Composteira Doméstica

16,440 views

Published on

1 Comment
0 Likes
Statistics
Notes
  • A ECOBOX desenvolveu o sistema de compostagem doméstico, modular e portátil, com o objetivo de possibilitar às pessoas uma forma prática de reciclagem de resíduos orgânicos, produzindo húmus para plantas, horta e agricultura, a baixíssimo custo financeiro, de forma ambientalmente correta e educativa.

    O sistema ocupa o espaço de ½ m2 - pode ser instalado na área de serviços da sua casa ou apartamento - não exala cheiro, é fácil de usar e requer a dedicação de pouco tempo no manejo, uma vez que emprega minhocas detritívoras como agentes de compostagem.

    O kit é composto por três combos (dois de processamento e um estanque, para coleta de líquidos), uma estante com rodízios, um manual com instruções de montagem, um garfo de manejo, um par de luvas emborrachadas e numeradores de madeira.

    A ECOBOX HOBBY processa mensalmente até 50 quilos de resíduos orgânicos como frutas e cascas apodrecidas, hortaliças inutilizadas, cascas de legumes, cascas de ovos, pó de café, saquinhos de chá, podas de gramado e varredura de jardins, que devem ser transformados previamente em substrato para alimentação das minhocas, conforme orientações do manual das técnicas de produção. Encomendas e informações - site www.ecobox.com.br - email ecobox@ecobox.com.br
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
  • Be the first to like this

No Downloads
Views
Total views
16,440
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3,736
Actions
Shares
0
Downloads
301
Comments
1
Likes
0
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Composteira Doméstica

  1. 1. Composteira doméstica __Para quem vive na cidade, toda a matéria orgânica produzida pode ser reutilizada e transformada num excelente adubo (composto). A compostagem é a melhor maneira de dar um destino útil aos resíduos orgânicos. Veja, passo a passo, como é fácil construir uma composteira ocupando pequenos espaços em casa ou no apartamento: .:: passo-a-passo ::. Técnica desenvolvida pelo IPEP (Bagé/RS) 1 ::. Amasse as folhas de jornal formando pequenas sanfonas. 2 ::. Forre as laterais internas das caixas com o jornal amassado, criando paredes. É importante deixar frestas para o ar circular. 3 ::. Em uma das caixas coloque aproximadamente três centímetros de terra e cubra com os resíduos orgânicos. Depois, repita o procedimento com as sobras de alimento produzidas no dia-a-dia, até que a caixa esteja cheia. 4 ::. Deixe as outras duas caixas vazias, forradas com papel amassado, para, porteriormente, receberem a terra e os resíduos.
  2. 2. 5 ::. Empilhe as três caixas montando uma espécie de pequeno armarinho. 6 ::. Deixe por cima a caixa contendo os resíduos. Quando ela estiver cheia, transfira-a para o andar de baixo. 7 ::. Repita a operação com as outras caixas. .:: Materiais necessarios ::. - Três caixotes pequenos de madeira (encontrados em fruteiras para colocar maçãs) - Jornal - Terra - Resíduos orgânicos in natura (cascas de frutas, legumes e ovos, folhas de verduras não aproveitadas, folhas e flores, borra de café, erva-mate etc). Importante: Não utilize alimentos processados, como restos de comida e de carne, que além de causarem mau cheiro, atraem insetos e ratos. .:: Resultado ::. __Cada caixa deve descansar por aproximadamente 30 dias. Depois disso, a terra com os restos estará transformada em um fértil composto, que poderá ser usado em vasos e floreiras.

×