O Gerente Open Source

1,453 views

Published on

Palestra O gerente Open Source, dada no Latinoware dia 22/10/2009 por Eduardo Maçan

Published in: Technology, News & Politics
  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

O Gerente Open Source

  1. 1. O Gerente Open Source Considerações sobre Carreira Mercado e Software Livre
  2. 2. Por que? <ul><li>Expectativas conflitantes prof. TI/Gestores
  3. 3. “ Evangelismo” ineficiente de software livre </li></ul>
  4. 4. Como? <ul><li>Busca de um “Vocabulário comum”
  5. 5. A Aplicação dos princípios de software livre
  6. 6. Uso de ferramental livre em prol da gestão </li></ul>
  7. 7. Equilíbrio
  8. 8. O Hacker <ul><li>Aprecia conhecer o sistema e ampliar capacidades
  9. 9. Aprecia programar; até mais que teorizar sobre
  10. 10. Sabe valorizar o hacking de outro
  11. 11. Aprende rápido a programar
  12. 12. Especialista em linguagem, sistema ou técnica
  13. 13. Aprecia o desafio de contornar limitações
  14. 14. Preferencialmente não se diz “hacker”, outros dizem. </li></ul>Fonte: The Jargon File
  15. 15. O líder <ul><li>Conhece seu pessoal e sua empresa
  16. 16. Insiste no realismo
  17. 17. Estabelece metas e prioridades claras
  18. 18. Conclui o que foi planejado
  19. 19. Recompensa quem faz
  20. 20. Amplia as habilidades das pessoas pela orientação
  21. 21. Conhece a si mesmo </li></ul>Fonte: Execução, a disciplina para atingir resultados Larry Bossidy e Ram Charam
  22. 22. A Administração <ul><li>Revolução industrial e as máquinas de Jacquard
  23. 23. Taylorismo
  24. 24. Fordismo
  25. 25. Toyota
  26. 26. Organizações “como cérebros” </li></ul>
  27. 27. Os Administrados <ul><li>Empregado
  28. 28. Funcionário
  29. 29. Membro de equipe
  30. 30. Colaborador </li></ul>
  31. 31. A carreira <ul><li>Conhecimento com alto grau de obsolescência
  32. 32. Riscos de “becos sem saída”
  33. 33. Brigas intermináveis sobre regulamentação
  34. 34. Certificação NÃO EQUIVALE a curso superior
  35. 35. Carreira limitada sem migrar para administração
  36. 36. Rápida “comoditização” </li></ul>No Brasil, há muito pouca oportunidade para carreiras em pesquisa e desenvolvimento de tecnologia no setor privado. Solução: Software Livre!?! Certamente uma parte.
  37. 37. A inovação <ul><li>Lucro = Receita - Despesa </li></ul>
  38. 38. As metodologias <ul><li>Agile (e.g. SCRUM)
  39. 39. GTD – Getting Things Done
  40. 40. IPMA (www.abgp.org.br) </li></ul>
  41. 41. As ferramentas <ul><li>Mapas Mentais (Freemind)
  42. 42. Projetos (Openproj/dotProject/ClockingIT,...)
  43. 43. Wikis (mediawiki,dokuwiki,MoinMoin,...)
  44. 44. Monitoramento/Escalas de suporte (OpenNMS,...)
  45. 45. Inventário (OCS Inventory,...)
  46. 46. HelpDesk (GLPI, Ocomon, OTRS,...)
  47. 47. Instant Messaging (jabber)
  48. 48. Microblogging (laconi.ca) </li></ul>
  49. 49. Fim falso! @eduardomacan http://eduardo.macan.eng.br [email_address] Obrigado!
  50. 50. Inovadores Reconhecidos <ul><li>Skype
  51. 51. Youtube
  52. 52. Google
  53. 53. Second Life
  54. 54. Facebook
  55. 55. Twitter </li></ul>Revolucionaram a maneira como nos comunicamos. Seriam economicamente viáveis sem software livre?
  56. 56. Fim! @eduardomacan http://eduardo.macan.eng.br [email_address] Obrigado!

×