Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.
Curso de Tecnologia em Redes
de Computadores
Disciplina: Cabeamento Estruturado
03. Introdução a comunicação de dados
Prof...
Introdução
n  A transmissão da informação através de
sistemas de comunicação pressupõe a
passagem de sinais através dos m...
Conceitos Básicos
n  Comunicação
n  Ato de transmitir informações, de forma que seu
significado seja preservado
n  Info...
Tipos de Sinal
n  Analógico
n  Sinal varia continuamente no tempo
n  Digital
n  Sinal que varia em um conjunto de valo...
Tipos de Sinal
n  Digital
n No de níveis pode ser maior que dois
n Ex: Codificação Dibit
N bits => 2N níveis
L níveis =...
Banda Passante
n  Banda passante do sinal
n Intervalo de frequências que compõem este sinal
n Ex: a voz humana vai de 8...
Banda Passante
n  Banda passante do Meio Físico
n Faixa de freqüência que é preservada pelo meio
Banda Passante
n  Banda passante necessária para o sinal
n Largura de banda mínima capaz de garantir que
o receptor aind...
Fontes de distorção
n  Atenuação
n Dininuição da potência do sinal com a distância
n Perda de energia por calor ou radi...
Fontes de distorção
n  Tipos de Ruídos
n  Térmico
n  Provocado pela agitação dos elétrons nos condutores
n  Intermodul...
Modulação e Demodulação
n  Modulação
n Deslocamento do sinal de sua faixa de
freqüência original para outra faixa
n O d...
Técnicas de Modulação
n  Três técnicas básicas:
n Modulação por amplitude (AM)
n Modulação por freqüência (FM)
n Modul...
Técnicas de Modulação
n  Para a modulação de um sinal digital:
n  Modulação por Chaveamento da Amplitude (Amplitude
Shif...
Técnicas básicas de modulação
Sinal original
Portadora
Mod. Amplitude
Mod. Frequência
Mod. Fase
Multiplexação
n  Técnica que pemite a transmissão de mais
de um sinal em um mesmo meio físico
n  Tipos básicos de Multip...
Multiplexação na Freqüência
n  Cada sinal ocupa uma banda distinta com
tamanho necessário para sua transmissão
n Desloca...
Multiplexação na Freqüência
n  Exemplo
Base Band × Broad Band
n  Base Band (Digital)
n Sinal transmitido no meio sem qualquer técnica
de modulação
n Utiliza t...
Sinalização em Broad Band
n  Broad Band FDM
n Banda passante do meio é dividida em vários
canais
n Muito usado pelas em...
n Tipos de canais
n Dedicados
n Previamente alocado à comunicação dos
dispositivos
n Permanece alocado por todo o temp...
Multiplexação no Tempo (TDM)
n  Transmissão de vários sinais em diferentes
porções de tempo
n  Pode ser:
n Síncrona
n ...
n  TDM Síncrono
n Tempo é dividido em intervalos de
tamanhos fixos (T): FRAME
n Cada frame é dividido em subintervalos:...
TDM Síncrono
n  Single-Slot TDM
n  Multi-Slot TDM
TDM Síncrono
n  Multi-window TDM
n Frame é dividido em janelas de mesmo
tamanho
n Divisão da janela pode ser diferente
TDM Assíncrono
n  Intervalos de tempo alocados
dinamicamente de acordo com a
demanda
n  Requer cabeçalho de controle
n ...
FDM x TDM
Bibliografia
n  SOARES, Luiz Fernando; COLCHER, Sérgio e SOUZA,
Guido Lemos. Redes de Computadores: Das LANs,
MANs e WANs...
Questões
1.  Explique a diferença entre modulação e multiplexação. Cite as
técnicas básicas de ambas e dê exemplos reais o...
Upcoming SlideShare
Loading in …5
×

Aula 03 introducao a comunicacao de dados

568 views

Published on

redes

Published in: Internet
  • Be the first to comment

Aula 03 introducao a comunicacao de dados

  1. 1. Curso de Tecnologia em Redes de Computadores Disciplina: Cabeamento Estruturado 03. Introdução a comunicação de dados Prof. Ronaldo <ronaldo.maia@ifrn.edu.br>
  2. 2. Introdução n  A transmissão da informação através de sistemas de comunicação pressupõe a passagem de sinais através dos meios físicos de comunicação que compõem as redes n  As propriedades físicas dos meios de transmissão e as características dos sinais transmitidos apresentam uma série de questões tecnológicas que influenciam na construção e no projeto de redes de computadores
  3. 3. Conceitos Básicos n  Comunicação n  Ato de transmitir informações, de forma que seu significado seja preservado n  Informação: n  Está associada às idéias ou aos dados manipulados pelos agentes que as criam, manipulam e processam n  Sinal: n  Representação específica da informação no momento da transmissão n  Ondas que se propagam através de algum meio físico n  Exs: par de fios telefônicos, fibra óptica, cabo coaxial, o ar, o vácuo, etc.
  4. 4. Tipos de Sinal n  Analógico n  Sinal varia continuamente no tempo n  Digital n  Sinal que varia em um conjunto de valores discretos n  Construído de uma seqüência de intervalos de tamanho fixo iguais a T segundos, chamada de Intervalo de Sinalização (T)
  5. 5. Tipos de Sinal n  Digital n No de níveis pode ser maior que dois n Ex: Codificação Dibit N bits => 2N níveis L níveis => log2 L bits M e n s a g e m Níveis
  6. 6. Banda Passante n  Banda passante do sinal n Intervalo de frequências que compõem este sinal n Ex: a voz humana vai de 80Hz até 12KHz n  Largura da banda passante do sinal n É o tamanho da banda passante do sinal n Ou seja, a diferença entre a maior e a menor freqüência n Ex: Largura de banda da voz humana? n  12.000Hz – 80Hz = 11.920Hz
  7. 7. Banda Passante n  Banda passante do Meio Físico n Faixa de freqüência que é preservada pelo meio
  8. 8. Banda Passante n  Banda passante necessária para o sinal n Largura de banda mínima capaz de garantir que o receptor ainda recupere a informação digital transmitida originalmente
  9. 9. Fontes de distorção n  Atenuação n Dininuição da potência do sinal com a distância n Perda de energia por calor ou radiação n Quanto maiores as frequências, maiores as perdas n  Eco n Provocada por mudanças de impedância n  Ruído n Interferência de sinais indesejáveis n Um dos maiores limitantes do desempenho
  10. 10. Fontes de distorção n  Tipos de Ruídos n  Térmico n  Provocado pela agitação dos elétrons nos condutores n  Intermodulação n  Sobreposição de sinais de diferentes freqüências n  Crosstalk n  Provocado pela proximidade entre os condutores n  Na telefonia, este fenômeno é chamado “linha cruzada” n  Impulsivo n  Pulsos irregulares e com grandes amplitudes n  Maior causa de erros em transmissão digital n  Podem ser provocados por diversas fontes, incluindo distúrbios elétricos externos, falhas nos equipamentos, etc.
  11. 11. Modulação e Demodulação n  Modulação n Deslocamento do sinal de sua faixa de freqüência original para outra faixa n O deslocamento é determinado pela freqüência de uma onda portadora n  Demodulação n Deslocamento do sinal de outra faixa de freqüência para sua faixa original n  Modem = Modulator-Demodulator
  12. 12. Técnicas de Modulação n  Três técnicas básicas: n Modulação por amplitude (AM) n Modulação por freqüência (FM) n Modulação por fase (PM)
  13. 13. Técnicas de Modulação n  Para a modulação de um sinal digital: n  Modulação por Chaveamento da Amplitude (Amplitude Shift Keying - ASK) n  Modificações na amplitude da onda transmitida n  Freqüência da portadora é mantida n  Modulação por Chaveamento da Freqüência (Frequency Shift Keying - FSK) n  Modificações na freqüência da onda transmitida n  Amplitude da portadora é mantida n  Modulação por Chaveamento da Fase (Phase Shift Keying - PSK) n  Modificações na fase da onda transmitida n  Amplitude e freqüência da portadora são mantidas
  14. 14. Técnicas básicas de modulação Sinal original Portadora Mod. Amplitude Mod. Frequência Mod. Fase
  15. 15. Multiplexação n  Técnica que pemite a transmissão de mais de um sinal em um mesmo meio físico n  Tipos básicos de Multiplexação n Multiplexação na Freqüência (FDM) n Transmissão simultânea de diversos sinais em diferentes freqüências em um mesmo meio físico n Multiplexação no Tempo (TDM) n Transmissão intercalada de porções de diversos sinais em um mesmo meio físico
  16. 16. Multiplexação na Freqüência n  Cada sinal ocupa uma banda distinta com tamanho necessário para sua transmissão n Deslocar a faixa de freqüência de cada sinal n Filtrar cada sinal preservando somente a faixa relativa a banda necessária
  17. 17. Multiplexação na Freqüência n  Exemplo
  18. 18. Base Band × Broad Band n  Base Band (Digital) n Sinal transmitido no meio sem qualquer técnica de modulação n Utiliza toda a banda passante do meio n Possibilitam a transmissão em alta velocidade n  Broad Band (Analógica) n Sinal transmitido no meio utilizando modulação n Banda passante do meio é dividida entre os vários canais
  19. 19. Sinalização em Broad Band n  Broad Band FDM n Banda passante do meio é dividida em vários canais n Muito usado pelas empresas de TV a cabo (CATV) n Tráfegos multiplexados na freqüência n  Broad Band de único canal n Utiliza apenas um canal n Usado em CFTVs
  20. 20. n Tipos de canais n Dedicados n Previamente alocado à comunicação dos dispositivos n Permanece alocado por todo o tempo n Chaveados n Não são pré-estabelecidos n Requisitado sob demanda ao controlador n Permanece alocado até que um dos dispositivos cancele o canal Sinalização em Broad Band
  21. 21. Multiplexação no Tempo (TDM) n  Transmissão de vários sinais em diferentes porções de tempo n  Pode ser: n Síncrona n Divide o tempo em intervalos de tamanhos fixos n Intervalos alocados de forma exclusiva n Pode gerar desperdício da capacidade n Assíncrona n Intervalos de tempo alocados dinamicamente de acordo com a demanda.
  22. 22. n  TDM Síncrono n Tempo é dividido em intervalos de tamanhos fixos (T): FRAME n Cada frame é dividido em subintervalos: slots ou segmentos n Canal: conjunto de slots em determinada posição do frame n Dedicado n Chaveado Multiplexação no Tempo (TDM)
  23. 23. TDM Síncrono n  Single-Slot TDM n  Multi-Slot TDM
  24. 24. TDM Síncrono n  Multi-window TDM n Frame é dividido em janelas de mesmo tamanho n Divisão da janela pode ser diferente
  25. 25. TDM Assíncrono n  Intervalos de tempo alocados dinamicamente de acordo com a demanda n  Requer cabeçalho de controle n Endereços de origem e destino n  Elimina o desperdício de capacidade n Tempo não utilizado está sempre disponível
  26. 26. FDM x TDM
  27. 27. Bibliografia n  SOARES, Luiz Fernando; COLCHER, Sérgio e SOUZA, Guido Lemos. Redes de Computadores: Das LANs, MANs e WANs às redes ATM. Campus, 5ª Ed. n  TANENBAUM, Andrew S. Redes de Computadores. Campus, 4ª Ed. n  KUROSE, James F.; ROSS, Keith W. Redes de Computadores e a Internet - Uma abordagem top-down. 3ª Ed. São Paulo: Pearson Addison Wesley, 2006.
  28. 28. Questões 1.  Explique a diferença entre modulação e multiplexação. Cite as técnicas básicas de ambas e dê exemplos reais onde estas são usadas. 2.  O que sinal? Qual a diferença entre os sinais analógicos e digitais? 3.  Qual a diferença entre banda passante e largura de banda do sinal? 4.  Compare o TDM síncrono com assíncrono, apresentando suas vantagens e desvantagens. 5.  Qual o intervalo de sinalização (T), se a taxa de transmissão é de 20 bps, e utiliza-se 4 níveis de amplitude? 6.  Para um sinal digital, qual a taxa de transmissão (em bps), se o intervalo de sinalização (T) é de 0,02 segundos, e utiliza-se 16 níveis de amplitude?

×