2012 08-06 - aula 01 - apresentação - introdução ao estudo da qualidade pt 1

2,851 views

Published on

Aula 1 do curso de Qualidade da Faculdade de Administração da FIT, Santarém - Tapajós, Brasil

1 Comment
3 Likes
Statistics
Notes
  • Estou afastado do setor a 15 anos, mais estou voltando, graças a essas publicações. Parabéns pelo conteudo. Muito obrigado....
       Reply 
    Are you sure you want to  Yes  No
    Your message goes here
No Downloads
Views
Total views
2,851
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
3
Actions
Shares
0
Downloads
161
Comments
1
Likes
3
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

2012 08-06 - aula 01 - apresentação - introdução ao estudo da qualidade pt 1

  1. 1. Aula 1 de 20 Santarém – Tapajós – Brasil 6 de Agosto de 2012Fernando Monteiro D’Andrea
  2. 2. Fernando A. Monteiro C. D’Andrea Engenheiro de Produção UEPa, Belém, Brasil, 2001-2005 Mestre em Engenharia de GestãoPolitecnico di Milano, Milão, Itália, 2006-2008
  3. 3. Fernando A. Monteiro C. D’Andrea Contatos: Preferencialmente via dodandrea2@gmail.com; Ou www.about.me/dodandrea: Linkedin Facebook Twitter Slideshare ... Em caso de urgência: (93) 9114-8303 Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 3
  4. 4. Aula Anterior  Tema: ...  Data: ...  Principais pontos:  N/A  .......  .....  ...  ..  . Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 4
  5. 5. Interesses Profissionais  Desenvolvimento de novos Negócios;  Consultoria em Gestão de Negócios;  Gestão de Eventos e Entretenimento;  Marketing;  Gestão de Pessoas e CRM;  Finanças, Contabilidade;  Organização Societária;  Tecnologias Móveis;  Qualidade;  ... Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 5
  6. 6. Regras da Faculdade (1) Na Segunda:  Aulas começam impreterivelmente às 18:45 hrs;  Máximo de 15 minutos de tolerância:  A chamada será feita às 19:00hrs;  Termínio do primeiro período às 20:25hs;  Volta do intervalo às 20:40 hrs;  Máximo de 15 minutos de tolerância:  A chamada será feita às 20:55hrs;  Termínio das aulas às 22:20hs;
  7. 7. Regras da Faculdade (2)  No total teremos 20 Aulas, assim divididas:  17 Aulas de quatro horas, às segundas;  2 avaliações de 4 horas, às segundas;  1 dia de Avaliação Integrada;  1 dia de Prova Substitutiva, uma segunda-feira; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 7
  8. 8. Como ser Aprovado  Serão 2 Notas Intervalares, 2 avaliações;  Mínimo de 12 pontos na soma das notas;  Reprova-se com 25%+1 falta (21 hrs/aula):  Não importa a nota nas provas;  Faltas serão justificadas somente ao professor;  Prova Substitutiva:  Substitui a menor nota ou nota inexistente;  Escrita, sem consulta, engloba toda a matéria;  Inscrição a ser feita na secretaria, observar período no calendário acadêmico; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 8
  9. 9. Regras do Curso (1)  É obrigação interagir com perguntas e colocações;  Pensem sempre em casos práticos;  Desliguem o som do telefone celular;  Não atendam o telefone durante a aula, se necessário sair da sala;  Podem deixar a sala sempre que quiserem, sem atrapalhar; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 9
  10. 10. Regras do Curso (2)  Não existirão “resumos” das matérias;  Todo o conteúdo está na bibliografia (slides finais das apresentações), vocês tem acesso ao material na biblioteca e/ou na internet (quando for o caso);  As apresentações estarão disponíveis sempre no www.slideshare.net/dodandrea em geral antes das aulas;  Haverá 2 chamadas por dia de aula; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 10
  11. 11. Qualidade... (1)  O que é Qualidade?  É um estado ideal de alguma coisa...  É algo que não se altera...  É uma coisa perfeita, ou quase lá...  Se pode melhorar o perfeito?  É algo subjetivo, depende do observador...  É a capacidade de um produto ou serviço de estar de acordo com seu projeto...  Requisito mínimo de funcionamento...  É algo que denota classe, estilo, categoria... Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 11
  12. 12. Qualidade... (2) Continuando  É algo que denota classe, estilo, categoria...  É a área da empresa que trata da qualidade dos produtos ou serviços prestados... Considerar apenas um destes atributos como “Qualidade” em si é um ato falho; Desconsiderar qualquer desses atributos ao conceituar qualidade é, da mesma forma, uma ato falho;
  13. 13. Administração... (1)  “[...] é a arte de fazer coisas por meio das pessoas” – M. P. Follet;  Conduzir um grupo para a o resultado;  Tomar decisões e acompanhar processos;  Supervisionar e coordenar ações;  Não fazer as coisas pelos seus administrados;  Responsabilidade última pelo resultado; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 13
  14. 14. Administração... (2)  Administrar é a arte de fazer, é agir, mas como?  Funções administrativas: Planejamento Organização Liderança Controle Execução Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 14
  15. 15. Qualidade + Administração (1)  Trabalham juntos;  Qualquer organização, necessita do suporte de ferramentas de Qualidade;  A Qualidade e seus níveis devem estar estritamente ligados ao modo de gerir da organização em questão;  Porquê vocês devem estudar Qualidade? Produtos/Serviços Organizações Mercado $$$ ou Reconhecimento Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 15
  16. 16. Qualidade + Administração (2)  Promove a empresa;  Diferencia a oferta da organização dos competidores;  Ajuda a conectar as necessidades do consumidor e os objetivos organizacionais;  Auxilia na padronização de serviços, processos e produtos;  Auxilia no controle de custos;  Reduz desperdícios;  Dentre muitos outros… Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 16
  17. 17. Estudaremos  Introdução ao estudo da Qualidade;  Foco no Cliente - a busca de Resultados;  Organização de processos: uso racional de recursos;  Gerenciamento da Qualidade: fazer certo da primeira vez;  Housekeeping – 5s;  Sistema da Qualidade nas empresas;  Resolução estruturada de problemas;  Dominando o processo;  As normas da Qualidade;  A Qualidade de Vida no Trabalho – contexto histórico;  Conceitos e modelos de QVT;  A Excelência na gestão das empresas; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 17
  18. 18. Assim... O Curso tem como objetivo ajudar os estudantes a adquirir um conhecimento básico sobre os princípios da Qualidade e suas ferramentas; Lidaremos com conceitos básicos que permeiam a Qualidade tendo sempre como foco a importância desta como diferencial competitivo para as organizações; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 18
  19. 19. Calendário (1) D S T Q Q S S 25 dias letivos 1 2 3 4 AGOSTO Entrega do 5 6 7 8 9 10 Resultados da 11 Trabalho 12 13 14 15 16 Primeira 17 18 19 20 21 22 23 Avaliação 24 25 26 27 28 29 30 31 1 21 dias letivos SETEMBRO 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 Primeira 19 20 21 22 Avaliação 23 24 25 26 27 28 29 30 Legenda Feriados 13 Aulas 16 Avaliações 2 Notas 2
  20. 20. Calendário (2) 1 2 3 4 5 6 24 dias letivos Sessão de auxílio ao 7 8 9 10 11 12 13 OUTUBRO trabalho escrito e 14 15 16 17 entrega da primeira 18 19 20 Entrega do 21 22 23parte, 1,5 pontos. 25 24 26 27 trabalho 28 29 30 31 escrito e apresentação, 6 pontos. 1 2 3NOVEMBRO Resultado 4 5 6 7 8 9 10 21 dias letivos da Segunda 11 12 13 14 15 16 17 Avaliação 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 Avaliação 1 DEZEMBRO 12 Integrada – dias letivos Prova 2 3 4 5 6 2,5 pontos. 7 8Substitutiva 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31
  21. 21. Processo AvaliativoPeríodo Instrumentos Critério1° Bimestre – - Avaliação Dissertativa - 7 pontos para a avaliação 1° NI - Trabalho - 3 pontos para o trabalho - Trabalho 1ra etapa -1,5 pontos para a 1ra etapa - Trabalho escrito - 3,5 pontos para o trabalho escrito2° Bimestre – - Apresentação do trabalho - 2,5 pontos para a apresentação 2° NI - Avaliação Integrada -2,5 pontos para a Avaliação Integrada Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 21
  22. 22. Aula de hoje Introdução ao Estudo da Qualidade Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 22
  23. 23. Conteúdo Programático do Curso  Un. I - Introdução ao estudo da qualidade  Un. II - Foco no Cliente: a busca de resultados  Un. III - Organização de processos: uso racional de recursos  Un. IV - Gerenciamento da Qualidade: fazer certo da primeira vez  Un. V - Housekeeping – 5S  Un. VI - Sistema da Qualidade nas Empresas  Un. VII - Resolução estruturada de problemas  Un. VIII - Dominando o Processo  Un. IX - As Normas da Qualidade  Un. X - Qualidade de vida no trabalho: Contexto Histórico  Un. XI - Conceitos e Modelos de QVT  Un. XII - A Excelência na Gestão das Empresas Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 23
  24. 24. Bibliografia do Curso Básica  MARSHALL JUNIOR, Isnard. Gestão da Qualidade, São Paulo: FGV, 2005.  PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade: teoria e prática. 2ª ed., São Paulo: Atlas, 2004.  CARPINETTI, Luiz Cesar Ribeiro. Gestão da Qualidade 9001-2008: princípios e requisitos. São Paulo: Atlas, 2010.
  25. 25. Bibliografia do Curso Complementar  CAMPOS, Vicente Falvoni. TQC: controle de Qualidade Total. São Paulo: Desenvolvimento Gerencial, 1999.  CERQUEIRA, Jorge Pereira de. Formação de Auditores Internos de Qualidade. São Paulo: Pioneira, 1998.  BARÇANTE, Luiz César. Qualidade total: uma visão Brasileira – o impacto estratégico na Universidade e nas Empresas. São Paulo: Campus, 1998.  CARPINETTI, Luiz Cesar Ribeiro. Gestão da Qualidade 9001-2000: princípios e requisitos. São Paulo: Atlas, 2009.  EQUIPE GRIFO. Iniciando os conceitos da qualidade total. São Paulo: Pioneira, 1998.
  26. 26. Qualidade... (1) Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 26
  27. 27. Qualidade... (2)  O que é Qualidade?  É um estado ideal de alguma coisa...  É algo que não se altera...  É uma coisa perfeita, ou quase lá...  Se pode melhorar o perfeito?  É algo subjetivo, depende do observador...  É a capacidade de um produto ou serviço de estar de acordo com seu projeto...  Requisito mínimo de funcionamento...  É algo que denota classe, estilo, categoria... Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 27
  28. 28. Qualidade... (3) Continuando  É algo que denota classe, estilo, categoria...  É a área da empresa que trata da qualidade dos produtos ou serviços prestados... Considerar apenas um destes atributos como “Qualidade” em si é um ato falho; Desconsiderar qualquer desses atributos ao conceituar qualidade é, da mesma forma, uma ato falho;
  29. 29. Qualidade... (4)  Qualquer definição de Qualidade deve incluir:  Múltiplos elementos:  Cada um com um diferente nível de importância:  Valor dado pelo mercado a ser atingido para cada um dos atributos do produto ou serviço em questão;  Preço e matéria prima de primeiro nível, por exemplo, tem um valor diferente dependendo do consumidor que compra um imóvel;  Processo Evolutivo:  Um produto da mais alta qualidade hoje pode não o ser amanhã e vice-versa; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 29
  30. 30. Qualidade... (5)  Qualidade é???  É um conceito subjetivo;  Não existe apenas um conceito fechado;  Existem muitíssimos conceitos de diferentes autores e Associações, mas não existe apenas um conceito;  Nada que contradiga o senso comum está correto;  Algumas coisas que, sozinhas, não são sinônimos de Qualidade:  Luxo, beleza, falta ou excesso de peso/volume, acabamento, marcas, embalagem, preço.... Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 30
  31. 31. Qualidade... (6)  Alguns Conceitos de Qualidade:  É a condição necessária de aptidão para o fim que se destina. (European organization for Quality Control, 1972);  É adequação ao uso (Juran e Gryna, 1991);  Grau de ajuste de um produto/serviço à demanda que pretende satisfazer (Jenkins, 1971);  Totalidade de características de uma entidade* que lhe confere a capacidade de satisfazer as necessidades explícitas e implícitas. (ABNT); • Entidade: produto, serviço, atividade, processo, organização ou pessoa. Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 31
  32. 32. Qualidade... (7)  Um termo subjetivo, para o qual cada pessoa, ou setor, tem a sua própria definição. Em sua utilização técnica, a qualidade pode ter dois significados:  1. As características de um produto ou serviço, que dão suporte (ou sustentação), à sua habilidade em satisfazer requisitos especificados ou necessidades implícitas e;  2. Um produto ou serviço livre de deficiências.” (American Socity for Quality, 2011); Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 32
  33. 33. Qualidade... (8)  Todas as propriedades ou características de um, produto/serviço relacionadas à sua capacidade de satisfazer às necessidades explícitas ou implícitas dos que o utilizam, isto é, dos clientes, sem prejudicar os que são afetados pelo uso do produto/serviço (Lacombe, 2009);  O grau pelo qual as caracteristicas de um produto ou serviço satizfazem os requisitos pré-estabelecidos (ISO, 2011);  Lembrando que: Qualquer dos conceitos de Qualidade concentra-se no usuário, no cliente, seja ele interno ou externo; Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 33
  34. 34. Qualidade... (9)  O termo Qualidade Total e sua transformação em Estilo Gerencial surgiu com Deming na década de 40;  Ele defendia que maior qualidade implicaria em menor custo, o que era muito contestado;  O trabalho de Deming revolucionou a indústria Japonesa, transformou o “Made in Japan” – 14 princípios da Qualidade (ou da Administração); Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 34
  35. 35. Qualidade... (11) Ampliação do Melhor Qualidade mercado com maior qualidade e preços mais baixos ou maior margem de lucro Menores Custos de Retrabalho, Devolução, Transportes, Maior Assistência Produtividade Técnica, erros... Gestão da Qualidade - Fernando MonteiroSegunda-feira, 06/08/2012 D’Andrea 35
  36. 36. Próxima Aula: 2 de 20Dia 13 de Agosto de 2012, Segunda Cap. 1 Introdução ao Estudo da Qualidade – Parte 2 Explicação sobre o Trabalho
  37. 37. Bibliografia Livros  CARPINETTI, MIGUEL, GEROLAMO. Gestão da Qualidade - ISSO 9001:2008. São Paulo: Atlas, 2010.  LACOMBE, Francisco. Teoria geral da administração. São Paulo: Saraiva, 2009.  Caps. 15  PALADINI, Edson Pacheco. Gestão da Qualidade. 2ª ed., São Paulo: Atlas, 2011.  CHIAVENATO, Idalberto. Introdução à teoria geral da administração. 7ª Ed. São Paulo: Campus, 2004.
  38. 38. Bibliografia Websites  http://www.ipea.gov.br/pub/td/td_397.pdf  http://www.eumed.net/libros/2006a/mfnb/1h.htm  http://www.qualidade.eng.br/artigos_qualidade_conceit o.htm  http://www.qualidade.com/conc-01.htm  http://eprints.rclis.org/bitstream/10760/10401/1/Gomes BAD204.pdf  http://asq.org/  http://www.iso.org

×