que vão se tornar importantes no aparecimento posterior dos estados nacionais modernos • Aumento da comunicação entre intelectuais, facilitando a troca de ideias, o surgimento da ciência moderna e, oportunamente, o aparecimento do “Iluminismo” e a crítica à religião dita revelada • Criação do clima intelectual / emocional que foi essencial para a ocorrência da Revolução Americana e Francesa, o aparecimento de uma literatura de político-filosófica que acabou por alimentar o surgimento dos estados nacionais modernos
  9. 9. O Paradigma da Educação Teológica • Há pouca dúvida de que a Educação Teológica segue, no essencial, o paradigma vigente na educação geral, apresentando todas as características que foram sublinhadas • Ou nossas Faculdades de Teologia e Seminário não são centradas em disciplinas acadêmicas, nas quais os professores buscam se especializar?
  10. 10. As Novas Tecnologias • As novas tecnologias surgidas com a invenção dos computadores digitais a partir de 1945 foram inicialmente vistas como ferramentas de cálculo, especialmente úteis na área de informações numéricas • Gradativamente, inventaram-se técnicas que tornaram possível a digitalização de informações textuais, e, posteriormente, gráficas, visuais (fotografia estática e fotografia dinâmica, ou filme e vídeo) e sonoras, fazendo com que as novas tecnologias digitais passassem a ser vistas primariamente como tecnologia da informação (numérica, textual, gráfica, visual e sonora, que, quando integrada, passou a ser chamada de multimídia) • Simultaneamente o telefone, principal meio de comunicação por voz, passou a digitalizar a voz humana e a desenvolver meios de viabilizar e baratear a telefonia móvel, fato que, em pouco tempo, tornou a comunicação digital, especialmente a móvel, a principal das diversas aplicações da tecnologia digital
  11. 11. As Novas Mídias • Hoje, basicamente todos os meios de distribuição de informação escrita, como livros, jornais e revistas, bem como todos os meios de comunicação de massa sonora e visual, como o rádio e a televisão, usam a tecnologia digital e seus produtos estão disponíveis na Web • Hoje, também, a comunicação que tradicionalmente se fazia por cartas e panfletos distribuídos pelos Correios, bem como a que se fazia por telegramas e telexes, estão substituídas, em grande parte, pela comunicação digital através de e-mail ou mensagens de texto (que já incluem fotografias e clips de voz) realizada pela Internet • Mas nada se compara à substituição dos antigos telefones fixos e analógicos pelos modernos smartphones digitais móveis, com sua comunicação um-a-um (ou em conferência) por texto, voz e vídeo, a qualquer momento e a partir de qualquer lugar, instantânea e relativamente acessível e barata
  12. 12. Um Novo Paradigma Educacional • As Novas Mídias tornaram possível um novo paradigma na área da educação que privilegia a personalização da educação feita em escala, com as seguintes características: • Não é textocêntrico, centrado na absorção e assimilação de textos, mas, sim, centrado no desenvolvimento de competências • Não é magistrocêntrico, centrado no professor, mas, sim, centrado em múltiplos canais de interação multimídia, que envolvem, entre outros, os “pares”, em processos de comunicação hoje chamada lateral ou horizontal • Não é escolacêntrico, centrado na escola, mas, sim, centrado no uso intensivo das novas mídias, primeiro, para comunicação (interação), e, em seguida, para acesso às informações que essa interação possa vir a revelar necessárias • Contrário ao que acontece no paradigma atual, o acesso a textos (informações escritas), ou saberes, é transversalizado e o que se torna essencial é o desenvolvimento de competências
  13. 13. Conceitos de Aprendizagem e Competência • Aprendizagem, em vez de ser vista como o processo de absorver e assimilar informações e conhecimentos, passa a ser vista (conforme sugere Peter Senge) como o processo de se tornar capaz de fazer algo que antes não se conseguia fazer • Aprender, assim visto, se torna menos um processo de aquisição de saberes desvinculados de fazeres e mais um processo de construção de saber-fazeres, vale dizer, de desenvolvimento de competências • Competência é a capacidade de mobilizar, sempre que necessário ou recomendável, habilidades (e competências mais simples), bem como atitudes, valores, conhecimentos e informações, para realizar, com alto nível de desempenho, e de forma aparentemente fácil e natural, ações e tarefas requeridas ou desejadas em determinada área de atividade ou esfera de ação
  14. 14. Educação Teológica Neste Paradigma • A Educação Teológica, vista da ótica deste paradigma, se torna processo voltado para o desenvolvimento, por parte dos alunos, com o apoio e a facilitação de professores, em colaboração com colegas (pares), com a ajuda de contatos relevantes em redes sociais e comunidades de prática, e valendo-se de recursos, tanto textuais como audiovisuais, disponíveis na Internet, daquelas competências básicas exigidas ou esperadas deles no exercício de suas funções pastorais na igreja ou em outro contexto institucional
  15. 15. Exemplo 1 • Uma competência básica é o chamado “ministério da palavra” • Dentre as habilidades (ou competências mais simples) exigidas estão: • Capacidade de expressar-se eficiente e eficazmente no idioma pátrio • Capacidade de argumentação • Capacidade de falar em público de forma persuasiva e convincente • Capacidade de fazer exegese de um texto bíblico que, interpretado para o presente, contenha uma mensagem relevante e pertinente às necessidades dos ouvintes • Capacidade de relacionar a mensagem a questões atuais de interesse dos ouvintes para ilustrar a sua relevância • Dentre as posturas e os valores exigidos estão: • Sensibilidade para com as necessidades, crenças e valores dos ouvintes • Respeito para com pensamentos ou visões divergentes • Etc
  16. 16. Ainda o Exemplo 1 • Exegese do texto no original é apenas uma habilidade que talvez seja útil, mas cujo domínio em nível de desempenho que possa redundar em diferença, dados os inúmeros recursos disponíveis hoje em formato impresso ou na Internet, pode significar uma demanda de tempo injustificável, não só face a outras habilidades importantes dentro da mesma competência (para não falar em atitudes e valores), como, também, face a outras competências que são requeridas ou esperadas do pastor
  17. 17. Outros Exemplos • Educação Cristã • Apologética ou Defesa da Fé (?) • Fortalecimento da Comunidade Eclesial (Community Building) • Cuidado / Aconselhamento Pastoral / Visitação • Ação Social • Evangelismo • Comunicação Interna e Externa • Comunicação com Outras Igrejas / Denominações / Religiões • Participação na Vida Política da Cidade / Região / Estado / Nação • Etc.
  18. 18. Outras Questões • Qual a relevância de quatro a seis semestres de História da Igreja para o desenvolvimento dessas competências? • Idem, em relação a Teologia Sistemática? • O que é importante para o desenvolvimento de várias dessas competências que normalmente não aparece no currículo de nenhum Curso de Teologia? • Etc.
  19. 19. Concluindo - 1 • Não estou propondo que Faculdades de Teologia e Seminários aqui representados reformulem seus currículos • O que sugiro é que reflitam sobre se, diante da revolução que as Novas Mídias vêm produzindo na área da Educação Geral e em áreas de Formação Profissional afins, e diante das pressões do mercado de trabalho a que se dirigirão os egressos de seus cursos, se devem adotar uma postura: • Conservadora • Reformista • Revolucionária • Em outras palavras, se devem permitir que as Novas Mídias apenas sustentem e apoiem o que já se faz, ou controladamente melhorem e/ou estendam o que já se faz, ou, então, com cuidado, venham a subverter e suplantar o que ora se faz na direção de algo melhor
  20. 20. Concluindo - 2 • As Novas Mídias, enquanto tecnologias que são, estão aqui para servirem de instrumentos e ferramentas para que nós: • Se estivermos convencidos de que o que estamos fazendo nos cursos de teologia pelos quais somos responsáveis é basicamente bom e está no caminho certo, usemos as novas mídias para apoiar o que fazemos, quem sabe enriquecer um pouco a forma de trabalhar e estender seu alcance, mas sem alterar substantivamente o paradigma adotado • Se, no entanto, não estivermos convencidos disso, ou se a igreja ou outros stakeholders para os quais preparamos profissionais em nossos cursos, estiverem a reivindicar mudanças naquilo que fazemos, então talvez seja o caso de explorar as possibilidades que, com a ajuda das novas mídias, um novo paradigma educacional pode vir a oferecer • A decisão está nas mãos de cada um: a tecnologia é “camaleônica” e se presta a nos ajudar a fazer aquilo que optarmos por fazer
  21. 21. Obrigado! Perguntas? Eduardo Chaves eduardochaves@fatipi.edu.br http://theological.space (Blog)

×