Successfully reported this slideshow.
We use your LinkedIn profile and activity data to personalize ads and to show you more relevant ads. You can change your ad preferences anytime.

Mito e Lenda

2,621 views

Published on

O mito e lenda na história de fiulosofia

Published in: Education
  • Be the first to comment

Mito e Lenda

  1. 1. O QUE É LENDA? Lendas são narrativas transmitidas  oralmente com o objetivo de explicar  acontecimentos misteriosos ou  sobrenaturais. Há uma mistura de fatos reais  com imaginários. Misturam a história e a  fantasia. 
  2. 2. A LENDA As lendas são contadas ao longo do  tempo e modificadas através da  imaginação do povo.  Em latim  Lenda  é “LEGENDA” (aquilo  que deve ser lido), o conceito se  transformou em histórias que falam sobre  a tradição de um povo e que fazem parte  de sua cultura.
  3. 3. CARACTERÍSTICAS DA LENDA -Se  utiliza  da  fantasia  ou  ficção,  misturando-as  com  a  realidade dos fatos. -Faz parte da tradição oral, e vem sendo contada através  dos tempos. -Usam fatos reais e históricos para dar suporte às histórias,  mas junto com eles envolvem a imaginação para “aumentar  um ponto” na realidade. -Fazem parte da realidade cultural de todos os povos.
  4. 4. CARACTERÍSTICAS DA LENDA -A lenda fornece explicações aos fatos que não são explicáveis pela ciência ou pela lógica. -Essas explicações, porém, são mais facilmente aceitas, pois apesar de serem fruto da imaginação não são necessariamente sobrenaturais ou fantásticas. - Sofrem alterações ao longo do tempo, por serem repassadas oralmente e receberem a impressão e interpretação daqueles que a propagam.
  5. 5. O QUE É MITO? Um mito é uma narrativa de caráter simbólico, relacionada a uma dada cultura. O mito procura explicar a realidade, os fenômenos naturais, as origens do Mundo e do homem por meio de deuses, semi-deuses e heróis. Ao mito está associado o rito. O rito é o modo de se pôr em ação o mito na vida do homem - em cerimônias, danças, orações e sacrifícios.
  6. 6. O termo "mito" é, por vezes, utilizado de forma pejorativa para se referir às crenças comuns (consideradas sem fundamento objetivo ou científico, e vistas apenas como histórias de um universo puramente maravilhoso) de diversas comunidades. No entanto, até acontecimentos históricos se podem transformar em mitos, se adquirem uma determinada carga simbólica para uma dada cultura. Na maioria das vezes, o termo refere-se especificamente aos relatos das civilizações antigas que, organizados, constituem uma mitologia - por exemplo, a mitologia grega e a mitologia romana.
  7. 7. Os mitos se utilizam de muita simbologia, personagens sobrenaturais, deuses e heróis. Todos estes componentes são misturados a fatos reais, características humanas e pessoas que realmente existiram.
  8. 8. A BATALHA DAS TERMÓPILAS
  9. 9. Um dos objetivos do mito é transmitir conhecimento e explicar fatos que a ciência ainda não havia explicado.
  10. 10. Alguns acontecimentos históricos podem se tornar mitos, desde que as pessoas de determinada cultura agreguem uma simbologia que tornem o fato relevante para as suas vidas.
  11. 11. AS ICAMIABAS GUERREIRAS AMAZONAS Os índios falavam em Icamiabas, que significa “mulheres sem maridos”. As Icamiabas viviam no interior da região do Rio Nhamundá, sozinhas. Ali, eram regidas por suas próprias leis. A região era denominada por estes aventureiros de País das Pedras Verdes e era guardada por diversas tribos de índios, das quais a mais próxima das Icamiabas era a dos Guacaris.
  12. 12. Conta-se que, certa vez, estava sentado ao sol, quando recebeu a visita de Alexandre, o Grande, que lhe propôs atender imediatamente qualquer desejo que tivesse, e Diógenes respondeu: Desejo que saia da frente do meu sol (Cabral, 2006).
  13. 13. 4. REFERÊNCIAS: ARANHA, Maria Lúcia Arruda; MARTINS, Maria Helena Pires. Filosofando – Introdução à Filosofia. São Paulo: Moderna. CHAUI, M. Convite à filosofia. 12 ed. São Paulo: Editora Ática, 2002. CORDI, Cassiano. Para Filosofar . São Paulo. Scipione, 1995

×