Curso de formação candidatos a gestores avaliação outubro 2013

433 views

Published on

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

Curso de formação candidatos a gestores avaliação outubro 2013

  1. 1. Secretaria Municipal de Educação Diretoria de Ensino Coordenadoria de Formação CICLO DE ESTUDOS CICLO DE ESTUDOS AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL GILBERTO FRAGA DE MELO OUTUBRO, 2013
  2. 2. Ratio Studiorium Conjunto de normas criado para regulamentar o ensino nos colégios jesuíticos (1500-1759). Sua primeira edição, de 1599, além de sustentar a educação jesuítica ganhou status de norma para toda a Companhia de Jesus. Tinha por finalidade ordenar as atividades, funções e os métodos de avaliação nas escolas jesuíticas.
  3. 3. LEI DE 15 DE OUTUBRO DE 1827 D. Pedro I, por Graça de Deus e unânime aclamação dos povos, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil: Fazemos saber a todos os nossos súditos que a Assembléia Geral decretou e nós queremos a lei seguinte: Art. 1º Em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos, haverão as escolas de primeiras letras que forem necessárias. Art. 2º ... Art. 3º ... Art. 4º ... Art. 5º ... Art. 6º Os professores ensinarão a ler, escrever, as quatro operações de aritmética, prática de quebrados, decimais e proporções, as noções mais gerais de geometria prática, a gramática de língua nacional, e os princípios de moral cristã e da doutrina da religião católica e apostólica romana, proporcionados à compreensão dos meninos; preferindo para as leituras a Constituição do Império e a História do Brasil.
  4. 4. Histórico da Avaliação Institucional 1906 - Anuário Estatístico do Brasil, apenas DF 1918 - AEB - todo o Brasil 1925 – Departamento Nacional de Ensino 1931 – Diretoria Geral de Informações Estatísticas e Divulgação 1934 – Instituto Nacional de Estatística – IBGE 1937 - Ministério da Educação e Saúde – Instituto Nacional de Pedagogia 1938 - Instituto de Estudos Pedagógicos 1953 - MEC/Serviço de Estatística da Educação e Cultura 1961 – LDB 1972 – Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais 1988 - Constituição - Padrão de qualidade 1993 - Plano Decenal de Educação – SAEB (aferir a aprendizagem) 1996 – LDB 1997 - SAEB 2001 – PNE (monitoramento de desempenho dos alunos) http://www.rieoei.org/deloslectores/1533Horta.pdf
  5. 5. Art. 9º. A União incumbir-se-á de: ... VI - assegurar processo nacional de avaliação escolar rendimento ensino no do fundamental, médio e superior, em colaboração com os sistemas objetivando prioridades a e de ensino, definição a qualidade do ensino; melhoria de da
  6. 6. Art. 13. Os docentes incumbir-se-ão de: ... V - ministrar os dias letivos e horas-aula estabelecidos, além de participar integralmente dos períodos dedicados ao planejamento, à avaliação e ao desenvolvimento profissional; Art. 24. A educação básica, nos níveis fundamental e médio, será organizada de acordo com as seguintes regras comuns: ... V - a verificação do rendimento escolar observará os seguintes critérios: a) avaliação contínua e cumulativa do desempenho do aluno, com prevalência dos aspectos qualitativos sobre os quantitativos e dos resultados ao longo do período sobre os de eventuais provas finais;
  7. 7. Art. 31. A educação infantil será organizada de acordo com as seguintes regras comuns: (Redação dada pela Lei nº 12.796, de 2013) I - avaliação mediante acompanhamento e registro do desenvolvimento das crianças, sem o objetivo de promoção, mesmo para o acesso ao ensino fundamental; pela Lei nº 12.796, de 2013) (Incluído
  8. 8. Há algo a ser feito nas escolas, que tem como base: Diretrizes Curriculares Nacionais, Res. 04/2010 Parâmetros Curriculares Nacionais Matriz Curricular Projeto Político-Pedagógico Planos interdisciplinares Plano de aula Como saber se o que foi feito está bem feito, de forma a se assegurar os direitos de aprendizagem?
  9. 9. O Sistema de Avaliação da Educação Básica tem como principal objetivo avaliar a Educação Básica brasileira e contribuir para a melhoria de sua qualidade e para a universalização do acesso à escola (...). Além disso, procura também oferecer dados e indicadores que possibilitem maior compreensão dos fatores que influenciam o desempenho dos alunos nas áreas e anos avaliados. O Saeb é composto por três avaliações externas em larga escala:
  10. 10. IDEB O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) foi criado pelo Inep em 2007 e reuni num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações (Prova Brasil).
  11. 11. A Prova Brasil tem foco na escola, seus resultados devem possibilitar, em primeiro lugar, uma reflexão sobre sua realidade, tanto individual (unidade escolar) como coletiva (sistema de ensino); em segundo lugar, uma tomada de ação que lhe permita atingir seu objetivo central: educar crianças e jovens para que possam participar integral e ativamente da sociedade. A partir dos resultados da Prova, é possível ter uma visão de cada escola a fim de conhecer os pontos fortes e eficazes do seu trabalho, bem como detectar os pontos frágeis, para subsidiar as discussões a respeito dos caminhos que podem ser trilhados para a superação das dificuldades encontradas
  12. 12. IDEB ALCANÇADO X PROJETADO, 2005-2011, Alcançado Cuiabá Projetado Anos 2005 2007 2009 2011 2007 2009 2011 2013 Anos Iniciais 3.7 4.1 4,5 4,8 3,7 4,1 4,5 4,8 Anos Finais 3,2 3,5 4,1 4,2 3,2 3,3 3,6 4,0
  13. 13. Anos Iniciais Língua Portuguesa
  14. 14. Anos Iniciais Matemática
  15. 15. Anos Finais Língua Portuguesa
  16. 16. Anos Finais Matemática
  17. 17. Percentual de alunos no nível avançado e proficiente, 5° ano, 2007 - 2011
  18. 18. Percentual de alunos no nível avançado e proficiente, 9° ano, 2007 - 2011
  19. 19. Percentual de alunos, 5° anos, nos níveis proficiente, básico e insuficiente, 2007-2011
  20. 20. Percentual de alunos, 9° ano, nos níveis proficiente, básico e insuficiente, 20072011
  21. 21. Foco no direito à aprendizagem e na superação das dificuldades. Creio, é isso que motiva vocês a comporem uma Equipe Gestora.
  22. 22. Obrigado por aceitarem o desafio da Gestão

×