Successfully reported this slideshow.

Como o empreendedorismo me levou do desemprego a um prêmio em Nova York

0

Share

1 of 1
1 of 1

More Related Content

More from E-Commerce Brasil

Related Books

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Related Audiobooks

Free with a 14 day trial from Scribd

See all

Como o empreendedorismo me levou do desemprego a um prêmio em Nova York

  1. 1. - - 18 ANOS DE AFRO-ATIVISMO I N S T I T U T O DESDE 2002, O INSTITUTO FEIRA PRETA FAZ O MAPEAMENTO DO AFRO-EMPREENDEDORISMO NO BRASIL E ATUA COMO UM HUB DE NEGÓCIOS NEGROS. ARTICULA O BLACK MONEY E PROMOVE EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA. AS ATIVIDADES DO INSTITUTO ACONTECEM EM TODO O TERRITÓRIO BRASILEIRO E SUA META É VIRAR O BRASIL DE CABEÇA PARA BAIXO E AJUDAR A ASCENDER A POPULAÇÃO NEGRA ECONÔMICA E SOCIALMENTE. 6 INICIATIVAS 3 LANÇADAS EM 2018 MAIS 5 ATÉ 2020 PRETAS POTÊNCIAS FUNDO ÉDITODOS AFROLAB CONVERSANDO A GENTE APRENDE AFROHUB FEIRA PRETA Apoiar, promover e impulsionar o afro empreendedorismo no Brasil, por meio da oferta de conhecimento e capacitação com foco em inovação e inventividade. fornecedores afroempreendimentos capacitados +de40 +de250 Impacto AFROLAB Desde 2018 Capacitou em em 252empreendedores/as edição 6 1a estados sua p a r c e r i a BA MA PE SP MG RAWPIXEL.COM FREEPICK.COM RJ GANHO MÉDIO MENSAL POR RAÇA/COR NO BRASIL CAPACITOU em 1000 4 p e s s o a s estados AFROHUB Desde 2018 O AfroHub é um programa de aceleração para empreendedores negros idealizado pelo Instituto Feira Preta, Afrobusiness e Diáspora. Black, que recebe o apoio do Facebook. MG SP RJ ES A iniciativa é uma proposta para capacitar empreendedores(as) negros a digitalizar seus negócios. p a r c e r i a A FORÇA DA POPULAÇÃO NEGRA NO BRASIL ALAGOAS BAHIA PARÁ ESPÍRITO SANTO ACRE MATO GROSSO PIAUÍ CEARÁ GOIÁS MATO GROSSO DO SUL PARANÁ AMAZONAS SÃO PAULO PARAÍBA MARANHÃO MINAS GERAIS SANTA CATARINA TOCANTINS RIO DE JANEIRO RIO GRANDE DO NORTE SERGIPE RONDÔNIA PERNAMBUCO RIO GRANDE DO SUL BRASIL RORAIMA AMAPÁ DISTRITO FEDERAL R$ 1 MIL R$ 1 MIL 2 MIL 2 MIL 3 MIL 3 MIL 4 MIL 4 MIL 5 MIL 5 MIL NEGROS BRANCOSPARDOS 2011 2014 2010 Homens e mulheres se organizaram coletivamente e começaram a publicar jornais que denunciavam ao racismo. A JUNÇÃO DA HISTÓRIA DA LUTA NEGRA NO BRASIL COM A CRIAÇÃO DA FEIRA PRETA E OS DADOS QUE IMPULSIONAM O MOVIMENTO AFRO-ATIVISTA E AFRO-EMPREENDEDOR: LUTA CONTÍNUA POR DIREITOS! Organização de eventos mensais. Entre eles, “PRETA QUALIFICA”, para a formação de afro- empreendedores, em parceria com o Sebrae. É criado o INSTITUTO FEIRA PRETA, para fomentar um modelo econômico de desenvolvimento para a população afro-brasileira. 10 anos 100 EXPOSITORES Mano Brown e Criolo É criado um roteiro étnico da cidade de São Paulo e uma edição da Feira Preta em Brasília. 7 dias DE PROGRAMAÇÃO Mesas de debates e seminários na Casa das Caldeiras, com capacitação técnica e gerencial para empreendedores. ATRAVÉS DO TEMPO EMPREENDEDORISMO E CULTURA NEGRA A FEIRA PRETA XIX SÉCULO Elizabeth Eckford e mais oito jovens entram na escola Little Rock Central High School, frequentada até então só por alunos brancos. 2002 Foi na Praça Benedito Calixto, em São Paulo. Com shows de Paula Lima e Clube do Balanço. 5 mil PARTICIPANTES Cultura “Black Money” que estimula a circulação do dinheiro na comunidade. Um abaixo-assinado consegue a saída da Feira Preta de Pinheiros. O evento foi para o estacionamento da Assembléia Legislativa. A Feira ocorre em um circo na Zona Oeste. ADRIANA BARBOSA Idealizadora e organizadora da Feira Preta 5,0 10 7,5 12,5 15% 2012 2013 2014 2015 2016 2017 PARDOS BRANCOS NEGROS TAXA DE DESOCUPAÇÃO MÉDIA POR RAÇA/COR NO BRASIL PERCENTUAL DE GRUPOS RACIAIS E DE GÊNERO NA POLÍTICA Mulheres negras cozinheiras - escravas ou libertas - vendiam angu. Muito antes da Feira Preta nascer, Luiza Mahin, Irmãos Rebouças e Luiz Gama já atuavam em prol da igualdade racial no Brasil pré-colônia e pré-república. 1944 da população brasileira milhões de pessoas trilhão por ano de mercado de consumo 56% 110 milhões de negros economicamente ativos 27 50% 88% dos empreendedores negros do Brasil são negros desses são mulheres 1.5 O Teatro Experimental do Negro (TEN) coloca o corpo negro em evidência 14 mil PARTICIPANTES 2004 3a FEIRA PRETA 2005 4a FEIRA PRETA 2008 7a FEIRA PRETA 2009 8a FEIRA PRETA 2010 9a FEIRA PRETA 2011 10a FEIRA PRETA 2012 11a FEIRA PRETA 2013 12a FEIRA PRETA 2016 2017 16a FEIRA PRETA WWW.FEIRAPRETA.COM.BR Surge um novo mercado de cosméticos “étnicos” para pessoas negras A desigualdade em números 50 ARTISTAS Emicida O evento ocupa o Centro de Exposições Imigrantes. Surge a CASA DA PRETA, coworking para projetos de valorização negra. 2002 1a FEIRA PRETA FESTIVAL EM DIVERSOS DIAS Além da tradicional feira de empreendedores, houve palestras, debates, exposições e shows. Nobono non bono nonon obono nonon obono nonon obono nonon obono nonon obono nonon ob SHOWS MOSTRA DE FILMES EXPOSIÇÕES SARAUS DA PERIFERIA ATO ECUMÊNICO INTERELIGIOSO OFICINAS DE ARTES PLÁSTICAS OFICINAS DE GRAFITTI OFICINAS DE PERCUSSÃO A FEIRA SE TORNA UM ESPAÇO DE FORTALECIMENTO DA CULTURA NEGRA afrolab AGÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO black codes CONSULTORIA ESTRATÉGICA A feira chega ao Rio de Janeiro. PRET@ DIGITAL Os vlogueiros negros que são fenômenos nas redes se encontram na Feira Preta. 88% DOS EXPOSITORES SÃO MULHERES O evento vira a FEIRA PRETA WEEK, com uma semana de atividades em diferentes pontos de São Paulo. Também é realizada no Maranhão. 15a FEIRA PRETA 2018 17a FEIRA PRETA 2015 14a FEIRA PRETA NEGROS NÃO NEGROS 22 78 63 CLASSE A CLASSE B CLASSE C CLASSE D CLASSE E 44 29 2537 56 71 75 PRECONCEITO POR RAÇA/COR NO BRASIL em sua rede na internet 52% em um local público 36% em um local de trabalho 23% 71% 50% 30% 10% 40% 20% 0% PERCENTUAL POR GÊNERO NA CLASSE ECONÔMICA NA SOCIEDADE ENTRE OS CANDIDATOS A VEREADOR ENTRE OS VEREADORES ELEITOS ENTRE OS RECURSOS DISTRIBUIDOS PELOS PARTIDOS HOMENS PARDOS HOMENS BRANCOS HOMENS NEGROS MULHERES NEGRAS MULHERES PARDAS MULHERES BRANCAS DOS NEGROS NO BRASIL FORAM VÍTIMAS OU PRESENCIARAM ALGUMA CENA DE HUMILHAÇÃO OU DISCRIMINAÇÃO RACIAL NO ÚLTIMO ANO 2014 13a FEIRA PRETA 2006 5a FEIRA PRETA 2007 6a FEIRA PRETA 1930 1957 MEADOS DO SÉCULO INÍCIO DO XIX 2003 2a FEIRA PRETA Impacto pessoas projetos horas trabalhadas novos empreendimentos 250 mil 130 +de 4500 + de 547 FUNDO ÉDITODOS Desde 2016 O ÉdiTodos é um fundo social que reúne doze entidades, entre ONGs, aceleradoras e empresas sociais. É fruto do trabalho iniciados no âmbito da Força Tarefa de Finanças Sociais, liderado pelo Instituto de Cidadania Empresarial (ICE). A SITAWI Finanças do Bem faz a gestão dos recursos captados a partir de DOAÇÕES. p o t e n c i a l d e i m p a c t o Cada real doado ao fundo será utilizado no fortalecimento e ampliação de programas que apresentam bons resultados. 10 de pessoas na base da pirâmide social brasileira milhões dos brasileiros se declaram como pretos e pardos 56% 110milhões de pessoasR$1,65tri Mercado representa São mais de SE OS CONSUMIDORES NEGROS DO BRASIL FOSSEM UM PAÍS, ELES SERIAM... 110 17a país do mundo em população economia mundial PORQUE O NEGRO AINDA É TRATADO COMO NICHO DE MERCADO ? dos negros que trabalham tem seu próprio negócio não tem CNPJ em renda empreendedores 14milhões 29% 82% R$ 359bilhões O que empresas e marcas precisam considerar Poder de consumo CONVERSANDO A GENTE APRENDE Desde 2018 Discutir a diversidade na publicidade brasileira PRETAS POTÊNCIAS Desde 2016 O Festival Pretas Potências surge para ressaltar a força criativa e inovadora da comunidade negra no passado, presente e futuro. Festival Ressignificativo da Abolição Inconclusa PAINÉIS ARTES PLÁSTICAS LITERATURAMÚSICA RAWPIXEL.COM participantes (mais que o dobro de 2017, 20 mil) 50 mil em circulação monetária R$700mil atrações 40 dias de programação 10 locais em SP 10 expositores 120 + de 200 produtos na plataforma de marketplace M A I O R F E I R A A F R O E M P R E E N D E D O R A D A A M É R I C A L A T I N A Impacto 2018 {melhor resultado desde que começou em 2002} FEIRA PRETA Desde 2002 Feira de produtos e serviços de empreendedores negros, a programação traz atrações nacionais e internacionais. participantes expositores do Brasil e da América Latina 120 mil 700 artistas nacionais e internacionais de reais em circulação 600 4milhões Impacto total Diálogos criativos e propositivos com instituições privadas e marcas sobre a importância da inclusão

×