Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Fichamento

7,133 views

Published on

Published in: Education
  • Be the first to comment

Fichamento

  1. 1. 1 “Oficinas de Produção de Textos II”: Fichamento- É uma das fases da Pesquisa Bibliográfica, seu objetivo é facilitar o desenvolvimento das atividadesacadêmicas e profissionais.Pode ser utilizado para:- Identificar as obras.- Conhecer seu conteúdo.- Fazer citações.- Analisar o material.- Elaborar a crítica.- Auxiliar a produção de textos. Classificação de Fichamento Fichamento Textual: É o que capta a estrutura do texto, percorrendo a seqüência do pensamento doautor e destacando: idéias principais e secundárias; argumentos, justificações, exemplos, fatos etc.,ligados às idéias principais.Fichamento Temático: Reúne elementos relevantes (conceitos, fatos, idéias, informações) doconteúdo de um tema ou de uma área de estudo, com título e subtítulos destacados. Consiste natranscrição de trechos de texto estudado ou no seu resumo, ou, ainda, no registro de idéias, segundo avisão do leitor. As transcrições literais devem vir entre aspas e com indicação completa da fonte (autor,título da obra, cidade, editora, data, página).Fichamento Bibliográfico: Consiste em resenha ou comentário que dê idéia do que trata a obra,sempre com indicação completa da fonte. Pode ser feito também a respeito de artigos ou capítulosisolados, a arquivado segundo o tema ou a área de estudo. O Fichamento bibliográfico completa adocumentação textual e temática e representa um importante auxiliar do trabalho de estudantes eprofessores.Para fazer o fichamento de uma obra ou texto você poderá:1. Ler o texto inteiro uma vez ininterruptamente.2. Ler o texto novamente, grifando, fazendo anotações e procurando entender o que o autor quer dizerem cada parágrafo.3. Fazer o fichamento.O fichamento pode conter:- Indicação da referência bibliográfica.- Resumo do texto.- Registro de comentários e críticas ao texto.- Registro de idéias que tivemos a partir do texto.A referência bibliográfica é o conjunto de elementos que identificam um texto.Autoria do texto, título, edição, local da editora, editora, ano de publicação, gênero (artigo de revista,de jornal, atas de congresso texto) e o suporte (meio convencional – papel- ou meio eletrônico).
  2. 2. 2A transcrição para citaçãoPodemos fazer citações literais, não-literais (conceituais ou paráfrases) ou mistas.Procedimentos padronizados para a transcrição:a) Supressões: [...]b) Interpolações, acréscimos ou comentários: [ ]c) Ênfase ou destaque: grifo, negrito ou itálico.Citação literal: A transcrição literal é a transcrição de expressão, frase ou parágrafo tal qual está notexto que estamos lendo. As transcrições literais são também chamadas transcrições formais (Cervo;Bervian, 1983, p. 142).Exemplo: Para Morais (2000, p. 8), o critério de comprometimento visa analisar qual o grau deenvolvimento do autor de um texto com o seu discurso e isso não é difícil de ser realizado dado que“[ou] não é dificil para o leitor ou leitora de algum recurso intelectual distinguir o que vem do cemevivo de convicções do que vem de encarceramentos doutrinários”.Citação não literal, citação conceitual ou paráfrase: Quando queremos usar apenas a idéia ou oconceito desenvolvido por um autor.Exemplo: Um texto deve ser entendido também por aquilo que ele oculta, mascara. Neste sentido,explicitar a intenção subjacente do autor é uma das tarefas da crítica (MORAIS, 2000, p.7).Citações mistas: Aquelas que inserem na síntese de um texto alguns termos ou expressões textuaistirados dos documentos. Nesse caso, os termos textuais são transcritos entre aspas.Exemplo: Morais em seu texto “Acriticida” da como fundamento do humano e mostra a importânciada crítica para o abandono da postura passiva do leitor, postura paradoxalmente encontrada por séculosnas escolas, ao assumirem como verdade inquestionável as falas dos autores admitidos como guiasintelectuais e até morais dessas mesmas escolas, ensejando, assim, um “sonambulismo estéril” (2000,p. 2).Fontes:http://www.fichamento.com.br/comofazer.htmlhttp://ajtrabalhos.blogspot.com/2008/03/aprenda-fazer-fichamento.html

×