Quilombolas

6,596 views

Published on

Trabalho de Sociedade e Cultura Contemporânea.

0 Comments
3 Likes
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
6,596
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
15
Actions
Shares
0
Downloads
96
Comments
0
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Quilombolas

  1. 1. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Encontramos na Web mais materiais do que em outras mídias. As mídias digitais, especialmente no ciberespaço, detêm uma situação diferenciada das demais mídias, pois nelas um grande número de indivíduos pode ocupar espaços potencialmente infinitos, se comparados aos da televisão, jornais, rádio e outros veículos.
  2. 2. Universidade do Vale do Rio dos Sinos Área de Ciências da Comunicação Comunicação Digital Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea Fabrício Silveira Aluna: Ediqueli Bianca Turma 2009 São Leopoldo, setembro de 2010.
  3. 3. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Como eles são vistos na Web. Nele analisamos site s a fim de averiguar o modo pelo qual os discursos feitos pelo sujeito que se apresenta associados às imagens vinculadas, formam um corpo estético que possibilita a construção de um sujeito virtual.
  4. 4. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – O que são? “ São terras ocupadas por remanescentes das comunidades dos quilombos as utilizadas para a garantia de sua reprodução física, social, econômica e cultural.”
  5. 5. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Eu sou assim. Entende-se por auto-definição o processo pelo qual o sujeito define a si mesmo por meio do registro de dados pessoais, das imagens e fotos postadas, bem como pela maneira que as pessoas organizam seu perfil.
  6. 6. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Quem são? Onde os negros se escondiam e se isolavam do restante da população. Remanescente de quilombo: Resíduo de algo que já se foi, do qual sobraram apenas algumas lembranças. Comunidades remanescentes de quilombo: Grupos sociais cuja identidade étnica os distingue do restante da sociedade. Forma de se rebelar contra a escravidão no país.
  7. 7. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Como eles vivem. Identidade como um processo de apresentação e atribuição de qualidades a um sujeito, segundo sua cultura, atitudes, aparência e também com base na expressão de seus valores. No decorrer da história, o homem preocupou-se em construir esteticamente sua identidade.
  8. 8. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Onde e como vivem? Isolados e distantes de centros urbanos ou fazendas.  Em 1814, cerca de 39% da população da província era formada por escravos ou ex-escravos (MAESTRI, 2005: 295). Resistência e a autonomia Renda: Agricultura Comunidades no Brasil: Maranhão, RS, RJ, Minas Gerais, Pará, Pernambuco, SP. Existem mais de 130 comunidades quilombolas em território gaúcho.
  9. 9. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Onde vivem? Regiões com quilombos rurais no RS: Litoral (Palmares do Sul); Central (Restinga Seca); Serra e Metropolitana de Porto Alegre (Canoas). Mais de 130 comunidades no RS querem a titulação de terras.
  10. 10. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Há na Web, menos informações do que fora dela. As construções de personagens virtuais decorrem da impossibilidade de se conhecer todas as pessoas no plano físico e da disponibilidade de novas formas, estratégias e modelos de intercomunicação.
  11. 11. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Presença no Ciberespaço? http://www.cpisp.org.br/comunidades/html/i_oque.html http://www.koinonia.org.br/oq/ http://pt.wikipedia.org/wiki/Quilombolas http://ombudspe.org.br/brasilquilombola/ http://livro-quilombola.blogspot.com/ http://www.conaq.org.br/ http://www.cpisp.org.br/ http://www.geledes.org.br/quilombos-quilombolas
  12. 12. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – cpisp.org.br http://www.cpisp.org.br/comunidades/html/i_oque.html
  13. 13. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – cpisp.org.br O que são quilombolas? A origem dos quilombos urbanos. Reconhecimento da etnia Características do povo Lutas e conquistas do povo Como vivem os quilombos urbanos? Parceiros Qual o significado da expressão? Como eles viviam/vivem? Comunidades no Brasil (passado e hoje). As leis
  14. 14. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Opinião alheia Há também o que os outros usuários escrevem sobre o indivíduo, os relatos e testemunhos que dão, que formam o processo de alteridade pelo qual se constitui o eu : a auto-definição.
  15. 15. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Koinonia.org.br http://www.koinonia.org.br/oq/
  16. 16. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Koinnonia.org.br Coleta, organização e análise de informações das comunidades nos contextos locais, regionais e políticas pertinentes População quilombola Espaço interativo, interdisciplinar O que é Quilombo? Observatório Quilombola
  17. 17. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Wikipedia.org http://pt.wikipedia.org/wiki/Quilombolas
  18. 18. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Wikipedia.org O que são? Comunidades quilombolas no Brasil Espírito Santo Rio Grande do Sul Bahia Vale do Ribeira São Paulo
  19. 19. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Ombudspe.org.br http://ombudspe.org.br/brasilquilombola/
  20. 20. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Ombudspe.org.br Disponibilizar informações de comunidades quilombolas da Paraíba, do Ceará e de Pernambuco Comissões e articulações estaduais quilombolas da Paraíba, do Ceará e de Pernambuco. Brasil Quilombola Projeto Brasil Quilombola Centro de Cultura Luiz Freire - CCLF Instituto Sumaúma Secretaria de Política de Promoção da Igualdade Racial (Seppir)
  21. 21. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Quilombola.blogspot.com http://livro-quilombola.blogspot.com/
  22. 22. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Quilombola.blogspot.com Revolução de raças e de classes dos negros Livro de denuncias envolvendo quilombolas Jornalista Nelson Ramos Barretto de São Paulo “ A revolução quilombola”
  23. 23. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Conaq.org.br http://www.conaq.org.br/
  24. 24. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Conaq.org.br Organização de âmbito nacional que representa os quilombolas do Brasil Coordenação Nacional de Quilombos CONAQ maio de 1996 Bom Jesus da Lapa Bahia Representantes 22 estados
  25. 25. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Cpisp.org.br http://www.cpisp.org.br/
  26. 26. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Cpisp.org.br
  27. 27. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Geledes.org.br http://www.geledes.org.br/quilombos-quilombolas
  28. 28. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Quilombolas – Geledes.org.br Notícias sobre os Quilombolas
  29. 29. UNISINOS – ComDig 2009 Quilombolas Sociedade e Cultura Contemporânea - Fabrício Silveira Ediqueli Bianca - SL, setembro de 2010. Referencial teórico Essa análise não termina por aqui, há muitas perguntas sobre o tema proposto que ainda devem ser respondidas que ainda não foram devidamente estudadas e que se tornaram cada vez mais frequentes e complexas.

×