A cura de uma mulher encurvada

2,919 views

Published on

Published in: Spiritual
0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
2,919
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
39
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

A cura de uma mulher encurvada

  1. 1. Lucrécia R. ValleNovembro // 2011
  2. 2. CURA DE UMA MULHER ENCURVADA• Jesus estava ensinando numa das sinagogas no sábado. E estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade havia já dezoito anos; e andava encurvada, e não podia de modo algum endireitar-se. Vendo-a Jesus, chamou-a, e disse- lhe: Mulher, estás livre da tua enfermidade; e impôs-lhe as mãos e imediatamente ela se endireitou, e glorificava a Deus.• [...] E não devia ser solta desta prisão, no dia de sábado, esta que é filha de Abraão, a qual há dezoito anos Satanás tinha presa? Lucas 13:10-13 e 16
  3. 3. Jesus estava ensinando numa dassinagogas no sábado. Jesus ensina de forma constante, contínua, ofertando- nos sempre a oportunidade do aprendizado, em todos os dias de nossas vidas. Não ensina em qualquer lugar; busca em nós a sinagoga, ou seja, aquele local de nossa intimidade que nos possibilita conectar-se com o Criador, onde se encontra nossas aspirações superiores.
  4. 4. Não se reveste o ensinamento de Jesus dequaisquer fórmulas complicadas.Guardando embora o devido respeito a todasas escolas de revelação da fé com os seuscolégios iniciáticos, notamos que o Senhordesce da Altura, a fim de libertar o templo docoração humano para a sublimidade do amor eda luz, através da fraternidade, do amor e doconhecimento. Roteiro – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição: A mensagem cristã
  5. 5. Para isso, o Mestre não exige que os homensse façam heróis ou santos de um dia para ooutro. Não pede que os seguidores pratiquemmilagres, nem lhes reclama o impossível.Dirige-se a palavra dEle à vida comum, aoscampos mas simples do sentimento, a lutavulgar e às experiências de cada dia. Emmanuel Roteiro – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição: A mensagem cristã
  6. 6. E estava ali uma mulher que tinha um espírito de enfermidade...Na raiz de toda doença, há semprecomponentes psíquicos ou espirituais que sãoheranças decorrentes da Lei de Causa e Efeito,procedentes de vidas transatas, que imprimemnos genes os fatores propiciadores para ainstalação dos distúrbios na área da saúde. Joanna de ÂngelisElucidações psicológicas à luz do espiritismo– Joanna de Ângelis / Divaldo Pereira Franco – Doença
  7. 7. • Mestre, sendo Deus tão misericordioso, por que pune seus filhos com defeitos e moléstias tão horríveis? - Acreditas, Tiago respondeu Jesus -, que Deus desça de sua sabedoria e de seu amor para punir seus próprios filhos? O Pai tem o seu plano determinado com respeito à criação inteira; mas, dentro desse plano, a cada criatura cabe uma parte na edificação, pela qual terá de responder. Abandonando o trabalho divino, para viver ao sabor dos caprichos próprios, a alma cria para si a situação correspondente, trabalhando para reintegrar-se no plano divino, depois de se haver deixado levar pelas sugestões funestas, contrárias à sua própria paz. Boa Nova – Humberto de Campos / Francisco Cândido Xavier – Lição: 13
  8. 8. Pode um Espírito tomar temporariamente o invólucrocorporal de uma pessoa viva, isto é, introduzir-se numcorpo animado e obrar em lugar do outro que se achaencarnado neste corpo?“O Espírito não entra em um corpo como entras numacasa. Identifica-se com um Espírito encarnado, cujosdefeitos e qualidades sejam os mesmos que os seus, afim de obrar conjuntamente com ele. Mas, o encarnadoé sempre quem atua, conforme quer, sobre a matéria deque se acha revestido. Um Espírito não pode substituir-seao que está encarnado, por isso que este terá quepermanecer ligado ao seu corpo até ao termo fixado parasua existência material.” Livro dos Espíritos – Allan Kardec – questão 473
  9. 9. [...] “Mas, é preciso saibas que essa dominação não se efetua nunca sem que aquele que a sofre o consinta, quer por sua fraqueza, quer por desejá-la[...].” Livro dos Espíritos – Allan Kardec – questão 474
  10. 10. ... andava encurvada, e não podia de modo algum endireitar-se. “É sempre a dívida moral que se encarrega de produzir sincronia entre o antigo algoz e sua vítima anterior. O mais, é resultado da perseverança dos indigitados cobradores e das debilidades morais daqueles que lhe passam a sofrer o assédio”. Dr. Inácio FerreiraTranstornos psiquiátricos e obsessivos – Manoel P. Miranda/ Divaldo Pereira Franco – capítulo 6
  11. 11. FAIXASReceberás, portanto, variados apelos, nascidosdo campo mental de todas as inteligênciasencarnadas e desencarnadas que se afinamcontigo, tentando influenciar-te, através dasondas inúmeras em que se revela a gamainfinita dos pensamentos da Humanidade, mas,se buscas o Cristo, não ignoras em que alturalhe brilha a faixa. Emmanuel Seara dos Médiuns – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição 38
  12. 12. Renovação moral• O obsidiado, se não procurar-se diariamente, num trabalho perseverante de autodomínio ou autoeducação, progredindo em moral e edificação espiritual, jamais deixará de se sentir obsidiado, ainda que o seu primitivo obsessor se regenere. Sua renovação moral, portanto, será a principal terapêutica, nos casos em que ele possa agir. Yvone A. Pereira• Casa limpa e adornada - Vide Mateus 12:43-45 Recordações da Mediunidade– Yvone do Amaral Pereira – Cap. O complexo obsessão
  13. 13. Vendo-a Jesus, chamou-a, e disse-lhe... Se a realidade espiritual te busca, ofertando- te serviço no levantamento das boas obras, não te detenhas, apresentando deformidades e frustrações. No clima da Boa Nova, todos nós encontramos recursos de cura e reabilitação, reerguimento e consolo. Para isso, basta sejamos sinceros, diante da nossa própria necessidade de corrigenda, com o espírito espontaneamente consagrado ao privilégio de trabalhar e servir. EmmanuelPalavras de Vida Eterna – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição127: Chamamento divino
  14. 14. Jesus, o nosso Salvador, estende-nos os braçosamoráveis e compassivos. Com ele, a vida enriquecer-se-á de valores imperecíveis e à sombra dos seusensinamentos celestes seguiremos, pelo trabalhosantificante, na direção da Pátria Universal ...Todos os crentes registram-lhe o apelo consolador, masraros se revelam suficientemente valorosos na fé paralhe buscarem a companhia. Em suma, é muito doceescutar o “vinde a mim... Entretanto, para falar comverdade, já consegues ir? Emmanuel Fonte Viva – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição: Consegues ir?
  15. 15. Com a bússola do Evangelho, sabemosperfeitamente onde se localizam o bem e omal, razão por que, dispondo todos nós doleme da vontade, o problema de sintonia correpor nossa conta. Emmanuel Seara dos Médiuns – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição 38
  16. 16. Como distinguir o bem e o mal?“O bem é tudo o que é conforme à lei de Deus; o mal, tudo o que lhe é contrário. Assim, fazer o bem é proceder de acordo com a lei de Deus. Fazer o mal é infringi-la.” Livro dos Espíritos – Allan Kardec – questão 630
  17. 17. imediatamente ela se endireitou, e glorificava a Deus.• Sempre surge a oportunidade, o tempo em que as vinculações menos felizes chegam a seu término. São os momentos em que o saneamento dos padrões negativos, que por vezes nos acompanham por períodos milenares, encontram o seu ponto final. Luz Imperecível – UEM – Lição 62: Terreno Árido
  18. 18. Bibliografia• Boa Nova – Humberto de Campos / Francisco Cândido Xavier – Lição :13• Elucidações psicológicas à Luz do Espiritismo – Joanna de Ângelis / Divaldo Pereira Franco – Tema: Doença• Fonte Viva – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição: Consegues ir?• Livro dos Espíritos – Allan Kardec – questões 473, 474, 630• Lucas 13:10-13 e 16• Luz Imperecível – UEM – Lição 62: Terreno Árido• Palavras de Vida Eterna – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição127: Chamamento divino• Recordações da Mediunidade – Yvone do Amaral pereira – Capítulo: O complexo obsessão• Roteiro – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição: A mensagem cristã• Salmos 38:4-7• Seara dos Médiuns – Emmanuel / Francisco Cândido Xavier – Lição 38• Transtornos psiquiátricos e obsessivos – Manoel P. Miranda/ Divaldo Pereira Franco – capítulo 6

×