Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

CrossCheck poster (Brazil)

498 views

Published on

Poster abouth CrossCheck presented in the XIII ENEC/ABEC (Gramado - Brasil)

  • Be the first to comment

  • Be the first to like this

CrossCheck poster (Brazil)

  1. 1. CROSSCHECK SISTEMA PARA IDENTIFICAÇÃO DE PLÁGIO EDILSON DAMASIO* Introdução• A produção científica universal é muito ampla e está em constante crescimento. Identificar o conteúdo ideal para a publicação e aceite de um artigo pelos editores, também o conteúdo textual de uma tese e demais documentos textuais que são de suma importância para as instituições que não devem publicar, e indiretamente assumir o plágio dos autores em publicações que são gerenciadas pelos editores. A questão do plágio, e os aspectos éticos na comunicação científica sempre foram conhecidos pelos editores, autores, pesquisadores, docentes e discentes, mas sendo de difícil identificação. Todos estes atores da comunicação científica são possíveis usuários e necessitam de sistemas de identificação de plágio. Um autor sempre pretende identificar se outros estão citando seus textos, esse mapeamento é muito importante também para definir novas linhas de pesquisa. Os editores de periódicos científicos são responsáveis pelo conteúdo textual apresentado pelos autores, pela participação direta no aceite e publicação e indireta no conteúdo textual, ao qual, deve precaver-se sempre, assim não podem publicar conteúdos de outros autores sem prévia autorização e quando identificarem plágio, recusar os artigos. O CrossCheck é um serviço destinado aos associados do CrossRef1, em parceria com a iThenticate2 e utiliza a metodologia Turnitin para o mapeamento e avaliação de conteúdos publicados na Internet, com objetivo de identificar plágio em texto e a integridade de seu conteúdo. Página do Relato CrossCheck com• porcentagem de Identificar o plágio em conteúdos textuais através de sistema de varredura semântica de conteúdo publicado na Internet é essencial para instituições e editores. Identificar ainda se conteúdo idêntico um conteúdo já foi publicado em outro periódico em parte ou no todo faz parte das atividades gerenciais de uma editora e também de orientadores e pesquisadores vinculados (similiaridade) a programas de pós-graduação. No meio acadêmico a identificação de conteúdo já publicado é essencial, a originalidade, o ineditismo requer também o mapeamento textual, juntamente com os métodos e resultados alcançados nas pesquisas. O CrossCheck é um sistema desenvolvido em convênio e utilizado pelos principais editores científicos do mundo. No Brasil ainda é incipiente sua utilização, principalmente devido ao desconhecimento dos sistemas que foram desenvolvidos por grupos de editores e instituições de informação científica. Existe a utilização de softwares por alguns pesquisadores, mas, o conteúdo a ser enviado para sistemas de identificação de plágio requer que estes sistemas também garantam que o conteúdo não será enviado para bancos de dados externos. Os sistemas de identificação de plágio tem de apresentar critérios de garantia do conteúdo a eles postado. Assim, o CrossCheck é um dos produtos do CrossRef, associação de editores científicos com milhares de editoras associadas. Texto avaliado pelo Conclusões CrossCheck, com indicação de locais• O CrossCheck é utilizado pela editora Elsevier e Nature, tem como parceiros grandes editores (websites) com cópia, como a Ebsco, Thomson Reuters, por exemplo, que também utilizam este sistema. Em números atuais é utilizado por 249 editoras, com 58.000 títulos de periódicos, 30 milhões de similiaridade e itens indexados e 30.000 documentos checados mensalmente. Existem métodos para que o quantidade de conteúdo postado no sistema tenha segurança e garantias legais, assim, as instituições e editores terão confiabilidade do conteúdo enviado e checado no sistema. O serviço é palavras / dividido em oferecido aos associados do CrossRef com um custo muito baixo, uma pequena anuidade e cores diferentes e pesquisa de documentos ao custo de U$0,75 (setenta e cinco centavos de dólar americano). Em 2010, um artigo publicado na Nature3, mostra que com o CrossCheck uma revista chinesa porcentagens identificou que 31% dos artigos submetidos a ela eram plágio, e a utilização do sistema foi essencial para esta identificação. O sistema é disponibilizado aos associados do CrossRef, que podem utilizar desta ferramenta em inúmeros processos nas instituições, como: checagem de teses, dissertações, projetos, monografias, e editores científicos no conteúdo dos artigos que foram submetidos para suas revistas, assim, o editor pode utilizá-lo para os artigos recém submetidos.• Palavras-chave: CrossCheck; Plágio – Sistemas de identificação; CrossRef Comparação em duas Websites colunas dos textos publicados• CrossCheck. http://www.crossref.org/crosscheck/index.html• CrossRef. http://www.crossref.org• iThenticate. http://www.ithenticate.com________________• 1 Associação de editores científicos que desenvolve diversos serviços destinados a publicações. Principal agente para os registros DOI-Digital Object Identifier. http://www.crossref.org• 2Nome e endereço comercial do CrossCheck. http://www.ithenticate.com• 3ZHANG, Y. Chinese journal finds 31% of submissions plagiarized. Nature, n. 467, 9 Sept. 2010. *Edilson Damasio, MsC. Bibliotecário/Librarian EDUEM-Maringá State University Press Journals Portal: http://periodicos.uem.br/ojs Av. Colombo, 5790, bloco 40 87020-900 Maringá, Paraná, Brazil e-mail: edamasio@uem.br +55 (44) 3011-4104 UEM-Universidade Estadual de Maringá membro CrossRef desde 2008.

×