Daniel moraes palestra pmbok e certficação pmp

1,517 views

Published on

O PMBOK como guia das melhores práticas em Gerenciamento de Projetos & A certificação PMP: Conceito e importância

Published in: Education
0 Comments
1 Like
Statistics
Notes
  • Be the first to comment

No Downloads
Views
Total views
1,517
On SlideShare
0
From Embeds
0
Number of Embeds
4
Actions
Shares
0
Downloads
16
Comments
0
Likes
1
Embeds 0
No embeds

No notes for slide

Daniel moraes palestra pmbok e certficação pmp

  1. 1. Daniel Moraes, PMPAbril/2012
  2. 2.  1ª parte – Falaremos sobre gerenciamento, sobre projetos ... 2ª parte – Depois um pouco a respeito do PMI, PMBoK como guia das melhores práticas em gerenciamento de projetos… 3ª parte – E por fim… Sobre o Gerente de Projetos, o PMP e a importância da certificação!
  3. 3.  Certificado PMP, Pós-Graduado em Gestão de Projetos, MBA Gestão de Negócios; 12 anos de T.I., 06 em projetos; Gerente do PMO (Project Management Office); Membro do Comitê de Planejamento Estratégico; Expertise em projetos de implantação de sistemas ERP; desenvolvimento; MPS.BR etc. Voluntário e professor …
  4. 4. Con tr ola r r? iza ar? tim sos? O r eleg D r ecu Fac Ati ilita gir? ngi obj r r? etivOrg i Dir os? ani z quipe? jar? ar? E P lane 1a parte – Gerenciamento e projetos.
  5. 5. e para que serve? O que é? É um esforço temporário... Para que serve? ... empreendido para criar um produto único, serviço ou resultado, ou seja: 1a parte – Gerenciamento e projetos.
  6. 6. Proj e para que serve? eto É um tem esforço porá emp rio reen criar dido um ú ni c prod para o, se utoresu rviço ltad ou nte : o. Fo K MB o o P çã di 4 aE 1a parte – Gerenciamento e projetos.
  7. 7.  Se projetos são únicos, temporários e feitos para criar um produto, serviço ou resultado…. Então é plausível que gerenciamos os projetos na tentativa de garantir que este produto, serviço ou resultado atinja os seus objetivos. De preferência executando o escopo, atingindo os objetivos, sem gastar mais (nem menos), no prazo e com qualidade! 1a parte – Gerenciamento e projetos.
  8. 8. 1a parte – Gerenciamento eprojetos.
  9. 9. E o que podemos fazer para atingir os objetivos? Benchmarking? Existe um guia? Há melhores práticas? Metodologia? 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  10. 10.  Existem outras referências mas nos concentraremos no PMI/PMBoK/PMP... Outras certificações:  PRINCE2  IPMA… 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  11. 11.  Guias de Melhores Práticas é diferente de Metodologia. Metodologia pode ser uma instância do PMBoK. Pode não usar todos os processos e é específico para uma empresa, para uma situação. Portanto o PMBoK não é metodologia. 2a parte – PMI, PMBoK, Certificado PMP.
  12. 12.  Fundado em 1969 por cinco pessoas de vanguarda que entendiam o valor do networking, do compartilhamento das informações dos processos e da discussão dos problemas comuns de projetos. Associação mundial de gerenciamento de projetos. Uma oportunidade de compartilhar teorias, melhores práticas e experiências em gerenciamento de projetos. 2a parte – PMI, PMBoK, Certificado PMP.
  13. 13.  Conta com mais de 600.000 associados – em mais de 185 países. Todos os principais setores estão representados, inclusive tecnologia da informação, defesa e aeroespacial, serviços financeiros, telecomunicações, engenharia e construção, agências governamentais, seguro, saúde e muitos outros. 2a parte – PMI, PMBoK, Certificado PMP.
  14. 14.  Guia do Conhecimento em Gerenciamento de Projetos (Guia PMBOK®) Padrão reconhecido para a profissão de gerenciamento de projetos Descreve normas, métodos, processos e práticas estabelecidas Evoluiu a partir das boas práticas reconhecidas de profissionais de gerenciamento de projetos 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  15. 15.  Em 1976, no Congresso do PMI em Montreal no Canadá, surgiu a idéia que as práticas em gerenciamento de projetos deveriam ser documentadas. Cinco anos após, a diretoria do PMI aprovou um projeto para desenvolver procedimentos na área de gerenciamento de projetos, estruturando o conhecimento existente. 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  16. 16.  Em 1983 surgiu o embrião do PMBOK com seis áreas de conhecimento: gerenciamento do escopo, tempo, custos, qualidade, recursos humanos e comunicação. Em 1986, uma versão revisada incluía o gerenciamento das aquisições e de riscos. Mas, somente em 1987 surgiu a primeira versão oficial do PMBOK. 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  17. 17.  As edições seguintes em 2000 (segunda edição), 2004 (terceira) e 2008 (quarta edição) trouxeram novas implementações de conteúdos, revisões na abordagem e melhorias. Isto demonstra que o PMBOK é um instrumento vivo e atual. 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  18. 18.  Além da língua inglesa, o PMBOK está disponível em outros dez idiomas: alemão, árabe, chinês, coreano, espanhol, francês, italiano, japonês, português e russo. 2a parte – PMI, Guias PMBoK.
  19. 19. 2a parte – PMI, GuiasPMBoK.
  20. 20.  Ciclo de processos do PMBoK ≠ de Ciclo de vida do projeto.
  21. 21. 2a parte – PMI, GuiasPMBoK.
  22. 22.  Quem são os GP’s? Profissionais organizados, motivados e orientados a objetivos. Entendem que os projetos têm um papel estratégico no modo como as organizações se tornarm bem-sucedidas, como aprendem e como mudam. 3a parte – GP, Certificação PMP
  23. 23.  Os gerentes de projeto são agentes de mudança: eles fazem as metas do projeto por conta própria e usam suas habilidades e competências para inspirar um senso de propósito compartilhado dentro da equipe do projeto. Eles gostam da adrenalina, de novos desafios e da responsabilidade de dirigir os resultados do negócio. 3a parte – GP, Certificação PMP
  24. 24.  Eles trabalham bem sob pressão e são confortáveis ​com a mudança e complexidade em ambientes dinâmicos. E eles estão em crescente demanda mundial. Durante décadas, como o ritmo da mudança econômica e tecnológica se acelerou, as organizações têm vindo a orientar cada vez mais de sua energia em projetos, em vez de operações de rotina. 3a parte – GP, Certificação PMP
  25. 25. 3a parte – GP,Certificação PMP
  26. 26. 3a parte – GP,Certificação PMP
  27. 27.  GP é o profissional… O PMBOK é o guia e também é a base para realização do exame de certificação PMP (Project Management Professional). E o PMP???? 3a parte – GP, Certificação PMP
  28. 28.  É uma certificação profissional que busca garantir que os gerentes de projeto estão prontos para atender as demandas de projetos em todo o mundo. O PMI oferece um programa completo de certificação para profissionais de projetos de todos os níveis de educação e habilidade. 3a parte – GP, Certificação PMP
  29. 29.  Existem atualmente seis credenciais disponíveis, rigorosamente desenvolvidas, globalmente acreditadas e facilmente transferíveis através de fronteiras e indústrias. A certificação PMI é uma forma de demonstrar os seus conhecimentos e seu compromisso com a profissão. 3a parte – GP, Certificação PMP
  30. 30.  Certified Associate in Project Management (CAPM)® Project Management Professional (PMP)® Program Management Professional (PgMP)® PMI Agile Certified Practitioner (PMI-ACP)SM PMI Risk Management Professional (PMI- RMP)® PMI Scheduling Professional (PMI-SP)® 3a parte – GP, Certificação PMP
  31. 31.  É a credencial mais importante. É uma certificação da indústria reconhecida para os gerentes de projeto. Reconhecida mundialmente e exigida, o PMP® demonstra que você tem a experiência, educação e competência para conduzir com sucesso e projetos diretos. 3a parte – GP, Certificação PMP
  32. 32.  Por que é importante ter um certificado? Quais as vantagens em ter um certificado? O que muda após obter um certificado? Como obter um certificado? 3a parte – GP, Certificação PMP
  33. 33. 3a parte – GP,Certificação PMP
  34. 34.  O processo de certificação PMP® consiste em uma pré­qualificação do candidato seguido de uma prova de múltipla escolha sobre as áreas de conhecimentos em gerenciamento de projetos segundo o PMBoK®. 3a parte – GP, Certificação PMP
  35. 35.  Profissionalização do papel de gerenciamento de projetos. Ampliação da empregabilidade do profissional; Reconhecimento do grau de qualificação atestado internacionalmente; Possibilidade de adicionar crescimento profissional; 3a parte – GP, Certificação PMP
  36. 36.  Segundo dados do próprio PMI®, em torno de 61% dos empregadores reembolsam o exame de certificação e as taxas de preparação aos candidatos aprovados. 3a parte – GP, Certificação PMP
  37. 37.  Em linhas gerais o candidato precisa comprovar experiência em projetos equivalente a um mínimo de 4500 ou 7500 horas dependendo se é ou não formado em nível superior, além de educação na área de gerenciamento de projetos. il? r á? c e Fá S 3a parte – GP, Certificação PMP
  38. 38.  Ter background Educacional Comprovar Experiência na área através de: Comprovação de no mínimo 4.500 hs de atividades de liderança em projetos + formação de nível superior. Essas atividades obrigatoriamente têm que ter ocorrido no período compreendido entre os últimos 8 (OITO) anos e se distribuir dentro deste período por no mínimo 36 meses; ou 3a parte – GP, Certificação PMP
  39. 39.  Comprovação de no mínimo 7.500 hs de atividades de liderança em projetos + formação de nível médio, caso não tenha formação de nível superior. Essas atividades obrigatoriamente têm que ter ocorrido no período compreendido entre os últimos 8 (OITO) anos e se distribuir dentro deste período por no mínimo 36 meses. 3a parte – GP, Certificação PMP
  40. 40.  Mínimo de 35 horas de educação recebida especificamente na área de gerenciamento de projetos. Estar de acordo com o Código de Conduta Profissional do PMI®. Pagar a taxa de inscrição:  (US$405.00 para membros ou US$555.00 para os que não forem membros) Passar na prova de certificação. 3a parte – GP, Certificação PMP
  41. 41.  No endereço http://www.PMI.org/PDF/pdc_PMPhandbook.pdf você encontrará o manual (PMP® Credential Handbook) com todo o detalhamento de como se prepara e se preenche o pacote do candidato à certificação. 3a parte – GP, Certificação PMP
  42. 42.  A inscrição como membro do PMI® (o membership + taxa de inscrição para prova são quase equivalentes à taxa de inscrição para quem não é membro, sendo que o membro terá o benefício do recebimento de publicações técnicas com artigos de interesse da comunidade de gerenciamento de projetos, inclusive que ajudam na preparação para o exame, a começar pelo próprio PMBoK®). 3a parte – GP, Certificação PMP
  43. 43.  Networking; Contato constante com a disciplina de gerenciamento de projetos (PDU’s); Aumento do conhecimento; Troca de experiências; Reconhecimento do mercado de trabalho; Acesso a grupos de discussão, materiais (site PMI); 3a parte – GP, Certificação PMP
  44. 44.  www.pmi.org www.pmimg.org.br Guia PMBOK – 4ª edição Experiências vividas…
  45. 45. Daniel Moraes, PMP. dmoraesc@gmail.comhttp://br.linkedin.com/in/danielcmoraes

×