Origem da língua portuguesa

108,559 views

Published on

Published in: Education
4 Comments
17 Likes
Statistics
Notes
No Downloads
Views
Total views
108,559
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
218
Actions
Shares
0
Downloads
1,095
Comments
4
Likes
17
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Origem da língua portuguesa

  1. 1. ORIGEM DA LÍNGUA PORTUGUESA<br />
  2. 2. O português surgiu da mesma língua que originou a maioria dos idiomas europeus e asiáticos – o latim. Com as inúmeras migrações entre os continentes, a língua inicial existente acabou subdividida em cinco ramos:<br />
  3. 3. HELÊNICO: de onde veio o idioma grego; <br />ROMÂNICO: que originou o português, o italiano, o francês e uma série de outras línguas denominadas latinas; <br />GERMÂNICO: de onde surgiram o inglês e o alemão; <br />CÉLTICO: que deu origem aos idiomas irlandês e gaélico;<br />ESLAVO: deu origem a outras diversas línguas atualmente faladas na Europa Oriental. <br />
  4. 4. O latim era a língua oficial do antigo Império Romano e possuía duas formas: <br />o latim clássico<br />O latim vulgar<br />
  5. 5. O português originou-<br />-se do latim vulgar, <br />que foi introduzido na <br />península Ibérica <br />pelos conquistadores <br />romanos.<br />
  6. 6. PORTUGUÊS: LÍNGUA OFICIAL<br />
  7. 7. A língua portuguesa é a quinta mais falada e a terceira do mundo ocidental, superada pelo inglês e o espanhol. Atualmente, aproximadamente 250 milhões de pessoas no mundo falam Português. o Brasil apresenta 80% desse total. <br />
  8. 8. A CPLP ouComunidade dos Países de Língua Portuguesa é uma organização internacional constituída pelos oito países independentes que têm o português como língua oficial.<br />
  9. 9.
  10. 10. O português é primeira língua em Angola, Brasil, Portugal, São Tomé e Príncipe e Moçambique.<br />
  11. 11. A língua portuguesa é também a língua oficial de Cabo Verde, da Guiné-Bissau e uma das línguas oficiais da Guiné Equatorial (com o espanhol e o francês), de Timor-Leste (com o tétum) e de Macau (com o chinês). <br />
  12. 12. A Formação da Língua Portuguesa no Brasil <br />
  13. 13. A partir da “descoberta”, em 1500, o tupi – ou tupinambá- (uma língua do litoral brasileiro da família tupi-guarani) foi usado como língua geral na colônia.<br />
  14. 14. Em 1757, a utilização do tupi foi proibida por uma Provisão Real (decreto do Marquês de Pombal)<br />
  15. 15. Com a expulsão dos jesuítas em 1759, o português fixou-se definitivamente como o idioma do Brasil.<br />
  16. 16. Da língua indígena, o português herdou palavras ligadas à flora e à fauna (abacaxi, mandioca, caju, tatu, piranha), além de nomes próprios e geográficos.<br />
  17. 17. Com o fluxo de escravos trazidos da África, a língua falada na colônia recebeu novas contribuições <br />
  18. 18. Acarajé, dendê, fubá, quilombo, moleque, caçula... <br />
  19. 19. Um novo afastamento entre o português americano e o europeu aconteceu durante o século XVIII.<br />
  20. 20. Uma reaproximação ocorreu entre 1808 e 1821, quando a família real portuguesa transferiu-se para o Brasil com toda sua corte, ocasionando um “reaportuguesamento” intenso da língua falada nas grandes cidades.<br />
  21. 21. Após a independência (1822), o português falado no Brasil sofreu influências de imigrantes europeus que se instalaram no centro e sul do país.<br />
  22. 22. - Século xix - Individualismo e nacionalismo na literatura brasileira.<br />
  23. 23. No século XX, a distância entre as variantes portuguesa e brasileira do português aumentou. Certas palavras passaram a ter formas diferentes nos dois países (comboio e trem, autocarro e ônibus, pedágio e portagem).<br />
  24. 24. Os modernistas defenderam, em 1922, a necessidade de romper com os modelos tradicionais portugueses e privilegiar as peculiaridades do falar brasileiro. <br />
  25. 25. A abertura conquistada pelos modernistas consagrou literariamente a norma brasileira.<br />
  26. 26. Palavras de origem tupi socar – sokcarpir – kopira, copyr (cortar o mato) cutucar – kutug (espetar) mingau – mingaú (aquilo que empapa) coroca (ex.: "velha coroca") – kuruk (resmungar) tiquinho – tykyra (gota) peteca – petek (bater com a mão aberta) chorar as pitangas – pitãg (vermelho); "chorar lágrimas de sangue". nhenhenhém – nheeng (falar sem parar) estar jururu – aruru (tristonho) <br />
  27. 27. Goiás: da mesma raça, igual; Grajaú: pássaro que come;Guarujá: Viveiro de guarus; Guarulhos: dos guarus (peixes); Ipanema: água ruim; Jundiaí: rio dos jundiás Paraíba: rio com pouco peixe, rio ruim; Paraná: rio caudaloso; Sergipe: com olhos inquietos;Uberaba: água cristalina.    <br />
  28. 28. 1- topônimos (nomes de lugares): Guanabara, Ipanema, Copacabana; 2- antropônimos (nomes de pessoas): Iracema, Ubirajara, Iraci; 3- nomes relacionados à flora e à fauna: caju, maracujá, jabuticaba, mandioca,cutia, tatu, arara, gambá.<br />
  29. 29. palavras de origem africanaacarajé, banguela, caçula, cafundó, canjica, dendê, farofa, fubá, fumo, mandinga, marimbondo, moleque, quiabo, quilombo, quitanda, quitute.<br />
  30. 30. Do alemão: níquel, gás;Do espanhol: bolero, castanhola;Do francês: paletó, matinê, boné; Do italiano: macarrão, piano, tenor, soneto, bússola, piloto, bandido; Do inglês: clube, futebol, bife, forró.<br />
  31. 31. Do japonês: KaraoKê, camicase.Do inglês: software, hardware, Know-how. <br />
  32. 32. FONTES:WWW.SOPORTUGUES.COM.BRWWW.WIKIPEDIA.COM.BRWWW.PORTUGUES.COM.BR<br />

×